História Criminal Lover (chanchen) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 20
Palavras 2.458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hiii \(^o^)/

Voltei com essa Chanchen para meu anjinho Duke

Esse capitulo não tem muita coisa de mais, apenas algumas coisinhas e pa, as coisas so irão ficar melhores a partir do segundo capítulo

Então é isso, beijos

Capítulo 1 - One


Apontar, Mirar e atirar, era tudo que Jongdae precisava fazer, um dos olhos na mira da no gatilho, ele só precisava esperar o momento certo, e fogo. É naquele momento o único barulho que se escutou foi o disparo da arma e o corpo de encontro ao chão, Jongdae havia completado sua ultima missão solo, ele apenas não sabia disso.

Base 10: 22:52

As nuvens cobriam todo céu naquele dia, a brisa gélida do inverno batia contra as bochechas rosadas de Jongdae que Estava a caminho de sua base depois do chamado que recebeu de Yifan, sabia que coisa boa não viria daquilo, mas se permitiu apostar na sorte, adentrou o local soltando um suspiro aliviado pelo lugar estar aquecido, adentrou com cuidado retirando o casaco deixando sobre o sofá, estava tudo muito calmo na mente no Coreano, mas a calmaria não durou muito, num pequeno momento de distração sentiu algo pular sobre suas costas, bufou ao ter que se apoiar na mesa de centro da sala, lançou um olhar irritado para tras de si ao escutar o risada baixa do mais velho perto de seu ouvido

- ChenChen, finalmente chegou.

- Saia de cima de mim, Minseok, eu quase cai

- Desculpa ranzinza

Minseok desceu das costas do mais novo se jogando no sofá em seguida, sorriu ladino para o mesmo tombando a cabeça em seguida.

- Esquece, não vim para fazermos aquilo Minseok

- Amas você parece tão tenso, Saeng, eu só estou sendo um bom hyung

- Eu vim conversar com o Yifan, Minseok, não vim entrar em mais um dos seus jogos.

- Chato, pelo menos faz café, Baek é um verdadeiro desastre

- Eu escutei 

Falou o mesmo descendo as escadas, caminhando até Minseok sentando no colo do mesmo, selando os lábios logo em seguida, Jongdae apenas revirou os olho se sentando na poltrona jogando a cabeça para trás.

- Por que o Dae está assim ?

- Não sei, só sei que ele recusou brincar hoje, de novo

- Que feio Dae, não se recusa uma coisa dessa

- A vão se comer no quarto vão

Jongdae levantou irritado caminhando em passos pesados até a cozinha, deixando Minseok e Baek na sala, suspiraram juntos logo se encarando

- Ele nunca vai mudar ne ?

- Espero que sim Baek, ele vai voltar a sorrir um dia, eu sei que vai


Levou seu olhar até a Cozinha observando o mais novo preparando as coisas para fazer o café. Eles não se recordavam muito bem quando exatamente o menor deixou de sorrir e se divertir, ele apenas estava feliz num dia e no outro havia se tornado outro, uma pessoa fria e calculista, Jongdae havia se tornado a arma perfeita, sem emoções, sem sentimentos, ele apenas se fechou para o mundo, e isso incomodava seus amigos, que não sabiam o real motivo daquilo, bom quase todos não sabiam, mas Yifan sabia muito bem o porque. Não demorou muito para o cheiro do café preencher o local, e todos se reunirem na sala, Jongdae caminhou em passos calmos com a bandeja em suas mãos com a cafeteira e as xícaras, deixando sobre a mesa

- Bem que eu estava sentindo um cheiro familiar, Chen, venha comigo, precisamos conversar

- Tudo bem, já estou indo

O menor seguiu Yifan até a sala do mesmo, enquanto isso os meninos se entreolharam até parar sobre o Chinês de olheiras sentada na poltrona do Yifan, tomando um gole do café, ao percebe que estava sendo encarado, retirou seu olhar da revista encarando os presentes na sala

- O que houve ?

