História Cuidado com o que você deseja - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Comedia, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Troca De Corpos
Visualizações 1.317
Palavras 2.715
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 4 - Troca de corpos


Sasuke:

Finalmente acordei com o barulho do despertador. Mas, espera! Eu não uso despertador, geralmente sou acordado pela minha mãe ou pelo meu irmão. E que diabos de música é essa? Musiquinha romântica, credo!

Isso está estranho demais.

Olhei para o teto e vi alguns enfeites pendurados. Meu quarto não tem esse negócio! Notei as paredes cor de rosa, eca!

Olhei para o quarto tão diferente do meu... Algumas prateleiras cheias de livros, uma escrivaninha, alguns enfeites ultra gay. Olhei para a cortina. Essa cortina rosa com flores brancas me é familiar até demais.

Tomei um susto e caí da cama. Olhei para as minhas pernas, essas pernas nuas e perfeitas não são minhas, definitivamente não são!

Levantei-me depressa e não acreditei quando me olhei no espelho...

– O que é isso? - Perguntei pra mim mesmo, desesperado.

Arregalei os olhos que agora estão verdes, meus cabelos estão rosa… Eu sou a Sakura?!

Meu sangue gelou em minhas veias, meu estômago até revirou.

Olhei para o corpo perfeito coberto apenas por uma fina camisola branca. Fechei os olhos, me belisquei, bati com a cabeça na parede, mas parece que não é um sonho.

Eu entrei em estado de choque, não consegui nem gritar. Meu coração parecia querer saltar pela boca.

O que eu faço? O que eu faço?

Eu sou uma mulher agora, é isso? E por que a Sakura? O que está acontecendo?

Eu preciso de respostas. Quero uma solução, mas quero respostas também. Só que, pra quem posso contar isso sem parecer que estou louco?

Respirei fundo, tentando pensar… Se eu estou no corpo da Sakura, então meu corpo original… Ah, será?

Corri em direção à janela, abri a cortina e depois a janela, pude ver a do meu quarto fechada e comecei a bater desesperadamente.

Sakura:

Alguém começou a bater freneticamente na janela do meu quarto… Mas que diabos?!

Mas notei algo diferente quando abri os olhos, esse quarto não é meu!

As paredes pintadas de azul são bem diferentes do rosa do meu quarto... Tem uma escrivaninha meio bagunçada aqui, vi um computador, uma televisão. Meu quarto não tem computador nem televisão, eu só tenho o notebook mesmo.

Levantei meio sonolenta, notei que meu corpo está bem diferente, parece mais um corpo... masculino?! Mas que porcaria é essa?

Devo estar sonolenta demais, às vezes demoro pra acordar totalmente.

Abri a janela do quarto e me vi. Eu, ou melhor, meu corpo está ali, no meu quarto.

Gritei apavorada. Minha voz saiu mais grave.

– Shiii... Não grita! - Meu corpo falou.

Eu estou falando comigo mesma? O que é isso, algum tipo de pegadinha?

Não tive muita reação. O que posso fazer? Sequer estou raciocinando.

Seja lá quem esteja controlando meu corpo, pulou a janela e veio para perto de mim. Acho que estou tremendo feito vara verde, minhas mãos estão geladas.

– Isso é um pesadelo... - Murmurei. Que diabos de voz grossa é essa? Grossa e meio familiar, só não consigo lembrar de quem é…

– Infelizmente não é, não, Haruno.

É a minha voz falando comigo, Senhor!

– O que significa isso?

– Olha ali. - Apontou para um espelho que fica na porta do guarda roupa.

Eu não posso crer nisso, não posso… Eu estou no corpo do Sasuke! No belo, perfeito e excitante corpitcho do Uchiha!

Acho que minha respiração falhou. Não porque estou especificamente no corpo de Sasuke, mas porque estou num corpo que não é o meu!

Isso é sonho… Eu não acordei ainda.

Eu penso muito em Sasuke, não deve ser surpresa o fato de eu estar sonhando com seu corpo maravilhoso, só de cueca, perfeitamente proporcional, como se tivesse sido desenhado por algum artista… Ai, céus!

– O que foi, Sasuke? Por que gritou? - Itachi abriu a porta do quarto e ficou estático do nada - Ah, sim... - Ele sorriu malicioso - Vou deixar os dois à sós.

– Não é nada disso que você... - Tentei me defender, mas ele me interrompeu.

