História Cupid Project - Interativa - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~sandeulicia

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), DAY6, EXO, Got7, Monsta X, Seventeen
Personagens Baekhyun, BamBam, Boo Seungkwan, Chanyeol, Chen, D.O, Dowoon, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hyung Won, I'M, Jackson, Jae, Jang Doyoon, JB, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Joo Heon, Junghan "Jeonghan", Jungkook, Junhyeok, Kai, Ki Hyun, Kim Mingyu, Kris Wu, Lay, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Lu Han, Mark, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Seungcheol "S.Coups", Shin Dongjin, Show Nu, Soonyoung "Hoshi", Suga, Suho, Sungjin, Tao, V, Wen Junhui "JUN", Won Ho, Wonpil, Xiumin, Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing, Young K, Youngjae, Yugyeom
Tags Interativa
Visualizações 71
Palavras 2.930
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello everyone!
Aqui é a @Sandeulicia ~
Esse cap acabou que foi construído por nós duas mesmo, porque trabalho em equipe é tudo -qqqqqqq
Eu espero que gostem ~
Esse cap é quase que uma "intro" para as próximas coisas que vão vir ~~ E se depender de nós duas vai ter muita coisa hehe~...
T̶a̶ p̶a̶r̶e̶i̶
Bem... fiquem com o cap~

Capítulo 5 - 04; Jong Seok Holmes e Yura Watson


Fanfic / Fanfiction Cupid Project - Interativa - Capítulo 5 - 04; Jong Seok Holmes e Yura Watson

— Eu gosto de você. -Disse o menino com cabelos pretos. Havia um sorriso tímido em seus lábios. ChungHa não conseguia parar de reparar naqueles lábios.

Só podia ser um sonho ouvir aquilo de Wonwoo.

— Posso te beijar? -O garoto perguntou inclinando um pouco o rosto.

— É claro que você pode me beijar… - Murmurou com o rosto quase em chamas.

— Eu não quero te beijar, eca! - Disse a babá da garota jogando uma almofada na menina, que levantou em um pulo.

A morena olhou para um lado e depois para o outro, olhou Sarai, que também estava sonolenta, e por fim encarou Jaewoo… É, era só mais um sonho.

— Mais um sonho com aquele garoto? - Jaewoo perguntou pegando a almofada que tinha jogado na outra.

— AAAAAAAAAH! -  A resposta de Chungha foi um grito abafado por ter enfiando sua cabeça no travesseiro, frustrada. A babá e a japonesa se entreolharam confusas pela reação da menina.

Mas então algo embaixo do travesseiro começou a tremer. ChungHa pegou o celular que vibrava, surpresa ao ler que tinha 20 mensagens não lidas.

Abriu correndo o grupo de onde vinham essas mensagens, ainda frustrada por ter sido acordada daquele jeito.

 

Mochiಌ: Bom dia <3

Princesinha♔: Ah, não sou a única que madrugou… digo… que acordou cedo. Bom dia!

❣Pai das minhas crianças❣: Bom dia, pessoas que não dormem.

Princesinha♔: Nem ‘tá tãooo cedo assim

❣Pai das minhas crianças❣: São 7:15 da manhã, cara…

Princesinha♔: ´tá, mas tem pessoas que acordam mais cedo

❣Pai das minhas crianças❣: pra mim é cedo sim

Satan Fofínea❣: ei ei, briga logo cedo?

Princesinha♔: eu falei que está cedo

❣Pai das minhas crianças❣: Hey! Foi eu quem disse!

Baebaღ: chega, gente, ninguém merece

Baebaღ: os dois estão certos, pronto

Tofu♡: a ChungHa e a Sarai ainda não acordaram?

 

Chungha olhou a hora, arregalando os olhos logo em seguida.


— Por que não nos acordou antes? - Reclamou se levantando e abrindo o guarda-roupa, jogando um conjunto de roupas na cama e outro na cabeça de Sarai.

— Relaxa, ‘tá na hora ainda. -  Jaewoo falou revirando os olhos. - Vão tomar banho logo…E tomem café da manhã! Se vocês sairem sem comer e morrerem na rua eu vou ficar sem emprego!

— Se você continuar nos apressando, vai ficar sem o bobo do seu namorado! - Lançou um beijo para a mais velha, que cruzou os braços rindo.

