História Cross heart - (bubbline) - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Ash, Beemo "BMO", Bongo, Brad, Cake, Conde de Limãograb, Finn, Fionna, Gunter, Guy, Hudson Abadder, Jake, Keila, Lady Íris, Litch, Marceline, Marshall Lee, Mordomo Menta, Personagens Originais, Princesa Café da Manhã, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Frozen Yogurt, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada, Rei Gelado
Tags Bubbline, Bubbline G!p, Gumlee
Visualizações 335
Palavras 1.571
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


AVISO :

Oi Galera seguinte a semana de prova tá próxima e eu preciso urgentemente estudar então é provável que eu demore ou não atualize na semana que vem por causa disso, espero que entendam

Boa leitura 😉, bjs 😙

Capítulo 41 - Discussão fioke, alianças


Fanfic / Fanfiction Cross heart - (bubbline) - Capítulo 41 - Discussão fioke, alianças

Fionna on

Sai feito foguete de casa por estar minutos atrasada cheguei ofegante na sala e por sorte o professor ainda não havia entrando

- ufa - suspirei aliviada

- ei fi, aqui - a pálida acenou numa roda de cadeiras visivemente composta por meus amigos

- oi, marcy, Marshall, gum, bonni

- tudo bem ?, parece que correu uma maratona

- é me atrasei tive que correr contra o tempo pra chegar

- fionna sendo fionna - brincou Marshall

- pra sua informação acordei cedo me atrasei por outros motivos

- ta bom né se você diz - Lee deu de ombros

O professor entrou começando a dar o assunto e escrevendo no quadro, despois de torturantes minutos de aulas insuportavelmente chatas com matérias que não gosto, o intervalo toca, após passar pelo mar de gente no corredor encontro a mesa onde nos reunimos sempre ja com a bandeija de comida na mão

Sento e me ponho a comer ajustando e vendo de canto do olho cake na mesa de lord que gargalhava como se ele tivesse contando a melhor piada do mundo, lord tinha o braço em seu ombro e não parava um segundo sequer de falar, provavelmente comentado de suas histórias emocionantes e repletas de humor, pensei sarcasticamente, só que não, estavam tão próximos que qualquer pessos que olhasse diria que eram um casal e eu estava odiando mortalmente presenciar aquelas cenas de afeto totalmente desnecessária segurando internamente a vontade de iria lá e puxa pra longe, serrava os dentes, bufava, como touro, e apertava a colher na mão tão forte que vi a hora de entortar ou quebrar deixando os dedos em tom avermelhado

- ei loirinha

- diz vampira

- ta afim de sair hoje ?

- não sei

- vem por favor e preciso de ajuda pra um negócio e só você pode ajudar

- ta né, onde ?, e que horas ?

- depois te mando por mensagem, pode ser ?

- pode - voltei a comer calada

...

Enfim o horário escolar acabou e sem ânimo algum subo na moto pra ir pra casa

A pronto o almoço ja que cake não está e como no sofá assistindo a marotana séries assim fico até risos inundaram o ambiente cake abre a porta

- tchau lord foi divertido

- também achei, tchau cake - ela lhe deu um beijo na bochecha e fecho a porta e ali minha calma foi pra casa do caralho tinha perdido a paciência

- vamos conversar cake

- não temos nada pra conversar - arriscou sumir e segurei seu braço

- como não sai com esse paspalho e não comunica pra mim

- nossa não sabia que tinha que dar satisfação a você

- pois tem sou sua irmã

- sim mais isso não lhe dar direito de quer mandar no que faço ou deixo de fazer, aliás sou a mais velha então sou eu que mando

- pare de ser infantil, por que saiu com ele ?

- por que quis, simples, agora pode me deixar em paz ?

- não, por que tá agindo assim comigo ?

- jura que não sabe ?,está se fazendo de desentendida por acaso ou teve amnésia e esqueceu de ontem ?

- foi por causa de ontem claro, mais eu não entendo,você, me beija depois sai com ele ?

- você lembra do que disse ontem ?, pra aquilo nunca mais acontecer, e estou me certificando que não vá

- cake para com isso somos irmãs não podemos ficar nos ignorando quando moramos na mesma casa

- esse é o problema somos irmãs, e você me vê somente como uma

- o que quis dizer com isso ?, como eu deveria vê-la ?

- dá forma que eu vejo você - disse bem baixinho - não importa, gosto do lord ele me faz bem então por que não dar uma chance

- você não vai mais sair com ele - nessa altura discutiamos a gritos

- vou sim é quero ver você impedir - correu pisando brusco no chão

- cake !

- me deixa fionna ! - gritou longe batendo a porta do quarto

- ahhh que garota teimosa - exclamei irritada

Me celular no bolso apita se tratava de uma mensagem

Mensagem on

- ei fi

- oi marcy

- se apronta, preciso de você urgente pra me ajudar lembra ?