- Sabemos que você sabe o que o Yifan ira falar com o Chen, e queremos saber o que é para estarmos preparados

- Ele não contou ? Que irresponsável, okay, irei contar, o Jongdae vai ter...

- COMO ASSIM EU VOU TER UM PARCEIRO ?

- É, isso ai que vocês ouviram

Os meninos ficaram em silêncio, se olharam voltando a prestar atenção em coisas aleatórias, enquanto isso na sala do Yifan, as coisas não estavam tão calmas como o resto da casa

- Jongdae se controle, não é o fim do mundo

- Não é o fim do mundo ? Yifan, você me prometeu que não iria me colocar com mais nenhum parceiro depois daquele dia

- É por causa disso que eu estou lhe convocando um novo parceiro, olha o que você se tornou, Chen, você não é mais o mesmo a anos

- Eu fui treinado para matar a sangue frio, Yifan, não para ser uma pessoa feliz como eramos

Yifan apenas suspirou pesado, pegou o comunicador escutando a voz do Tao, falando para ele apenas um "mande ele subir" antes de deixar o comunicador sobre a mesa, olhou o mais novo soltando um suspiro frustrado

- Você não tem escolha Jongdae, não estou pedindo para você ser amigo dele, muito menos se relacionar, so que agora, você precisará de um apoio nessas missões

Antes do menor retrucar, batidas foram escutadas e logo a porta foi aberta, Jongdae se recusou olhar para trás enquanto o garoto de cabelos vermelhos adentrava a sala do mais velho, caminhou em passos calmos se pondo ao lado do menor, que continuava com o olhar mortal para o Yifan

- Jongdae, esse sera seu novo parceiro, Park Chanyeol, Chanyeol, esse e o Jongdae, espero que não se matem

Yifan se levantou saindo da sala, deixando os dois ali, Jongdae com os punhos cerrados, puxou a pistola se virando para o maior, que fez a mesma coisa, os dois se encararam com ódio no olhar enquanto mantinham as armas apontadas para cada um.

- Quando disseram que você era estressadinho, não achei que apontaria uma arma para mim no primeiro dia

- Escuta aqui, eu não quero ter um parceiro, eu não quero ter você na minha vida, então de um jeito de sumir daqui, antes que eu de um tiro na sua cabeça

- Sinto lhe informa docinho, não irá se livrar de mim tão cedo

- Então se prepare para seu pior pesadelo

Jongdae falou por fim saindo da sala de Yifan batendo a porta com força, desceu as escadas sendo seguido pelo maior, sua expressão não era uma das melhores, caminhava com passos pesados em direção a sala, pegou o casaco mas teve seu braço seguro por Minseok, encarou o mais velho trincando o maxilar

- Me solta, Minseok

- Jongdae você não pode fugir dessa vez, tenta manter a calma, é apenas um novo parceiro, todos temos um

- É todos são namorados, isso não conta, eu não quero ter um parceiro Minseok, muito menos esse garoto

- Olha para mim, de uma chance ta legal ? Se não de certo eu mesmo peço para o Kris para vocês não serem mais parceiros, ta bom ?

- Uma chance

Disse por fim recebendo um sorriso dos de mais, menos daquele que seria seu parceiro, o encarou com a expressão vazia sendo encarado da mesma maneira, Minseok saiu da frente do menor, o clima daquela sala nunca tinha sido tão pesado como naquele momento, Chanyeol abriu um sorriso ladino estalando o pescoço

- Acho que isso sera divertido.

- Nem um pouco divertido

- É que o inferno comece -disse baek se jogando no sofá bufando.