As amigas correram para se tomar banho, se arrumar e comer, já que estavam ficando sem tempo, sorte que as duas eram ágeis, deixando a situação mais fácil.

Assim que terminaram, correram para a calçada e, já que haviam perdido o ônibus, estavam correndo o mais rápido que podiam.

 

Você: bom dia, crianças! Fico feliz que estejam interagindo <3 To correndo aqui, vejo vocês no colégio, seus lindos

 

Guardou o celular no bolso de trás da calça e voltou a correr apressada até a escola, juntamente com a japonesa, que resmungava baixo ao perceber algumas gotículas de suor em sua testa. Tudo o que importava no momento era chegar na escola a tempo, nem o suor a incomodava naquela altura do campeonato.

 

[...]

 

— Aish, cadê essa mulher? Eu deveria ter ido buscar ela em casa de novo e… - Leo foi interrompido por duas meninas entrando na quadra  correndo.

— Demoraram. -Disse JongSeok de uma forma baixa, e logo calou a boca novamente fingindo que não tinha falado nada.

— Fiquei preocupada. - Hea se aproximou das duas, apertando as bochechas de ambas.

— Eu só tive um ótimo sonho… e acabei acordando tarde, foi mal. -  A chinesa mal respondeu e Leo começou a falar:

— Estava sonhando com o Crush por acaso? - Um sorriso malicioso brotou em seus lábios, o que fez ChungHa ficar corada, entregando a resposta.

— Não estamos aqui para falar dela! - Sarai se apressou a dizer e então se sentou entre Toey e YoungJae, olhando para a melhor amiga, como se dissesse para ela tomar a fala.

— Sabe, para começarmos a ter mais ideias para conquistar os futuros pais e mães dos nossos filhos… Eu queria saber de vocês… Se conhecem alguém que outra pessoa gosta e tals… - Falou gesticulando com as mãos, ainda meio sem-graça por ter se atrasado.

— Bem, eu já disse que conheço o Yoongi… -YoungJae foi o primeiro a se manifestar. —E… Eu também conheço o Yugyeom. - Falou com um sorrisinho para Naomi, que retribuiu o gesto, tímida.

— Bom, não que eu seja amigo dele, mas conheço o Kris!  - Leo falou fazendo Toey arregalar os olhos. — Ele faz parte do time de basquete, ele e Jisoo, na verdade!

— Mais alguém? - ChungHa perguntou esperando mais alguém dizer algo, mas eles ficaram em silêncio, então encarou JongSeok com uma sobrancelha levantada, afinal ela sabia que ele conhecia alguém, pois quando ele pediu para entrar no Cupid Project, acabou citando isso. Boo, porém, queria que ele falasse para os outros, afinal, era um momento sem segredos entre eles.

O garoto, tímido, tentou desviar o olhar da mais nova, mas desistiu, então suspirou e acabou cedendo.

— Eu conheço o Wonwoo… - Timidamente e de cabeça baixa, criou coragem para se pronunciar.

 

— Caramba, ele conhece o seu marido! - Disse Daehyun cutucando a amiga, que riu e concordou com a cabeça, afinal ela já sabia disso.

— Bom, agora… - Mas antes que Chungha pudesse prosseguir, o sinal tocou.

— A culpa é sua por se atrasar. - Disse Leo rindo da cara de frustração da garota, que suspirou e arrumou a mochila em suas costas.

—  Então até o intervalo, galera. - Sarai falou se afastando e indo até a saída, assim como os outros.

 

[...]

 

Apenas os suspiros de alívio eram ouvidos pela sala, afinal quem não faz isso quando ouve o doce som estridente do sinal? Por vezes temos certos e determinados sons que nos fazem arrepiar, pode parecer estranho, mas para alunos que estavam quase dormindo durante a aula, o barulho do alarme era quase tão belo como uma orquestra, realmente era de arrepiar.

O tailandês saiu sozinho da sala, fora o último a sair dessa, pra variar.

— Olha por onde anda! - Um garoto falou ao esbarrar em Toey, que apenas encolheu os ombros e tentou ignorar, preferia evitar evitar confusões já que não sabia como reagir diante a uma.

