1. Spirit Fanfics >
  2. Cuidarei De Suas Feridas( TodoDeku) >
  3. Capítulo 2

História Cuidarei De Suas Feridas( TodoDeku) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Galera mais um cap, saindo do forno
E no final dessa semana ou no começo da outra irei postar mais um cap , de mortos não falam, pois esse cap ,vai ser meio difícil ja que, cap vai se passar em 1971 ,preciso pesquisar as armas usadas na época, sabe kekek

Boa leitura

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Cuidarei De Suas Feridas( TodoDeku) - Capítulo 2 - Capítulo 2

Seus olhos lentamente são abertos , a sua visão custa a se acustumar com a claridade do local,  seus olhos caminham para os lados dando um passeio na sala, aquilo era um hospital?, estava novamente em um? , não gostava disso 

Seu olhar é direcionado para a porta, que fora aberta delicadamente,   e um senhor de jaleco branco,  entrar com uma prancheta em mãos  

_Que bom que acordou, senhor midoriya, seu amigo quase quebrou a sala ontem,  querendo respostas pelo que tem _ diz o médico analisando os batimentos cardíacos do jovem

Midoriya funga o ar ,mas não conseguia sentir o cheiro do outro, o médico percebe

_Você perdeu seu olfato, não consegue diferenciar um Ômega, Alfa ou beta,  não sente os feromônios do outro , isso é raro mas quando acontece somente, bem você sabe,  afinal você que descobriu Isso _ 

_Apenas um  Alfa, de ligação profunda pode fazer, voltar  ao normal _ diz Izuku com uma pitada de tristeza na voz , 

O médico acena em concordância 

_Vou chamar seu amigo, antes que ele quebre a outra sala,  e eu , depois passarei aqui, para lhe dar a receita dos medicamentos, da ansiedade e outros_ diz saindo da sala 

Izuku não queria acreditar como ele ia se defender agora? , se não pode sentir o cheiro,  a chances de ele ser pego novamente eram grandes,  teria que tomar cuidado,  não queria sofrer novamente ja está dando trabalho ao amigo, não queria lhe causar mais problemas , e se apaixonar por um Alfa era a última coisa que queira no mundo , mas como, iria fazer para se curar 

A porta fora aberta com rapidez, e um loiro irritado com a mãos cheias de sangue entra na sala, e se aproxima do esverdeado 

_Kachan sua mão ,você.....

_Foi só dois socos , o cara ta bem , mas e você , Porque desmaiou?, teve o ataque de novo?_ pergunta seu amigo ignorando a preocupação do outro 

_Ele ligou, e ...

_Shigaraki ?_ pergunta com raiva, só de falar tal nome lhe enjoava 

O menor acena positivamente , e uma forte batida na mesa ao lado é escutada

_MALDITO DESGRAÇADO, PORRA DEKU TEM QUE  FALAR COMIGO _grita o loiro 

_Desculpa kachan, mas ele disse que era só dele , e ...e ....eu tenho medo , e se ele vier atrás de mim? _ diz midoriya num tom choroso 

_Não vai , eu e kirishima vamos te proteger _ fala com certeza no que diz 

_É esse o problema,  não quero ser um fardo,  para vocês dois_ 

Katsuki segura a gola da camisa do menor e ergue até sua  altura  

_Você não é a porra de um fardo, agente é irmão nossos pais são amigos,  nascemos na mesma porra, de hospital, na mesma porra do dia , tivemos a mesma porra de aniversário, e tu não é um fardo,  se fosse eu teria me livrado a tempo_ katsuki estava irritado,  ele larga midoriya que cai novamente na cama , loiro se vira de costas para midoriya,  que fica com medo da reação do amigo 

_Você é minha família ,eu prometi a sua mãe, que lhe protegeria do perigo,  e vou cumprir com minha palavra_ diz katsuki mais calmo se virando para encarar o menor que estava com lágrimas nos olhos 

_Vai chorar agora,  deku_ diz dando um risada divertida 

O menor da um  lindo sorriso 

_Agora vou falar com o médico, para te liberar, e vou mandar uns seguranças te vigiar 24 horas por dia _diz dando as costas para sair 

_Oque eu ....

