História Criminal; TaeKook - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Changkyun, Criminal, Hoseok, Jihope, Jimin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Seokjin, Taehyung, Taekook, Vkook, Yoongi
Visualizações 118
Palavras 1.869
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura (•ө•)

Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Criminal; TaeKook - Capítulo 12 - Capítulo 12

[Park Jimin]


Eu já estava a dias naquele quarto de hospital, e estava sendo horrível. Tirando a companhia do Hoseok, que era ótima, e depois que descobri que ele era meu Hope, ficou tudo mais agradável, agora eu entendia porque sentia uma ligação tão forte com ele. Eu não comentei sobre isso a ele, não sei qual reação ele teria, éramos namorados até eu me mudar e eu não sabia se ele iria querer tentar algo ou se ele me odiaria, e eu não quero que ele se afaste, eu quero poder compensar ele por ter ido embora quando éramos mais novos. 


Eu estava juntando minhas coisas, não ficaria naquele lugar mais nenhum segundo. Tinha uma festa na qual eu deveria ir e dizer umas coisas para uma pessoa. Eu ainda estava muito irritado com tudo que estava acontecendo, e precisava me distrair e precisava ver com meus olhos o que o Jungkook estava fazendo com o Taehyung.


—Ué, recebeu alta!? —Hoseok perguntou assim que me viu em um dos corredores.


—É. E agora vou para a festinha do pessoal da sua turma. Você vem!? —Ele caminha atrás de mim e segura meu pulso.


—Você não recebeu alta, coisa nenhuma, não é Jimin? —Ele me olha irritado.


—Hoseok, só vem atrás de mim se quer cuidar de mim. Eu não vou ficar nesse hospital. —Coloco minha mão em seu pulso e o puxo.


—Mas você vai acabar se machucando seu idiota. Você não pode beber e muito, e nem sair dançando, Jimin, você quer me ouvir, eu não quero passar mais tempo nesse hospital, e não quero que você passe também. —Balancei minha cabeça negativamente tentando não me afetar com o que ele disse e segui meu caminho.


—Eu já pedi um táxi, você vai comigo? —Digo parando em sua frente enquanto ele me encarava com um bico chateado.


—É..vou. Ou eu te apoio e cuido de você. Ou eu te deixo contrariado e você fica chateado comigo. Pois é, não tenho opções e não sou de contrariar as pessoas. —Ele sorri, me deixando novamente com o sentimento de nostalgia. Mas que droga Hope.


[...]


—Podemos sair daqui? Eu já te trouxe até aqui. Não quero que se machuque! —Diz agarrando a minha mão tentando me puxar. O encarei com o semblante tedioso e ele revirou os olhos, me deixando andar, mas ainda segurando minha mão.


—Hyung, você não gosta de dançar? Vai lá..—Tento me livrar dele.


—Jimin, me afastar de você está fora de cogitação, eu vou ficar aqui até você ir embora comigo. Você vai ficar comigo e eu vou cuidar de você, já que não quer ir para o hospital! —Me puxou para um sofá e se sentou comigo ao lado. Tinha um casal se beijando ao nosso lado e aquilo me deixou constrangido.


—Yah..manda eles pararem. Isso é vergonhoso. —Digo apontando com o queixo.


—Deixa eles, se quisesse evitar isso, não teria saído do hospital. —Retrucou e me olhou irritado. Ótimo, ele 'tá irritado.


—Argh..vamos andar. Vem..—Me levando e puxo ele pela mão novamente. Fitei cada canto da sala e nada do Jungkook ou do Taehyung. Eu estava ofegante, só de andar. Droga, deveria ter ficado naquela porcaria de hospital. Quando pensei em chamar o Hoseok para sair, vi Jungkook com o Taehyung, conversando e rindo.


Aquilo me deu tanto ódio. Como ele tinha coragem de me trocar por dinheiro!? Vi eles se beijarem e aquilo me fez sentir até meu pulmão se contrair. Ele estava mesmo me trocando por um garoto filhinho de papai!? Me aproximei mais um pouco, eu iria falar poucas e boas para aqueles dois..mas pensei bem, o Hoseok 'tá aqui, o Hope 'tá aqui, e seria horrível para ele me ver assim. Jungkook percebeu que eu o observava e me encarou engolindo em seco. Olhar para ele só me deixava com mais ódio. Aquilo iria me matar, eu tinha que fazer alguma coisa. Olhei para Jungkook e olhei para o Hoseok que não parava de me chamar para ir embora, fechei meus olhos e respirei fundo.


