História Curtas de One Piece. - Capítulo 52


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Personagens Personagens Originais
Tags Onepiecexleitora
Visualizações 119
Palavras 1.373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 52 - O Ciúmes de Mihawk! - MihawkxLeitoraxZoro.


Na manhã seguinte, Zoro acordou e encontrou-se sozinho em sua cama e logo a porta do banheiro se abriu. Ele sai da cama e caminha até a porta do banheiro, mas ele não entra. Assim como ele está prestes a bater, ele ouve sua voz do outro lado.

              "Você não tem que bater Zoro, você pode entrar."

              Sorrindo ele empurra levemente a porta para encontrá-la na banheira, apenas a cabeça e os ombros visíveis na água. Perdida em meio as bolhas que se formavam, você se sentia maravilhosa. Zoro aprecia a visão de você na banheira e, naquele momento, ele realmente não se importa que Mihawk provavelmente o mate quando ele descobrir que seu aluno é namorado da sua única filha. Você vê o olhar em seu rosto e sorri.

              "Você gostaria de se juntar a mim?"

              Zoro assente e rapidamente tira suas roupas. Você se senta e se inclina para frente na banheira para permitir que Zoro se sente atrás de você e uma vez que ele esteja acomodado, você se inclina contra o peito dele. Ele passa a mão pelo seu braço e descansa na sua cintura e a outra mão tira o cabelo do caminho para que ele possa beijar a sua nuca. Vocês dois mergulham na banheira por cerca de dez minutos antes de você, a contragosto, decidir que é hora de sair e ir para tomar o café da manhã. Você se inclina para a frente novamente e permite que Zoro se levante. A água preguiçosamente caindo em seu peito e correndo sobre sua cicatriz faz com que uma onda de calor passe sobre seu coração.

              Ele sai e estende a mão para ajudá-la. Você sai da banheira e é imediatamente envolvida por uma toalha macia segurada por dois braços fortes. Zoro aperta um beijo em sua testa antes de sair do banheiro, dando-lhe privacidade para se trocar, mesmo que ele não precise. Essa é uma das coisas que fizeram você se apaixonar por Zoro, mesmo que ele não demonstrasse isso, ele estava aprendendo muitas coisas com seu pai e não só como lutar. O pensamento de seu pai é o que te tirou da sua felicidade enquanto você se vestia. Você sabia que o Mihawk nunca mataria o Zoro, como ele também nunca machucaria você. Mas você também sabia que ele não apreciaria um relacionamento entre sua filha e o homem cujo objetivo é conquistar seu título.

              Voltando para o seu quarto, Zoro acabou de se vestir. O sorriso em seu rosto desaparece quando ele vê a mudança no seu humor. Ele caminha até você e segura você perto do peito dele.

              "O que está errado, (nome)?"

              "Precisamos contar ao meu pai sobre nosso relacionamento." você responde: "Agora".

              Zoro assente e abraça você com força.

              "Não importa o que acontecer, eu nunca vou me arrepender de ter me apaixonado por você."

              Mesmo que você e Zoro não se conhecessem muito bem, ou estivessem juntos por muito tempo, você sentiu que ele conhecia você tão bem quanto Mihawk. Sua declaração ajudou um pouco a deixar sua mente à vontade, mas você ainda estava muito preocupada com a reação escondida de Mihawk. Em sua vida você nunca esteve em um relacionamento, muito menos em um relacionamento tão sério. Com a maneira como você foi criada, era difícil confiar em alguém, essa é a principal razão pela qual você viajou sozinha.

              Mas você sabia que não poderia desistir, então com um suspiro você se desconectou dos braços de Zoro e assumiu a liderança para a sala. Você tinha dormido e passado um pouco mais de tempo no banho, sabia que Mihawk já estaria acordado e esperando por você para começar o café. Pouco antes de entrar na sala, você teve a idéia ridícula de fazer Zoro esperar alguns minutos antes de entrar, mas depois rapidamente a esqueçeu. Você tinha que aceitar, e torcer para que ele não descobrisse antes da hora.

 

              "Bom dia (nome) e Rorona." Cumprimentou Mihawk.

              "Bom dia, papai." você responde.

              Zoro assente.

              Zoro se senta à mesa enquanto você entra na cozinha para começar o café da manhã, já que você prometeu ontem, Mihawk se levanta e segue você.