Suas reações também não foram muito precisas quando ouviu aquela maldita voz que fazia seu corpo todo arrepiar. Seguindo o som, viu que Kris Wu andava rodeado de pessoas pelo corredor. Fazia um tempo que gostava dele… Pouco mais de um ano. Foi quando Kris havia o ajudado com a bolada que havia levado do nada.

“Como pode ser tão lindo?”, era a pergunta que martelava a cabeça do tailandês, que balançou a cabeça para acordar de seus devaneios e, enfim, voltar ao seu caminho.

 

No corredor ao lado, estava ocorrendo outro esbarramento, novamente com alguém do grupo.
— Ah, me desculpe! - DaeHyun disse sem jeito ao esbarrar no garoto, mas logo reparou no seu rosto. — Ah! Você é um dos membros do Cupid!

— Pois é… -JongSeok também estava sem jeito, honestamente, não sabia como agir, nunca tinha falado com a garota antes, e agora eram parte de algo juntos, em grande parte, era muito estranho, mas uma certa porcentagem de seu coração dizia que era maravilhoso.

— Estamos indo comprar algo para beber, quer ir também? - DaeHyun perguntou apontando para as outras quatro garotas que constituíam aquele “grupinho”, que acenavam esperançosas para JongSeok.

— Nha, obrigado, mas eu tenho que ir pra sala… Tchau. -Disse acenando para as garotas, que estranharam um pouco, mas voltaram a andar.

 

Em outra parte do colégio, na sala de música, o doce som das teclas eram ouvidos, era o único som que importava para aqueles dois colegas apaixonados por música.

Assim que o Choi tirou suas mãos de cima do instrumento, olhou para a japonesa que se encontrava encantada com tamanho efeito positivo que aquele som causava sobre si.

— Viu? Não é difícil, é questão de prática! Você é inteligente, creio que vai aprender rapidinho! - Sorriu para a garota, que não se segurou em pressionar uma das teclas brancas.

— Fale por você, eu não entendo nada que está escrito nessas coisas… hum… -  Franziu a testa tentando lembrar de algo. — Partituras!

— Esqueça elas. - Pegou os papéis e os escondeu embaixo no banco almofadado. — Não se preocupe com isso agora, preste atenção em mim! - Suas mãos, novamente, voltaram a tocar no enorme piano escuro da sala de música, mas dessa vez estavam mais devagar, para que Naomi pudesse acompanhar o que estava acontecendo. — Que acorde é esse? - Perguntou pressionando firmemente seus dedos nas teclas.

— Sol sustenido!? - A incerteza se fez presente, mas logo deu lugar a um sorriso ao ver que YoungJae fizera que sim com a cabeça.

— E esse? - Novamente apertou outras teclas.

— Ré menor na primeira inversão? - Seu tom esbanjava insegurança de longe, porém o garoto concordou com a cabeça mais uma vez.

— Eu falei que não é difícil! - Sorriu, de certa forma, orgulhoso da menina. —  E ess… - Fora interrompido pelo som do sinal, indicando o retorno das aulas.

— Acho que é uma aula de matemática com adição de duas notas maiores! - Ambos riram com a frase da garota, retornando à sala de aula.

 

JongSeok também estava retornando à sala, quando sentiu alguém esbarrando em seu ombro, de novo, resmungando de dor logo em seguida.

— Ai! - Porque ele é desses que gosta de expressar sua dor, mas assim que levantou o olhar pode ver o seu crush, JiSoo, e então ficou igual uma estátua.

— Ah, é você Kimbap-san, ‘tô atrasado, me desculpe… tchau… - Jisoo disse acenando para ele,  que quase teve um treco.

JongSeok corou violentamente, ficava feliz em saber que Jisoo lembrava dele, apesar do mais novo não lembrar o seu nome e o chamar de Kimbap pois foi o que tinha pedido na lanchonete quando Jisoo reparou nele pela primeira vez.

Balançou a cabeça, tinha que focar na aula, então andou mais rápido para a sua sala.

 

[...]

 

Um tempo depois, o último sinal havia tocado e lá estavam todos reunidos novamente.

— Eu não sei se é uma boa ideia… - Disse Sarai para a amiga.

— Mas nós precisamos saber sobre as preferências dos nossos crushs para isso dar certo! -  Um bico se formou nos lábios da morena.

