História Criminal Love - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Ação, Criminal, Drogas, Festa, Ficção, Justin Bieber, Romance, Violencia
Visualizações 33
Palavras 1.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem se tiver erros, não deu tempo de corrigir... Enfim, boa leitura ❤❤

Capítulo 2 - Bitch




                                     P.O.V Justin Bieber


 Hoje foi um bom dia para todos nós, o assalto deu certo, o carregamento de armas chegou em segurança e até mesmo a papelada com todas as fontes de rotas de drogas dos meus vendedores bateram certamente, parece que seria hoje o dia em que eu teria um pouco de paz. 

Saí do escritório e fui em direção a sala onde os caras estavam comentando alguma coisa animados. 

-Aquela loira concerteza pagaria um boquete pra você alí mesmo, Chaz. -o Ryan falou 

-Como se você não soubesse do meu poder com as mulheres. -o Chaz falou se gabando 

-Se tivesse mesmo o poder do papai aqui, ela concerteza teria ajoelhado e feito na hora. -falei me sentando no sofá e pegando uma cerveja 

-Ok, já deu seus idiotas, vamos pra alguma boate hoje? -O Christian falou pegando um energético 

-Não sei vocês, mas hoje eu quero pelo menos cinco na minha cama. -Ryan disse com um sorriso no rosto 

-Vamos naquela da Avenida principal.-falei 

Continuamos conversando por mais alguns minutos e depois eu resolvi subir pra me arrumar pra ir pra boate. 

Entrei no meu quarto e fui em direção ao banheiro. Entrei no box e liguei o chuveiro deixando assim as centenas de gotas d'água caírem 

Depois de alguns minutos saí e fui em direção ao closet onde vesti uma calça preta e uma blusa da Gucci branca. Coloquei um par de supras brancos e correntes de ouro juntamente com um relógio no meu pulso 

Sequei meu cabelo e passei gel deixando ele em um topete perfeito, coloquei perfume e desci as escadas já vendo os caras prontos na sala. 

-Vamos. -falei e saí já sentindo os passos dos três atrás de mim. Essa noite eu quero comer um monte de vadias. 

Cheguei na garagem e olhei pra os meus diversos carros que estavam estacionados, decidi ir na Ferrari branca, me dirigi até a mesma e entrei, em seguida já saindo da mansão. 

Vi os carros dos caras atrás de mim e dos meus seguranças, eu não posso dar bobeira o meu fiel inimigo Mark está muito quieto e claro, pra um traficante como eu, nunca posso dar bobeira 

Depois de alguns minutos chegamos na boate onde já a fila já estava lotada, o que significa mais dinheiro no meu bolso. 

Estacionei já chamando a atenção de todos assim como os caras e fomos em direção a entrada. 

-Boa noite patrão. -o segurança John falou 

-Como está o movimento? 

-A casa está cheia como sempre. 

Passei por ele sem precisar ir pra fila e entrei na boate, as luzes fortes e a música alta já tomava conta do local. Mantive minha postura séria e caminhei até a área vip 

Nos sentamos e duas vadias vieram se se sentar no meu colo, uma em cada perna. Enquanto uma beijava o meu pescoço outra me beijava, mas claro, prostitutas de luxo, não igual essas que ficam com qualquer um. 

-Vai querer mano? -o Chaz perguntou enquanto fazia carreirinhas de cocaína na mesa 

-Nunca nego. -fastei as vadias e me estendi colocando o canudo no meu nariz e sugando quatro carreirinhas. 

-Minha rainha branca. -o Chaz falou quando terminou de cheirar as dele 

-Qual foi Christian, você não pode ficar com essa cara toda hora, desencana dela cara. -o Ryan falou em relação ao Chris que estava perdido nos seus pensamentos. 

-Eu não estava pensando nela. -ele disse se defendendo. Ela era a ex dele que depois que descobriu o que a gente fazia largou ele. 

