História Crossfire -- Pjm e Jjk (BTS) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Katherine McNamara
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Katherine McNamara, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, J-hope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kookie, Min Yoongi, Park Jimin, Rap Monster, Suga
Visualizações 5
Palavras 2.991
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, LGBT, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong sweet's!

Voltei com um capítulo mais rápido que o normal, isso porque minha criatividade tá a mil e minha cabeça fica criando várias idéias, eu não consegui me segurar e aqui está mais um capítulo quentinho.

Antes de qualquer coisa: O que vocês acharam de Love Youself Tear? Qual a sua música favorita?

Espero que gostem. Boa leitura!

All the love, L.

Capítulo 4 - Chapter 3


Depois de alguns minutos, que pra mim pareceram horas, chegamos em casa. Jeon saiu da van comigo no colo e entrou dentro de casa com o auxílio de Hoseok. Subiu as escadas comigo ainda em seu colo e fomos em direção ao meu quarto


- Fique aqui, eu já volto, vou preparar um chá e trazer um calmante pra você. - Avisou e depositou um beijo em minha testa, saindo do quarto em seguida. Me levantei da cama e fui em direção ao banheiro me colocando de frente pro espelho, funguei e analisei meu rosto. Olhos pequenos e inchados, bochechas e nariz vermelho e lábios inchados e machucados por conta da pressão que eu fiz com eles.


Respirei fundo e voltei pro quarto, me sentando na cama a espera de Jeon. Comecei a observar a decoração do meu quarto, as quais eu trouxe da antiga casa, minha atenção foi tirada da decoração e colocada na porta do quarto, onde Jeon entrava com uma xícara de chá em uma mão e um remédio em outra


- Aqui - Me entregou o remédio e esperou eu colocá-lo na boca e depois me passou a xícara de chá


- É estranho eu dizer que você é lindo chorando(?) - Perguntou atraindo minha atenção pra ele, senti meu rosto esquentar e soltei um sorrisinho fraco


- Sim, é estranho, mas é mais estranho ainda eu gostar de ouvir isso saindo de você... - Comentei o olhando nos olhos e ele sorriu ladino


- Ei Jimin, está melh... Estou atrapalhando? - Jin se forçou a parar de supetão ao ver eu e JK tão próximo. Abaixei minha cabeça, envergonhado, fitando a xícara de chá repousada em minha mão esquerda.


- Ah... Não, eu... Eu vou indo - Jeon se enrolou nas palavras, se levantando exasperado e saindo do quarto rapidamente


- Me desculpe, eu não queria interromper, de verdade. Eu só... - Jin começou a falar rapidamente


- Está tudo bem, fica calmo. Não interrompeu nada. - Falei o seguindo com os olhos até o mesmo se sentar ao meu lado na cama


- Gosta dele? - Me perguntou de repente, o olhei assustado e corado


- A-ahn, eu... É surreal eu dizer que sim, até porque nos conhecemos a dois dias


- Já ouviu falar em "Amor à primeira vista"? - Me perguntou e assenti - É clichê, mas é real. E digamos que eu sou uma prova disso, eu e Namjoon - Comentou olhando para algum ponto aleatório do quarto e percebi seus olhos brilhando.


- Você e Namjoon? - Perguntei o olhando e ele assentiu - Há! Eu sabia! Da pra sentir a tenção sexual entre vocês a metros de distância, fora os coraçõeszinhos imaginários que eu vejo saindo de vocês dois quando estão perto - Falei animado o vendo corar e soltar um risinho envergonhado


- Bem, quando eu entrei no Bangtan, eu só conhecia dois dos cinco meninos: Jungkook e Taehyung. Éramos amigos desde os 15 anos e sempre fomos inseparáveis... Quando entrei o primeiro menino que conheci foi o Namjoon e algo nele me chamava atenção. Se passaram alguns dias e aquilo só crescia e eu não queria aceitar que eu estava gostando dele por essa mesma causa, eu havia o conhecido não fazia nem cinco dias... Conversei com o Taeh e ele me ajudou muito, no fim eu conversei com o Namjoon e ele me contou que gostava de mim também, acredita que eu sofri esse tempo todo pensando que eu estava sendo idiota enquanto o outro lado tava gostando de mim também(?) - Contou e fez a pergunta final de forma incrédula me fazendo rir


- Foi amor a primeira vista e eu não me arrependo de nada pelo que passamos pra ficar juntos - Nos assustamos com a voz de Nam, olhei para a porta e ele estava encostado no batente nos olhando com um sorriso de orelha a orelha. Jin sorriu envergonhado e Namjoon veio em direção a cama depositando um selinho nos lábios de Jin. Os olhei apaixonado e com um sorriso bobo no rosto, parecia que eles foram feitos um pro outro