— É, eu apoio. - HwaYoung falou animada.

— Mas é espionagem… - Yura disse receosa.

— Não é espionagem! Ninguém vai entrar na casa de ninguém ou invadir o banheiro para descobrir coisas assim. - Rebateu HwaYoung.

— Calma, gente, vamos deixar a Chungha explicar - DongYul falou ao ver que as duas iam começar a discutir.

— DongYul, eu te venero! - Falou. — Bem, como eu estava dizendo, nós só precisamos reunir informações a respeito dos nossos crushs, Isso vai ajudar bastante…

— Mas se nós mal chegávamos perto dos nossos crushs antes, como vamos fazer esse tipo de coisa agora?  - Yura questionou.

Chungha ficou em silêncio… Ali estava uma boa pergunta. Sarai então olhou para como JongSeok observava tudo em silêncio, e então teve uma ideia.

— E se apenas um ou dois de nós que seja bom nisso, observar todos os crushs? - A japonesa falou.

— Mas quem aqui é bom nisso? - Yura perguntou cruzando os braços.

— Bem, eu sou péssimo, só para avisar. - YoungJae falou.

— Eu também. -Naomi concordou dando de ombros.

— Eu posso fazer isso. -HwaYoung falou, mas logo Dae Hea a cortou falando:

— Mas você é popular, eles iam reparar… Tinha que ser alguém mais excluído…Invisível...

Os olhos de todo mundo então foram para Toey, depois para Sarai que estava ao lado dele.

— Nem pensar. -  Toey disse balançando a cabeça.  — Eu não, por favor.

— Eu não sirvo pra isso também. - Sarai falou.

— Bom, então não tem jeito de… - Leo começou falando, mas fora cortado por Dae Hea, que levantou em um salto.

— A YURA! - Todos olharam a Jung, assustados pela reação de repente. — Desculpa… Como eu ia dizendo, a Yura serve certinho, eu a vi observando o Yoongi ontem e, se eu não soubesse que ela gosta dele, com certeza teria deixado passar! - Sorriu um pouco sem jeito, mas esperançosa.

— Eu não posso fazer isso… muita menos sozinha! -Yura exclamou, ainda corada pelo que DaeHea disse.
— Eu acho o JongSeok perfeito para essa missão! - Disse Daehyun abrindo um sorriso reconfortante para o menino, que a encarou de olhos arregalados.

— O quê?! - JongSeok falou surpreso por ter sido notado naquela situação, na verdade ele estava planejando nem sequer se manifestar sobre o assunto… e agora isso...

— Qual é, vai me dizer que você não é bom nisso? - DaeHyun questionou com uma sobrancelha arqueada.

— Bem eu… - JongSeok ia tenta negar, mas suspeitou que DaeHyun soubesse dos seus hábitos, olhou para todos ali lhe encarando, suspirou e falou: — Ok, eu faço.

— Ótimo… isso já é um grande passo! - Chungha sorriu.

— Ok, temos dois detetives, ótimo! Já resolvemos uma coisa… Agora… Nós precisamos ir porque tem clube de Teatro hoje… E se eu não me engano o pessoal da dança também! - Disse Dae Hea.

— Ah, é mesmo, conversamos melhor depois por mensagem, certo? - Chungha disse apenas para confirmar. Queria agilizar logo as coisas, estava muito ansiosa para isso!

— Claro. - Foram HwaYoung e YoungJae quem responderam por todos.

 

[...]  

 

— Então… Nós éramos do mesmo clube esse tempo todo… E nunca conversamos direito… - Disse Naomi quebrando o silêncio.

Ela, DongYul, Sarai e DaeHyun estavam caminhando para o estúdio de dança do colégio, onde aconteciam as reuniões do clube.

Eles nunca tinham andado realmente juntos. Isso era realmente estranho.

Naomi ajeitou sua mochila pela milésima vez no ombro, estava ficando sem graça de estar ali com eles.

 

— Bom, vamos todos sermos amigos agora, certo? - Sarai perguntou esperançosa.

Naomi olhou a menina e concordou com a cabeça.

— Posso pensar no caso de vocês… - DongYul disse com um pequeno sorriso no rosto, fazendo as três rirem por causa do humor do garoto.

