História Cute Ears - Jikook , Taeyoonseok , Namjin - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Red Velvet, TWICE
Personagens Irene, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Seulgi, Wendy, Yeri
Tags Abo, Blackpink, Bts, Híbrido, Hoseok, Hoseok!top, Jimin, Jimin!bottom, Jin!bottom, Jungkook, Jungkook!top, Namjoon, Namjoon!top, Red Velvet, Seokjin, Taehyung, Taehyung!bottom, Yaoi, Yoongi, Yoongi Lil Meow Meow, Yoongi!bottom
Visualizações 201
Palavras 3.902
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi meus bebes♥ daqui uma hora mais ou menos vou ficar com tempo livre suficiente pra revisar, então perdão pelos erros

Capítulo 8 - Cartinhas de amor


Fanfic / Fanfiction Cute Ears - Jikook , Taeyoonseok , Namjin - Capítulo 8 - Cartinhas de amor

 

— Yoongi, o que foi? — Hoseok perguntou preocupado, entrando na biblioteca.

Yoongi estava sentado em uma cadeira no canto do local, irritado. Iria matar Taehyung.

— Sai daqui, Hoseok.

O ruivo não fez o que pedira, apenas se sentou ao seu lado.

Yoongi não gostava de falar sobre seu amor por escrita com as pessoas, apenas disse aquilo para Tae por ser seu melhor amigo, mas não esperou que ele fosse espalhar o segredo para qualquer um. O felino tinha um caderno lotado de suas poesias, e textos sobre si que de jeito nenhum compartilharia. Continham muitos segredos. Um que o fazia suar frio de medo de alguém ler: um texto que contava mais sobre seu outro lado. Esse lado não seria mostrado tão cedo, nem pro seu melhor amigo ou pra sua irmã. Tinha que ser alguém muito especial.

Um tempo atrás, o pequeno era perseguido por alguns alunos alfas, que zombavam de si pelo seu hábito de escrever durante os intervalos, sozinho em algum canto. Pegavam seus caderninhos, e ou os rasgavam — Yoongi sinceramente preferia essa opção —, ou os conteúdos eram lidos em voz alta, para todos da sala ouvirem e rirem de seus segredos mais íntimos. Essa época era difícil, o gatinho sempre chorava envergonhado por todos saberem sua vida pessoal e seus problemas internos. Sua pequena irmã tentava o consolar, sem entender o que acontecia, já que o mais velho negava até a morte contar tudo que acontecia.

Yoongi sentiu seus olhos lacrimejarem lembrando disso, mas os esfregou rapidamente, de jeito nenhum choraria na frente da raposa. O olhou raivoso.

— Por que tá tão curioso sobre isso?

Hoseok passou a mão em sua própria nuca, levemente envergonhado.

— É que... Eu realmente gosto de escrever... — os olhinhos do menor brilharam — Então fiquei curioso quando soube disso. Mas não imaginei que era algo pessoal, me desculpe.

Hoseok não escrevia todo o tempo como Yoongi, mas frequentemente quando estava com tempo livre em seu quarto. Lotou seu pequeno bloco de notas quando terminou seu namoro, estava muito sensível, e de certa forma, inspirado para desabafar com um papel — e também, desabafar com um Taehyung. Não tinha vergonha de mostrar aquilo para alguns amigos próximos, mas entende que para muita gente, é algo mais profundo que isso. Percebeu ser o caso de Yoongi. O felino era bem misterioso, deixava Hoseok tão curioso.

— Você...gosta? — murmurou Yoongi, com uma expressão curiosa, transbordando sua fofura.

Hoseok concordou com a cabeça, sorrindo. Pensou um pouco e teve uma boa ideia!

— Ah! Já que... Percebi que não gosta muito de conversar... O que acha de conversarmos por cartas?

Apesar de parecer uma ideia besta e meio ultrapassada, funcionaria com alguém como Yoongi. O mesmo raciocinou um pouco, com um dedo sobre o queixo, e gostou da ideia. Não precisaria gastar saliva para falar com ele, e se quiser poderia escrever com lindas canetas coloridas, um belo "Vai se foder". Riu baixinho para si mesmo, faria isso alguma vez.

— Oh, é uma boa ideia. Mas não somos da mesma sala, como entregaria as cartas?

Hoseok não se lembrou desse detalhe, fez um bico levemente chateado. Sua mente se iluminou outra vez.

— Hum... Quando estivermos juntos, como no intervalo, ou em uma aula vaga como agora.

O de pele branquinha gostou da ideia mesmo.

— Então tudo bem, aceito. Mas eu não trouxe nenhum caderno e caneta... — lembrou-se o menor, lamentando-se.

— Não tem problema. Você pode sempre pedir emprestado uma caneta e pegar uma folha com envelope com o bibliotecário. — falou se levantando, e pedindo as coisas ao bibliotecário.

Colocou os materiais na mesa.

— Sente na outra mesa, não quero que veja agora o que vou escrever. —  Yoongi mandou, e o ruivo concordou se sentando na mesa da frente com seu papel e caneta.

Começaram a escrever silenciosamente. Yoongi com sua expressão normal e Hoseok com um sorriso.

