1. Spirit Fanfics >
  2. Criminal - Nosh >
  3. Bebida

História Criminal - Nosh - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Uhul consegui trazer capítulo hoje, quase que não sai.
Boa leitura.

Capítulo 10 - Bebida


Fanfic / Fanfiction Criminal - Nosh - Capítulo 10 - Bebida

Noah

 Josh me olha com um certo desespero no olhar, já eu não faço a mínima ideia do que sentir ou do que dizer. Minha mente tem um turbilhão de pensamentos, gosto dele, não gosto? Gosto do Josh. Quem eu estou tentando enganar? Gosto dele desde que conversamos de verdade pela primeira vez.

 Penso em milhares de coisas que poderia dizer, penso em várias coisas fofas... Coisas fofas? Estamos falando de Josh Beauchamp, coisas fofas não vão ter efeito nele. 

 - E-Eu... Me desculpa, eu... - Josh fala, ele está nervoso.

 - Só cala a boca... - Me levanto um pouco e o puxo para um beijo, meu Deus, que boca. 

 Sento no colo de Josh e continuamos nos beijando, o cansaço que eu sentia, a dor de cabeça, a tontura, tudo foi embora, não me importo com mais nada, apenas nós, eu e ele, nos tornando um só. Josh começa a passar a mão por baixo da minha blusa, sinto algo duro embaixo de mim, nos separamos e eu tiro minha camisa, ainda no colo dele, Josh está prestes a tirar a própria camisa quando alguém entra no quarto.

 - Ai, eca, meus olhos. Façam isso depois, temos visitas. - Heyoon fala e sai, eu só queria matar ela agora.

 Saio do colo de Josh, pego minha blusa no chão e a visto.

 - Noah... A gente...

 - A gente tá namorando, é. - Falo já meio irritado.

 - Você tá bravo?

 - É óbvio que eu tô bravo, tenho um negócio duro aqui embaixo pra resolver! Não posso simplesmente aparecer lá embaixo com um volume na calça.

 - Não vamos poder resolver nem o seu problema, nem o meu problema, não podemos ficar aqui por muito tempo ou Heyoon abre o bico.

 - E que porra você pensa em fazer?

 - Não é a melhor ideia, mas... - Josh vai até seu guarda-roupas e pega dois casacos grandes.

 - Nem pensar, nem fodendo, tira o cavalinho da chuva, não, nunca, me recuso.

 - Cala a boca e veste. - Um casaco gigante é atirado na minha direção, pego e visto o mesmo. 

 - Porra! Isso vai até o meu joelho, Josh!

 - Essa é a intenção. - Josh coloca um casaco igual ao meu, porém de cor diferente.

 - Tá quente!

 - Para de agir feito criança, depois eu te compenso.

 - Idiota. - Josh sai do quarto e sigo ele, descemos as escadas, quando chegamos na sala de estar tenho vontade de me enfiar em qualquer cantinho escuro, todos estão com roupas curtas, eu e Josh estamos aqui, com casacos gigantes.

 - Cara, se eu soubesse que vocês eram as visitas, eu não tinha descido. - Josh fala enquanto senta no sofá ao lado de um garoto que parece chinês e uma garota de cabelo escuro.

 - Atrapalhamos a foda, Beauchamp? - A garota fala e tenho certeza que estou extremamente vermelho agora.

 - Na verdade, atrapalharam sim. - Não acredito que ele disse isso.

 - Josh! - Falo baixo, tentando fazer só ele ouvir, mas falhando.

 - Ah não! Sina Maria Deinert vem cá! - O garoto grita e poucos segundos depois Sina está na sala. - Como assim o Beauchamp desencalhou e você não me contou?!

 - Desencalhou? Espera que eu não tô atualizda também. - Sina direciona seu olhar para mim. - Hm... - Ela olha para meu casaco, olha para o casaco do Josh. - Por que? - Com certeza está se referindo aos casacos.

 - Porque eles dois com certeza estão duros, Sina. - Diarra entra na sala e fala.

 - Puta que pariu, isso é humilhação, eu tô voltando. - Falo e vou em direção à escada, mas Sina me puxa.

 - Ah mas não vai mesmo, vocês dois tem obrigação de me atualizar. 

