Hist√≥ria CRIMINAL ūüí≤‚̧ūüĒę (Imagine Min Yoongi) - Cap√≠tulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Bts, Romance, Sequestro
Visualiza√ß√Ķes 785
Palavras 1.594
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ‚̧

Capítulo 12 - Cap 12


Fanfic / Fanfiction CRIMINAL 💲‚̧🔫 (Imagine Min Yoongi) - Cap√≠tulo 12 - Cap 12



Ontem Min me disse para ficar longe daquele cara, ele até me deixa trancada no quarto dele quando ele saí. Sim, eu briguei com ele pois eu não queria ficar trancada em um quarto o dia todo, mas ele é muito teimoso e até gritou outra vez comigo dizendo que estava fazendo pelo meu bem. Eu disse pra ele mandar esse cara embora então, mas ele disse que não pode, pois segundo ele as melhores mercadorias é ele que fornece. Agora estou aqui tomando meu café da manhã no quarto dele. 


- Prometo que eu não vou demorar, venho rápido para ficar com você - disse Min assim que entrou no quarto usando um terno 


- Onde é que você vai tão elegante assim ? - arqueei uma sobrancelha 


- Em um evento, mas só tem empresários desse ramo que não prestam - se ajeitava na frente do espelho 


- Você não é diferente - me olhou sério - Desculpa, eu não quis lhe ofender - forcei um sorriso 


- Eu devo ter amar muito mesmo, pra suportar as coisas que você me joga na cara - me deu um selar na testa - Se cuida, não saía daqui - se afastou e saiu trancando a porta 


- Até parece que vou ficar o dia aqui - falei pra mim mesma 



Olhei pela janela e avistei Min sair pelo portão com seu carro. Então aproveitei e peguei a chave extra que eu tinha escondido dele, abri a porta e saí, olhei pelos corredores e não vi sinal de ninguém. Então saí em disparo para a sala e liguei a TV colocando nos desenhos. 


- Oba! Club das winxs - sorri enorme 


- Que garota Alegre, apenas por causa e um desenho, as outras que eu conheço ficam Feliz depois de uma boa foda - me levantei com tudo e ele estava atrás de mim 


- Min mandou você ficar longe de mim, então saía daqui - ordenei 


- Acontece que está apenas nós dois aqui, e era pra você está trancada no quarto, já que eu sou tão perigoso - gargalhou me assustando 


- Só que eu não sou bicho pra ficar trancada, e eu não tenho medo de ninguém - sorri convencida 


- Que bom, então vamos assistir essas fadinhas juntos - se sentou no sofá e deu uns tapinhas pra mim sentar ao seu lado 


Olhei pra cara de ousado dele e revirei os olhos, fui e sentei no outro sofá e ele gargalhou por causa isso. 


- Eu era você que não tinha medo de ninguém ? - sorriu debochado 


- Silêncio, momento da musa agora - pedi silêncio 



(...)



Jackson não tinha tentado nada, e estava sendo legal comigo. Já tínhamos assistido bastante desenhos e eu até fiz pipoca pra nós, e quando estávamos dando altas gargalhadas a porta é aberta por Min, que nos olha com uma cara na boa. 


- Oi Yoongi! - Jack pareceu provocar o pálido 


- O que estão fazendo? - perguntou irritado 


- Assistindo desenhos, não é óbvio? - pareceu provocar de novo 


- Venha (s/n), suba para o quarto - ordenou Min 


- Ah não, agora que vai começar os melhores desenhos - fiz bico 


- NÃO QUERO SABER, SUBA PRA ESSE CARALHO AGORA - gritou assustando nos dois - Por favor - pediu calmo 


- Certo! - respondi baixinho e saí andando em passos lentos 


- Eu disse rápido, não devagar - pegou em meu pulso e saiu me arrastando rápido 


- Sempre me machucando - reclamei 



Adentramos seu quarto e eu me sentei na beira da cama, Min trancou o quarto e ficou de costas pra mim, como se estivesse tentando se acalmar e não me espancar bem aqui. Depois se virou pra mim e veio em minha direção. 


- Porque me desobedeceu? - perguntou calmo 


- Não sou bicho pra ficar trancado! - respondi sem lhe olhar 


- Quando eu falar pra você não sair da droga desse quarto, VOCÊ NÃO SAÍ! - jogou seu computador que estava em uma mesa 


- Ele não me fez nada, olha eu tô bem! - me levantei segurando seu rosto - Ele nem é perigoso, ele é legal, ao contrário do que você disse - seu rosto se fechou na jogada e ele tirou minha mão de seu rosto 


- Ele é legal ? - sorriu - Se eu tivesse demorado mais um pouco eu aposto que você estaria aberta dando a buceta pra eu levar - disse com ódio nas palavras 


- De novo isso? - sorri - É o que ? Tu só vão parar de dizer essas coisas quando eu der pra ti, é ? É isso Min Yoongi? - o olhei com raiva também 


- Claro que não é isso, desculpa ter falado assim com você de novo, eu só não quero que esse cara lhe machuque, por isso que pedi para não sair daqui....eu prefiro que me machuquem do que machuquem você - me abraçou - Eu não perdoaria se acontecesse algo com você - me apertou mais 


- Tá bem, não vou sair daqui, mas não me deixe sozinha, por favor - o olhei 


- Não vou, vou pedi pra Jimin cuidar dos meus assuntos até Jackson ir embora - me beijou rápido - Agora vamos almoçar - me puxou pra sair do quarto 



(...)