_Cala a boca, eu mando agora _ diz autoritário como se fosse o pai do esverdeado 

_Chato _ resmunga o menor 

_Falo oque tem medo de borboletas _ diz Katsuki tirando sarro 

_KACHAN _ grita midoriya, katsuki sai da sala rindo 

Borboletas é sério? quem tem medo de borboletas?, midoriya tinha,  seria mais fácil domar uma cobra ,ou jacaré doque pegar uma borboleta, midoriya tinha medos estranhos 



AINDA EM TOKYO 


Casa dos todoroki 



_SHOTO, ONDE VAI ?_ pergunta Enji todoroki também conhecido por Endevor,  pai de shoto e dono de uma empresa de administração, nos Estados Unidos 

_Ver minha mãe , ja que colocasse ela naquele lugar, que chama de hospital psiquiátrico  , sendo que o único louco aqui  é  você _ sua voz lenta e calma irritava o pai , que estava mais vermelho que o cabelo do próprio 

Como odiava,  atitude do filho, depositou tudo nele, para que ele um dia fosse seu sucessor , ja que seu irmão mais velho, sumiu no mundo,  e os outros dois,  queriam destinos diferentes, tudo dependia de shoto, tudo 

 

Todoroki  saiu da casa , sem ouvir outro questionamento do pai , ainda bem,  odiava a presença do mais velho sempre lhe punindo pelo olhar,  dizendo oque deve ou não fazer como se fosse uma criança de 10 anos,  e o odiava mais por estragar a família que um dia ja foi unida, mas a falta da patriarca desetabilizou tudo, fazendo cada um por seu caminho 

Todoroki, nasceu diferente,  seus cabelos bicolores,  puxando a característica do pai e da mãe, cabelos metade branco e outra metade ruivo , seus olhos cinzas e azuis , o tão desejado Alfa ,passará por vários traumas,  sua mãe lhe jogou água quente em seu rosto deixando uma enorme cicatriz , seu pai lhe obrigava a estudar 24 horas por dia, não teve uma infância agradável e muito menos sociável,  fazendo de si, arrogante frio, sem se importar com ninguém além dele e sua mãe. 


 Todoroki entra em um carro preto de luxo, e ao seu lado estava um beta , seu fiel secretário de anos 

_Iida,  tem algo para mim _ pergunta, fazendo sinal para o motorista prosseguir 

_Sim, senhor cartas de fãs querendo ter um encontro com você _  o bicolor revira os olhos 

_Eu digo alguma notícia da empresa U.A ?_diz com sua voz calma , seu secretário ajusta os óculos 

_Sim, o secretário de Izuku midoriya marcou um encontro para que você  e midoriya  ,possam conversar sobre o cargo da presidência, da U.A  _  diz tenya, todoroki sabia quem era izuku , conhecia o único ômega a ter chego tão longe, mas conhecia apenas por jornais e banner 

_Ótimo,  vai ser bom assim que assumir a empresa, posso fazer grandes parcerias , com outras , do mesmo nível,   e mandar o velho calar a boca, quando vai ser  ?_  

_Semana que vem_responde Iida

_Tão longe assim?_ questiona o bicolor 

_Parece que ele teve um imprevisto essa noite passada , teria passado a noite no hospital _ diz Iida 

_Hospital?_ pergunta curioso 

_Sim , não tenho informações do que seja , mas parece grave _ explica seu secretário 

_Será que é por esse motivo,  que ele quer deixar tudo? uma doença  ?_ pensou estava se preocupando ou...._  melhor para mim , seja la oque ele tem , que morra só depois de assinar tudo, ai ele pode morrer _  diz sem consentimento algum , estava nem ai para o esverdeado só queria a empresa e calar a boca do pai ,ja não aguentava mais 24 anos sendo mandado por aquele monstro 

Mas agora iria mudar 

Ele tera a U.A para si, e nada mais poderá lhe parar ,Nada 









Notas Finais


Então, amanhã tem mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...