Vou me arrepender de fazer isso com você.


Puxei ele pela mão e segurei seu pescoço, beijando o Hoseok de forma intensamente quente. Minha mente borbulhou por um instante, eu estava beijando novamente o garoto que eu amei, mas beijei para irritar o que gosto. Com esses pensamentos confusos, desci minha mão para sua cintura e apertei o local, fazendo-o gemer entre o beijo. Meu corpo estava ficando tão quente, minha cabeça parecia que ia explodir. Me separei dele ainda de olhos fechados e senti uma lágrima escorrer pelo meu rosto. Droga.


Empurrei ele e corri para um quarto qualquer, me fechando nele. Logo alguém entrou ali, enquanto eu apertava o travesseiro em meu rosto para parar de chorar.


—Hoseok..vai embora! —Digo com a mão no rosto.


—Hoseok é o cara que você 'tá enganado? —Ouço a voz de Jungkook, me fazendo tirar a mão do rosto e encarar ele.


—Jungkook..—Digo abaixando o rosto. Eu estava tão envergonhado por ter agido daquela forma.


—Jimin, porque acha que enganando alguém, você vai me afetar? Eu já disse Jimin, não posso ficar com você, eu não sinto nada por você. E eu 'tô começando a achar que você também não. Isso é só uma obsessão sua. Porque não para de fingir pelo menos um pouco e me encara de verdade! Você não tem que usar essas lágrimas comigo! —Ele diz em um tom alto.


—Para de me tratar assim! Você sabe a merda que eu acabei de fazer? Eu sinceramente.. não 'tô nem ligando para você e para o Taehyung! Eu beijei o Hoseok! —Digo alto, começando a chorar ainda mais.  


—Eu sei. Não deveria mentir para ele. Ele pode gostar de você, já que supostamente é com ele que tem ficado esses dias todos! —Ele diz friamente.


—ELE É O HOPE, JUNGKOOK! —Me desespero e grito.


—O que? O seu..—Corto sua fala.


—É Jungkook! O meu Hope, o meu primeiro beijo, o meu primeiro amor, o meu namorado, que eu deixei em Gwangju! Caramba, você não faz ideia de como eu 'tô me sentindo um lixo. Por um segundo eu fiz aquilo para te afetar, mas depois eu notei que foi a maior besteira. Eu amei ele, ele me amou e eu beijei ele, sem ele nem saber quem eu sou. Eu usei ele. Eu usei o Hope!

—Jungkook, eu fui atropelado, precisei de cirurgia, e ele pagou tudo e ficou do meu lado cuidando de mim, e olha só o que fiz agora!? Usei ele como se fosse um objeto descartável. Ele continua sendo o mesmo, mas eu me tornei uma pessoa terrível e agora quero sumir da vida dele de novo! —Abraço o travesseiro.


—Caramba..isso é culpa minha. Eu sei que você se sentiu mal por tecnicamente terminarmos e..eu anunciei que ficaria com outro cara pra você. Isso foi horrível, foi muita falta de empatia e..você não soube como encarar e talvez por isso tenha ficado obcecado. Jimin, a gente já fez muita merda. E continuamos fazendo. Eu me aproximei do Taehyung com o objetivo de dar um golpe nele, e acabei me deixando levar, agora 'tô realmente sentindo alguma coisa por ele. E ao invés de me afastar..eu 'tô infernizando a vida dele, entrando ainda mais em sua vida, colocando em risco ele e às pessoas que ele ama. Eu não deveria continuar fazendo isso. —Ele se senta ao meu lado.


—O Hoseok se importa comigo, Jungkook. Ele gosta de cuidar de mim. E sabe o que ele me disse..que não vai desistir de encontrar o ChimChim, mas eu não posso deixar ele saber que eu me tornei isso. —Mordo o lábio inferior envergonhado.


—Caramba Jimin-ah. Que merda a gente 'tá fazendo!? —Ele segura meus ombros.


