1. Spirit Fanfics >
  2. Críticas >
  3. Apenas Eu

História Críticas - Capítulo 1


Escrita por: e PsiuKim2


Notas do Autor


Oi, tudo bem? Bom, aqui está, uma nova história para vocês, ela é mais um desabafo. Antes de enviá-la, mandei-a para amigas, e todas se identificaram, e eu tenho quase certeza que você também irá se identificar, então talvez seja algo especial para ti.

Cuida-te, ok?


Até.

[Escute esta música enquanto lê: Surrender]

Capítulo 1 - Apenas Eu


Olá Mãe, Olá Pai, como estão? Eu sei que devem estar estranhando esta carta, é, bem provável. Também sei que vocês devem ter me procurado por todo canto, e devem ter pensado que eu fugi de novo, e que depois irei voltar.

 

Mas infelizmente dessa vez não será assim.

 

Eu gostaria muito de explicar isto para vocês pessoalmente, explicar oque estou passando, lhes dizer as palavras que estão presas em minha garganta.

 

Mas eu infelizmente não tenho coragem de lhes dizer isto pessoalmente, é intrigante e confuso...Gostaria de ver suas reações ao ler esta carta, mas felizmente não será mais possível.

 

Enquanto vocês leem, estou em um barco com Jungkook, decidimos fugir, mas não iremos voltar.

 

O mundo mudou, não é mais o mesmo...Talvez ele não tenha mudado para vocês, talvez apenas para mim...Talvez eu tenha mudado...Tudo mudou...

 

Eu sinto que este mundo não é para mim, ele é pequeno demais para o meu ser.

 

Eu não poderia aguentar mais viver sendo controlada por vocês, eu sei que vocês são meus pais e só querem o meu bem, mas...Eu não iria aguentar...

 

Eu preciso viver, preciso ser livre...Conhecer o mundo, conhecer á mim mesma...

 

Sinto que ainda tenho que me descobrir, quem eu vou ser nesse mundo, oque irei fazer, qual será a minha jornada...Eu preciso me conhecer antes de qualquer coisa.

 

Eu diria que é "Ser Ou Não Ser", mas a minha questão é outra...

 

Eu sei quem devo ser, devo ser eu, mas se eu não souber quem sou eu? 

 

Ás vezes eu não me entendo.

 

Já chorei milhares de vezes em meu quarto, na calada da noite, enquanto vocês dormiam, tive crises, chorava e gritava contra o travesseiro, pensava em me matar, pensava em desistir de tudo.

 

Me cortei, maltratei á mim mesma, escrevia meus sentimentos em meu diário, mas isto não era o suficiente.

 

Tentei cometer suicídio...No dia em que me encontraram em meu quarto, desacordada...Eu realmente havia tentado me matar...

 

Eu iria desistir de tudo, iria desistir da vida...

 

E então eu conheci Jungkook...Jungkook entrou em minha vida sem nem bater na porta, ele chegou arrombando ela, e me mostrou o lado bom das coisas.

 

Eu realmente não queria gostar dele, mas foi quase impossível, com Jungkook eu me permiti extravasar, contar meus problemas, minha vida.

 

Isto me fez bem, chorar em seu peito de noite, contar-lhe todas as minhas mágoas, e como sinto-me fora dos "Padrões da Sociedade".

 

Eu lhe disse que sinto que não sou certa, as pessoas me julgam, dizem que é drama.

 

Elas me criticam, mas eu não preciso que elas me critiquem...Por quê oquê elas não sabem, é que eu sou a minha maior critica.

 

Eu vivo me criticando, meus andares, pensamentos, ações, tudo, eu me critico, isto me faz bem, isto me faz entender á mim mesma.

 

Então eu queria dizer para as pessoas, que não me critiquem, eu não preciso que elas me critiquem, pois eu já me critico, e apenas as minhas criticas importam.

 

Mas ver que as pessoas me criticam, isto me machuca, dói...Meu coração se parte...qual direito a sociedade acha que tem, para me julgar? Eu não preciso que alguém me julgue para entender minhas ações.

 

Se eu fiz aquilo, eu tenho sã consciência que eu fiz isso, e não preciso que ninguém fique me dizendo.

 

Aprendi que todos temos nossas opiniões, diferentes, sobre diversos assuntos.

 

Sei que devemos respeitar a opinião dos outros, mas, algumas opiniões e falas de pessoas, me tiram do sério, não tem como acreditar que aquela pessoa realmente acredita nisto, é inadmissível.

 

Ás vezes eu só queria gritar para o mundo, como eles são cruéis, não oque eles fazem com a natureza, mas sim oque eles fazem com eles mesmos! 

 

Como o Mundo Pode Ser Tão Mal?!

 

Mas quando eu conheci Jungkook, ele me ensinou que o Mundo, é o Mundo, e eu não posso mudá-lo.

 

Mas eu Posso Mudar Á Mim Mesma.

 

Posso seguir o meu rumo, a minha vida.

 

Ser Eu, Apenas Eu.

 

E eu ainda estou me descobrindo..Oque irei ser? Eu não sei...Mas irei seguir meu coração...Se ele me dizer para explorar...Eu irei.

 

Eu sinto muito por não seguir suas regras, ter sido rebelde, brigado com vocês, ter desrespeitado vocês.

 

Mas me entendam.

 

Eu sou Um Espirito Livre Agora! Já tenho 16 Anos! Vocês podem achar que não estou pronta para a maldade do mundo, mas...

 

Não Sou Mais Uma Criança.

 

Eu sei que o mundo é um lugar horrível, e pessoas boas são menos de 2%, mas eu sei me cuidar.

