1. Spirit Fanfics >
  2. Cuidarei de você para sempre. >
  3. Os Dez Mandamentos

História Cuidarei de você para sempre. - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Muito obrigada pelo apoio a história.
Espero que gostem do capítulo da história.
Uma boa leitura.

Capítulo 9 - Os Dez Mandamentos


Melodias deu um selinho rápido nos lábios de Elisabeth, afastou - se dá prateada que o olhava apaixonada, esperando por seu regresso.


 

Depois disso, o motoqueiro da Ira gesticulou ao chamar os seus companheiros, exceto Gowther, que ficou um pouco evasivo, porque queria ficar mais tempo, estudando o comportamento feminino no apartamento da família Liones.


 

Melodias ficou confuso com o comportamento do motoqueiro da Luxúria, acreditando que poderia fazer algum mal as meninas, inclusive Elisabeth , que tinha sofrido tanto com a sua ausência prolongada.


 

Criou - se um clima misterioso na sala de estar, Ban e King olharam para os seus amigos, Elaine ainda estava na cozinha, fazendo um lanche para tentar todos, Elizabeth mirava o seu amado com preocupação, Diane pensava no que Gowther estava imaginando .


 

Finalmente o telefone fixo tocou, tirando a todos do clima anterior instalado.


 

Diane se levantou do a sofá , correu rapidamente para pegar o telhado, enquanto todos a observavam de perto , pegou o telefone, o atendeu e voltou correndo para o sofá, entregando a prateada.


 

(..)


 

Diane : É a sua irmã Margareth. Não falei com ela. Mas, porém reconheço a sua voz.


 

Elizabeth : Obrigada, Diane . Imagino que ela já tenha sabido do que me ocorreu com Estarossa . 


 

Melodias : Bem, vamos adiantar um pouco a ida a farmácia.


 

Merlin : Vou indo, Capitão. Tenho que ir dar aula de História ao meu novo pupilo. - Ela fala calma ao Capitão.


 

Ban : Novo pupilo ?! Minha nossa,mal entrou na faculdade , já tem um novo aluno querendo ter aulas com você. Aposto que o Escanor vai ficar com ciúmes.- brincando com a novidade.



 

Merlin : Arthur Pendragon tem a mesma idade de Elaine e Elizabeth. É um garoto que tenho a certeza que vai ser um ótimo professor de História, ou qualquer outra carreira. Escanor não precisa se preocupar comigo. Afinal de contas, sou uma mulher independente. - revidou a brincadeira do albino com classe.


 

 

Meliodas : Fique bem, Merlin . - despede da motoqueira da Gula.


 

(..)


 

Merlin sai do apartamento da família Liones, acenando um " adeus " para todos, indo para o seu compromisso.


 

Durante a conversa , Elizabeth conversou com a sua irmã Margareth, que tinha  muita preocupação com o bem estar da sua irmã caçula, assim que terminou de conversar com a irmã Margareth, a prateada chamou a atenção do namorado, que se virou para ver ela estendendo o fixo com a mão boa.


 

(..)


 

Elizabeth : Minha irmã Margareth quer falar com você, Meliodas. - pronunciou calmante para o namorado.


 

Meliodas : Muito bem. - indo para perto do shopping sofá com a sua namorada.


 

(..)


 

O loiro pegou o fixo da mão boa de Elizabeth, colocou no ouvido, começando a ouvir a voz de Margareth do outro lado da linha.


 

(..)


 

Margareth : Olá, Meliodas. Fiquei muito feliz em saber que está de volta. E começando a namorar com a minha irmã caçula. Porém, devido te dar alguns conselhos.


 

Meliodas :  Por nada. Soube que está noiva do pequeno Gil.Meus parabéns.


 

Margareth : Obrigada. Mas, quero realmente te dar alguns conselhos


 

Meliodas : Sei que vai ficar muito bem, Merlin. Pode ir dar aula para o Arthur Pendragon. Vamos ficar bem de agora em diante. - autoriza a saída da motoqueira da Gula.



 

Merlin : Obrigada , Capitão. Espero que Elizabeth fique bem. - pegando o que era seu.


 

Meliodas : Vou proteger com a minha vida se for necessário.- estufa o peito com orgulho.


 

Merlin : Bem, adeus a todos. Talvez um dia , traga o Arthur Pendragon para conhecer a todos. Ele é muito especial – Ela sai do apartamento e acenando um adeus para todos .

 

 

(.. )

 

 

Merlin deixou o apartamento dos Liones em pouco tempo , durante a rápida conversa dela com Meliodas , Elizabeth estava tendo uma conversa no telefone com a sua irmã mais velha , Margareth , que estava aliviada que a sua irmã estava bem , apesar do punho direito machucado , devido a ira de Estarossa , sabendo pela médica que tinha atendido a sua irmã sobre o que tinha acontecido.

 

 

Poucos minutos depois , Elizabeth retirou o fone do ouvido , pegando -o com a mão boa , esticando o seu braço , chamando a atenção do seu namorado, que tinha a ouvido, e indo rapidamente pela direção , se ajoelhando em frente do sofá, mirando-a com preocupação.

