História Crys e Connor - um amor impossível? - Capítulo 2


Postado
Categorias Detroit: Become Human
Personagens Connor, Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 1.932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Luta, Magia, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sorry a demora!

~boa leitura~♡

Capítulo 2 - Explosão de sentimentos!


Fanfic / Fanfiction Crys e Connor - um amor impossível? - Capítulo 2 - Explosão de sentimentos!

Crys POV's on

* beep beep *

—ahnn... Mas ja?minha cabeça esta doendo... O que caralhas eu fiz ontem...?


*Flashback on*


 Depois de sair de casa, eu e o Caio fomos ao show, e eu garanto que ocorreu tudo normal, Até começarmos a beber. O porquê disso? Bom...


Crys: MANO, EU TO MUITO LOUCO —Falei rindo e encarando Caio, que riu também.

Caio: EU SEI, E A SUA IRMÃ VAI ME MATAR E EU VOU ACORDAR EM OUTRO PAÍS—Caio disse ainda rindo, mas um semblante preocupado se formou em meu rosto…

*Flashback off* 

Crys: nós não deveriamos ter bebido tanto... 

Lari: Crys! Temos aula hoje, sabia?!-Lari disse gritando do lado de fora do meu quarto. 

Crys: J-Ja vou! - disse saindo da minha cama, e me arrumando o mais rápido que pude.

Erick: que milagre é esse que você saiu do quarto cedo?-disse Erick,sorindo e enchendo o saco, como sempre. 

Crys: *sing* não enche, okay?-disse olhando o "Connor" que parecia bem tímido perto de mim. porque ele me faz sentir isso?? 

não há tempo pra isso, seu merda!d

Decidi escutar meu subconsciente.

Tomamos café, e aquele menino... Connor, ele me causa coisas estranhas, que eu não sei explicar... São tipo borboletas no estômago, algo que eu nunca senti e... 

Crys, denovo não!

Chega de falar sobre esse garoto, ele me cansa.


 Lari: Crys, no que tanto pensa? —Lari perguntou me encarando de forma quase psicopata. 


Crys: Hum? Ah, não é nada, não lhe interessa —Disse sorrindo o que fez com que Lari quase me matasse com apenas um olhar. 

Lari: é bom você ir contando! Sou curiosa mesmo! -Lari disse me fuzilando com um olhar psicopata

Crys: uhnn....-fiz uma pequena pausa procurando alguma distração, até que ouvi um miado, e lembrei do gato da Lari que passava por ali-olha teu gato te chamando ali.

Lari: ah, verdade esqueci dele! Desculpa coisa linda da mamãe...-disse afagando a cabeça do bichano. 

Crys: ufa...-sussurei para mim mesmo de olhos fechados,abri um pouco meus olhos e vi que Connor me encarava adimirado, o que é isso? Por quê estou me sentindo assim? Pare com esse feitiço, minha vida já é uma grande piada, não preciso sofrer mais ainda por causa de um idiota lindo como você!


Crys POV's off


Connor POV's on


 O Crys é realmente... Diferente, ele é lindo, e a personalidade dele me encanta de uma forma... AISH, NÃO PENSE BESTEIRAS CONNOR! 

Você não foi criado para sofrer por um humano lindo e fofo como o Crys, você foi criado para... Fazer isso mesmo, não há escolhas ;-;

 

 De qualquer forma, Crys me causa sentimentos estranhos... eu não sei identificá-los, é como... Uma vontade de abraçá-lo e segurar sua mão... 

Aigoo! Pare!

Minha unica dúvida sobre ele é por que ele é tão agressivo com os irmãos... 


Connor POV's off


Crys POV's on


Depois de tomarmos café fomos a aula, eu estava com uma dor de cabeça enorme, mas eu insistia que estava bem, e adivinha só, eu não estava. 

Lari: Crys, tem certeza de que esta bem?disse Lari preocupada

Crys: tenho. -disse mentindo, mas eu tinha certeza de que não estava bem, me sentia com frio, mesmo em pleno dia de primavera. 


Crys POV's off


Connor POV's on 


Eu tinha acabado de sair da aula de educação física, e fui direto aos armários guardar algumas coisas. 

???: h-hey, v-você é o novo aluno, huh? 

Connor: hum? Ah, sim! Prazer meu nome é Connor! 

???: m-meu nome é... Matheus... -disse a última parte baixo, tanto que não consegui escutar. 

Connor: desculpe, eu não escutei... 

???: meu nome é Matheus... 

Connor: oh, que nome bonito! 

Matheus: o-obrigado, o seu também...


Connor POV's off


Crys POV's on


 Era aula de educação física, e eu decidi não jogar para não piorar, então fui guardar algumas coisas no meu armário... 

