História Criminal Love - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags Criminal
Visualizações 39
Palavras 1.270
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como disse não vou abandonar a fanfic, aqui mais um capítulo. Lembrem de comentar e favoritar isso incentiva qualquer autor.
Na capa: Hayley Russell
Boa Leitura
&
Beijos

Capítulo 4 - Three


Fanfic / Fanfiction Criminal Love - Capítulo 4 - Three

P.O.V Angel 

-Mata ela e o bebê

Já pensei em como eu poderia morrer talvez bem velhinha com filhos e netos criados, mais nunca passou pela minha cabeça morrer tão nova, e muito menos grávida.

Meu corpo estava sem movimentos era como se eu tivesse perdido meus sentidos, e não comandasse nada do meu corpo, todos me olhavam normal, como se nada houvesse acontecido, como se Harry não tivesse dito " Mata ela e o bebê". Pra eles isso parecia normal mas pra mim não, como um homem pode ser tão frio a ponto de mandar matar um filho? Ele não tem coração?ou sentimentos? Pelo que acabo de ver, não ele não tem.

Porque diabos eu não segui minha cabeça e fiquei em casa, eu podia muito bem criar essa criança sozinha, assim privaria a vida dela e a minha.

-tá louco, Harry? _Hayley foi a primeira a se pronunciar, pelo que vi ela era a única que parecia não ter medo dele.

-desde quando fui normal?_Ele diz em um tom frio, fazendo os meus pelos se arrepiaram por completo.

-ela é a mãe do seu filho, que no caso você está mandando matar_Ela diz desesperada , como disse eu não me mexia ou falava pois a única coisa que se passava na minha cabeça era a minha morte .

-grande coisa, ela não vai ser a primeira mulher que eu mando matar, e nem vai ser a última 

-ela está esperando um filho seu_Ela diz como se fosse óbvio 

-foda-se, vou sair quando eu voltar eu quero ela morta_Ele apontou pra mim, e eu engoli seco. Ele sai e o loirinho logo vem até mim, mas é impedido por Hayley que lança a ele um olhar fuzilante.

-Eu vou atrás desse filho de uma arrombada, vocês não toquem em um fio de cabelo dela, se não quando eu voltar eu arranco o pau de vocês com uma faca. _Ela diz autoritária e sai,me deixando a sós com esses psicopatas. 

Logo alguns dos meninos saem deixando apenas eu e o moreno daquele dia.

-no que você se meteu em garota? _Ele diz debochado- Mesmo que ela consiga fazer Harry mudar de idéia, você não vai sobreviver a ponto de trocar a primeira  fralda do seu filho. 

Ele diz e eu dou dois passos pra trás, se ele quis me assustar mais do que estou, ele conseguiu.

-vou te dar uma segunda chance pra viver, sai daqui e ficar bem longe dessa cada, e principalmente do Harry,  aquele ali consegue ser pior que o demônio quando quer, e o problema é que ele sempre quer.

Ele diz e eu logo saio dali, as lágrimas começaram a descer mais logo tratei de limpar, e sair dali o mais rápido possível.

P.O.V Harry 

-Harry seu filho de uma puta, me espere

Eu escutava a voz e os saltos enormes de Hayley mas mesmo assim continuei a caminhar em direção a boate.

- para de andar seu estúpido, filho da mãe_Ela segura meu braço

- o que você quer? 

- como pode ser tão frio a ponto de mandar matar seu próprio filho? 

Eu nunca me vi nessa situação, eu fui criado pra comandar a máfia, pra ser o melhor de todos, pra ser o pior de todos, eu não posso ter sentimentos ou qualquer distração, se não isso me torna vulnerável, e vulnerável significa fraco, significa que seus inimigos vão ter cartas na manga que podem te colocar contra a parede. Além do mais o que um cara cheio de demônios, de coração de aço pode oferecer a uma criança?

- por favor Hayley, sem sentimentos de mulherzinha_Digo revirando os olhos 

- não é sentimento de mulherzinha, isso é o que qualquer ser humano sente quando uma criança que nem nasceu vai ser morta pelo próprio pai. 