– Sasuke, eu não sou idiota. - Bufou o outro Uchiha delícia, lindo e maravilhoso - Você tá só de cueca e a garota tá aí do seu lado com essa camisola que não cobre quase nada, quer que eu pense o quê? - Arqueou a sobrancelha - Vou descer pra tomar café. - Ele fechou a porta e saiu.

– Ele me chamou de Sasuke?! - Falei incrédula.

– Sakura. - Meu corpo falou comigo. Pelo que eu entendi é ele quem está com meu corpo - Por algum motivo estamos no corpo um do outro.

Isso não é sonho…

Acho que senti minha cabeça rodar.

– Ai, meu Deus! - Comecei a chorar - Isso não pode estar acontecendo, eu não quero ser o Sasuke… E, pelo que eu acho que entendi, o Sasuke está no meu corpo… – Falei quase que num sussurro – Por que isso tá acontecendo?

– Vamos encontrar uma resposta... eu acho.

– Mas e agora?

O silêncio se fez presente por alguns instantes. O que vamos fazer? Ninguém tem resposta pra nada, nem pra explicar como aconteceu, tampouco pra explicar como podemos voltar ao normal.

– Eu vou ficar no seu lugar e você fica no meu. – Sasuke, que está no meu corpo, respondeu.

O quê? As coisas não são resolvidas assim!

Claro, Sasuke está tão inseguro quanto eu, mas assumir o lugar um do outro é loucura! Mas se falarmos isso pra alguém é certo que vamos daqui pra um hospício!

Eu queria uma opção que não fosse tão óbvia e igualmente insana!

– Eu não sei ser homem! - Choraminguei.

– Acha que eu sei ser mulher? - Questionou com irritação - Mas não podemos deixar que alguém perceba.

– Não tem outro jeito? - Perguntei esperançosa. Eu não quero ser o Sasuke!

Ele suspirou… Ele, que agora está em meu corpo. Ai, que estranho!

– Eu acho que não! - Bufou - Temos que tentar resolver isso, mas não dá pra nos isolarmos do mundo até isso acontecer!

– Eu não quero ser taxada de louca… - Confessei.

– Nem eu! Mas se contarmos isso pra alguém, nós dois seremos taxados de loucos.

– Já cheguei à essa conclusão. - Resmunguei.

Sasuke revirou os olhos.

– Até encontrarmos uma resposta e, principalmente, uma solução pra isso, ninguém pode perceber que nós não somos… nós.

– Tá. - Falei cabisbaixa - Agora vamos nos arrumar, eu não posso chegar atrasada.

Sasuke:

Esse negócio é muito estranho, fui dormir homem e acordei mulher. É macumba, só pode.

Fingir ser a Sakura… onde estou com a minha cabeça? Mas consegui pensar racionalmente, pouco, mas consegui. Não dá pra fazer de conta que o resto do mundo não existe enquanto resolvemos o que vamos fazer das nossas vidas, ora!

Voltei para o quarto de Sakura, que acho que será meu por um tempo… ela não pode se atrasar, né?

A merda do despertador ainda toca, que música insuportável essa! Peguei o celular e voltei para a janela com ele.

– Ei, Sakura! - Chamei.

– Putz! - Ela apareceu na janela - Se vamos assumir a identidade um do outro, então pare de me chamar de Sakura!

– Tá certo, foi mal... - Falei - Desliga isso aqui. - Entreguei o celular pra ela.

Finalmente o despertador foi desligado, eu não aguentava mais aquela música chata, puta merda, o que essas meninas têm contra músicas boas?

– Acho melhor trocarmos os celulares. - Sugeri.

– É mesmo. - Ela caminhou até meu criado mudo e pegou meu celular - Aqui, pega o seu.

Por sorte os modelos são iguais, até as cores são as mesmas – isso é um alívio –, mas trocamos as capinhas, afinal, vai ficar estranho caso me vejam usando um celular com capa de oncinha ou caso vejam a Sakura usando um celular com uma capa preta – mas claramente um modelo masculino.

O negócio é jamais atender ligação, vamos ter que nos contentar apenas com WhatsApp. Nada de story, nada de atualizar status e nada de fotos em redes sociais.

Voltamos para os quartos, temos que nos arrumar para ir à escola, mas e agora?

Entrei no banheiro e fiquei uns 10 minutos encarando o espelho. Eu tenho que tomar banho, mas esse corpo não é o meu… Será que a Sakura vai ficar muito puta de raiva comigo se souber que eu vi ela pelada? Mas eu não sei quanto tempo vamos ficar assim, não dá pra viver sem tomar banho.

