1. Spirit Fanfics >
  2. Criomancer >
  3. Scorpion retorna

História Criomancer - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Peço desculpas pelo cap anterior, pensei que estava grande mas não tava mt grande assim, mas esse tá melhor e perdão pelos erros de português mais uma vez kkkkk boa leitura

Capítulo 31 - Scorpion retorna


Jason resolve dormir até tarde já que era sua folga, ele dorme até umas 16:00 até que é acordado por alguém batendo na porta, mesmo dormindo tanto Jason ainda está cansado por ter passado esses dias como fugitivo, Jason abre a porta e era Vanessa que estava lá

Vanessa: Achei que estivesse morto

Jason: Ah Vanessa, é você mesmo ?

Vanessa: Nossa você tá bêbado de sono ein, eu sei que você trabalhou bastante ontem mais você realmente tá tão cansado assim ?

Jason: É, um pouco

Vanessa: Escuta eu vou beber com uma amiga mais tarde, quer beber com a gente ?

Jason: Beber ? Aonde ?

Vanessa: No meu apartamento, vem umas 18:00 e compra mais cerveja beleza ?

Jason: Tá, eu apareço lá

Os dois então são interrompidos por um homem que chega na porta

Homem desconhecido: Olá boa tarde, podemos conversar Jason ?

Jason: Peraí, você me conhece ?

Homem desconhecido: Conheço muito bem, será que eu poderia entrar ?

Vanessa: Eu vou deixar vocês dois a sós, aparece aqui mais tarde tá ?

Jason: Tá pode deixar

Vanessa então entra em seu apartamento deixando Jason e o homem misterioso sozinhos

Jason: An... Pode entrar, fica a vontade

O homem então entra e se senta no sofá

Jason: Quer beber alguma coisa ?

Homem desconhecido: Água por favor

Jason: Você não me disse o seu nome

Homem desconhecido: Bom eu tenho vários nomes, mas você pode me chamar de Kyoku no kami

Jason: Caraca esse nome é dahora, posso te chamar de Kyoku ?

Kyoku: Claro, que pode

Jason: Aqui a sua água

Jason entrega a água a Kyoku e se senta ao seu lado

Jason: Bom você disse que queria conversar, mas sobre o que ?

Kyoku: Eu sei tudo sobre você e que principalmente você é Glacius, o lendário criomante das histórias Lin kuei

Jason: Não sei do que está falando...

Kyoku: Não se preocupe pode ficar tranquilo, sei que é um renegado e que está sendo caçado, não vim até aqui pra isso

Jason: Então me explica como sabe sobre mim ?

Kyoku: Eu sempre te observei Jason, desde de sempre, seu pai pode não ter visto os seus primeiros passos mas eu vi, ele não ouviu as suas primeiras palavras mas eu ouvi, sempre estive com você Jason

Jason: Eu tô muito confuso agora, o que tá tentado dizer ?

Kyoku: Muito bem então eu vou direto ao ponto, eu sou o dono do poder que você está carregando

Jason: O que ? Não é possível eu já nasci com esse poder, ao menos foi o que o meu pai me disse

Kyoku: Sim você está certo, você nasceu com esse poder mas ele foi passado para você e eu te escolhi para carregar ele dessa vez

Jason: Me escolheu ? Mas por que justo eu ?

Kyoku: Bom, eu sempre soube que você teria um coração puro e seria um homem que salvaria esse mundo, há muito tempo eu venho escolhendo pessoas de bom coração para entregar o meu poder a elas

Jason: Mas por que ?

Kyoku: Esse mundo precisa de proteção Jason, e há perigos por aí que só alguém com um poder como o meu pode impedir

Jason: Então por que você mesmo não usa o próprio poder ?

Kyoku: Jason, os humanos tem que aprender a se defenderem sozinhos, seres cósmicos como eu não podem interferir

Jason: Espera ! Você disse... Cósmico ?

Kyoku: Isso mesmo Jason, eu sou a entidade responsável por toda a baixa temperatura do universo, sem mim o frio não existiria, eu também tenho um irmão que é o responsável por toda a alta temperatura do universo

Jason: Então tá dizendo que existe um lendário como eu por aí que herdou os poderes do seu irmão, mas ele é o fogo é isso ?

Kyoku: Não Jason, infelizmente o meu irmão não confia nos humanos e nunca entregou o seu poder para nenhum deles. De qualquer forma seria muito perigoso se outro ser tão poderoso quanto você só que com poderes de fogo existissem

Jason: Mas por que ?

