História Crush - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Doyoung, Taeyong
Tags Dotae
Visualizações 27
Palavras 307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Yaoi (Gay)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 2 - Vai querer mesmo não?


— Vai Taeyong poxa, namora comigo eu nunca te pedi nada! — O garoto estava sentado no meu pé e agarrado na minha perna pela terceira vez só nesse dia, e eu queria muito meter a mão na cara dele.

— Doyoung... tem como parar? Podemos ir para a sala como pessoas civilizadas e não com eu arrastando minha perna por que você está SENTADO NELA?!

— Aff, você não persebe que eu sou o amor da sua vida não? — Se levantou limpando a calça e a blusa.

— Na sinceridade, sinceridade mesmo? Não! — Dei de costas para o garoto e segui meu caminho.

— Você leu meu currículo pelo menos? — Parei de andar lembrando que eu realmente, quando cheguei em casa, li aquele papel. — Olha eu tô desesperado tá legal? S-o-l-t-e-i-r-ã-o. — Soletrou — Pensa, se você namorar comigo você vai poder me abraçar, me tocar e também... — Se aproximou do meu ombro, já que era pequeno demais para alcançar minha orelha. — Me comer, no café, no almoço, no jantar, de dobremesa e no seu tempo livre também, que tal?

— Doyoung! — Dei de costas para o garoto mais uma vez, como ele fala isso tão assim na cara?

— A vai por favor Lee, pode ser só por alguns anos, não precisa se casar comigo, mas caso queira 'tamo ai tá bom? 

— Doyoung eu estou com TRAUMAS, Tra-u-mas de você!

— À mas por quê? Eu só disse que te quero, e não vou parar até você dizer o mesmo. — Fez sua cara de debochado.

— Doyoung, eu não gosto de tu.

— 'Ce tem certeza que não quer namorar comigo? — Assenti. — Vai querer mesmo não?

— Nãoooo!

— Pois saiba que não vou desistir

A mas o que eu fiz para merecer isso heim?! Só pode ser macumba, SÓ PODE.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...