Eu sempre quis ver a Sakura nua, mas não desse jeito!

Ai… Sakura, me desculpa.

Criei coragem e despi esse belo corpo. Ai, Senhor, por que tão linda?

Senti-me como se estivesse invadindo a privacidade dela, mas eu estarei nesse corpo por um tempo e não vou ficar sem tomar banho.

Foi tudo tranquilo, só tirando a parte que ela tem milhões de cremes, uns três tipos de xampu e uns duzentos tipos de sabonetes. Pra que diabos ela usa tudo isso? Dane-se, usei só o xampu mesmo e pronto, o cabelo já ficou limpo. Sabonete também isso só o normal, nem dei muita atenção para os outros.

Mulher deve fazer um ritual pra tomar banho, né? É um sabonete para o corpo, outro só para o rosto, aí tem o sabonete íntimo… Deve ser tudo a mesma coisa, as empresas só mudam os rótulos a fim de lucrar.

Fazer xixi sentado é muito fácil e prático, nem molha as beiradas do vaso. Fiquei imaginando a Sakura quando for tentar fazer em pé, vai ser engraçado demais. Ah, queria eu ser uma mosquinha pra presenciar isso… Mas seria constrangedor também, então é melhor não ver e nem imaginar muito.

Fui me vestir, abri o guarda roupa e já encontrei os uniformes dela, mas eu não vou SÓ de uniforme, se é que me entendem..

Olhei aquelas calcinhas minúsculas, isso deve ser desconfortável pra cacete – sexy, mas desconfortável –, mas pelo menos é fácil de vestir. Céus, nunca na vida eu ia me imaginar vestindo uma calcinha… Isso não vai abalar minha masculinidade, claro, pois estou no corpo de uma mulher, mas continuo sendo homem!

Vamos também ignorar o fato de que fiquei por alguns minutos admirando o corpo da Sakura só de calcinha na frente do espelho.

Dane-se, olhei mesmo!

Mas o pior foi o maldito sutiã, esse negócio é coisa do capeta! Quem foi que inventou esses abotoadores? Não podia ser só um negócio de vestir, sem precisar abotoar? Após umas três – nove – tentativas, finalmente consegui vestir a maldita peça íntima, mas incomoda demais. Essa porra belisca, tem um maldito ferro que fica me espetando! Como a mulherada consegue passar o dia inteiro dentro de um sutiã?

Coloquei o uniforme, mas quem disse que eu abotoei a blusa toda? Claro que não! Deixei alguns botões abertos, ficou um decote sexy. A Sakura é muito bonita pra ficar se escondendo!

Baguncei os cabelos dela. Os fios sempre ficavam escorridos, não que não sejam bonitos, muito pelo contrário, mas achei mais sexy deixá-los bagunçados, dá um ar meio rebelde e lembra um pouco aquelas rockeiras de filmes.

E, por falar nisso, eu tive que terminar de embelezar a rosada, não é? Como? Maquiagem. Tá, eu não sei fazer, mas se der merda é só lavar e pronto!

É bizarro pensar que vou usar maquiagem, mas tô no corpo de uma mulher, no corpo da Sakura! Não posso perder a oportunidade de vê-la como sempre quis ver. Estou prestes a realizar um desejo pessoal.

Abri um estojo de maquiagem que estava numa gaveta. As cores mais escuras, tanto de sombra quanto de batom, parecem nunca ter sido usadas, mas agora serão.

Sujei a ponta do dedo indicador com uma sombra preta e passei nos olhos. Ficou meio borrado, mas, na minha opinião, ficou bonito. Também passei batom vermelho nessa boca carnuda extremamente sexy.

Agora, toda vez que eu olhar no espelho, terei a visão do paraíso.

Cacete… Sério, eu sempre quis ver a Sakura assim, com um visual mais despojado. Isso é um motivo forte o suficiente pra eu passar batom nos lábios, mas o que me alivia a consciência é saber que esse corpo não é originalmente meu, então tá de boa.

Agora eu sou Sakura Haruno.

Desci para tomar café e encontrei uma mulher loira sentada à mesa.

– Bom dia, filha. - Ela me olhou dos pés à cabeça - Mudou de visual, foi?

– Mais ou menos. - Falei meio sem graça e me sentei ao lado dela.

– Hum... Gostei. - Ela sorriu e se levantou - Vamos.