 

              "Como você está se sentindo depois de nossa batalha, (Nome)?" Mihawk pergunta.

              "Eu me sinto bem, um pouco dolorida." Você responde.

              "Você dormiu bem?"

              Você sorri: "Sim."

              "Você parece diferente, (Nome)."

              É isso, eu devo contar agora.

              "Bem, há algo que mudou." você responde.

              Você pode sentir Mihawk levantar uma sobrancelha enquanto ele seguia você com a comida de volta para a mesa. Uma coisa que Mihawk percebeu é que Zoro não está em sua cadeira habitual, em vez disso ele estava sentado na cadeira ao lado da sua. Durante todo o café da manhã, Mihawk ficou de olho em você e em Zoro, mas você já tinha decidido contar a ele depois de terminar de comer. Mas isso foi principalmente porque você ainda estava descobrindo como.

              "Você vai me dizer?" Mihawk pergunta.

              Você quase engasga com o pão na boca. Forçando-o para baixo e seguindo-o com um pouco de café, você coloca sua caneca de volta na mesa e olha para Mihawk

              "Depois do café da manhã."

              O café da manhã terminou logo depois. Zoro e Mihawk seguem você de volta para a cozinha com os pratos sujos para ajudá-la a limpar. Você pega tudo e leva embora rapidamente e volta para a mesa. Sentando-se pesadamente em sua cadeira, você espera até que Mihawk e Zoro se juntem a você.

              "Então, o que você queria me dizer?" Mihawk pergunta.

              Você olha para Zoro e ele lhe dá um aceno de segurança. Respirando fundo, você encontra os olhos dourados do seu pai e, de repente, sente toda a sua preocupação.

              "Zoro e eu estamos juntos." você diz.

              Zoro pega sua mão na dele e dá um leve aperto, ele estava com você. Mihawk fica em silêncio por alguns minutos antes de se levantar e caminhar até a cadeira de Zoro. Zoro se levanta assim que Mihawk para e estende a mão. Você assiste em silêncio enquanto Zoro olha de Mihawk para a mão antes de aperta-la.

              "Espero que você cuide da minha filha da melhor maneira possível." diz Mihawk.

              "Eu darei minha vida por ela." responde Zoro.

              Quando Mihawk solta a mão de Zoro, você se levanta e lhe dá um abraço no pai. Zoro não pode ver, mas Mihawk estava sorrindo. Ver você feliz é tudo o que seu pai sempre quis, mesmo que isso significasse você estar em um relacionamento com seu aluno.

              "Obrigado por não esconder isso de mim." diz Mihawk.

              "Então você já sabia antes?" Você pergunta.

              Mihawk ri e olha para Zoro: "Eu tive minhas suspeitas, mas eu estava esperando que você me contasse."

              Você sorri e o abraça novamente, "Não há nada que eu possa manter escondido de você papai. E não há nada que eu gostaria de esconder de você."


 
              A reação de Mihawk pegou você de surpresa, mas depois que você pensou sobre isso, você não tinha certeza de qual outra reação ele poderia ter tido. Depois do café da manhã você saiu para um passeio na floresta enquanto Mihawk e Zoro começaram o treinamento deles durante o dia. Não é preciso dizer que sua estadia na mansão seria prolongada, embora você soubesse que teria que sair em algum momento e deixar Zoro para trás.

              Você voltou de sua caminhada na hora do almoço, e o engraçado: Zoro tinha ficado um pouco mais machucado após o treinamento. É claro que você riu disso, mesmo que Zoro não tenha achado graça. Você o levou para o seu quarto para tratar os ferimentos dele, mesmo que nenhum deles fosse ruim, Zoro não reclamou.

 

              "Então você tem certeza que Mihawk não vai me matar?" Pergunta Zoro.

              “Não a menos que você me machuque. E nesse caso você não precisa se preocupar com ele.” você responde rindo.

              "Você vai mudar seu nome?"

              "Embora possa ser um pouco cedo para isso." você responde. "eu estava pensando em complementar ele."

              "Roronoa Dracule Angel (nome)?" Zoro pergunta e você franze a testa, dando um olhar do tipo: é sério isso?

              Ele dá de ombros, você sorri e o beija. "Você está com o anel no bolso, né?"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...