Kyoku: Se os nossos poderes colidissem seria o fim do universo inteiro, um choque térmico entre dois poderes assim seria catastrófico, e se por exemplo o meu poder parasse de existir de repente então o universo estaria em desequilíbrio e então a alta temperatura dominaria o universo inteiro e tudo pegaria fogo, eu sei que os cientistas de hoje tem sempre uma explicação pra tudo, mas o sol de vocês está ficando cada vez mais quente, não só o sol mas o universo inteiro e não demorará muito pra tudo pegar fogo...

Jason: Mas por que senhor ? Por que ?

Kyoku: Eu estou morrendo Jason...

Jason: ...

Kyoku: Não há nada que nós possamos fazer para reverter essa situação

Jason: Então tá dizendo que tudo vai pegar fogo e todo tipo de vida no universo vai morrer ?

Kyoku: Exatamente

Jason: Não, não pode ser, me diz que dá pra fazer algo, por favor diz que há uma forma de salvar todo o universo...

Kyoku: Existe

Jason: Então me diga por favor

Kyoku: Você deve assumir o meu lugar

Jason: O que ?

Kyoku: Bom pra falar a verdade você já está assumindo, mas o que eu quero dizer é que você vai ter que tomar conta das coisas

Jason: Senhor Kyoku...

Kyoku: Me escute Jason, o seu poder existe 5 barreiras que impedem você de atingir o poder máximo dado a você, se quebrar essas 5 barreiras você será considerado um ser cósmico

Jason: Isso é ótimo não é ? Assim poderia derrotar qualquer inimigo com muita facilidade

Kyoku: Sim isso seria ótimo, se não fosse por um detalhe, querendo ou não você ainda é apenas um mero humano, seu corpo não suportaria tamanho poder e seus órgãos entrariam em colapso...

Jason: Mas eu tenho poder regenerativo, eu posso me curar

Kyoku: Sim mas o seu poder de regeneração não o torna imortal, sua regeneração tem um limite, se você sofrer ferimentos muito graves constantemente sem descansar, o seu poder não irá conseguir curar tantos ferimentos e então você morrerá

Jason: Entendo...

Kyoku: Escute Jason, aconteça o que acontecer só quebre a última barreira no caso de não haver mais opções, use como último recurso para matar alguém muito poderoso você entendeu ?

Jason: Sim senhor Kyoku, eu entendo

Kyoku: Tome cuidado, pelo o que vejo você só tem mais 3 barreiras sobrando

Jason: O que ? Como assim 3 barreiras, como foi que as outras 2 se quebraram ?

Kyoku: A 1° se quebrou no dia que você encontrou o seu mestre morto, toda aquela raiva e tristeza serviram como gatilho para você se enfurecer e quebrar a barreira, a 2° foi quando você lutou como o seu amigo que chama de Simon, a sua vontade de conquistar o respeito dele e o superar fizeram com que a 2° barreira fosse rompida

Jason: Mas a gente quase empatou

Kyoku: Sim eu vi, aquele rapaz, o Simon, é muito poderoso também, em todos esses bilhões de anos da minha vida eu nunca vi um criomante tão poderoso a ponto de rivalizar com um lendário que possui os meus poderes, ele realmente é um mortal incrível

Jason: Ele é cara e tanto

Kyoku: Sem dúvidas...

Jason: Senhor Kyoku... Existiu outros lendários antes de mim não é ?

Kyoku: Sim existiram, eles foram tão poderosos quanto você, mas não viveram muito pois estavam em constantes guerras

Jason: E se um lendário morre, o que acontece com o poder ?

Kyoku: Bom basicamente ele fica vagando por aí durante 10 mil anos procurando o próximo hospedeiro perfeito para se juntar a ele

Jason: Caramba isso é incrível ! Quero saber mais alguns detalhes

Jason faz mais algumas perguntas para Kyoku, eles ficam conversando por horas até que Jason percebe que já está quase na hora de ir até o apartamento de Vanessa

Jason: Ah droga já está quase na hora, eu queria conversar mais com o senhor

Kyoku: Precisa se encontrar com a sua amiga agora, teremos outra oportunidade para conversar

Kyoku então se levanta e vai até a porta, Jason abre a porta para Kyoku e ele para e olha para Jason e diz...

Kyoku: Sabe, a vida humana é tão curta, sinto que foi a alguns dias atrás que vi você dentro daquele pequeno berço e agora olhe para você, é um homem feito e com um espírito nobre, sinto que você será o mais importante e poderoso lendário da história *Sorri* cuide-se Jason, até

Jason: Até mais senhor Kyoku !

