História Culpa - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 8
Palavras 277
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Droubble, Famí­lia, Lírica
Avisos: Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Foi fácil culpar meu celular, né mãe?


Foi fácil culpar meu celular, né mãe?

Foi fácil dizer que “alguém na internet havia me influenciado a ficar depressiva e começar a me automutilar”.

Foi fácil tirar meu celular até os cortes virarem cicatrizes quase invisíveis.

Foi fácil dizer a todos que eu estava louca de odiar a mim e a minha vida tendo uma vida tão fácil e boa quanto a que eu tinha.

E apesar de tudo isso, foi muito difícil assumir que você na verdade foi uma das culpadas por eu estar assim né?

Na verdade, você nem assumiu isso.

Você achou bobagem quando eu falei que estava gorda e estava deprimida por isso.

Você achou bobagem quando eu falei que minhas notas estavam ruins porque eu não tinha mais ânimo para estudar e querer ser alguém no futuro.

Você achou bobagem quando eu falei que dormia todo o tempo que eu podia porque eu não queria estar consciente num mundo tão horrível e sofrido como esse.

Você achou bobagem... Quando eu falei que queria morrer...

E olhe como foi uma bobagem! Agora estou morta debaixo da terra e você ainda não assume que não foi um drama de adolescente, mas sim uma doença, que você se negou a querer me curar.

Obrigado por culpar meu celular, mamãe.

Eu pesquisava nele como tratar a minha doença e buscava ajuda em fóruns de auxílio à pessoas com depressão. As pessoas da internet me ajudavam mais em quinze minutos de conversa do que você em cinco horas de castigo.

Desculpas por não ter sido a filha que você esperou que eu fosse.

Mas, sinceramente, você também não foi a mãe que eu esperava que fosse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...