Jongdae seguiu o caminho até seu quarto, já que por ordens do Yifan, teria que conviver com Chanyeol para ser mais fácil quando fossem sair para uma missão, bateu a porta se jogando na cama, colocando as mãos sobre o rosto, bufou logo vendo Junmyeon entrando em seu quarto, se sentou ao lado do menor fazendo carinho em seus fios, Jongdae deitou a cabeça no colo do mesmo supirando

- Calma okay, sabe, vocês podem ser diferentes, mas Yifan disse que tem o mesmo potencial, ele é apenas mais animado, como você antigamente

- O eu de antigamente morreu faz tempo, Suho, sabe disso

- Não morreu não, apenas esta trancado em algum canto, é e só fazer um carinho da maneira certa, que ele volta a tona

Riu baixo ao ver a expressão emburrada do mais novo, deixou um beijo na testa do mesmo se levantando, Jongdae apenas se sentou na cama passando as mãos em seus fios

- bom, vou ir deitar, até amanhã Dae

- Até

Viu o mesmo sair do quarto e respirou fundo, olhou o relógio vendo que eram exatamente 00:34, soltou um suspiro saindo do quarto, vendo que não havia mais ninguém por ali, desceu as escadas, escutou um barulho na cozinha, seguiu calmamente achando que fosse baek comendo algo escondido do Yifan, mas quando chegou na cozinha travou no local, observando o maior sem camisa na cozinha, pigarreou chamando a atenção do maior, o vendo se virar para ele, sorriu de lado dando uma mordida no sanduíche

- Não sabia que ficava acordado ate tarde

- Não sou muito de dormi cedo, mas pelo menos ando vestido

- O, desculpe, não achei que alguém viria aqui a noite

- Baek sempre vem, mas tome cuidado, ele tem mania de agarrar quem ele sente interesse

Disse caminhando ate a geladeira pegando um pedaço so bolo, começando a comer, recebendo um olhar confuso do maior

- Mas ele não namora o Minseok ?

- Eles tem um relacionamento aberto, quase todos aqui tem, tirando o Yifan com o Tao e  Suho com Lay, de resto, todos se pegam

- Até você esquentadinho ?

- Primeiro, não lhe dei essa liberdade, segundo, eu participava dessas brincadeiras, mas com o tempo.. Algumas coisas mudaram

- Tipo ?

- Não lhe devo satisfações, com licença Sr. Park

Falou por fim deixando as coisas na lavadeira sendo segurado pelo maior o fazendo o encarar, Chanyeol tinha uma expressão séria diferente das outras vezes que o menor tinha presenciado, o fazendo ele se questionar pela primeira vez sobre o mesmo

- Sei que não gosta de mim, mas ao menos se esforce para isso da certo, não estou pedindo sua amizade, estou pedindo sua confiança, não sei o que aconteceu com você, mas sei que não é assim

- Eu não irei me esforçar por algo que eu quero distância, Park, eu fui treinado para agir sozinho, é continuarei agindo dessa forma, goste você ou não -se soltou do maior arrumando a postura- tenha uma boa noite

É rumou para o quarto, deixando Chanyeol frustrado na cozinha, olhou para porta vendo Sehun parada na mesma com um pequeno sorriso nos lábios

- O que foi ?

- Nada não, apenas vim pegar o remédio do Luhan

- A, boa noite então

- Hyung espera, olha, tenha paciência com o Chen, ele pode ser assim, mas ele é bom, ainda sabemos que o lado doce dele ainda está lá

- Tudo bem, irei ter, boa noite Sehun

- Boa noite, Chanyeol

Deixou o mais novo na cozinha seguindo ao seu quarto, trancou a porta se jogando na cama, deixando assim seus pensamentos se perderem, até que caísse no sono.

(...)

- Se concentre Jongdae.

- Pare de chutar a minha cara que eu me concentro

Jongdae resmungou para o Chinês que apenas soltou uma risada baixa, ficou em guarda novamente, logo voltando a treinar com o menor, era assim toda manhã, Jongdae treinava luta com Tao, mesmo que já fosse um bom lutador, tentava ao máximo para melhorar, mesmo que sua área fosse armas de fogo e armas brancas, estava tudo indo bem, ate serem interrompidos por um menino alto com um sorriso nos lábios

- ai mereço...

