História Criminal Love - (YoonMin). - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Kai, Lisa, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Estudante, Gangster, Jisoo, Min Yoongi, Namjin, Park Jimin, Taekook, Yoonmin
Visualizações 80
Palavras 768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooi, essa é minha primeira história e eu to muito nervosa ai socorro.

Ignorem os errinhos básicos ok

Até as notas finais ^^

Boa Leitura ❥

Capítulo 1 - I - Dammit, Jimin!


Fanfic / Fanfiction Criminal Love - (YoonMin). - Capítulo 1 - I - Dammit, Jimin!

[Central University Of Seul, 08:46 PM].

— Vamos Taehyung, está tarde! – O menor chamou novamente o melhor amigo que ainda guardava suas coisas em sua mochila, todos já haviam saído da sala e haviam restado apenas Jimin e Taehyung dentro da mesma, já que o outro precisava copiar o resto da lição.

— Espera, porra! – Taehyung disse irritado de tanto ser chamado pelo amigo, e colocando a mochila sobre o ombro começou a caminhar sendo seguido pelo outro.

— Ei palhaço, me espere! – Jimin apressou o passo na tentativa falha de acompanhar o amigo, que parecia correr pelos corredores da universidade.

— Você não queria ir embora? Estou fazendo oque você pediu. – Respondeu grosseiro enquanto parava de andar um pouco para o outro ficar ao seu lado – Idiota. – Taehyung disse calmo enquanto passava seu braço por cima dos ombros de Jimin em um abraço.

— Você às vezes é grosseiro demais comigo, Tae. – Dramatizou enquanto abraçava a cintura do amigo e atravessavam o portão da universidade e trajavam o mesmo caminho de sempre.

[...]

— Sabe, Jimin... – Taehyung comentou enquanto chutava uma garrafinha que havia jogada ali na calçada, recebendo apenas um “hum?” como resposta. – Hoje eu vi na TV que aquela gangue, GDK, está à solta novamente pelas ruas daqui de Seul.

— Idai? – Jimin perguntou sem se importar que uma das gangues mais temidas e procuradas de Seul estavam novamente à solta.

— Como “idaí“, Jiminnie? – Tae perguntou incrédulo – Você tem noção de que gangue eu estou falando? A qualquer momento você pode esbarrar com um dos integrantes e levar um tiro no meio da testa?

— Isso não vai acontecer, Taehyung. – Disse calmo enquanto observava o pouco movimento de carros passarem ao seu lado, talvez por conta do horário. – Ouvi dizer que são cinco garotos, todos muito lindos.

— Também são frios e arrogantes. – O maior comentou enquanto sentia todo seu corpo se arrepiar por apenas lembrar do quanto a GDK é perigosa, seus roubos parecem ser totalmente planejados e calculados. E talvez sejam já que, nunca foram pegos e até hoje são todos procurados. – Eu tenho uma foto do líder deles, que foi postada no site da polícia daqui. – Taehyung colocou sua mochila em frente seu corpo e abriu a mesma, tirando seu celular de dentro da mesma e fuçando sua galeria a procura da tal foto.

— Porquê diabos você tem foto do líder deles no seu celular? – Riu baixo enquanto olhava para frente e via um pouco longe, um homem descer de um carro e caminhar na direção contrária da deles rapidamente.

— Ah porque sim, eu queria te mostrar mesmo. – Taehyung disse enquanto caminhava lentamente por está olhando o celular.

Jimin ignorou o outro e continuou a caminhar vendo o homem se aproximar cada vez mais. Ele era estranho, caminhava de cabeça baixa e rapidamente, como se estivesse fugindo de algo.

— Ah, achei! – Jimin olhou para o amigo e se aproximou do mesmo, se preparando para ver a foto, porém quando iria olhar direito, sentiu seu corpo se chocar contra de outra pessoa e logo ir ao chão, por conta do forte impacto.

— Olhe por onde anda, imbecil! – O menor se pôs de pé enfrente o culpado por sua queda e observou suas vestes. Era o homem esquisito.

Assim que o homem levantou seu rosto, Jimin ouviu o amigo ao lado murmurar um “não pode ser”. O garoto tinha a pele branca como a neve e seus cabelos eram escuros. Os traços de seu rosto eram tão bem desenhados que Park poderia até mesmo confundir com um anjo – exageros a parte –.

Taehyung segurou no braço do amigo enquanto sentia seu coração pulsar forte em seu peito e abriu a boca para falar algo que fizesse Jimin se calar, porém se calou assim que ouviu uma risada debochada sair dos lábios do homem a sua frente.

— Quem você pensa que é pra falar desse jeito comigo hum? - Yoongi se pronunciou em um timbre calmo, porém seu corpo fervia de raiva por dentro.

— Ji-Jimin n-não... – Taehyung tentou impedir o amigo de cometer a maior besteira de sua vida.

— Sou o cara que vai quebrar sua cara caso você não saia da frente e me deixe passar. – O menor ali retrucou demonstrando toda sua raiva.

— Merda... – Taehyung sussurrou baixo e abaixou a cabeça com medo do que viria a seguir.

Pôde se ouvir o barulho da arma sendo destravada e logo sendo mirada certo na testa de Jimin.

— Eu quero os dois dentro daquele carro, agora. – O maior ali deu uma ordem ainda usando seu timbre calmo, sorrindo internamente ao que percebeu o desespero do garoto de cabelo tingido de rosa.

E foi aí que Jimin se viu sem saída.

[...]


Notas Finais


Esse foi só o comecinho, no próximo cap a história vai começar pra valer kkhhkk

Não sei se ficou bom, como é a minha primeira vez né...

Até um outro dia ❤☺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...