 

Eu Sei!

 

Não sou mais uma Simples Menininha Indefesa, Eu sou Uma MULHER.

 

Uma mulher Independente, que decide seu rumo, e oque quer, irei fazer as minhas escolhas, e na minha vida, quem manda sou eu.

 

E antes que perguntem, não, não me casei com Jungkook.

 

Fico feliz em dizer que tentamos, realmente tentamos! Mas...Descobrimos que não fomos feitos um para o outro...Eu não sei oque sou, nem oque serei, ainda preciso descobrir meus sentimentos, e Jungkook me entende melhor do que ninguém.

 

Não estou pronta para me casar, talvez nem para namorar.

 

Talvez um dia eu ache alguém que eu ame de verdade, alguém que entenda meus pensamentos, alguém que siga ao meu lado em minha jornada, alguém que esteja comigo, no que der e vier, e principalmente.

 

Alguém que Me Ame.

 

Enquanto eu não acho esse alguém...Sei que Posso contar com Jungkook, e ele estará ao meu lado, como um bom amigo, e assim será.

 

Não acredito em almas gêmeas, não acredito que exista alguém nesse mundo maldoso que tenha sido destinado á ficar comigo.

 

Eu também não quero que o destino escolha oque irá me acontecer, eu irei escolher.

 

Eu Faço O Meu Próprio Destino!

 

E se eu não me casar, tudo bem, talvez realmente não exista alguém que me Ame desse jeito, e que me entenda.

 

Como eu disse, eu sou Independente, uma mulher independente, e não preciso me casar para ser feliz.

 

Sim, eu e Jungkook nos beijamos, mas isto me fez duvidar de minha sexualidade.

 

Sinto atração pelo corpo dos meninos, e pela bondade das meninas...eu não sei...Mesmo gostando de uma garota quando tinha apenas 7 anos...Eu realmente não sei.

 

Se vocês estão confusos sobre mim, imagine eu mesma?

 

Talvez eu não goste de ninguém, talvez eu tenha atração em meninas, ou meninos...

 

E minhas roupas? Sinto que não fui feita para vestir rosa, usar laços, e longos vestidos.

 

Eu quero ter o meu estilo, usar short, calça, vestido, oque eu quiser.

 

E antes que perguntem, sim, eu já refleti, se eu sou um menino...

 

Eu não sei...Talvez eu seja um menino em um corpo de uma garota, isto seria incrível.

 

Dependendo de como eu decidir ser, Jungkook me ensinou á me autoaceitar.

 

Irei me amar, não importa como eu seja, e se as pessoas não gostarem...

 

Eu vou continuar sendo eu, as pessoas não são eu para me criticar, e apenas eu posso me criticar. 

 

E Ninguém Mais.

 

Eu cansei de chorar, de ser indefesa, sonhar com coisas que nunca vão acontecer.

 

Eu decidi que vou fazer Acontecer! 

 

Vou trilhar meu próprio caminho, e meus sonhos, irei segui-los.

 

Eu sinto muito se não fui a filha perfeita, sinto muito mesmo...

 

Sinto muito se não fui a filha linda, doce e gentil como você queria, Mamãe.

 

Sinto muito se não me casei com um Homem rico, cheio de terras, e trabalhador, Papai.

 

Sinto que não nasci para isso, e eu realmente espero que entendam.

 

E se vocês agora me odeiam, tudo bem, eu sei que irão me esquecer, já já.

 

Vocês tem uma segunda chance de acertar tudo, eu lhes dou uma segunda chance...

 

Vocês podem me enviar uma carta de volta, um simples pedido de desculpas já me deixará feliz, mas antes que pensem, não me fará voltar.

 

O mal que vocês me fizeram é imperdoável, e como estou me conhecendo, eu sei que irão me dizer para voltar, pedindo desculpas.

 

Eu irei dizer que lhes perdoo, mas no fim, e no fundo de meu coração, eu sei que nunca irei perdoar.

 

Desde o dia em que não me deixaram ser eu...

 

Mas está tudo bem, talvez em um futuro próximo nos reencontremos, e eu possa ser eu.

 

E sua segunda chance, olhe só, vocês tem a minha irmã.

 

Mas antes, por favor, não façam com ela, oque fizeram comigo, se não irão perder ela também.

 

Eu conheço minha irmã melhor do que ninguém, e sei que ela é inteligente o suficiente para caso alguma coisa acontecer, me mandar uma carta, e pedir para buscar-la.

 

E sim, eu disse para ela fazer isso, e saibam que se ela fizer, eu irei buscá-la, e ganhar a guarda dela.

 

Minha Irmãzinha Não Merece Vocês.

 

E Vocês Não Me Merecem.

 

Sou muito moderna para esse mundo, talvez um dia a Sociedade me entenda, e possa aceitar pessoas como eu.

 

E se eu for um menino...Pode ter certeza que eu irei aproveitar, muito!

 

Mas Por Favor, Não me Critiquem, eu não lhes dei permissão.

 

Apenas Eu Posso Me Criticar, Apenas Eu.

 

Com carinho, sua Filha, Amy

 


Notas Finais


Oi, então como estão se sentindo? Choraram? Estão bem? Não sentiram nada?

Aqui vai duas perguntas, para você, responda nos comentários.

1-Oque você faria, e qual seria tua reação, se sua filha mandasse uma carta dessa para você?

2-Devo fazer uma Oneshot, com a estória completa? Para vocês entenderem, e saber oque aconteceu?

Responda nos comentários.


Beijos, até a próxima. [Se tiver.]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...