 Porém...Chegando lá eu vi o Connor conversando com o Matheus e... Por algum motivo, meu sangue ferveu ao ver aquilo. 

 Aish, por que essas coisas estão acontecendo? Eu não mando no Connor, a existência dele é desnecessária e... EU NÃO ME IMPORTO COM O CONNOR! SINCERAMENTE! 

 Saio bufando sem olhar para os dois que nem devem ter me notado e sigo em direção da arquibancada. 


Crys POV's off

 

Connor POV's on


Acho que vi o Crys, mas não tenho certeza, mas, mesmo que estivesse, sei que ele não gosta de mim....

—você esta bem? Parece que está quase chorando... -disse matheus me encarando com uma cara bem fofinha. 

—hum? Ah, não se preocupe, estou bem! 

—okie, então! 

Ele é bem fofo... 


Connor POV's off


Crys POV's on


Eu estava sentado nas arquibancadas da quadra vendo meus irmãos jogarem basquete, enquanto eu pensava neles... 

Matheus... Connor... Matheus sempre "roubou" todas as garotas que eu cheguei a amar, por isso, parei de me apaixonar por qualquer uma, mas, nunca cheguei a sentir isso que senti quando vi o Connor com ele... 

será que estou com ciúmes?

Ciúmes... Eu nunca senti isso... Por que eu sinto isso com o Connor? 

 Bobagem, bobagem minha.

 É tão estranha essa sensação, borboletas no estômago, mãos suadas... 

Oh céus, quanta bobagem.

 Eu tenho que fazer uma lista psicologicamente de coisas que eu não devo fazer


1.Pensar coisas idiotas como essas

2.Pensar no Connor 

3.Fazer listas


Oh céus, o que está acontecendo comigo?


 Quando notei, a aula já havia acabado, então voltamos para a sala, era aula de história, e eu como sempre prestei atenção... 

 Não na aula, mas sim no Connor


 Eu estou apaixonado?


O que está acontecendo comigo?


 AISH, ISSO É SÉRIO? NÃO,NÃO PODE SER!

Prof de história: Crys, preste atenção na aula!-disse o professor de história me encarando e me jogando para fora dos meus pensamentos. 

Crys: d-desculpe, professor. -disse arrumando minha postura. 

Prof de história: que isso não se repita.-disse voltando a explicar as porra aê que ele tava falando e eu não prestei atenção. 

Eu senti um olhar sobre mim, então virei um pouco para trás, e vi que Connor estava olhando para mim discretamente, senti meu rosto esquentar um pouco, e, assim que ele percebeu, ele ficou um pouco corado e desviou o olhar, eu fiz o mesmo, mas desta vez, prestando atenção na aula.


Crys POV's off


Connor POV's on


 O Crys é muito lindo mas... O que ele tem de lindo, tem de estranho, e alguma coisa nele me dá raiva, talvez o modo em que ele trata as pessoas, aish, esse garoto está tomando meus pensamentos, sempre que eu pe só em algo, sempre acaba na mesma pessoa: Crys

Ele realmente me da raiva, ele trata as pessoas com tanta grosseria e... 


 ???: Hey garoto, você não percebeu? O sinal já tocou —Ouço uma voz familiar, logo olho para cima e, caralho, eu estou no céu. 

 Crys me olhava com um sorriso, porém sem humor, e eu o encarava como um tolo apaixonado, e quem sabe eu seja tolo mesmo. 

 Logo lembrei da forma em que ele falou comigo, o que me deu um ódio mortal. 

 Connor: E-eu ouvi, não precisa me avisar —Disse seco, fazendo uma pausa —E não precisa ser tão grosso-Falei essa parte baixo, e ele aparentou não ter ouvido, o que é bom para mim. 

Crys: de qualquer forma, Lari esta te procurando. 

Lari? Perfeito! Uma chance de conhecer o modo dele de agir com os outros! E descobrir o porque, claro. 

Connor: o-okie... 

Eu peguei minhas coisas e saí da sala, indo ao encontro de Lari.


Connor POV's off


Crys POV's on


Depois de pegar minhas coisas, e começei a traçar meu caminho até em casa, pensando nele

"Okie"...

Foi o que ele me respondeu.... 

Isso é uma das coisas que o Matheus fala! Isso quer dizer... 

Crys e garota 1 : autch! -disse assim que acidentalmente trombei com uma garota familiar. 

Crys: m-me desculpe, eu não vi que você estava aiiiii—

Garota 1:Crys? É você? 

Crys:Sayori? 

Sayori:Crys! A quanto tempo não te vejo! 

Crys:sim! É ótimo te reencontrar! 

*um tempinho depois*

Sayori: okay! Te vejo depois então! 

Crys:certo, até! 

Depois de me despedir de Sayori,voltei a minha rota normal até chegar em casa. 

