1. Spirit Fanfics >
  2. Criminal Conflict >
  3. Capítulo 5

História Criminal Conflict - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Criminal Conflict - Capítulo 5 - Capítulo 5


Flashback on


27/01/2013


Após a nossa turma ser liberada pelo Major vou caminhando pela academia junto a Graham e Daniel. Assim que chegamos no pátio principal vimos o grupo dos alunos novatos sentados e conversando, então caminhamos em direção a eles para podermos nos "apresentar".
 -E aí novatos! Não vão prestar continência para seus superiores?-  Graham fala e todos nos encaram com um certo olhar de desaprovação e uma das garotas do grupo me encara e fala:
 -Para prestarmos continência a um superior primeiramente devemos ter um superior no ambiente não é verdade?- ela fala e todos dão uma risada baixa. Daniel se aproxima dela e a confronta:
 -E você acha que somos o que?
 -Meros rapazes cuja educação e princípios estão a beira de um precipício, mas se não entende o que isso quer dizer eu posso explicar.- Daniel ia pra cima dela porém eu o impedi e me coloquei a sua frente.
 -E quem é você pensa que é?- pergunto olhando fixamente para seus olhos.
 -Regina Mills.
 -Bom senhorita Mills, acho melhor não se meter conosco, além de sermos do terceiro ano podemos fazer com que o Coronel a tire desta unidade num piscar de olhos.
 -Estou morrendo medo disso, posso lhe dizer o mesmo, não se mexa comigo, não sabe do que sou capaz.
 -Não me importo com o que é capaz ou não, apenas repito, não se meta comigo.
 -Pois bem senhor?...
 -Robin Locksley.
 -Pois bem senhor Robin Locksley façamos o seguinte, você não fala comigo que eu não falo com você e vida que segue.- Ela fala e sai da rodinha, deixando todos estagnados e eu com muita raiva. Fazemos a mesma coisa que ela e vamos para o nosso dormitório. Assim que já estava pronto para dormir ouço batidas na porta e ouço uma voz vindo da mesma.
 -Locksley, o Coronel o espera em sua sala em cinco minutos.- Ao ouvir aquilo me ajeito e vou para sua sala, que era a exatamente cinco minutos dos dormitórios. Ao chegar bato na porta, espero sua resposta e entro.
 -Pois não Coronel?- presto continência a ele e me sento em sua frente.
 -Senhor Robin, como o senhor é o mais confiável por mim dentre os demais, gostaria de sua ajuda para podermos fazer uma festa de recebimento para os alunos novos, algo simples porém organizado. Tem alguma ideia?
 -No momento não tenho nenhuma, mas se me der um pequeno período eu posso pensar em tudo para o senhor.
 -Certo rapaz, confio em você.- Assim que estava saindo bati meu braço com descuido por algumas folhas que estava sobre a mesa do Coronel, no mesmo momento comecei a recolher as folhas e a última delas eu pude ler o nome de Regina e resolvi dar uma breve olhada e vi sua data de aniversário, uma ideia me veio na cabeça e logo a disse com o Coronel que adorou a ideia e juntos começamos o planejamento...
          ...
 -Você fez o que?- Daniel exclamou fazendo Robin revirar os olhos.
 -Eu disse pro Coronel para fazermos uma festa de recepção e de aniversário já que vários alunos fazem aniversário por agora.
 -Vários quem? 
 -Não sei, mas sei que Regina faz e poderíamos fazer alguma coisa sabe...
 -Como por exemplo?- Graham me olha com dúvida.
 -Também não sei, mas...
 -Você tá caidinho por ela cara- Graham concorda com a fala.
 -Vocês estão loucos, claro que não. Só dei a ideia para termos a desculpa de fazer uma festa e termos bebidas.
 -Ta bom Robin, tá bom. Diga o que quiser, não vai mudar nosso pensamento.
 -O que vocês querem que eu faça para que prove a vocês que isso não verdade?
 -Eu tenho uma ótima ideia.- Samdi entrou no quarto e se sentou ao lado de Daniel.- Por que não fazemos uma aposta?
 -Que aposta? 
 -Você tem que fazer essa garota se apaixonar por você em até um mês. Após esse mês se passar você simplesmente a dará um fora. Simples assim! 
 -Você é idiota? Eu não vou fazer isso, se alguém descobre...
 -É, parece que estamos certos, Robin está caidinho pela morena.- todos concordam com Graham e Robin fala:
 -Tudo bem, eu aceito sua aposta...


Flashback off


Pov Regina


Volto para a mesa mas antes passo no bar para beber três doses de vodka e pego uma cerveja.
 -Regina você demorou. Tá tudo bem?- Mary me pergunta e eu confirmo.
 -Ta sim, tinha uma mulher no banheiro que estava mal resolvi ajudar ela, assim que ela foi embora eu voltei pra cá.- essa foi a mentira mais esfarrapada que já dei na minha vida porém todos parecem ter acreditado. Logo em seguida Robin volta e se senta junto a nós e como antes, não tirava os olhos de mim. Eu estava cansada disso, me levantei e fui em direção a Mary, Emma e Belle e as puxei para a pista.- Bora dançar meninaaaaas!
 -Só se for agora...- no ambiente começou a tocar Reggaetón lento e todas as meninas começaram a se movimentarem de uma forma sensual movimentando bem os quadris.
 -Que visão do paraíso, minha mulher dança muito bem.- Killian comenta enquanto observa Emma a dançar o encarando.
 -Nenhuma se compara com Regina, me desculpem, mas se eu pudesse eu a agarraria bem alí.-Arthur comenta e o olhar de Robin se fecha.

Pov Robin


Ouvir aquilo sair da boca desse homem me deu nojo não sei porque. Só sei que meu olhar se encontrou ao dela enquanto ela dançava, não sabia se era um delírio ou estava realmente acontecendo, ela estava dançando de uma maneira tão provocante que meu amigo começou a se manifestar. Eu rapidamente olhei para o lado e quando voltei a olhar para aquela mulher a vi sendo agarrada por um homem, não sei o que aconteceu, ela tentava fugir e ele a apertava mais. Não pensei em nada apenas me levantei e quando dei por mim mesmo já havia acertado um soco no rosto do indivíduo.
 -Não a toque, ela te disse para soltá-la.
 -Foi mal cara, não vou me meter mais.- ele se virou e foi embora. Peguei em uma mão de Regina e a levei para um canto da balada.
 -Ei, você está bem?
 -Estou, sim, obrigada.
 -Não tem que agradecer. Eu tô aqui pro que precisar- toco levemente seu rosto e trocamos nossos olhares. Sem pensar duas vezes eu a puxo para um beijo, nossas línguas se cruzam com destreza por alguns segundos.
 -Regina eu...- um tapa é transferido em seu rosto e Regina grita com um dedo apontado em seu rosto.
 -Não se aproxime de mim Locksley, nunca mais!
 


Notas Finais


Heloo, então né fiquei sumida por uns dias mas tudo certo, só para avisar vocês que teremos capítulos novos toda segunda, quarta e sexta ok! Espero que gostem.😁
Beijos A&A😘❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...