História Cuidado com as sombras - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Ficção, Revelaçoes, Suspense, Vampiro
Visualizações 6
Palavras 465
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Boa leitura ❤️

Capítulo 8 - Basquetebol


Estava animado, era tão bom descontar tudo o que passava em algo.

Eu e meus amigos jogávamos tranquilamente, como todos os outros dias, o time era basicamente os cinco vampiros que estudavam aqui.

É claro alguns humanos para completar um time reforço, caso algum de nós se machuque, o que é impossível de acontecer.

Somos os vencedores de todos os jogos que participamos, por isso o treinador nunca implica com nossos horários, só devemos manter as notas, o que é basicamente o mais fácil.

Faltava exatamente um integrante, o que nos obrigava a deixar uma folha junto a dos demais times que precisavam de alguém, mas nunca acharmos pessoa a altura.

Enquanto treinavamos o time era composto por três vampiros no que possuía um jogador a menos e com dois o que possuía todos os 5 jogadores.

Percebi que por um momento todos pararam, e olhavam para um ponto, estava no fundo fazendo a defesa e rapidamente tomei frente a situação.

Era o meu brinquedo, querendo entrar para o meu time, e que bela coincidência eu sou o líder.

Ver ele pedindo para entrar me deixou desacreditado, não podia estar fazendo isso, brinquei com meus amigos e parece que temos um extressadinho aqui.

Pensei se era o certo a fazer, devia ser rápido, deixar ele entrar ou não, então por que não?

Pude sentir meus amigos me olhando tentando entender o que eu estava fazendo, e disse a eles por telepatia.

- Me deixem brincar um pouco.

Ao mesmo tempo eles se dispersaram, como todos os outros do time, era somente eu e ele.

Rapidamente o parei encostando o mesmo na parede, pude sentir seu delicioso cheiro, saí do transe quando o mesmo me empurrou e fiz a proposta que com certeza me faria arrepender de ter dito aquelas palavras.

Cheguei na sala e já fui massacrado de perguntas.

- Eu tô errado, ou tá acontecendo alguma coisa - Kevin escorou em minha mesa esperando a resposta.

- Não leve a mal, só que nunca ligou pra ninguém nessa escola além da Anna - dessa vez Lucky se pronunciou.

- É tão errado querer acabar com o tédio um pouco, vocês fazem isso sempre e eu nunca falo nada. 

- Você venceu, sempre tem uma primeira vez - riu baixo - falando nisso vou ver minha amiguinha - Lucky saiu indo até a primeira fileira.

- só saiba de uma coisa, cuidado com os limites. Como disse nós sempre fazemos isso é estamos acostumados e você não. - disse se sentando em minha frente no seu lugar.

- Confia em mim tá - ele concordou com a cabeça.

Posso afirmar que Kevin e eu nos damos muito bem, somos os mais próximos do grupo. Mas nesse momento eu só quero né divertir e esquecer dos problemas em casa.

As últimas aulas passaram rápido, não vi meu brinquedinho por lá, espero não ter assustado o inocente novato.



Notas Finais


Até o próximo capítulo ✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...