- Vocês são lindos juntos - Comentei e Namjoon agradeceu


- Está melhor Jimin? - Nem perguntou se sentando ao lado de Jin


- Um pouco, consegui me distrair


- Você uma vírgula né, porque quem te distraiu foi o Jungkook que eu sei - Jin falou me fazendo corar fortemente e Namjoon riu - Amor, Jimin está na mesma situação que eu antes de conversarmos - Contou


- Oh, então acionar operação cupido - Nam falou sorrindo perverso e eu neguei rapidamente o fazendo gargalhar - Fica calmo, vai dar tudo certo - Ele falou puxando Jin pra fora do quarto e eu suspirei, o que esses dois vão aprontar...


~~🕛🕛~~


- JIMIN, DESCE AQUI - Yoongi gritou e eu saí do quarto rapidamente, descendo as escadas e vendo eles sentados nos sofás da sala com alguns notebook's e vários papéis espalhados pelo chão e pela mesinha de canto


- O que estão fazendo? - Perguntei me aproximando


- Existem cinco jóias que valem trilhões de euros, cada uma delas pertenceu a rainha da Inglaterra, Elizabeth II. Cada uma das joias está guardada atrás de um quadro que foi pintado pela própria rainha, quadros esses que estão espalhados em museus do mundo todo, e nós queremos essas jóias. - Yoongi começou


- Já fazem meses que estamos bolando planos pra assaltar o museu Jegug Bagmulgwan, que é onde se encontra um desses cinco quadros junto de uma das jóias. - Taeh continuou


- E parece que finalmente chegou o dia - JK completou sorrindo e todos os meninos olharam pra mim esperando uma reação


- Posso ir junto? - Perguntei os surpreendendo


- O que? Claro que não! - Jeon falou rapidamente antes de qualquer um abrir a boca 


- E porque não? - Perguntei


- Você nunca fez algo do tipo, é perigoso, sua mãe entregou sua vida em nossas mãos... Tenho medo de você se machucar - Ele respondeu, abaixando o tom se voz


- Está tudo bem. Olha, você sabe que desde pequeno fui treinado pela minha mãe pra acontecimentos desse tipo. Fui treinado e ensinado a me proteger, vai dar tudo certo. Não vou me machucar, eu prometo - Falei colocando minhas mãos em seu rosto acariciando sua bochecha o fazendo me olhar e eu vi o medo em seus olhos


- Você se machucou naquele bendito carro quando fomos pegar suas coisas na antiga casa, não posso te ver se machucar novamente...


- Jeon, você tem que entender que ele sabe tomar suas próprias decisões. Naquela vez nenhum de vocês estavam preparados para aquele tiroteio repentino, e agora essa é a vida de Jimin, ele vai viver conosco e de um jeito ou de o utro ele vai se envolver nessas coisas. Está no sangue... - Namjoon falou para Jungkook


- Tudo bem, eu só... Só me prometa que não vai sair do meu lado e que se algo acontecer ou você perceber uma movimentação estranha não pense duas vezes antes de me dizer - Jeon me avisou e eu assenti dando pulinhos enquanfo batia palminhas. Yoongi me chamou e começou a me explicar todo o plano


~~🕛🕛~~


Estávamos de frente pro tal museu, todos estávamos de preto com máscaras que cobriam nossos rostos até o nariz e óculos escuros, alguns de boné e outros de touca. Todos com luvas pretas macias para esconder as digitais.


- Eu vou ficar na van olhando pelas câmeras tudo e todos, vamos nos falando pelos fones - Yoongi falou, ele era o hacker, sempre ficava na van ou nas salas de computação para ver tudo e os alertar, nossas vidas estavam em suas mãos basicamente. 


- Okay... 3, 2, 1... Bateu 00:00, vamos - Namjoon falou abrindo as portas da van e vimos que as portas de entrada/saida tinham sido fechadas. 


- Toma, vai precisar. - Hoseok me entregou um rifle que reconheci ser uma Colt M4A1. Agradeci e descemos da van.


- Vocês vão entrar pelos fundos, vai ter uma porta com uma placa "PT26", ela só abre através de digital. Eu já hackeei, é só virar a roleta pro lado direito que ela vai abrir. - Yoon falou pelo fone enquanto andávamos em direção aos fundos. 


- Estamos dentro - Taeh falou depois de abrir a porta e todos entrarem dentro do estabelecimento.


