História Crush - Imagine Kim Woojin - Stray Kids - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Stray Kids
Personagens Kim Woo-jin, Personagens Originais
Tags Escolar, Imaginekpop, Imaginestraykids, Winter
Visualizações 186
Palavras 1.424
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Ficção Adolescente, Fluffy, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Self Inserction
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu não sei o pq dessa mania de postar as coisas de madrugada 😂

Esse foi a pedido da @SonLariih

Espero que gostem :')

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Crush - Imagine Kim Woojin - Stray Kids - Capítulo 1 - Capítulo Único

- Woojin-ssi, por favor, me empresta suas anotações?

Mal abro a porta da classe e já me deparo com S/N, implorando pela lição de casa que mais uma vez, ela não havia feito no fim de semana. Não que isso fosse novidade.

- Hmmm, não - respondo com meu maior sorriso e sento em meu lugar.

A classe ainda estava vazia, já que faltava ainda uns dez minutos para as aulas se iniciarem.

S/N se senta na carteira ao meu lado e dirigi seu olhar para mim:

- Por favor, Woojin-oppa, eu faço o que você quiser! - ela junta as mãos em um sinal de suplica.

- Você realmente não tem limites, S/N - franzo o cenho e começo a retirar meu material da mochila.

Ela estuda cada movimento e seus olhos brilham quando entrego meu caderno para ela.

- Ahhhh oppa, você é o melhor! - ela se aproxima e beija minha bochecha.

O que eu mais odiava eram seus atos ingênuos. Atos esses que faziam meu coração acelerar e um desconforto surgir em meu peito.

A observo rapidamente abrir seu caderno e começar a copiar minhas anotações. Um sorriso se forma em seu rosto, mostrando suas covinhas.

Apoio minha destra sobre meu queixo e continuo a monitorar. Suas expressões eram engraçadas, quando não conseguia ler o conteúdo, começava a murmurar para si mesma. Seus cabelos longos e lisos caiam sobre o caderno, a atrapalhando e deixando irritada e isso só a deixava ainda mais fofa.

Fofa...quando foi que meus pensamentos pararam aqui?

- Woojin - o rosto de S/N a milímetros do meu faz com que eu acorde dos devaneios e que eu jogue meu corpo para trás. Nervoso com sua proximidade. Quando foi que ela veio parar aqui?

-O- O que é agora? - minha voz falha e pigarreio fazendo com que ela volte a normal.

- Eu te perguntei o que você vai querer que eu faça - ela abre seu sorriso mais inocente e devolve o caderno- No que você estava viajando ai? - ela olha divertida - Pensando na crush? - uma risada sem graça escapa de seus lábios.

Suspiro fraco.

Não importava o quanto eu tentasse demonstrar a ela que ELA era a razão de eu estar agindo fora do normal ultimamente, S/N simplesmente não conseguia captar minhas indiretas. E o medo de uma friendzone era muito maior do que um simples convite ou declaração.

- Estava - respondo mal-humorado. Vejo seu olhar fraquejar mas logo o brilho volta e ela pergunta mais uma vez, a mesma pergunta que repetia há mais de uma semana:

- Quando vai me contar quem é ? - ela faz bico e minha vontade é de beijá-la ali.

- Você estava perguntando o que queria né? - ignoro sua pergunta e seus olhos inquietos.

- Não mude de assunto de novo, oppa - ela força as palmas da mão sobre minha carteira, fazendo barulho.

Reviro os olhos com sua atitude.

- Bom, que tal ir ao cinema comigo? - a convido mas logo arrependo ao notar as palavras que minha boca proferiu.

- Quê? - ela olha surpresa assim como eu também estava.

- Ah esquece - escondo meu rosto com minhas mãos, irritado. Que deslize, Woojin.

- O-Okay - ela se afasta e volta para seu lugar. Quando levanto meu rosto percebo que a sala já estava cheia e que o professor havia acabado de chegar.

Meus olhos voltam para S/N e noto suas bochechas coradas e antes que eu possa provocá-la como de costume, o professor inicia a chamada.

-

- Ahh~ finalmente acabou - S/N se espreguiça e eu começo a recolher meu material.

Após fechar o zíper de minha mochila, vejo um dos veteranos adentrar a sala. Ele era alto e tinha o cabelo tão preto quanto seus olhos intimidadores e o que eu estou fazendo detalhando ele? 

Começo a brigar comigo em meus pensamentos e mal noto o moreno se aproximar de S/N.

- S/N quando você vai aceitar meu convite? - ele encosta na carteira dela.

- JaeBum eu já disse que eu não estou interessada - ela ignora o rapaz e passa a guardar o material.

- Qualé, eu te passo todas as provas desse semestre - esse cara tinha lábia. Até eu me interessei. Conseguir as provas antemão era algo que todos nós, seres comuns, ansiávamos.