 - Amor cale a boca, eu tenho mais direito de fazer as perguntas. - Heyoon entra na sala também.

 - Pronto, era só o que faltava. - Falo e me sento no sofá ao lado de Josh.

 - Eu sou o cupido disso, se você estava prestes a dar para ele é porque eu ajudei. - Automaticamente passo as mãos pelo meu rosto.

 - Calem a boca, Noah. - Josh fala e olha para mim. - Esses são Krystian e Sabina, amigos meus.

 - É, isso, já nos conhecemos, pronto, o que você quer com o Josh? - A tal Sabina se vira para mim e fala.

 - Que?

 - Desculpa, ela só é meio paranoica quanto aos relacionamentos do Josh, dá última vez ele... - Josh interrompe o garoto.

 - Krystian, não!

 - Desculpa.

 - Gente, vamos comemorar, o Josh saiu do armário e Bailey não está mais aqui, temos que dar um rolê. - Diarra fala enquanto volta com uma garrafa de champanhe e algumas taças.

 - Eu não bebo... - Falo quando ela vem me entregar uma taça.

 - Chato.

 Quebra de tempo

 São 01:00am, estamos do lado de fora da casa, na borda da piscina.

 Josh está conversando com Krystian, Sabina e Heyoon, Diarra está bebendo em uma mesa com Sina, até que a mesma levanta e se senta ao meu lado em um dos bancos.

 - E aí?

 - Oi.

 - Você tá feliz ou puto?

 - Os dois, tô feliz porque finalmente descobri que o Josh realmente gosta de mim, e puto porque eu poderia ter dado hoje, mas por causa dessas visitas aí eu não dei. - Sina solta uma risada fraca.

 - Você pode dar pra ele quando o Krys e a Sabi forem dormir, porque eles com certeza não vão embora hoje.

 - O Josh tá bêbado, não tem condições de foder com ele hoje. - Mais uma risada fraca de Sina. - Onde esses dois aí vão dormir? Só tem um quarto de visita, eles namoram?

 - Não migo, Krys é gay e Sabi é sapatão, são amigos desde que eu me lembro. Quando eu vim para cá, eles moravam aqui, mas agora eles sairam desses negócios e são estilistas.

 - Pera, veio para cá? 

 - É, eu, Diarra e Heyoon somos fodidas na vida, Josh tem esse complexo por deslocados, ele jamais contrataria alguém "bem de vida".

 - Eu não sou um fodido.

 - Mas ele nunca te contratou, você era só o filho do senhor Urrea... Agora é namorado dele... Só não quebra aquele coração mais ainda, tenta, quem sabe, juntar os pedaços. - Sina fala, se levanta e sai.

 Juntar os pedaços? Não faço a mínima ideia do que ela está falando.

 Quebra de tempo

 Coloco Josh deitado na cama dele, ele está muito bêbado, mal consegue caminhar, já deu pra perceber que Josh é o tipo de pessoa que quando bebe fica com fogo no cu e carente, tudo ao mesmo tempo.

 - Eu não quero dormir, quero dar pra você, digo, não, eu quero foder você.

 - Josh cala a boca. - Falo enquanto tento mantê-lo na cama.

 - Mas eu quero transar com você. - Ele fala manhoso, as palavras saem enroladas.

 - Você tá bêbado, eu não vou transar com um cara bêbado, não sou um babaca, você provavelmente nem se lembraria disso amanhã.

 - Mas Noah...

 - Sem mas, boa noite. - Falo indo em direção a minha cama.

 - Pelo menos dorme comigo... Por favor.

 - Que bêbado carente, Beauchamp! - Me deito ao seu lado na cama e viro para o outro lado. Logo sinto Josh me abraçar por trás.

 - Eu te amo, Noah.

 - Você bebeu demais, não sai por aí falando que ama as pessoas.

 - Eu tô bêbado, eu sei disso, mas eu tenho certeza que te amo.

 - V-Vai dormir... 


Notas Finais


Eu ia fazer algo fofo, mas não acho que seja a hora ainda.
Comentem bastante igual no último capítulo, que eu fiquei feliz u.u
E GOTTA LIVE THIS MOMENT.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...