História Crying baby - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger, Ronald Weasley, Rose Weasley
Tags Hermione, Hinny, Romione, Ron, Rose
Visualizações 143
Palavras 558
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Capítulo 4


“Eu não quero deixá-la aqui.” choramingou Hermione. Ela abraçava à pequena Rose com força.

Estavam parados na porta do berçário que Rose ficaria durante a maior parte de seu dia.

“Mas você tem que voltar a estudar.” Argumentou Ron enquanto fazia sinal para uma das mulheres que trabalhava naquele lugar.  

“Mas e se ela não se acostumar?”

“Aí nós damos um jeito.” respondeu firme.

Rose, apesar de ser uma bebê chorona, não fez birra para ficar no berçário. Ela só ficou lá e quando Ron deu “Tchauzinho” Ela riu para ele.

“Ela vai ficar bem.” Afirmou ele olhando Hermione. Ela apenas sorriu triste enquanto observava a bebê se afastado.



***


“Como foi voltar para a faculdade?” Perguntou ele na mesma noite. Sentados no chão de seu apartamento conversando enquanto comiam pizza, era algo que Hermione definitivamente podia se acostumar.

“Nem sei como passei um mês sem estudar! É tão incrível!” Ela tinha certeza que estava empolgada demais,  principalmente para alguém que estudava de manhã, trabalhava de tarde e cuidava de um bebê à noite, mas ela não podia controlar.

“Imagino. Eu odiava estudar, mesmo assim sinto falta.” Falou Ron pegando mais um pedaço de pizza e Hermione encarou ele de perfil.

Seus olhos tinham um azul hipnotizador.Ele tinha um nariz longo e fino e sardas por todo o rosto. As pintinhas desciam por seu pescoço e ela teve um desejo súbito de ver onde mais ele tinha sardas. Sentiu o rosto esquentar com o pensamento.

“Ginny já foi embora?” Perguntou ela, tentando desviar o pensamento das sardas de Ron.

“Hoje de manhã. Duas semanas e meu apartamento virou um caos. Garota bagunceira.” respondeu e sorriu cheio de afeição para o pensamento.

Hermione e Ginny viraram boas amigas nos poucos dias que passaram juntas. Hermione era a moderada enquanto a ruiva completamente louca.

Ela queria mesmo continuar no assunto “Ginny” mas por alguma razão seu pensamento se divergiu para os lábios finos do amigo enquanto ele sorria.

Ron era definitivamente atraente. Ela nunca foi cega quanto a isso, mas naquele momento, olhando tão de perto, ela sentia uma vontade incontrolável de beijar aqueles lábios rosados.

“Estou ficando louca.” Resmungou chamando a atenção dele.

“Mais do que já é? Isso é preocupante.” e riu da cara dela.

“Idiota.”

“Resmungona.”  Alfinetou e ela se esticou  em sua direção para bater em seu braço.

Ron estava rindo quando a puxou para perto, fazendo seus corpos se encostarem. “O que está fazendo?” Perguntou Hermione.

“Algo que deveria ter feito há um bom tempo.” respondeu agora apenas sorrindo e inclinando a cabeça a beijou.

Ela poderia dizer que foi surpreendente que ele a beija-se, poderia dizer que foi o melhor beijo de sua vida, o mais quente, o mais espetacular. Mas não foi. Foi diferente. Foi bom e divertido ter os lábios juntos ao de Ron.

Eles se separaram em busca de ar por poucos segundos e logo seus lábios estavam juntos de novo. Na mais estúpida metáfora, uma dança perfeita. Esse segundo beijo Hermione tinha certeza que foi um dos melhores de sua vida, pois era envolvente e viciante e as mãos de Ron a puxaram para mais perto aumentando o atrito entre os corpos.

O choro fino de Rose fez os dois se soltarem aos poucos. Ambos sorrindo.

“Vou ver o que ela tem.” Afirmou Hermione levantando-se.

Ron só podia pensar no quanto Rose era inconveniente em alguns momentos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...