História Criminal Love - Capítulo 9


Escrita por:

Visualizações 169
Palavras 678
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heeey, disgurpa a demora pra postar capítulo, estava sem tempo, tipo, sem tempo mesmoooo. Aula e curso num é coisa fácil ;-;
Enfim, vamos pro capítulo meus amores?

Capítulo 9 - Olha quem voltou


Fanfic / Fanfiction Criminal Love - Capítulo 9 - Olha quem voltou

Pov. Rafael Lange

Talvez hoje seria meu último dia de visita com Felps, o plano já estava quase acabado... Já era horário de visita, como sempre, Felps estava me esperando. Na mesma hora que me sento, ele logo me pergunta :

-Como você está?

Ainda não entendi o por que dele sempre me perguntar isso.

-Bem... Estou bem. Mas com...

- ele me cortou - Ótimo, pois você vai ter que estar muito bem para a fuga - ele exclamou - o dia previsto pra fuga será amanhã, então é melhor vocês já irem se preparando, o guarda vai deixar a chave em seu quarto hoje. Esconda ela bem... Não tenho muito tempo aqui. Mas só pra recapitular, você pega a chave, libera quem quiser sair, vão procurar uma pedra ENORME, onde estará o buraco, vocês vão passar pelo buraco, e correr até a van. Sejam rápidos. Agora eu já vou indo - ele se levantou e saiu apressadamente da sala...

Achei estranho a maneira que ele saiu, digo, não consegui falar um a sequer...

Já era a hora de ficarmos livre, fui até Pac para avisar tudo a ele. Ele estava com seu amigo, Authentic.

-Hey, gente - eu me intrometi na conversa - a fuga será amanhã, tudo bem? - falei calmo e bem baixo.

-Sobre isto, eu não vou mais, e peço que não levem Cauê... Eu só ia sair para ir atrás dele, agora que ele está aqui, não tem sentido eu tentar fugir - Disse Authentic, meio cabisbaixo

-Tudo bem... Não se preocupe. Pac, amanhã de madrugada, ein? Não vá dormir. - Eu falei olhando para a Pac, ele parecia um pouco triste. Não quis perguntar nada para ele, pois Authentic estava no recinto - bom, já vou indo, até mais.

Eu saí andando, e pensando o por que Pac está assim.

Pov. Pac

Confesso que fiquei um tanto quanto chateado ao saber que ia ter que me despedir de Authentic por um tempo indeterminado, digo, ele ia ficar na prisão, e eu ia fugir... Então íamos nos separar.

-Pac? - ele falou olhando bem para o meu rosto - tu ficou sabendo que Teddy sai da solitária hoje, né? - Nessa hora minha cara mudou totalmente, fiquei meio aterrorizado, mas não podia deixar ele saber disso.

-... deixa ele lá na dele, que eu fico aqui na minha. - Falei tentando não mostrar o medo que havia contido em mim.

Logo em seguida da minha fala, olho para trás e vejo Teddy vindo em minha direção, sinto minhas pernas tremer, quando ele se aproxima cara a cara comigo, fecho os olhos, esperando uma surra, ele levantou seu braço com a mão fechada, senti que sua mão vinha em direção a minha cara, mas algo para ela. Abro meus olhos e vejo que alguém havia segurado o braço de Teddy, olho mais pra cima e vejo Mike segurando o braço dele.

-Mal saiu da solitária e já quer voltar ein, Sr. Teddy?

-... - ele se soltou de Mike - você ainda me paga - ele falou, e logo em seguida saiu andando.

-Ta tudo bem? - Mike disse com um tom de preocupado

-S-sim... - senti minhas bochechas corarem. Todos do presídios nos observavam - bom, já vou indo... O-obrigado - eu falei e fui embora rapidamente, logo atrás de mim estava Authentic.

-Você tem algo com ele? - disse Authentic

-O QUE?! - Nessa hora me viro e fico cara a cara com o mesmo - olhe o ABSURDO que está falando, ele é policial, e eu um detento... Digo, isso nunca daria certo - eu falei tentando disfarçar tudo que já aconteceu entre mim e Mike.

-Sei... - Authentic falou desconfiado

Eu não sabia esconder nada, meu deus.

Depois de todo o ocorrido com o Teddy, voltamos para a cela... Não havia conseguido dormir muito, estava um pouco ansioso para a fuga... Estava pensando, séria até bom eu fugir, tipo, o Authentic ia poder ficar sozinho com Cauê, e eles podiam resolver suas diferenças, certo? Eles formariam um ótimo casal.


Notas Finais


Espero que tenham gostado :3
Ficou meio pequeno? Ficou, mas se continuasse a escrever mais, o próximo capítulo ia ficar bem zzz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...