- Okay, estão vendo três corredores certo? - Perguntou e eu concordei - Sigam pelo 3° a sua direita - Deu as ordens e fomos pra lá logo chegando num salão extenso com várias portas de cores duferentes e na parede da frente havia outro corredor que provavelmente levaria para a porta de entrada


- Beleza, estou vendo vocês. Procurem uma porta verde - Deu as instruções e começamos a procurar


- Achei! - Jin falou e fomos até ele que se encontrava de frente pra uma porta esverdeada. - Tem uma caixinha com números aqui do lado, Min


- Sim eu sei, digitem o número "134340" - Namjoon digitou e alguns segundos um barulho de tranca foi ouvido, abrimos a porta e entramos rapidamente.


- Puta que pariu, andem logo! Tem um guarda indo pro salão - Yoongi gritou pelos fones e entramos correndo na sala, fechando a porta rapidamente. Suspirei e olhei em volta percebendo vários quadros de tamanhos e texturas diferentes


- Certo, acabei de enviar a foto do quadro pro celular de Jeon. - Avisou e Jeon pegou seu celular rapidamente, desbloqueado e abrindo a imagem, olhei bem pra imagem e comecei a procurá-la


- Encontrei - Falei correndo até o quadro mas logo parando de supetão. 


- O que está esperando? - Taeh perguntou avançando e eu o segurei


-  Isso tá muito fácil - Falei olhando em volta, me abaixei um pouco e olhei bem podendo ver os vários lazer que haviam na frente do quadro, apontei e os meninos se abaixaram vendo os lazer's.


- Como sabia disso? - Yoongi perguntou pelo fone e eu dei de ombros


- Pode acender as luzes por favor - Pedi pra ele pelo fone e alguns segundos depois as luzes se acenderam e podemos ver claramente os vários lazer


- Min, tem algum controle ou botão que possa desativar os lazer's? - Jin perguntou


- Eu tô tentando, mas não acho nada que fale sobre os lazer's. Procurem algo pela sala. - Respondeu em tom de desespero


Começamos a procurar pela sala toda, olhei atrás de todos os quadros  e móveis que ali haviam e encontrei uma caixinha que tinha a forma de uma chave, parecia uma tranca


- Yoon? Encontrei uma caixinha estranha, vou te mandar uma foto - Falei pedindo o celular de Jeon, que logo o passou pra mim e tirei a foto enviando pra ele


- Chegou pra mim... Parece que só é ativada por uma chave, deve ser a dos lazer's


- Aposto que a chave tá com algum dos guardas - Hoseok comentou revirando os olhos


- Meninos, alguém aí tem elasticidade? - Nam perguntou e todos negaram


- Eu tenho. Está um pouco enferrujada, mas da pro gasto - Levantei a mão e eles me olharam, me encorajando. 


Respirei fundo e fui em direção ao lazer's. Vamos lá Jimin, você consegue! Sem pressão... Me aproximei e me abaixei pra passar por baixo do primeiro, logo pulando o segundo e assim foi se seguindo até eu conseguir chegar no quadro.


Não tinha nada na frente dele que me impedisse de pegá-lo e eu logicamente entranhei, levantei as sombracelhas depois de analisar e ver que realmente não havia nada. Dei de ombros e toquei no quadro o levantando e tirando do prego que o apoiava, vi que tinha uma alavanca pequena no canto superior direito e a levantei vendo uma joia vermelha ali, sorri satisfeito e o puxei pra desgrudar completamente da parede e então um barulho ensurdecedor se fez presente junto de uma luz vermelha.


- É melhor vocês sairem dai. AGORA! - Yoongi gritou pelo fone e logo em seguida começou a falar várias coisas que não dava para entender por conta do chiado que era ouvido vindo dos fones 


Olhei para os meninos e eles começaram a me gritar  para sairmos dali e eu fui correndo até eles, passando por todos os lazer's fazendo mais alarmes acionarem. Dei o quadro para Namjoon que o colocou na bolsa e peguei minha arma que estava no chão. Saímos da sala e nos deparamos com vários homens armados a espera de um comando para começar a atirar, e parece que nós éramos o comando. Todos começaram a atirar e nós fizemos o mesmo, conseguíamos desviar de alguns tiros, porém outros batiam no nosso colete não nos machucando.


Até que senti uma dor aguda se instalar em meu ombro direito, não tive tempo de prestar atenção nisso ou ver o que era, e apenas continuei atirando. A dor não me interrompeu tanto por conta da adrenalina que percorria meu corpo todo.


Continuamos atirando acertando em vários guardas, quando sobraram apenas quatro deles, se entre olharam e saíram correndo


- Covardes - Jin falou e eu soltei um risinho fraco seguido de um resmungo baixo de dor, esse que não foi ouvido por ninguém.


- Vamos sair logo daqui antes que a gente se foda mais ainda - Namjoon falou indo em direção ao mesmo corredor em que passamos pra chegar no salão, sendo seguido por todos


- Puta merda, vamos logo! - Taeh se desesperou quando abrimos a porta de saída e ouvimos barulho de sirene de policia. Olhei para o fim da rua e vi vários carros de policia e do FBI. Corremos em direção a van, entramos rapidamente e Yoongi fechou a porta rapidamente. 