- eu não vou matar, eu só dei a ordem pra matar, quem vai matar é o Niall._ Sou interompido por um soco no olho, encaro Hayley e revido o soco, e dou mais um de brinde. 

- olha Hayley não é porque eu te considero alguma coisa que você tem o direito de se achar não, eu ainda posso dar um  de maníaco e te matar._Rosno.

- porque isso Harry? Porque continuar com essa matança sem fim, porque você não pode recomeçar, porque não pode ser feliz? 

- PORQUE EU NÃO TENHO ESSE DIREITO _Grito 

-SIM VOCÊ TEM, todo mundo pode ser feliz. Todo mundo merece uma chance de ser feliz

-ok, ok agora me diz o que essa criança vai me oferecer? Despesas? Preocupação? 

- ela vai te oferecer uma coisa que você não tem 

-e o que é?

-esperança, amor, essa criança vai ser a lua que vai iluminar essa sua escuridão sem fim, essa criança vai ser seu recomeço a forma de você ser um homem melhor, isso é uma das milhares de coisas que ela vai te proprcionar.Com isso você vai poder se libertar desse ciclo repetitivo de dor e sofrimento que você vive a anos, ela vai pode te dar o que qualquer pode querer, uma família. 

- pra quer ter uma família Hayley ?pra sofrer? veja meu caso, tenho um pai maníaco que me criou pra matar, além de matar minha mãe e meus irmãos na minha frente, tirando o fato de que ele não se contenta em eu ser melhor que ele e me percegue até hoje, vamos pegar outro exemplo, o seu_Sorriu debochado, e vejo os olhos de Hayley encherem de lágrimas - Olha você, foi abandonada pelos pais adotivos, e expulsa pelos adotivos quando engravidou do Louis, além de levar uma surra dos infernos que fez você perdeu o bebê, e a impede de ter filhos.Não percebe ou não quer ver que somos condenados a escuridão sem fim. 

- Não somos não Harry,  você pode até ser mas é por escolha própria, eu consegui achar a minha lua no meio da escuridão, eu consegue deixar o passado onde ele deve ficar que no caso é no passado, eu recomecei e sou feliz com isso, não vê? Eu amo Liam e ele me ama, tem coisa melhor do que você morrer a qualquer minuto mas sabendo que você foi amado? Você não pode me responder essa pergunta, porque não se deixa sentir a sensação, sim Harry estamos condenados, mas quem disse que não podemos ser amados? Você está fazendo suas próprias escolhas e sofrerá com as consequências depois,mas nunca abra sua boca pra dizer que eu não te avisei, ou até quis mudar seu trageto, mas infelizmente você quis descer montanha a baixo._Ela diz e saí.

P.O.V Angel 

Eu estava em prantos a qualquer momento eu podia ser morta, afinal quando Harry chagar de sei lá onde ele foi e não me encontrar com uma bala no coração ele viria atrás de mim e me mataria com suas próprias mãos. 

Comecei a arrumar minhas roupas e coloca-las em uma bolsa ficaria na casa de minha vó, no norte de Londres assim ele não iria me achar.

- você vai fugir? E sua mãe?

- quando eu estiver lá na casa da minha vó segura e viva eu invento  alguma desculpa 

-eu te amo Angel toma cuidado 

-eu também te amo Lilian

Pego minhas coisas e abro a porta a dando de cara com o demônio, eu vou morrer.

-iria fugir Angel? _Ele me encara com os olhos transbordado de ódio, eu não consegui pronunciar nada.- ME RESPONDE PORRA 

-s..sim_As lágrimas descem de meu rosto.

- que pena não vai mais, a partir de agora você vai morar com migo, a partir de agora sua vida me pertence, pelo menos até isso_Ele diz apontado pra minha barriga -nascer. 

-você não vai me matar? 

- não.....não agora, quem sabe daqui nove meses_Ele sorrir diabólico 


Notas Finais


Gostaram?
Comentem
Favoritem
Indiquem
Até a próxima😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...