1. Spirit Fanfics >
  2. Crush >
  3. Percepção

História Crush - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Percepção


Com o passar dos dias, Tobio estava cada vez mais confuso com seus pensamentos. Ele não conseguia entender porque sua mente sempre trazia seu colega de time à tona. Quando tomava banho, comia ou na sala de aula. 

Pensou em conversar com alguém sobre isso, mas logo desistia da ideia. Não queria incomodar seus amigos com seus problemas, por mais estranhos e confusos que fossem. 

Sacudiu a cabeça para espantar os pensamentos. Hinata estava ao seu lado tagarelando sobre alguma coisa que o moreno não estava realmente prestando atenção. 

— Bakageyama! — o ruivo o empurrou levemente no ombro. — Você não me respondeu!

— Hã? 

— Idiota! Você nem ouviu o que eu disse! — queixou-se.

— Não me chame de idiota, seu idiota! — grunhiu, Tobio. 

Eles entraram naquelas estúpidas e acirradas discussões com direito a algumas ofensas. Nada de novo sob o sol de Miyagi. 

— Tobio — quando Shouyou usou seu primeiro nome, o levantador notou o quão sério ele estava - eu sei que sou um pouco burro na maior parte do tempo e, que as vezes não percebo certas coisas... — murmurou - mas você tá estranho. Se quiser conversar...

Hinata o encarava e, esperava pacientemente. Algo se agitou no coração de Kageyama, pois ele não esperava ser motivo de preocupação para o amigo. O ruivo o olhava tão intensamente, que ele não pôde desviar o olhar. Mantiveram-se daquele jeito por alguns segundos, até que o olhar do levantador caísse para os lábios do outro. 

Então ele fez o que sempre fazia: desviou do assunto. 

— Não é nada. Estou apenas pensando em outras coisas. — respondeu mantendo o tom neutro.

— Tem certeza?

— Eu já disse que não é nada! — sentiu a irritação florescer, porém se acalmou em seguida. — Você viu o filme que me falou ontem?

Hinata sorriu brilhantemente já esquecendo o assunto anterior, ou resolvendo que era melhor deixar para lá, o moreno não sabia. Contou em detalhes como o enredo do filme era bom; que havia explosões e muita ação. Kageyama só ficou ali ouvindo o amigo falar, sentindo um frio inusitado no estômago toda vez que Shouyou sorria de maneira tão resplandecente e contagiante. 

O entendimento sobre o que estava acontecendo lhe acertou como um saque de um ace. Ele tinha uma queda grande, muito grande, por seu amigo de time. 

 


Notas Finais


eu tô tão animadinha com os comentários af <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...