1. Spirit Fanfics >
  2. Crimes and kisses - Jay Park >
  3. Two

História Crimes and kisses - Jay Park - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem e boa leitura. ❤️🤞🏽

Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction Crimes and kisses - Jay Park - Capítulo 2 - Two

Jay

2 semanas depois...

“ Você está sendo obrigado a cumprir 3 meses de serviço comunitário no hospital Brandon Evans! ou é isso, ou é xadrez!”  

Depois que o garoto ouviu aquilo, uma mistura de alívio e ódio o tomou conta. Sua própria mãe tinha o denunciado. Mas graças a ajuda dos “bonzinhos” ele havia conseguido esse trabalho comunitário. E claro, sem nenhuma reclamação, Jay iria faze-lo.

Alícia. 

Seg, 6:04 Hospital Brandon Evans .

  - Grace? Grace você está ai? 

- Sim, querida. 

- Vamos andar um pouco lá fora?

- você sabe que não pode, “Licia”. Você ainda está muito fraca, minha filha. - A doce senhora soltou um leve sorriso. 

- Então... Você poderia ir na cantina e pegar algo para eu comer? Acho que já abriram. 

- Claro! Espere ai, se precisar chame a enfermeira. 

Então assim que grace, ou “anjinho da guarda” como Alícia dizia, saiu do grande quarto branco, A garota saí como o flash de sua cama. Ela estava deitada há 4 dias depois de seu último desmaio, já estava cansada de fazer tudo em sua cama. Então resolveu sair de qualquer jeito! 

Lícia sabia que não poderia ir muito longe, então dando pequenos passos e se apoiando nas paredes ela consegue chegar ao corredor. Mas depois de poucos segundos andando, a cabeça da jovem começa a dar fortes pontadas e a mesma começa a perder o equilíbrio. 

- é assim mesmo que eu vou morrer? Patético. - A garota sussura antes de cair de vez. 

E lá estava a divertida e engraçada Alícia, deitada no chão frio do hospital, não havia ninguém nos corredores e ela não tinha forças para gritar. Mas a única coisa que a garota não queria no momento, era que Grace chegasse e a visse assim. A senhora iria ter um treco! 

“Hey, Pretinha! Você está legal? Céus, ela está morrendo! Alguém me ajuda!”

Alícia ouve uma voz desconhecida, e sente alguém a pega-la nos braços.

 E de uma coisa ela tinha certeza, Essa pessoa era muito cheirosa. 

Depois de lutar muitas vezes contra a sua dor, as fortes pontadas em sua cabeça venceram. Alicia desmaiou nos braços do desconhecido que corria. Desesperadamente pelo o grande prédio.

Jay 

Seg, 05:00 

- Porra, não acredito que tenho que ir naquele hospital, isso é o cúmulo.

Jay levanta sem nem um pouco de ânimo.

- Meu amor! Fiz torradas para você. - sua mãe aparece na porta de seu quarto com um bandeija em mãos. 

- Valeu, mas não to afim. Vou comer na rua, Como sempre comi. Agora se me der licença, preciso ir. 

Ele dá seu típico sorriso debochado, saindo de seu quarto e desviando em sua mãe. 

05:45

- Eu to atrasado pra caralho - jay sussura para si mesmo, por que ele tem que demorar tanto no banho? 

O Garoto pega seu skate e vai direto para o hospital,  Não demorando muito para chegar. 

- Credo, só de entrar neste lugar já sinto arrepios. - diz para si mesmo. 

- Por que? é só um hospital, jovem. E a propósito, está atrasado! - Um homem super alto com produtos de limpeza nas mãos aparece atrás de jay o surpreendendo. 

- Taylor! Não sabia que estava trabalhando aqui, cara. 

- Agora eu tenho uma filha para criar, jay. Criei vergonha na cara, irmão! Só falta você, não é? 

Jay apenas sorri e pega os produtos das mãos de Taylor. Ele teria que limpar todos os corredores do hospital, Mas não estava nem um pouco animado para fazer isso. 

O jovem entra no elevador indo para um dos últimos andares e quando as portas se abrem, o tatuado se depara com uma Garota largada, parecia Estar desacordada,  no meio do corredor. 

Ele larga tudo no chão e vai em sua direção. Como ninguém a viu aqui, cadê os enfermeiros desse lugar?!

“Hey pretinha, você está legal? Céus, ela está morrendo! Alguém me ajuda!”

Sem pensar duas vezes ele a pega no colo, e sai as pressas gritando por enfermeiros que não demoram para aparecer e socorrer a mesma. 

Mas Jay queria saber se ela estava bem.  

Queria saber se estava viva.

Queria saber quem era ela. 



Notas Finais


Obrigada por ler e desculpa algum erro. ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...