Kyoku então sai pela porta e Jason entra, ele percebe que já está quase na hora de ir para o apartamento de Vanessa e que ainda precisa comprar as cervejas, Jason se veste e então sai as pressas para o mercadinho mais próximo, ele compra as cervejas e chega no apartamento de Vanessa e bate na porta, mas quem atende é uma garota de cabelos longos e ruivos, seus olhos eram tão verdes quanto uma esmeralda, Jason fica levemente corado ao ver a garota

Jason: Ah o-oi, eu sou o Jason a Vanessa tá aí ?

Garota desconhecida: Aaaaaah meu Deus você é ainda mais lindo do que eu imaginava, a Vanessa me contou sobre você e como você era mais não imaginei que seria assim, superou minhas expectativas aaaaaah que fofo

Agora Jason estava muito envergonhado e sem graça

Vanessa: Para com isso sua sem noção não tá vendo que ele tá parecendo um pimentão ?

Jason: ...

Vanessa: Entra, não liga pra ela ok ?

Jason: Tá, c-com licença

Jason então entra no apartamento

Garota desconhecida: Ah deixa eu guardar as cervejas pra você

A garota então pega as sacolas e as leva para a cozinha

Jason: Ela é bem...

Vanessa: Explosiva ? É eu sei, o nome dela é Aline, a gente se conheceu na faculdade

Jason: Entendo, ela parece bem legal

Vanessa: Ela é, até demais

Jason então tira a sua jaqueta e se senta junto com Vanessa no chão em frente a uma mesinha de centro, não demora muito e Aline volta

Aline: Muito bem a gente tem petiscos e cerveja pra noite toda e...

Jason: ...

Vanessa: ...

Imediatamente Aline põe as cervejas e os petiscos em cima da mesinha e começa a analisar os braços de Jason

Aline: Aaaaaah olha pra isso, que braços incríveis e definidos, você tem tanquinho ? Deixa eu ver !

Aline então levanta a camisa de Jason

Aline: Ai meu Deus olha só isso ! É tão definido que chega a ser anormal

Vanessa então corada abaixa a camisa de Jason que também estava muito envergonhado e sem reação

Vanessa: Você enlouqueceu é ? Dessa vez passou dos limites sua perturbada

Aline: Ah desculpa, é que ele muito lindo e eu não pude resistir 👉🏻👈🏻

Vanessa: Foi mal Jason, se eu soubesse que ela ficaria assim nem teria convidado essa maluca

Jason: T-Tá tudo bem hehe, ela só tava curiosa não precisa castigar ela tanto

Aline: Owwwnt ele é tão fofinho também

Vanessa: Chega disso vamos beber

Jason, Aline e Vanessa: Saúde !

Os 3 então começam a beber, eles bebem por muito tempo enquanto conversam, Aline só desgrudava de Jason para ir ao banheiro, depois de algumas horas ela já tinha apagado de tanto beber mas mesmo dormindo ela não soltava o braço de Jason

Vanessa: Ah olha pra essa criatura, ela tá sorrindo enquanto dorme, até parece um bicho preguiça dormindo agarrado em um galho

Jason: *Sorri* Ela é uma garota muito legal

Vanessa: É... Eu vou ao banheiro

Jason: Ok

Vanessa se levanta e vai até o banheiro, Jason continua por lá bebendo, de repente ele escuta uma voz susurrando

Voz desconhecida: Venha até mim...

Jason pensamento: Mas o que é isso ? Acho que bebi demais...

Voz desconhecida: Venha até o terraço Glacius

Jason pensamento: O que ? Como essa voz... Que se dane

Jason então sai de perto de Aline e sai do apartamento de Vanessa e começa a subir as escadas até o terraço, quando chega lá ele acaba não encontrando ninguém

Jason: Merda, foi só a bebida mesmo

Voz desconhecida: Aonde pensa que vai ?

Jason ouve uma voz familiar vindo das suas costas e se vira, Jason não parecia estar surpreso a ver quem estava na sua frente

Jason: Eu sabia que conhecia essa voz de algum lugar, então já decidiu vir me enfrentar... Scorpion ?

Scorpion: Vejo que aumentou os seus poderes, vamos começar o round 1

Scorpion havia retornado depois de anos e parece que está disposto a finalmente lutar contra Jason, como será o desfecho dessa luta ? Veremos no próximo cap



Notas Finais


Round 1, fight !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...