História Cupido do meu inimigo?! - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Nathaniel, Personagens Originais
Visualizações 11
Palavras 1.281
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um ep aqui :3

Capítulo 19 - Quase confissão


Pov Autora

Na casa de Nath o rapaz comia com um sorriso bobo nos lábios. Armin o olhava algo surpreso para enquanto Castiel  apenas estava pensativo.

- O que deu nele Castiel? - Armin perguntou.

- Parece que a Lili o convidou para dormir na casa dela uns dias nas férias de Natal... - o ruivo respondeu simplesmente.

- Wow e não estás feliz? Isso é uma noticia incrível!! Não vais para o inferno! - Armin gritou de alegria.

- Feliz? É obvio que esta história vai dar merda! Quem são os pais que shipariam a filha com um Zé Droguinha?! - o sorriso de Nathaniel desapareceu e olhou para Castiel furioso.

- Cala a boca roqueiro de quinta! Estás é com ciúmes! Todos sabem que ainda gostas da Lili!

- Pois fica sabendo que ela é passado! Neste momento encontro-me interessado em outra garota e vocês nunca sabe....

- Wow gostas da Nathalia?! - Nath e Armin comentaram enquanto se levantavam da mesa. O rosto de Castiel ficou com a cor do cabelo dele.

- Calem a boca!! Ela pode ouvir!!

- Nah! Está a ouvir kpop a altos berros lá no meu quarto duvido que ouça algo...

- Co...Como descobriram?

- Amigo ou eras bi e gostavas de um de nós ou gostavas da Nathalia... - Armin lhe respondeu.

- Nem morto ia me apaixonar por as 2 pessoas que mais odeio no mundo! Estou em coma por culpa tua Armin e tu Nathaniel.... Bem... Tu és tu... Nem preciso comentar!

- O ódio é recíproco...

- Mas continuando... - Armin e Nathaniel voltaram a sentar-se e o loiro continuou comendo enquanto escutava Castiel - Não acham estranho a Lili ter esta ideia de repente? Foi como se alguém tivesse influenciado ela...

Nath cuspiu a comida que tinha na boca enquanto tossia sem parar. Castiel teve que lhe dar pequenas palmadinhas nas costas para impedir que o loiro não morresse.

- Nem te atrevas a morrer! Não quero ir para o inferno!

Isto provocou mais tosse no loiro que logo pensou em Rayan. Armin foi dar palmadinhas nas costas dele junto a Castiel.

- Será que devo chamar uma ambulância? - Armin perguntou.

- Nós somos espíritos... Ninguém nos ia ouvir!!! - Castiel gritou - Meu Deus não te atrevas a morrer loiro idiota!! Já tive muito trabalho contigo!!

- E...Eu não vou morrer... - Nath falou enquanto tentava não tossir mais.

- Mas então quem terá influenciado a Lili? - Castiel perguntou se afastando.

- Obvio que foi... - Nath ficou tenso de repente ao ouvir Armin - Foi o Alexy!

O loiro respirou de alivio fazendo Armin e Castiel se surpreenderam.

- O que foi? Eu suspirei porque... Porque parei de tossir! - os dois anjos deram de ombros e continuaram a falar.

(...)

Há noite Nathaniel estava já preparado para ir dormir como sempre ia dormir em boxers.

- Bem que podias vestir um pijama! Ninguém aqui gosta da vista... - Castiel o criticou enquanto se sentava no sofá.

- Fala por ti... - Nathalia comentou com um sorriso malicioso fazendo o ruivo arregalar os olhos e a olhar furioso - Que foi? Eu sou um espirito, mas não sou cega.

- @#%&@!! %@#€-se! &%€# da minha sorte!! - o ruivo saiu de casa furioso.

- O que deu nele? - Nathalia perguntou confusa.

- Ficou com ciúmes óbvio... Vou dormir... - ainda rindo por a reação de Castiel, Nath entrou no seu quarto.

Rapidamente apagou a luz e se deitou na cama. Ficou olhando o teto por momentos. A proposta de Rayan não saía da sua mente. De repente viu o seu telemóvel (celular) brilhando. Curioso o pegou e viu que tinha recebido uma mensagem de Lili.

Lili- Estás acordado?

Nath- Não, estou a responder-te sonâmbulo...