– Mas eu ainda nem comi.

– Ninguém mandou dormir demais. Agora vamos, não pode se atrasar e eu tenho que ir pro hospital.

– Tá doente? - Perguntei e ela riu.

– Engraçadinha. - Disse com um sorriso - Pegue uma maçã e vamos.

Que injustiça! Mas o que posso fazer se a lady Sakura não pode se atrasar?

– Tá bom.

Sakura:

Eu preciso de um banho, também preciso fazer xixi, mas só de pensar em ter que encarar o companheiro do Sasuke já me dá um negócio estranho.

Quanto tempo vou ficar nesse corpo? Não sei, mas não dá pra ficar sem tomar banho, também não dá pra ficar sem fazer xixi… Ah, droga, vou ter que encarar!

Deus, me perdoa, não é por mal!

Não teve outro jeito, entrei no banheiro e contei até dez antes de despir esse corpo de Deus grego. Tirei a cueca dele com os olhos fechados, contei até dez novamente e abri os olhos.

É a primeira vez que eu vejo um homem nu. É muito estranho, principalmente por ser meu amor platônico e por eu estar no corpo dele... e que corpo! Isso é um negócio fora do normal, Sasuke é perfeito demais.

Pensei que nesse exato momento Sasuke também deve estar encarando o chuveiro, deve estar rindo do meu corpo, me chamando de feia, gorda…

Ai, céus, o Sasuke está me vendo nua! Como é que eu vou olhar pra cara dele de agora em diante?

Calma, Sakura, não surta! Você tem motivos de sobra pra isso, mas tente se controlar, ok? Sua sanidade mental agradece.

Fazer xixi em pé é muito estranho! Menos mal que eu estou no banho, mas quando eu tiver que fazer no vaso sem errar o alvo será um problema. Gente, como é que mira isso?

Após o banho fui vestir o uniforme e terminar de me arrumar. O cabelo de Sasuke é super fácil de arrumar, nem precisa pentear, é só passar os dedos e dar uma leve bagunçada. Os cabelos dele são extremamente lisos e macios, sem falar que seu grande charme é exatamente esse: Os cabelos bagunçados, é sexy demais. Claro, fora aquele sorriso de canto que é capaz de acabar com as estruturas de qualquer reles mortal como eu!

Desci para tomar café, a mãe e o irmão de Sasuke estavam na cozinha, até se espantaram quando me viram.

– Caiu da cama hoje, foi? - Indagou a mulher dos cabelos longos, lisos e negros.

– É que a noite foi boa, mãe. - Disse Itachi, todo malicioso.

Então essa é a mãe do Sasuke... Não nega mesmo, realmente o moreno delícia tem pra quem puxar tanta beleza.

– Como assim? - Ela perguntou curiosa.

– Não é nada. - Falei enquanto me sentava - Ele viu a vizinha no meu quarto e pensou besteira.

– Aham, você e ela seminus. - Provocou, então a mãe de Sasuke arregalou os olhos negros.

– Não estávamos, não! - Bufei - Ela é minha colega de classe.

– Ah, sim, estavam estudando anatomia? - Gente, esse cara é irritante, como o Sasuke aguenta?

– O que você andou aprontando, Sasuke? - Indagou a mulher, claramente desconfiada.

– Nada. - Falei - Ela mora na casa ao lado, entrou no meu quarto pra ver os detalhes de um trabalho que estava no meu computador. - Cara, que desculpa horrível.

– Ah, sim - Disse aliviada a mulher. Parece que ela confia bastante em Sasuke, deve ser por isso que ele apronta tanto - Vão pra aula.

– Espera, mãe, eu tô comendo. - Disse Itachi.

– Eu vou me atrasar. - Falei.

– Sasuke... - Itachi começou a rir - Desde quando tu liga pra horário?

– Isso prova que ele está se tornando uma pessoa responsável. - Disse a mãe dos irmãos delícia. Caramba, essa mulher teve o útero abençoado.

– Deixa eu comer, aí nós vamos. - Itachi deu de ombros, como se não importasse o fato de que eu vou me atrasar pra primeira aula!

Eu já percebi que vou chegar tarde hoje, assim como Sasuke sempre chega, mas eu fiquei apressando o Itachi e ele acabou cedendo. Talvez eu consiga chegar antes do segundo horário.




Notas Finais


Comentários?
Qual vai ser a reação da Sakura ao ver seu novo visual? Kkkkkkkkkkk
Bjssss 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...