História Criminal - Justin Bieber - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Visualizações 340
Palavras 397
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O AMOR DE VCS ME PEGOU, CES BATEU TÃO FORTE COM SEUS FAVORITOSSS, MDS TO PIRANDOOO. tá desculpa num sou normal mas amo ceis <33

Capítulo 15 - Love must be lived


Já passou uma semana que aconteceu, engraçado demora nove meses pra um novo amor nasce é só um minuto pra morre.

- Justin, sai daí dude o filho nem era teu – Falou, Chaz.

- ERA SIM ELE ERA MEU, MEU E DA MULHER QUE EU AMO SÓ QUE EU NÃO FUI HOMEM O BASTANTE PRA ASSUMI O QUE EU FIZ – Falei, meio embriagado.

- você tá bêbado? – Perguntou, Anne.

- é se eu tiver vai fazer o que? – Perguntei, abrindo a porta.

- Justin, Por favor...

- SAI, TODO MUNDO SAI AGORA – Gritei, e todos saíram é me deitei na cama.

P.V Candece

Talvez eu dê trabalho

Uma vida de despesas

Mas por favor me deixa ficar

E se por um acaso

Eu não tiver seus olhos

Você ainda vai me amar

- Meu amor, desculpa eu te perdi – Comecei a chora e a acariciar minha Barriga.

- Amiga.. – Falou, anne.

- Eu perdi a minha pequena – Falei.

- Licença – Falou, uma mulher entrando no quarto e logo anne saiu.

- Olá, está procurando Jus...

- Não, queria falar com você mesmo – falou.

- Sim?

- Quando eu recebi a notícia que ia ter um ser humano crescendo na minha barriga, só com dezoito anos e chorei muito pensei em até tira – Falou, se sentando ao meu lado. – passei por estupros, bebidas, roubo, tentativa de suicídio, drogas e até clínica de reabilitação.

- Sinto muito – Falei.

- Não sinta, isso tudo serviu para mim aprender que sempre a esperança – Falou. – Então, você e Jovem pode criar outro bebe e tem a vida toda pela frente, a sempre esperança, quando você pensa que tudo estar acabado vem uma onda de acontecimentos que faz você repara que era melhor tudo acabar, mas não é...

- É se eu não quiser essa onda? – Perguntei.

- Não é questão de querer é a questão de acreditar nela

- Pra mim isso é tipo uma revista de fofoca quando não tem uma fofoca eles criam uma pra nos acreditar é mergulha em uma onda de mentira – Falei.

- Nem Toda onda é tsunami como nem todo amor é perfeito, como nem todo amor é impossível, como todo amor ele deve ser vivido sem medo, com intensidade, com respeito e com verdade nem todo amor precisa de despedidas... – Falou, saindo do quarto, o que ela quis falar ou seja quem é essa mulher? 


Notas Finais


CHEGUEIII TO PREPARADA PRA TACA.........<333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...