—Eu tinha que estar no hospital, e vim pra cá. Na intenção de ver você com o Taehyung. E pra que? Eu nem sei mais..agora o Hoseok deve me achar um louco e..eu não vou saber o que dizer. —Coloco as mãos no rosto novamente.


—Eu sinceramente, não sei o que te dizer. Inicialmente..volta pro caralho do hospital, e depois converse com o Hoseok. Não vou dizer o que tem que falar para ele ou não. Você vai dizer o que achar melhor, sei que dizer a verdade pode ser complicado, mas quero que em pelo menos em algo você seja sincero com ele. Eu estou tão pasmo..vocês se reencontram, isso é uma chance enorme Jimin.—Ele diz impressionado. Sorri fraco com sua fala. Talvez eu devesse me dar uma chance de ser feliz de verdade novamente.


—Eu não sei o que vou fazer também, mas você deveria tomar cuidado com o Taehyung. Digo em relação a ameaças, eu sei que a nossa dívida está batendo na porta cada dia mais forte e..o Wonho nunca ataca diretamente. —Digo o encarando. Mais uma vez a porta foi aberta e dessa vez era o Hoseok, que tinha um semblante tanto preocupado, quanto espantado.


—Eu vou deixar vocês dois conversarem. Espero que agora fiquemos em paz, hyung. —Jungkook beija meu ombro e saí, me deixando a sós com Hoseok.


—’Tá tudo bem? Eu percebi o que rolou quando ele correu pra cá. Vocês se resolveram? —Ele diz preocupado. Notar que ele não se importou em ser usado e sim em se eu estou bem ou não, só me deixa ainda mais envergonhado do que fiz.


—Bom..agora não estamos mais em pé de guerra e..aceitei finalmente a separação das nossas correntes. —Sorri fraco e vi ele sorrir também.


—Hoseok, eu não queria ter feito aquilo..eu não queria ter feito isso com você daquela forma, me desculpa. —Digo passando a mão na nuca.


—Olha..você se resolveu com seu amigo. isso me deixa feliz. —Ele sorri abertamente.


—Você é tão incrível. —O encarei incrédulo.


—Aigoo..não sou nada. —Ele diz envergonhado.


—Eu quero tanto beijar você agora, mas você merece seu espaço e eu mereço um tapa no meio da cara. —Digo.


—Jimin, se você quer me beijar..pode beijar. Só não me usa para planos com outros caras. —Ele sorri fraco e segura meu queixo, selando nossos lábios de forma carinhosa.


Ele ainda faz do mesmo jeitinho.


—Posso te chamar passar sair? Compensar tudo o que fez e..tudo o que eu fiz!? —Sorri envergonhado.


—Jimin. Primeiro, vamos para o hospital, depois pensamos nisso. Sua saúde vem antes de tudo. —Me abraçou de lado.


—Aigoo..você é um fofo. —Digo abobado.


—Certo, vamos no hospital, fazer uns exames de rotina para ver se está tudo em ordem e se você precisar ficar no hospital novamente, eu fico lá com você. E se for o caso de cuidar em casa, eu mesmo posso te ajudar com isso, certo? —Ele sorri, expondo suas covinhas incrivelmente fofas.


Ele ainda é tão lindo.


—Eu juro que vou pagar o dinheiro que gastou comigo, Hoseok. —Digo saindo do quarto, voltando para a área barulhenta.


—Não quero que me pague nada, se quer me pagar de alguma forma, que seja me levando para sair, não quero te ver retribuindo com dinheiro, não fiz isso nessa intenção.—Ele diz calmamente, enquanto caminhava do meu lado até a saída.


—Aigoo..tudo bem hyung.—Digo emburrado, vendo de canto ele sorrir e se aproximar, segurando minha mão.


Desse jeito vou me apaixonar de novo, Jung Hope


Notas Finais


Eu só quero dizer que esse #JiHope é a coisinha mais linda e que eu já quero que o Jimin se apaixone de novo.

Então meninas, vou deixar aqui uma fanfic minha, que eu estou trabalhando, ela é JiKook (é muita audácia deixar isso em uma fanfic TaeKook, mas eu sou mult shipper);

Quem quiser ler ela, eu agradeceria muito:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/hybrid-jikook-13843940

Eu também tenho um grupo para meus leitores, quem não estiver no mesmo:
https://chat.whatsapp.com/K7jCeknh5MTKfJOTmLcefs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...