História Cupido do meu inimigo?! - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Nathaniel, Personagens Originais
Visualizações 47
Palavras 926
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem vamos ao capitulo 2 onde o Castiel vai fazer o seu trabalho! Conseguirá o bad boy cupido cumprir a sua missão?

Vamos descubrir

Ps- O que está em italico são falas ditas em voz baixa

Ps2- Para conhecer melhor a OC Liliana leiam a minha outra fic "Eu em Sweet Amoris?"

Capítulo 3 - Episodio 2 - A 1 tentativa


Fanfic / Fanfiction Cupido do meu inimigo?! - Capítulo 3 - Episodio 2 - A 1 tentativa

Dia 3 de 365 

Nathaniel entrou na Universidade para surpresa de todos os que estavam ali presentes. A faculdade praticamente parou só para o acontecimento do século: Nathaniel ir a uma aula da faculdade! 

- Wow! Quem te viu e quem te vê! Estou 6 meses em coma e tudo muda! - de longe ele pode ver Liliana que estava com Rosalya - Ali está o nosso alvo!

Castiel olhou ela não pode evitar fazer uma expressão triste. Ela estava algo diferente desde a ultima vez que a viu. Os cabelos dela estavam mais compridos chegando-lhe às costas (a cor deles deixo à vossa imaginação), estava mais magra e um pouco mais alta uns 2 cm. 

- CASTIEL!! -  o grito de Nathaniel assustou-o, nem ele próprio sabia que um espirito se pode assustar. Olhou a sua volta e todas as pessoas que olhavam Nathaniel comentavam baixinho algo. Liliana olhava para ele estupefacta - Seu filho da mãe! Deixa de olhar a minha futura mulher e diz-me o que fazer!

- Em primeiro lugar seu bosta deixa de gritar em publico por o meu nome! Todos estão a olhar para aqui! Agora vai até a Lili pede-lhe desculpa e convida-a para sair é muito fácil! Vá treinamos 2 dias para isto! 

- O que estão a olhar?! Querem levar no focinho é? - todos o que olhavam Nathaniel desviaram o olhar e continuaram as suas vidas - Acho bem! 

Ele caminhou em direção a Lili que estava a falar com Rosalya. Castiel segui-o. Ele estava confiante tinha treinado Nath por 2 dias obrigando-o a ver filmes de desenhos animados romanticos, uma tortura para ambos. Mas para Castiel a verdadeira tortura seria passar toda a eternidade ao lado de Ambre, Debrah e Toto no inferno.

- Olá! - ele deu o seu melhor sorriso para Liliana. A garota corou um pouco, mas logo fez uma expressão furiosa - Como estão todos vocês?

- Que é que queres Nathaniel? Não vou deixar que corrompas a Lili! - Rosa lhe gritou - Ela não é nenhum dos teus brinquedos!

- Usa o nosso plano B aquele que vimos no Shrek 1! 

- Que brinquedo?! Só quero falar com ela!! Só uns minutos!! - ele agarrou e a colocou nos ombros dele. Liliana começou a pontapear-lo e a bater-lhe sem parar, mas Nathaniel ignorou e começou a caminhar. Ao final de uns segundos ela desistiu.

- E não é que esta merda funciona mesmo? - Castiel riu e seguiu os 2. 

Os 3 chegaram a uma sala de arrumações e se trancaram lá. Nathaniel sentou Liliana no chão. Castiel sentou-se ao lado dela. De todos os lugares porque Nathaniel tinha escolhido logo aquele? Serio uma arrecadação?! 

- Que bosta de sitio! - lhe disse enquanto cruzava os braços. 

- Cala-te! Foi o que se arranjou! -  gritou-lhe furioso, Liliana olhava para ele confundida, assutada pegou no telemóvel, mas Nath tirou-lhe nas mãos - Nada de policias desta vez minha menina! Buahahahahahah nada me vai impedir agora!!

Liliana tremia de medo, enquanto Castiel olhava furioso para aquela situação. Sabia que não podia fazer isso em frente a mortais, mas não tinha outra escolha. Ele levantou-se e deu um chute nas pernas de Nathaniel, o rapaz caiu em cima de Liliana que começou a gritar. Desesperado Nathaniel tapou a boca dela e olhou para o ruivo zangado. 

- Filho da [email protected]£§! PORQUE FIZESTE ISTO?!! 

- A mim não me chames filho da [email protected]£§€! Filho da [email protected]£§ és tu!! Seu merda tu não vês que ela pensa que a vais violar?! E deixa de falar comigo ou ela vai morrer de medo e em vez de 1 morto teremos 2!

- Ah pois é... - Nathaniel olhou para Liliana que ainda tremia e estava branca como o papel - Olha... Não aches que eu estou doido! Eu...Eu estou bebado! Sim bebado! Por isso estou assim! 

- Isso não estava o plano! E tira as patas de cima dela! - Castiel agarrou-o por o casaco verde e puxou-o com força para longe de Lili. Não podia evitar sentir ciúmes. Nathaniel acabou por se desiquilibrar e se sentar em cima do telémovel de Lili.

Desesperada ela logo afastou Nathaniel. Ao ver o seu telémovel quebrado ela começou a ficar vermelha de raiva. Tanto Nath e Castiel sabiam que Lili era uma pessoa só se descontrolava quando alguém fizesse algo a algo que ela gostasse muito. 

- Ninguem ... NINGUÉM TOCA NO MEU MENINO!! - ela lhe deu chute (naquele sitio...) em Nathaniel e saiu da sala furiosa enquanto  Nathaniel gritava de dor.

- Ai [email protected]€§&%# que isso deve doer... - Castiel comentou enquanto Nath o matava com o olhar, bem... matar não porque ele já está quase morto, mas vocês entenderam o que eu quis dizer.

- Merda de cupido... Autch! Para quem tem pernas fracas essa garota bateu forte! Por favor deus manda-me outro cupido! - Nath levantou-se ainda fazendo caretas de dor. 

- O problema não é o cupido és tu seu merda que só sabes fazer bosta! Recompõe-te que eu tive outra ideia! 

- Outra? E que seria cantar-lhe em frente à escola inteira? - Castiel só sorriu de canto - Não...Não... ME RECUSO!

- RECUSAS-TE O [email protected]£§&%! Se não fazes o que eu te digo juro que te levo ao inferno comigo! Vais para a merda do patio e vais cantar o [email protected]£§&% de uma musica se não queres levar nesses cornos! 

- Sim ..... pai! - ele saiu aborrecido. 

- E não me compares com essa merda de pessoa! 

 

Continua....


Notas Finais


Ideias e sujestões são sempre bem vindas! O nosso cupido favorito bem que precisa delas kkkkkkkk xD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...