História Criminal Minds: Depois Da Escuridão Sempre Vem A Luz - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Criminal Minds
Personagens Aaron Hotchner, David "Dave" Rossi, Derek Morgan, Dr. Spencer Reid, Emily Prentiss, Jason Gideon, Jennifer "JJ" Jareau, Penelope Garcia, Personagens Originais
Tags Alicia, Criminal Minds, Derek, Romance
Visualizações 310
Palavras 339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal essa é minha primeira fic espero que gostem.
foto na capa é os pais da Alícia.

Capítulo 1 - Nunca É Um Adeus!


Fanfic / Fanfiction Criminal Minds: Depois Da Escuridão Sempre Vem A Luz - Capítulo 1 - Nunca É Um Adeus!

“Não há adeus, mas

difícil do que aquele

que sabemos que é

para sempre!”


Pov Alícia

Minha vida mudou drasticamente depois do assassinato da minha mãe.

Aos meus 17 anos papai voltou a beber e perdeu o emprego. Enquanto Amy se culpava pela morte de minha mãe, eu pensava no que faria, eu não podia ficar parada vendo minha família se acabar. Então aos 18 anos saí do meu trabalho na biblioteca onde eu ajudava a Srta. Peregrine com os livros, arrumei um emprego numa lanchonete, o salário não era alto, porém era o suficiente para manter minha família.

Um dia estava atendendo alguns clientes, enquanto na televisão passava a notícia sobre um assassinato. Foi aí que eu percebi o que eu queria fazer, entrei para a academia do FBI com 19 anos e uma semana depois recebi a notícia que tirou de vez meu chão, meu pai e minha irmã haviam sofrido um grave acidente de carro, Amy ficou gravemente ferida e consequentemente entrou em um coma, já meu pai veio a óbito. Depois de tê-lo enterrado com a ajuda do meu tio Gideon, eu fui visitar Amy no hospital, ela estava toda machucada, com tubos e aparelhos ligados ao corpo, infelizmente não pude ficar muito tempo com ela, pois eu tinha que termina a academia.

Um tempo depois de concluir a academia eu consegui um emprego no qual ajudava a investigar crimes locais, e assim foi até eu me deparar com um caso envolvendo um assassino em série, e logo depois encontrar a equipe da UAC, eu não participei diretamente da investigação, só ajudava vez ou outra, até que eu acabei entrando na linha de fogo. Nesse dia estava substituindo o meu parceiro, o agente Hank, pois o mesmo estava de licença-paternidade, foi quando conheci e salvei a vida do agente Derek Morgan.

3 anos depois Amy conseguiu acordar de seu coma, porém continha tendo algumas internações para checar seu estado clínico

Hoje tenho 24 anos e neste exato momento estou parada em frente ao prédio da UAC pensando se entro ou não!     

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado bjs e até o próximo capitulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...