1. Spirit Fanfics >
  2. Crónicas do Rei Branco e a Flor ( Tobirama Senju) >
  3. A História Alternativa de Um Uchiha

História Crónicas do Rei Branco e a Flor ( Tobirama Senju) - Capítulo 33


Escrita por:


Notas do Autor


Por um lapso de tempo pessamos errado de uma pessoa sem conhece - la realmente... E se fosse diferente ?

Capítulo 33 - A História Alternativa de Um Uchiha


Fanfic / Fanfiction Crónicas do Rei Branco e a Flor ( Tobirama Senju) - Capítulo 33 - A História Alternativa de Um Uchiha



Os sons dos pássaros  e o calor do sol sobre meu rosto sempre me despertava para mas um dia , adorava sentir o cheiro do chá de ervas selvagens que meu pai sempre colhia do campo . Sem demora me levanto com cuidado , devido noutro dia eu ter derrubado o jarro de barro e quebrado o mesmo , me senti culpada pois meu pai fazia as coisas com muito dedicação. 


- Que bom eu não quebrei nada ... Pelo visto hoje vai ser um ótimo ....

Fui interrompida pelo meu pai ao ouvir minha voz veio logo ao meu encontro.

- Mia acordasse .... Bom fiz aqueles biscoitos com mel que minha princesa adora .... Bom deixa - me te ajudar ....

- Não precisa pai ... eu preciso fazer as coisas sozinha .


Com um grande sorriso eu demonstrei coragem e segurança, seguindo meu caminho até a minha higiene matinal .

A cada passo me lembro de minha condição e como meu pai era superprotetor , devido eu nascer com defeito .

"Sou Cega de Nascença"

Imaginava como seria meu rosto , o céu, o campo e meu pai , era triste Vê um mundo de escuridão completa . Só sabia que era feito um palito e longos cabelos negros , nada mas que isso.  

Morávamos em uma casa humilde mas bem aconchegante, não desejava lembrar do que morávamos sozinhos naquele lugar inospede. Mas sempre o passado volta para atormentar :

"Nome do meu pai era Lee era um homem travalhdor , dedicado e trabalhador ; já a minha mãe era chamada de Rose , a mas bela dentre as  flores, eram apaixonados e mas ainda minha mãe engravidou , todos estavam felizes com a vinda de mas um membro para a família. 

Eles viviam felizes e assim como a aldeia da montanha , era uma pequena comunidade , onde todos se conheciam . Uma vila em Ascenção a cada momento crescia em números de casas e pessoas que chegavam de todos os cantos curiosos com a fama do vilarejo . Por ser fiel a uma religião esquecidas começaram a doutrinar de maneira errada as coisas , surgindo fanáticos em meio a população que começava a seguir as leis impostas por eles . Meu pai estava preocupado de como sua aldeia estava se transformando , tentou por diversas vezes persuadir falando a verdade. Os líderes dessa seita começaram a olhar meu pai como ameaça ...  Tramaram a morte de.meu pai .

Em uma noite sem lua , eu nasci perante a curandeira da Vila e meu pai . A alegria foi imensa com a minha chegada; mas tudo começou a ruir ao verem que eu tinha nascido sem visão . Então em uma noite meu pai teve que sair às pressas da cidade sem olhar para trás deixando a minha mãe lá..."

"Ate hoje nao soube que realmente aconteceu"

Voltando ao presente, me senti na cadeira logo com as mãos passo delicadamente na mesa para sentir a mesa , até onde estava meu de café da manhã, me espanto ao escutar palmas comemorando meus 14 anos . Sem jeito segurei a minha mão no coração sentindo ele bater tão forte de alegria .


- Se lembrou do meu aniversário. 

- Sempre lembrarei ... minha querida flor de cerejeira. 


Sem delongas aproveitei meu café de aniversário, mas sentir que meu pai tinha algo a falar , com um grande sorriso perguntei o que seria , ao perguntar meu pai me abraçou chorando falando sobre um homem conhecedor as artes proibidas poderia me dá a visão.  


- A pressa-se para ir minha filha ... vamos ao encontro dele.

- Agora ?

-Sim agora!

Pelo caminho me explicou como encontrou esse tal homem e seus feitos , estava eufórico demais com a possibilidade de eu vê, mas eu estava em pânico . Não demorou muito a chegar ao encontro de Hiroshi Sobi mestre no Kinjutsu e outras artes proibidas . Pelo som da sua voz era um homem velho , pela voz e pelo gastar dos pés. 

Não falava quase nada somente sussurava sozinho como se houvesse uma pessoa ao seu lado .


- Seus olhos sem vida ... uma tristeza em vê que uma menina tão linda não possa vê...

- Pode ajudar minha filha ....?

- Sua filha tem um futuro de luz pela frente ( segurando em meu queixo ) está ouvindo mocinha ? Sua vida vai mudar ....


Meu pai não percebeu logo de cara as verdadeiras intenções daquele idoso , queria uma cobaia para seus experimentos e viu em mim uma ótima oportunidade ....







Notas Finais


"O destino pode mudar o seu caminho ... e esse caminho me levaram a você."



Depois de um tempo sem fazer fic, vou continuar ....Aguardem ....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...