Nos olhamos e caímos na gargalhada


- Isso foi uma completa loucura - Falei suspirando - Eu amei! - Exclamei e os meninos olharam pra mim sorrindo


- Bem vindo a vida do crime - Namjoon falou abrindo os braços minimamente.


- Aish - Reclamei algum tempo depois olhando pro local do tiro e vendo um pequeno furo, arregalei os olhos assim que senti a dor ficar mil vezes pior


- Puta que pariu, de novo não, por favor - Jeon se desesperou se ajoelhado na minha frente e tocando o local do tiro, me fazendo soltar um resmungo por conta da dor. Vi tudo rodar e meus olhos pesaram, a última coisa que vi foi Jungkook gritando o meu nome


×× Jeon P.O.V ××


Ah não, de novo não, eu imploro!


Quando vi Jimin cair no meu colo desmaiado eu me desesperei


- Yoongi! Muda a rota! Precisamos ir pro hospital AGORA - Comecei a gritar e senti uma freiada e logo a van virou uma rua rapidamente e continuou uma rota diferente


- Jeon, você precisa manter a calma - Jin colocou a mão em meu ombro, comecei a balançar a cabeça de um lado pro outro desesperadamente


- Você tá chorando?? - Hoseok perguntou assustado


- E-eu... É tudo culpa minha! - Reclamei soluçando


- Não é! Você não tem culpa de nada, não foi você que atirou, você não fez nada! - Taeh tentou me acalmar


- Exatamente! Eu não fiz nada, eu deveria ter o protegido. Não posso perder mais uma pessoa importante pra mim, eu não posso! - Meu choro se tornou compulsivo e meus soluços mais altos que o normal


- Jeon se acalma, por favor! Você não pode ficar assim


- Se algo acontecer com ele...


- Nada vai acontecer com ele! Para com isso Jeon Jungkook! - Jin me cortou exaltado


- Chegamos - Yoongi avisou abrindo a porta da van e eu desci rapidamente com no colo e fui correndo para a porta do hospital


- ALGUÉM ME AJUDA! POR FAVOR! - Comecei a gritar da porta do hospital e dois médicos chegaram perto e analisaram Jimin


- Preciso de uma maca aqui, o paciente está em estado crítico - O médico falou para o outro que saiu correndo no mesmo instante e voltou com uma maca e mais quatro médicos. Colocaram Jimin na maca e saíram com ele para uma porta dupla que havia no final do corredor


- Preciso que você se acalme e faça a ficha dele naquele balcão. - Apontou para um balcão que havia no lado direito da sala


- Ele vai ficar bem? - Perguntei com a voz trêmula vendo os meninos se colocarem ao meu lado


- Eu não posso te responder isso de imediato, mas prometo que faremos o possível para que ele fique bem. A propósito, sou Jackson - Falou estendendo a mão para mim, que a apertei rapidamente


- Jungkook - Falei curto e ele se curvou saindo dali, indo em direção a sala por onde levaram Jimin.


- Vou fazer a ficha dele - Falei olhando para os meninos e indo em direção ao balcão.


- Olá, o que deseja? - Me perguntou recepcionista que ali estava


- Doutor Jackson me pediu pra vir fazer a ficha do paciente que acabou de ser levado para a sala dos fundos - Falei 


- Você é o que do paciente?


- Ahn... Namorado - Eu sabia que se eu respondesse "amigo" ela teria que ligar para algum responsável de Jimin e isso não seria nada bom, até porque, seus pais estavam mortos e creio que todo o resto da família não saiba de Park.


- Preencha todos os espaços em branco, por favor - Pediu me entregando um papel e uma caneta, e eu comecei a responder, tinha uma parte da ficha em que perguntava sobre o responsável pelo paciente, respondi tudo ali usando meus documentos falsos. Depois de responder a entreguei o papel e a caneta


- Pode esperar sentado nas cadeiras no corredor no final da sala - Falou me entregando um crachá que estava escrito "Responsável por: Park Jimin" em caneta. Assenti e peguei o crachá indo em direção aos meninos que já estavam sentados nas cadeiras do corredor de espera.


Me sentei numa cadeira e apoiei meus braços minha nas minhas coxas, logo repousando minha cabeça em minha mãos


Deus, se estiver aí, pode me ouvir? Eu não sou muito de conversar com você, e peço perdão por isso, mas eu queria pedir para que você protegesse  Jimin. Não posso perde-lo... Ele se tornou minha única esperança depois de tudo. Não o deixe piorar, eu imploro!


Amém...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...