- ah sim estou indo onde te encontro ?

- na lanchonete perto do shopping 

...

 - fionna - Marceline chamou minha atenção terminando de comer e pagar a conta

- oi - voltei a realidade, estava pensativa sobra a discussão de mais cedo

- você ta legal ? - perguntou enquanto andávamos nas lojas

- estou - disse simples disfarçando

- não menti pra mim - sussurou - sabe que eu descobro, pode me contar

- como sabe que não estou bem ?

- eu te conheço bem e você ta muito quieta o que sinceramente é assustador - zuou - sem ofensas mais você é muito animada é a alegria do grupo se ta em silêncio aí tem coisa

É incrível o quanto a abadeer era observadora e de fato conhecia a loira com a palma da mão

- vai me contar ? - perguntou questionadora

- ta eu conto - dei-me por vencida - é o lance com cake de novo

- humm, vem comigo - falou andando pra fora da loja

Levada pela manga do casaco marcy soltou próximo a um jardim com Fonte

- vai abre o jogo

- bom ontem a noite, cake e eu nos beijamos

- nossa que bomba espera eu sentar e absorver a informação por favor, certo e ai com tu reagiu ?

- da pior forma possível, e esse foi o problema

- o que você fez ?

- eu disse a ela pra nunca mais fazer aquilo de um jeito bastante rude

- ah não fionna que mancada

- é eu sei e me arrependi profundamente acho que a magoei

- você acha ?

- tu também não tá ajudando - soltei a frase irritada

- ok foi mal, mais e ai o que ela respondeu ?

- pra que não me preocupasse pois nunca mais iria acontecer

- ou que tenso vi que ela estava afasta mesmo

- é ta andando com o lord - revirei os olhos tediosa

- humm - olhou estranho em minha direção

- que foi ?

- é por isso que estava tão furiosa no refeitório ?

- sim por que aquele cara é um mané

- hurumm sei

- é verdade ela merece alguém melhor e como irmã dela tenho que assegurar sua segurança

- ta bom - disse em descrença

- preocupação, juro

- sei não pra mim isso tem outro nome, sabe qual ?

- qual ?

- ciúmes - soletrou

- o que não, eu com ciúmes ?, da minha irmã ?

- vai mentir pra mim de novo ?

- ok talvez seja, e daí não significa necessariamente que eu nutro sentimentos a mais por ela

- significa sim você só não admiti, acredite

- claro quem fala é marceline a conselheira amorosa - brinquei

- sim senhorita mertens, aliás posso marca sua consulta pra semana que vem ? - continuou e piscou zoeira antes de rirmos juntas

- e então escolheu ? - ela olhou a vitrine da joalheria

- tô em dúvida ainda, tem que ser perfeito

- olha ela toda perfeccionista e preocupada isso tudo é paixão é ?

- com certeza, e só oficializar, acho que vou ficar com essas - apontou o par de alianças douradas

- também achei elas lindas e as do Marshall pode ser essas - apontou a Prata

- é bem a cara dele mesmo, uma pena ele está trabalhando seria mais fácil para escolher

- concordo mais ficará legal eu tô aqui pra ajudar - joguei os cabelos

- nossa que convencida, mais obrigado

- de nada amore - mandei beijo no ar - ai não, não olha pro lado - murrumurei

- que foi ? - olhou

- eu disse pra não olhar - a garota de cabelos platinados ja viam em nossa direção

- pipipi me radar de vadia apito - sussurei a morena do lado

- oi marcy, tudo bem ?

- oi Ashley - falou sem graça

- oi fionna

- olá - forcei o sorriso pra vagabuda que quer estragar meu shipp supremo, bubbline

- o que ta fazendo numa joalheria ? - perguntou como quem não quer nada

- comprando algumas coisas - sorriu - foi um prazer te encontrar

- descordo o prazer foi todo meu, aliás e precisava mesmo conversar com você? agora não dá tenho compromisso pode ser amanhã no Colégio ?

- pode

- ok então tchau

- tchau

- você vai mesmo ? - perguntei indignada

- vou, não vejo problema

- Marceline cuidado pra não cair no bote da cascavel

- calma fionna o que pode acontecer de ruim num simples encontro pra conversar

- espero que esteja certa, agora manda embrulhar essas alianças que eu quero ir pra casa meus pés estão doendo de tanto andar

- beleza, pronto - ergueu os embrulhos

Marceline on

Sobre Ashley sei de seus sentimentos mas é só conversa que mal poderia ter ?, não entendo essa desconfiança de fionna mais isso não tem importância, Eu havia comprado as alianças de compromisso e pediria bonnibel em namoro em pouco tempo encarava as joias com um sorriso que rasgava meu rosto

Bonnibel bubblugum, em breve minha namorada - sorri 


Notas Finais


*discussão e ciúmes fioke
*alianças gumlee e bubbline ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...