Quem sabe o que poderia acontecer daqui para frente…

Bem, enquanto isso, um trio estava acabando de chegar no auditório para o clube de Teatro, que ainda estava vazio, pois faltavam 10 minutos para o horário marcado do clube.

— Como é que nós nunca falamos com você? - HwaYoung questionou olhando para JongSeok que estava sentado timidamente entre as garotas.

— Eu… não sei…. Bem… Eu normalmente prefiro ficar… sozinho. - JongSeok respondeu sem olhar para elas.

— Você é engraçado. - Disse DaeHea —  Então… você gosta do Jisoo, né? Hum… até que formam um belo casal. Apesar de você ter uma boa concorrência...

JongSeok engasgou quando ela disse isso, olhou para os lados para ter certeza que ninguém tinha chegado de fininho,  e logo corou com vergonha, o que fez as duas rirem um pouco.

— Sabe, eu adoraria te dar um conselho… mas ‘tamos na mesma. -HwaYoung falou e suspirou.

— Mas daqui para frente vai ser diferente, certo? - Dae Hea falou sorrindo animada com o projeto.

— Sim, vai ser. - HwaYoung concordou.

 

[...]

 

— Aaah… Como ele pode ser tão lindo? - Os amigos, Leo e ChungHa estavam sentados perto do portão do colégio, nenhum dos dois tinha clube hoje, e estavam observando as pessoas passarem… e nesse momento quem acabou de passar foi o estrangeiro, Jason, e quem acabou de suspirar apaixonado foi o Leo.

— Ah, para com isso, ‘tá parecendo eu. - Chungha falou balançando o amigo. — Bom, vamos logo, eu tenho que organizar algumas coisas para o projeto em casa...Vou mandar uma mensagem para Sarai dizendo que a gente vai na frente e…

— Cheguei! Foi mal… -  Sarai chegou correndo.

— Outra que ta parecendo com você. -Leo murmurou.

— O professor estava ocupado então tive que esperar ele terminar e… -Sarai foi interrompida tendo o seu braço segurado pelo amigo.

— Só vamos logo, você explica no caminho.

E assim passou mais um dia voando.

ChungHa estava até arrepiada com tudo isso, ela nunca tinha aproximado tanta gente diferente assim.

Assim que chegou em casa, depois que comeu um pouco, terminou de organizar as suas coisas e tirou foto do banner que tinha acabado de fazer.

Era um panfleto com um projeto envolvendo uma pequena comemoração na escola, do chamado White Day, e a abertura dos jogos de primavera que ela tinha bolado.

Ok, ainda faltava apenas uma semana para essas datas, mas achou que seria perfeito para aproximar todo mundo dos seus futuros pares… Ou pelo menos tentar.

Era uma festa entre os alunos após o primeiro dia de jogo, seria perfeito. Depois disso, teria a tradição do dia 14.
Talvez não fosse uma ideia tão grande assim, ou brilhante… mas… Pelo menos era alguma coisa.

Mandou a foto do banner no grupo e logo começou a digitar.

 

Você: explico melhor amanhã, rs

 

❣Pai das minhas crianças❣: Se eu morrer de ansiedade a culpa é sua!

Satan Fofínea❣: Se eu morrer de ansiedade a culpa é sua! ²

Famosinha♥: Se eu morrer de ansiedade a culpa é sua! ³ hehe

❣Pai das minhas crianças❣: ‘Tá vendo? Você vai ser responsável por um genocídio.

Você : Só digo uma coisa: não vou dizer nada

Você: E digo mais! Só digo isso :P

❣Pai das minhas crianças❣: ChungHa olha pro lado

Você: ‘Ué, por que, você ‘tá aqui na janela?

Baebaღ: só olha

Você: pronto, e agora?

Tofu♡: agora olha pro outro

Você: e agora?

Tofu♡: agora você acabou de levar dois tapas virtuais

❣Pai das minhas crianças❣: de nada

Você: vocês são os meninos mais gentis que eu conheço

 

Você ficou offline

 


Notas Finais


Espero que gostem e fiquem com vontade de "quero mais" hehe~
Mil kissus no core ~

PS: vocês vão ver arte do banner depois, ok? ok... kissus de novo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...