- Tao, Yifan está lhe chamando, tem uma missão para você

- A verdade, estou indo, mais tarde terminamos Dae

- Se importa de eu treinar sozinho, Tao ?

- Não, só não quebre nada, tchau Dae, tchau Chanyeol

Disse o Chinês saindo correndo ate Yifan, deixando para trás os dois parceiros, Jongdae pegou algumas facas, observou o alvo começando a atirar no local, acertando sempre, fazendo o maior o encarar com curiosidade

- Você é bom de mira

- Eu apenas estou imaginando sua cara no alvo, ajuda muito

- Qual o seu problema comigo ?

- Todos Park, você não deveria estar aqui, por sua causa agora tenho que trabalhar com um parceiro

- acha que eu escolhi ser seu parceiro ? Eu fui obrigado a vir para ca

- Eu não quero saber, poderia ter pedido para agir sozinho, eu não precisaria ter que aturar você na minha vida

Falou, logo vendo o maior se aproxima segurando a gola de sua camisa

- Escuta aqui, não fale como se você fosse me carregar nas costas, eu não quero isso tanto quanto você, mas querendo ou não, estamos presos um no outro

- Ótimo, então aqui temos umas regrinhas para convivência

Disse desferindo um soco no rosto do mesmo o fanzendo cambalear para trás

- Regra número um, nunca me toque odeio isso

Se aproximou do mesmo chutando sua barriga de maneira forte

- Regra número dois, nunca me chame por apelidos, não somos amigos

Segurou a camisa do maior o jogando na parede o Fazendo soltar um gemido de dor

- Regra número três, querendo ou não, eu sou seu superior mereço respeito, é regra numero quatro

Chutou o rosto do maior girando o corpo, o fazendo cair no chão, apoiando as mãos no chão, cuspindo um pouco de sangue

- Nunca seremos amigos, então não tente isso

- Você ainda vai mudar de ideia

- Não fui treinador para isso

Disse saindo da sala, esbarrando no Luhan, que entrou correndo para ajudar Chanyeol, o sentou na cadeira, pegando os kits de primeiro socorros, cuidando do rosto do mesmo

- O que vocês criaram ? Ele não parece humano, e sim um robô programado para matar

- Ele se transformou nisso, Chanyeol, não podemos fazer nada

Terminou de cuidar dos ferimentos do maior, vendo o mesmo se levantar andando em passos pesados ate a sala

- Chanyeol, pelo amor, não faz isso

Luhan correu atrás do mesmo, mas quando chegou na sala ja era tarde de mais, quando menos percebeu eles já estavam rolando no chão, trocando socos e alguns xingamentos, Correu ate o andar de cima entrando na sala do Yifan vendo os outros meninos lá

- Luge o que houve ?

- C-chanyeol e Chen...

- Sehun e Kai, vão lá e tragam eles aqui

Dito isso, os meninos correram la para baixo, separando os mais velhos um do outro, os arrastando ate a sala do Yifan, colocaram os mesmos sentados em frente a mesa do maior

- Qual o problema de vocês dois ?

- Yifan, eu não consigo ta legal, isso não é para mim

- Jongdae, ele esta aqui a um dia, é vocês já quase de mataram

- Ele quase me matou você quis dizer

- Não importa, vocês vão aprender a conviver, e vocês tem uma missão, a noite quero os dois aqui, juntos e bem

- Eu te odeio, Yifan

Falou saindo da sala, deixando meninos para trás, indo para seu quarto, Yifan olhou Chanyeol que apenas se levantou, se curvou e saiu da sala

- Por que fez isso Kris ? Sabe como o Jongdae é explosivo

- Eu só quero meu irmão de volta, só isso...

Ditou por fim, mandando todos saírem, suspirou pesado, relaxando o corpo sobre a cadeira, a partir dali, tudo se tornaria um verdadeiro caos



Notas Finais


Desculpa pelo espaçamento se tiver ruim
Meu telefone ta uma boa porra
Valeu ai
Duke saranghae ヽ(*≧ω≦)ノ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...