História Criaturas Mágicas e Seu Protetor - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Tags Drama, Magia, Suspense, Yaoi
Visualizações 3
Palavras 678
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Opa, bom?

Eu de novo, pois é né :3

'-')/🍪 Cookie

Capítulo 3 - Amiga com problemas


Fanfic / Fanfiction Criaturas Mágicas e Seu Protetor - Capítulo 3 - Amiga com problemas

*o tempo naquele inferno não passava, aulas chatas e Angel dormindo, estava fazendo minhas anotações sobre a pequena anja que estava doente até sentir uma bolinha de papel atingindo minha cabeça, soltei um "Aí" de reflexo e olhei a bolinha no chão, tinha algo escrito, pequei o papel e o abri, um desenho mal feito de mim e tinha uma faca em minhas costas, de novo com isso Akira? Olhei na direção dele e ele fez um joia enquanto passava sobre a garganta, levantei uma sobrancelha e deixei o papel amassado na mesa, nem ligo, era até que normal*

*as horas foram passando e a aula acabou, fui o primeiro a sair, não queria confusão com o garoto, Angel agora estava acordada e sentiu o celular vibrar com uma mensagem, ela deu um soquinho na minha perna e pequei o celular, era uma mensagem da minha amiga dizendo que precisava conversar, pq será que ela parecia tão triste? Apenas com essa mensagem...*

-No que ela se meteu? *perguntei confuso, agora além de Angel, também estava preocupado com a minha amiga, sai do colégio e passei na farmácia comprando um remédio para febre, coloquei no bolso da calça e andei até onde iria encontrar minha amiga, andei e andei até entrar no parque, o dia estava começando a ficar nublado, o céu ficando escuro pelas nuvens, até que enfim achei a Akami, ela estava alimentando alguns pássaros, me aproximei dela e pisei em um galho, olhei para baixo e quando voltei minha atenção a ela, ela estava olhando para mim, fiquei até surpreso, mas fiquei ainda mais com o abraço forte e as lágrimas que começaram a escorrer do rosto da pequena*

- v..você está chorando...? *perguntei confuso, sem perceber comecei a ficar levemente corado, retribui o abraço enquanto fazia carinho nos cabelos dela, tirei os óculos da garota que estavam ficando embaçados, respirei fundo e sentei no chão com ela ao meu lado*

- pq todo mundo parece ficar contra mim...? O garoto fingia que gostava de mim enquanto dava encima da minha prima e ainda me chamavam de talarica...... tá tudo dando errado! *a Akami era muito, muito sentimental, era delicada de fato mas não deixava de ser uma grande guerreira*

- às vezes os garotos não prestam, dizendo melhor, tem alguns que não prestam mas tem outros que vale a pena conhecer, não precisa ficar assim, okay? Você sabe que estou aqui.... *falei sorrindo e escutei um barulho estranho, um barulho muito diferente, droga, esse barulho parece ser de um guaxipassa, resumindo, um guaxinim misturado com um pássaro, só tinha ouvido falar nos livros mas nunca um de verdade, não poderia deixar sua amiga e nem a criatura, fudeu, Angel sabia disso e saiu de fininho, fiz um sinal na mão para que ela o achasse e daqui a pouco eu iria captura-lo, a anja saiu voando sem chamar muita atenção, enquanto eu tentava resolver a situação complicada que eu tinha me metido*

- eu sei Daisk-Kun... pera um pouquinho, você escutou esse barulho? Parece um pássaro gritando ou algo do tipo.... *Daisk, o apelido estranho, escutei ela falar sobre a criatura e tive uma ideia!*

- olha, eu vou chamar a guarda florestal, tubo bem? *perguntei com um sorriso no rosto e ela balançou a cabeça positivamente, ufa, escapei! Me levantei e sequei as lágrimas Dela, estava pensando o tempo todo como estava sendo babaca mas não podia deixar a criatura ir embora, pequi minha mochila e sai correndo enquanto seguia os rastros da anja, pequenos flocos de neve eram deixados no caminho, como ninguém não percebeu ainda? Na verdade, não tinha ninguém no parque, por quê será...? A trilha tinha acabado, olhei envolta e escutei um grito da Angel, fixei meus olhos onde tinha escutado o barulho e vi ela presa nas patas do animal*

- ANGEL! *gritei desesperado, o animal estava preste a mordê-la até que pequei uma pedra e joguei no animal, um ato desesperador e irracional, a criatura soltou a garota e rosnou para mim, o que eu vou fazer agora?*


Notas Finais


É pois é, sem criatividade

Um dia ela vem ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...