Assim que cheguei, entrei no meu quarto, e deitei na minha cama, enquanto falava sozinho a respeito de Connor. 

Crys: argh! Por que eu disse aquilo?? A resposta dele foi justa, mas... -faço uma pausa lembrado do que ele disse quando eu falei da Lari-"okie"...ele é fofo até não tentando...-comecei a pensar no que eu tinha falado e percebi que tinha sido um idiota - parabéns, Crys, você é um completo idiota! Argh, como eu queria estar em homeworld...-disse fazendo uma pauza e olhando um pequeno quadro em cima da mesa do meu computador- saudade de você, meu amor...


 Sem notar, deixei uma pequena lágrima cair e acabo adormecendo. 


* 4 horas depois *


Acordei sentindo um peso sobre mim, e notei que era o Connor, estranho …eu não lembro de tê-lo deixado entrar no meu quarto, ele nem veio aqui em casa ontem e... LARI! 

 Connor dormia encolhido e enrolado nos cobertores como um pequeno bebê, eu fiquei com receio de acordá-lo, mas... AISH EU VOU ACABAR COM O CONNOR! 


 Crys: Hey garoto, da para se retirar de cima de mim? —Disse chacoalhando o mesmo com força. 

 Connor: H-hum... M-me deixa...—Okay, ele está com a voz rouca, eu vou explodir em Fofura…NÃO CARALHO! 

 

Crys: NÃÃÃO, SOME, ANDA, SOME DAQUIIIIII—Falei berrando, assustando o mais baixo. 


 Connor: O QUE EU TO FAZENDO NO SEU QUARTO? —Agora a madame vai se fazer de desentendida? 


Crys: EU NÃO SEI, AISH, FIQUE AI, EU VOU FALAR COM A LARI, NÃO OUSE TOCAR EM NADA! 


 Connor: O-okay


 Saio do quarto encontrando Lari sentada no sofá 


 Crys: LARI, EU JURO QUE EU SÓ NÃO TE MATO PORQUE É CRIME, POR QUE DEIXOU O CONNOR IR PARA O MEU QUARTO? VOCÊ TEM PROBLEMA? EU NÃO QUERO AQUELE GAROTO PERTO DE MIM —Gritei enquanto Lari me olhava espantada

 

 Lari: A-ah, desculpa Crys e-eu... 


Crys: NÃO!!! —Fiz um bico voltando de volta para o quarto, para expulsar aquele menino. 


Crys: Ei, some. —Disse, mas Connor me encarava corado, e eu tentava entender o porque mas... AAAAAAISH


 Acabei notando que estava sem camisa, ótimo, minha vida ainda vai piorar? 


—E-eu já vou indo e... T-Tchau —Disse corando mais ainda. 

Alguém me mata. 


Crys POV's off


Connor POV's on


Assim que saí do quarto de Crys, perguntei para Lari se ela sabia o que aconteceu, pois eu não me lembro... 

Lari: mas é claro que sei!eu só não posso contar! 

Connor: por quê?? 

Lari: porque não! 

Connor: uhn... Okie... -disse com um rosto meio desapontado. 

Lari: desculpe, mas... Pelo bem da nossa amizade não posso dizer... 

Connor: ta tudo bem. Posso te perguntar algo? 

Lari: claro! 

Connor: você ja amou alguém? 

Lari: ja, e por acaso, ele é meu namorado! 

Connor: você tem namorado?? 

Lari: tenho! Mas... Por que a pergunta? 

Connor: ..……………. por que eu acho que estou apaixonado... 

Lari: sério?? 

Connor: s-sim... 

Lari: não se preocupe! Você é incrível e seja lá quem for, irá gostar de você do jeito que você é, e, eu sempre vou te apoiar! 

Connor: o-obrigado...

 Lari: Ei,quer ficar para tomarmos café? —Perguntou com um sorriso doce nos lábios.

 Connor: Não, obrigada mas... Eu vou para casa...meu pai deve estar à minha espera... T-tchau Lari.

Lari: Ah, tchau bolinho! —Falou, ainda sorrindo


Chegando em casa, vi Hank no sofá assistindo TV.

—boa noite, pai! 

—hum? Boa noite, filho. 

Eu cheguei mais perto dele, o abraçando, logo em seguida, segui ao banheiro, pois me sentia sujo. 

Assim que cheguei ao banheiro, eu me despi, logo olhando para o espelho, havia marcas roxas e mordidas sobre o meu pescoço e peitoral, o que eu achei estranho pois eu não me lembro de ter brigado com ninguém e... Puta que pariu cara. 

 Ou eu fui espancado, ou eu levei tiros de borrachas, ou eu to cheio de chupões pelo corpo. 

 Socorro



Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...