Estavamos os três almoçando sentados na mesa, eu fiquei sentada do lado de Min e Jackson estava do outro lado da mesa. Toda hora ele piscava pra mim, acho que o pálido nem estava notando. 



- Eu vou meter uma bala no teu coração se não parar de piscar pra minha mulher - o pálido deu um soco na mesa 


- Foi mal, eu não tenho controle com esse meu olho aqui, ele já se acostumou a pisca pra garotas bonitas - sorriu cínico 


- Eu ando muito bonzinho ultimamente - sorriu irônico Min 


- Vai ver é a garota que está lhe domando, bem que eu adoraria ser domado por ela - sorriu malicioso e piscou outra vez 


Min se levantou com tudo e puxou sua arma morando na cabeça de Jackson, me assustando e assustando e também.  Porra se ele conhece o Min e sabe que ele é capaz das coisas, porque ele fica provando? 


- Eu te avisei! - disse Min 


- Foi mal cara, você sabe que eu sou assim - se defendeu Jackson e puxou sua arma também - Bora ver quem é mais rápido? - sorriu 


- Sabemos quem é o mais habilidoso - sorriu convencido o pálido 


- Gente, por favor....Min eu não quero presenciar isso de novo - coloquei minha mão em seu pulso veiudo 


- Desculpa mano, vamos esquecer isso é focar no nosso objetivo - Jackson abaixou a arma e estendeu a mãos pra Min que demorou um pouco a fazer o mesmo - Por sua garota - disse por fim 


- Certo! - apertou a mão do amigo e eu sorri aliviada 



(...)



 Estava de noite e eu e Min estávamos na cama conversão de sobre coisas aleatórias. Ele apenas de calça e eu apenas usando sua camisa e se calcinha, mas sem maldade nenhuma, apenas confortáveis. 


- Você nunca me disse sobre seus pais - comentei - Onde estão eles?  - me deitei em cima dele 


- Eles moram em um sítio aqui em Seoul, mas eu não visito eles - brincava com os fios do meu cabelo 


- Porque?  - franzi o cenho 


- Fala sério, eu sou um criminoso, assassino e traficante, acha mesmo que eles vão querer receber uma visita de um filho assim - começou a rir 


- Mesmo assim, você é filho deles - lhe dei um selinho 


- Você nessa posição e vestida assim, esta me atiçando - apertou minha bunda com as duas mãos fazendo um senti sua ereção - Tá vendo ? - sorriu cínico 


- Para, eu não quero - fechei os olhos suspirando 


- Ah não, tem certeza? - pressionou nossos sexos mais ainda 


- Ah, Min - soltei um gemido baixinho 


Min sorriu com isso, e se sentou na cama comigo em seu colo, e puxou minha camisa pra cima tirando ela sem cerimônias. 


- Ótima visão, só meus - segurou meus seios com cada mão 


Abocanhou um e é apertou o outro, sua outra mão ficou em minha Costa, me inclinando um pouco pra trás, pra ele poder chupar melhor. Lambeu ao arredor do biquinho e depois mordeu de leve, e voltou a chupar como um bebê, mudou de seio e fez a mesma coisa com o outro. Depois foi subindo seus beijos e começou a lamber meu pescoço e dar mordidinhas. 


- Ah, hmmm - gemi 


- Vou fazer Jackson ouvir você gritando meu nome de prazer, pra ele saber a quem você pertence - chupou meu lóbulo me arrancando um gritinho 


Me deitou na cama e ficou por cima de mim, foi descendo seus beijos por minha barriga, e passou a língua portuguesa cima da minha intimidade cobertada pelo tecido fino da calcinha, me fazendo gemer seu nome alto. 


- Min! - ele sorriu 


- Meu soa bem assim - sorriu e puxou minha calcinha 


O tecido fino deslizou por minhas pernas, e Min abriu minhas pernas quando eu fechei por vergonha. Seus olhos transbordaram luxúria e muito desejo enquanto fitava minha intimidade por alguns minutos.  


- Visão do paraíso - me olhou com um sorriso - Minha, apenas minha - desceu seu rosto para o meio de minhas pernas enquanto mantinha seus olhos vidrados em mim 





Continua...




Notas Finais


O Hot fica pro próximo cap 😃

Até que enfim esses dois vão dar no couro. 😂😂😂😂😂‚̧



Até mais ‚̧


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...