Lili- Ahahah! Ok entendi! O que estás a fazer?

Um sorrisinho malicioso passou por a cabeça do loiro. Rapidamente foi acender as luzes e tirou uma fotografia dele mostrando que estava sem camisa e deitado na cama.

Com um sorrisinho enviou a foto à sua "vitima". Como pensado Lili não respondeu mais.

Nath- Hey? Ainda me admirando?

Lili- És muito atrevido!! Só de pensar que minhas lembranças passadas de ti era de um rapaz super tímido.

Ao ler isto Nath não pode evitar ficar triste.

Nath- Sinto a tua falta de quando tinhas lembranças minhas...

Lili- Desculpa... Não te quis ferir...

Nath- Não precisas de pedir desculpa.

Lili- Por isso é que pedi para passares uns dias comigo no Natal. Quero me lembrar de ti Nathaniel! Sinto que és alguém especial na minha vida...

Por momentos Nath corou um pouco, seu coração acelarou e não foi capaz de responder mais nada.

Lili- Nath?

Nath- Tu continuas a ser alguém especial para mim, nunca vou desistir de ti...

Lili- O que queres dizer com " nunca vou desistir de ti"? O que eramos nós 2 antes da minha amnésia Nath?

Nath- Acho que dá para entender bem o que eu sinto por ti não? Porque achas que tenho ciumes do Hyun?

Lili- Ciumes?!

Nath- Sim ciumes porque te...

De repente o telemóvel/celular dele se desligou. O loiro deu um grito de horror. Rapidamente olhou para todos os lados, mas nem sinais do seu carregador.

- Merdaaaaa!!! Onde está?! Onde está?! Não!!! @#€% do carregador!!! PORQUÊ AGORA @#€&@&??!!! Tenho que encontrar essa bosta já!!!

(...)

Entretanto no quarto de Lili e Yellen, Lili andava de um lado para outro nervosa.

- Importas-te de parar?! Quero ouvir música sossegada!! - Yellen gritou enquanto estava deitada na cama.

- De...Desculpa... - ela parou de caminhar enquanto olhava para o telemóvel/celular. Yellen a olhou curiosa.

- O que aconteceu? O nosso plano da outra vez não funcionou? Não descubriste de quem o loiro gosta?

Lili suspirou e se sentou ao lado dela.

- Eu fiz o que disses-te! Fingi que tinha discutido contigo para ficar lá, tentei dizer nomes de pessoas próximas ou que ele já tenha conhecido, mas parece que não é nenhuma delas... Mas...

- Mas? Fala logo! - Yellen se sentou curiosa.

- Ah ele... Falou o meu nome enquanto dormia... - o rosto se Lili ficou meio rosado - E agora estava a falar com ele. E ele acabou me dizendo que está com ciúmes do Hyun, mas depois não respondeu mais nada....

- Ficou com vergonha! Se fosse a ti ia lá falar com ele. Ganha coragem e deixa de ser trouxa. Chegas lá e falas cara à cara com ele!

Yellen levantou-se e ajudou Lili a se levantar.

- Vai lá!

- E...Eu não sei... Ele vai pensar que estou maluca em ir ver ele a estas horas....

- Ele fala sozinho... Mais maluca que ele não és... - com alguma força ela empurrou Lili para fora do quarto - Só apareceses aqui amanhã ouviste?

Yellen fechou-lhe a porta na cara e Lili suspirou acabando por se arrastar até ao elevador. Quando as portas se fecharam olhou em volta esperando Alexy aparecer.

- Alexy? Aonde estará ele? Não queria ter que ir a casa do Nath sozinha...

A garota saiu da Universidade algo receosa. De repente sente uma mão no seu ombro. Algo aliviada ela olha para trás, mas se surpreende ao ver que quem estava atrás dela não era Alexy, mas sim uma garota que ela nunca tinha visto antes.

- Ehm... Quem és tu? - ela não sabia porquê, mas sentia que tinha que fugir dali.

Aquela garota não lhe trazia nenhuma confiança, era como se já a conhecesse.

- O meu nome é Dalak... E tu vens comigo já humana estúpida!!! - Lili deu um passo atrás algo assustada.

 


Notas Finais


Proximo sai amanhã ou depois depende xD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...