- Isso é golpe baixo - diz irritada e o moreno apenas sorri vitorioso. - Mas é apenas mais um motivo de eu não querer sair com você - ela se levanta, empurrando a carteira e quase derrubando o rapaz.

- Pare de se fazer de difícil - ele cruza os braços. - Qualquer garota dessa universidade está na palma das minhas mãos e com você não será diferente.

- Bom, eu não sou uma garota qualquer - ela coloca a mochila sobre os ombros e pisca. Se retirando, sem antes olhar para mim.

Rapidamente desvio o olhar. Fui pego ouvindo a conversa dos outros. Me preparo para a retirada quando noto JaeBum se aproximar de S/N e segurar seu pulso, a impedindo de sair da sala.

Também noto que havia apenas nos três na sala agora.

- JB, me solta - ela pede mas o garoto apenas abre um sorriso ainda maior.

Um nervosismo sobe em meu peito e caminho até os dois.

- Ela pediu pra você soltar ela, por um acaso é surdo? - resmungo e retiro a mão do rapaz do pulso de S/N, que agradece baixinho.

JaeBum redireciona o olhar para mim, finalmente notando minha presença.

Trocamos olhares por um longo período até ele bufar:

- Isso não vai ficar assim, beleza? - coloca as mãos dentro do bolso da jeans, casualmente e se retira.

Respiro aliviado.

- Por um momento pensei que fosse apanhar - S/N murmura e viro meu corpo para encará-la.

- Você está bem? - pergunto e ela apenas assente. - E como assim apanhar? Eu sei me defender - mostro a língua e ela ri em resposta.

- Só não vou zoar porque ainda te devo uma - ela coloca a mão sobre a testa. 

- S/N - aproximo de si. Talvez a adrenalina de minutos atrás ainda estivesse fluindo em meu corpo e finalmente tive coragem para a próxima pergunta.

S/N me olha desconfiada mas dá de ombros e espera que eu termine:

- Você quer sair comigo? - digo por fim.

Suas orbes negras cravam em minha direção e sei que ela está tentando ver se é sério.

- Não como um favor que me deve...- continuo - mas...- coço a cabeça nervoso, em busca das palavras certas. - Mas como alguém com uma possibilidade de ser seu futuro namorado? - digo incerto.

Ela havia acabado de rejeitar o cara mais lindo (não foi eu que disse) da faculdade, talvez comigo não seria diferente e o silêncio apenas confirmou meus pensamentos.

Aliás, apenas sou o amigo das lições mesmo.

Ajeito a mochila nas costas. Ela ainda permanecia quieta.

- Acho que foi muito repentino - murmuro- Olha, esquece - sorrio envergonhado e meu peito se aperta. Passo por ela e quando alcanço a porta, sinto sua mão segurar a manga de minha blusa, firme.

- Woojin, espera - viro-me para ela, notando seu rosto em um tom avermelhado. - E-eu aceito sair com você - ela não me olha.

Mas suas simples palavras faz com que o aperto se afrouxe.

Tento falar alguma coisa mas meus lábios não se movem e os olhos de S/N finalmente me alcançam, divertidos:

- Então quer dizer que eu era sua crush - sorri satisfeita. Nota que ainda segurava minha blusa e solta, envergonhada - Oh, desculpe - ri sem graça.

Elevo minha mão e bagunço seus cabelos.

- Demorou de mais pra perceber - sorrio em resposta.

- Me desculpe mas eu não tenho uma bola de cristal - cruza os braços.

Reviro os olhos e lembro como ela é lenta para essas coisas.

- Desculpa interromper os pombinhos, mas preciso trancar a porta - o inspetor pigarreia e avisa.

S/N segura minhas mãos.

- Desculpe senhor! - e sem ouvir uma resposta, largamos o ambiente escolar.

Assim que chegamos na parte em que nossos caminhos se separam, ela solta minha mão e sorri corada:

- Nos vemos amanhã - ela se despede.

- S/N pera - a chamo e me aproximo de seu rosto.

Seus olhos brilham e percebo as bochechas se tornarem ainda mais vermelhas.

Quando nossas respirações se chocam, ela fecha os olhos e seguro a risada. "Não tão rápido, colega". Meus lábios tocam sua testa gentilmente e quando me afasto, ela me olha um pouco decepcionada.

- Nos vemos amanhã - sorrio satisfeito. "Leve esse beijo como uma vingança do da bochecha."

- Idiota, tchau - resmunga e dá as costas novamente. Observo-a até a perder de vista.

S/N eu certamente vou fazê-la se apaixonar por mim. E com esses pensamentos, retorno para casa, ansioso para vê-la amanhã.


Notas Finais


Se não teve nada demais, culpe os doramas por isso kkk 😧

Eu tô morta de sono agora, então nem vou falar muito. Só me desculpem os erros e não desistam de mim 😢

E confiram meus outros imagines :v

Até a próxima gente linda,

Fiquem bem 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...