-Tem certeza? -perguntei o zoando 

-Que se foda. Me dá essa porra. -ele falou pegando os saquinhos de cocaína da mão do Chaz, fazendo carreirinhas e sugando as mesmas em segundas 

-Só vai com calma. -falei e rimos 

Por isso que meu lema é: Nunca se apegue por buceta, elas sempre te ferram 

Continuamos conversando e as vadias continuaram dançando enquanto eu bebia com os caras. Eu peguei um cigarro de maconha e fui pra grade onde dava pra ver toda a boate, mas algo me chamou a atenção na pista de dança. 

Era uma loira muito gostosa, onde ela tava dançando com uma amiga enquanto abriram uma rodinha e atenção da maioria estava voltada pra elas. Eu não sei o porquê mais o meu amigo lá de baixo ficou muito animado só em ver ela dançando, imagina aquela mulher na minha cama. 

Eu vi quando ela falou alguma coisa no ouvido da amiga e caminhou em direção até o bar. Talvez essa seja a minha deixa pra comer ela hoje. Desci as escadas e fui na direção dela. 


                                P.O.V Emily Collins

Senti uma presença atrás de mim, mas não me virei. Continuei bebendo a minha dose enquanto ele se sentou ao banco do meu lado. 

-Uma dose de Uísque. -ele falou pro barman e puta que pariu que voz era aquela, mantive minha postura e percebi que ele olhava fixamente pra mim. 

-Eu nunca te vi por aqui, é nova na cidade? -ele falou e eu me virei pra ele vendo um deus grego de cabelos castanhos com uns fios loiros e olhos também castanhos e uma boca rosada muito bonita, porra, que homem. 

-Eu... -Mas que porra Emily, não gagueja. -É a primeira vez que eu venho aqui. 

-Gostosa desse jeito já era pra ter vindo antes. -ele falou me olhando e agora que eu percebi que seus olhos estavam vermelhos e nariz, com certeza estava em efeito de droga. O que tinha de gato tinha de idiota. 

-Não te dei esse intimidade, amiguinho -falei séria, qual é cara eu tô de boa aqui e tem sempre que ter esses idiotas que tratam mulher como um pedaço de carne, eu tô um pouco bêbada, ou talvez muito, mas ainda continuo com o meu respeito. 

-Garanto que vamos ter muita intimidade, até no final da noite. -ela falou e colocou uma das mãos na minha coxa. 

-Não. Não vamos, agora dá pra você se retirar por gentileza? -falei em um tom séria 

-E o que você vai fazer? Só com o meu toque eu sei que você já tá molhada, não se faça de difícil, você sabe que é uma vadia. -Qual é a porra do problema desse garoto? 

Não pensei duas vezes e joguei a minha bebida na cara dele e me levantei no mesmo instante, o vendo ficar furioso. 

-Sua vadia, você sabe com quem você tá lidando? -ele falou exaltado segurando o meu braço com muita força

-Com um idiota de merda, agora solta o meu braço. -gritei chamando a atenção de todos que estavam na nossa volta 

Parece que a cena se passou em segundos lentamente, ele levantando o braço e por sorte algum cara segurou o braço dele 

-ME SOLTA RYAN! EU VOU ACABAR COM ESSA VADIA. -Ele disse se debatendo tentando se soltar do braço do tal do Ryan 

-O que tá acontecendo amiga? -a Amanda chegou do meu lado 

-EU VOU ACABAR COM VOCÊ SUA VADIA DE MERDA! OU EU NÃO ME CHAMO JUSTIN BIEBER. -Ele gritou ainda se debatendo nos braços dos dois caras que o seguravam 

-Calma Drew, é só mais uma vadia. -Uma dos caras falou 

-Vadia? Vadia é a sua... -fui interrompida com a Amanda me puxando 

-Meu Deus do Céu Emilly, você tá maluca ou o que? -A Amanda falou me puxando quando a gente tava perto do carro 

-Ele me chamou de vadia, você queria o que? -falei quase chorando. 

-Ele é dono de toda essa merda e é o traficante mais perigoso de Atlanta sua doida. -ela disse quando entramos no carro e ela começou a dirigir em rapidez de lá. 

-O... Oque? -perguntei sem entender muito bem 

-Sua filha da mãe, você tá ferrada... 


Notas Finais


Ela é perigosa, ela KKK. Geeente, agora vai ficar sério. Comentem o que estão achando❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...