 

 

(..)

 

 

Meliodas ; Ellie , está se sentindo bem ? - Ele perguntou ao chamar pelo apelido e reconhecendo um olhar de conforto da namorada que lhe entregou o telefone .

 

 

Elizabeth ; Sim. É que a minha irma Margareth quer falar um pouco com você . - Ela responde com carinho ao avisar que a sua irmã queria dar uma palavrinha com o seu amado.

 

 

Meliodas ; Sim, tudo bem.. - Ele recebe o telefone com cuidado e pondo no seu ouvido .

 

 

(..)

 

 

Margareth : Olá , Melidoas . Como vai ? Fiquei muito feliz que está namorando com a minha irmã . Ela estava morrendo de saudades de você. Porém, achei um pouco injusto em não contar para onde ia . Nem permitindo que os seus amigos dar notícias . Isso foi um pouco cruel . É somente a minha opinião.

 

 

Meliodas : Sim, estou ciente dos meus erros. E tenho os meus motivos sobre a minha longa ausência . Tinha um objetivo e conseguir alcançar . Agora, vou cuidar bem da Elizabeth . Não vou deixar ninguém imundo encostar um dedo sequer nela.

 

 

Margareth ; Sei que é muito determinado, Meliodas . Porém , acho que nem tudo se resolve com violência . Isso é muito errado. Sei que está querendo o bem para a minha irmã . E então, tente ser menos irritado e um pouco mais paciente .

 

 

Meliodas : Vai ser complicado em seguir os seus conselhos , Margareth.

 

 

 

Margareth : Bem, pelos menos , tentei . E a minha irmã me contou tudo o que aconteceu . Pode me dar o nome do remédio . É que estou saindo do meu trabalho. Antes de ficar na casa do Guilthunder. Passei na farmácia , que é perto do meu trabalho . Logo em seguida , me encontro com todos .

 

 

Meliodas : Tudo bem. Obrigada .

 

 

Margareth : Por nada. Além disto , soube que vai passar uns dias em nossa casa . Também a principal causa que é o seu pai não gostou que saber , que deu uma surra em Estarossa . Por isso, te dei aqueles conselhos.

 

 

Meliodas : É verdade . Elizabeth te contou ?

 

 

Margareth : Sim, me contou . E agora, tenho que ir . Podem ficar o tempo quiser , até resolver os problemas com o seu pai .

 

 

Meliodas : Ah,o nome do remédio é …

 

 

 

Margareth : Ah, conheço ele . É muito bom mesmo . Nem preciso anotar . Vou indo e até .

 

 

(..)

 

 

Margareth encerrou a ligação , Meliodas, por sua vez, devolveu o telefone a Elizabeth , que observava curiosa .

 

 

Melidoas se virou de lado para os seus companheiros , e respirou fundo.

 

 

(..)

 

 

Meliodas : Não vamos mais a farmácia . Margareth vai trazer o remédio para cá . Agora, podemos ficar mais calmos . - Ele pronuncia

 

 

Ban ; É sim, Capitão . E agora, fique na dúvida . - Ele fala ao fixar os seus olhos vermelhos no melhor amigo.

 

 

King : O que seria ? - Ele pergunta ao cunhado e voltando a sua atenção para ele.

 

 

 

Ban : Imagino que o Zeldris já tenha contado aos Dez Mandamentos sobre o regresso do nosso Capitão . Sabemos que ele é um ex- membro da gangue dele . Também ele era o líder deles . Talvez , eles queriam acertar as contas com o Capitão. - Ele responde sério ao cunhado.

 

 

 

Meliodas : Não vou voltar tão cedo para os Dez Mandamentos . A minha prioridade agora é cuidar da Elizabeth . Depois acerto com as contas com eles . - Ele responde aos companheiros antes de qualquer um pergunte .

 

 

Elaine : Olha, gente. Vamos ter essa conversa séria depois. Porque já terminei com o nosso lanche . Diane, pode me ajudar com a mesa ? - Ela disse da cozinha e pedindo ajuda a amiga.

 

 

Diane : Claro que sim.- Ela se levanta do lugar e indo para a cozinha .

 

 

King : Também quero ajudar , Diane - Ele sai atrás da namorada .

 

 

BAN : Bem, vou indo ver se a minha namorada fez uma comida decente . Vamos ver se ela é tão boa quanto eu.- Ele deixa Meliodas e Elizabeth sozinhos na sala .

 

 

Elizabeth : Meliodas . - Ela chama a atenção do namorado que se levantou em frente a ela , indo se sentar ao seu lado do sofá e vendo ele abraçando -a com carinho.

 

 

Meliodas ; O que foi , Ellie ? - Ele pergunta ao olhar para os seus olhos e depositando um beijo em seguida na testa.

 

 

Ellie : Vai ficar comigo sempre ? - Ela pergunta ao aninhar a sua cabeça no peitoral do loiro.

 

 

Meliodas : Sim, sempre . - Ele responde ao fechar os seus olhos e abraçando-a com carinho.



 


Notas Finais


me desculpe por algum erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...