O ruivo travou um pouco pensando no que dizer, mas lembrou que não havia se apresentado direito. Seria bom começar a primeira carta com uma pequena apresentação. Escreveu seu nome, sua idade, e contou um pouco sobre si. Seus gostos, como por exemplo Street dance, e amor por música, principalmente rap. E claro, o que tinha achado de Yoongi. Sabia que levaria um soco depois disso, já que escreveu o quanto o achou fofo mesmo antes de conhecê-lo. Agora que o conheceu um pouco, teve certeza da fofura do felino. Terminou rapidamente, não queria se estender muito. Desenhou um solzinho com um rosto no canto da folha, pra ficar bem a cara de Hoseok. Sorriu para si mesmo e dobrou o papel, cuidadosamente o colocando dentro do envelope. Passou a observar Yoongi, que estava focado ainda escrevendo. Aproveitou para observar os detalhes daquele pequeno rosto delicado. Seu rosto é fino, mas tem bochechas redondinhas. Seus olhos são pequenininhos , seu nariz redondo e seus lábios finos em uma coloração levemente avermelhada. É realmente um gatinho muito lindo.

Se assustou quando os olhares cruzaram, Yoongi tinha terminado sua carta, e pegou o outro no flagra o encarando. O menor levantou uma sobrancelha, desconfiado do porquê estava sendo observado. Hoseok revirou os olhos, disfarçando. Yoongi colocou seu papel no envelope, e os dois trocaram as cartas.

Taehyung observava encostado na porta da biblioteca de braços cruzados, sorrindo bobo. Seus melhores amigos, escrevendo cartinhas um para o outro. Pareciam até namorados. Ficou feliz ao ver que Yoongi não estava enforcando Hoseok ou algo do tipo. "Será que dessa vez finalmente dá certo?" pensou e se aproximou parando atrás da cadeira de Hoseok, passando sua mão na nuca do amigo. O ruivo se arrepiou com o toque, e levantou a cabeça sorrindo ao ver Taehyung. Yoongi logo levantou sua cabeça também.

— Finalmente achei vocês, achei que tinham morrido! — aliviou-se o loiro, fazendo uma pequena massagem na nuca que estava tocando — O que estavam fazendo? — perguntou curioso, encostando a cabeça no ombro próximo, tentando pegar o envelope da mão de Hoseok.

— Não te interessa. Por que tá aqui? — respondeu rudemente Yoongi, se levantando.

Taehyung o mostrou a língua em um ato infantil, fazendo rir o ruivo que também acabara de levantar.

— Oras, já está na hora de voltar para os quartos! — falou como se fosse óbvio, mas logo se lembrou que o amigo era novo no colégio.

— Ah, verdade! Merda, esqueci minha mochila na sala! — Hoseok se desesperou.

Taehyung tocou a própria testa, decepcionado. Yoongi raciocinou um pouco, e os olhos se arregalaram.

— Eu não lembrei que as aulas acabavam agora...Também esqueci! O que fazemos?

— Tsc tsc. — o mais alto balançou a cabeça negativamente, ainda mais decepcionado.

— Eu vou buscar elas. Tae, leva ele pro nosso quarto. Sua sala é a E, certo? — perguntou Hoseok se dirigindo à porta rapidamente, sendo seguido pelos outros dois.

Yoongi confirmou com a cabeça, e o alfa saiu correndo deixando os dois sozinhos. Taehyung sorriu com os olhos, dando tapinhas no ombro do pequeno.

— Estavam escrevendo cartinhas de amor? — brincou, andando com ele para seu quarto e de Hoseok.

Yoongi olhou para a carta e depois para Tae, e fez uma careta de nojo. O loiro riu, bagunçando os fios pretos do outro.

— Que nojo. Estávamos só testando um jeito de nos comunicar sem eu ter preguiça e querer socar ele. — explicou irritado.

— Oh, pois estavam parecendo namorados! — provocou mais, tocando as bochechas redondinhas do felino emburrado com seu dedo indicador.

Yoongi rosnou e mordeu o dedo em seu rosto, fazendo o canino uivar de dor e afastar a mão rapidamente.

— Retardado. Não esqueça que os namorados aqui são vocês dois.

Taehyung deu um beijinho no dedo machucado, o olhando emburrado, com um biquinho nos lábios. Abriu a boca para resmungar sobre o que Yoongi disse, mas a fechou, ficando com a expressão fechada e fixada no chão. O menor levantou uma sobrancelha, achou que o amigo começaria a reclamar sobre Yoongi continuar dizendo que eles namoram, mas ficou quieto dessa vez, e parecendo lembrar de algo. Tiveram uma DR?

— Por que tá com essa cara? Não combina com você. — o branquinho levantou o rosto do maior pelo queixo.

— Yoongi, você gostaria de beijar seu melhor amigo? — Taehyung falou um pouco sem pensar, assustando o outro, que interpretou de outra forma.

— QUÊ? NÃO! — gritou o empurrando, sentindo suas bochechas queimarem.

O outro estranhou por alguns segundos, mas logo entendeu que sua frase pareceu ter outro sentido, e balançou a cabeça negativamente várias vezes.

— Não, não! Não foi isso que eu quis dizer! Quer dizer, mais ou menos. Eu te beijaria. — confessou sem dificuldades, sorrindo maliciosamente, percebendo que o outro iria lhe chutar — Aigoo, mas não era disso que eu ia falar! Ok...vou reformular novamente. — Yoongi o deu um tempinho para pensar novamente em sua frase — Você acha normal ter vontade de beijar seu melhor amigo?

Yoongi enrugou sua testa, o olhando como se perguntasse se estava falando sério. O loiro o encarou sério, esperando uma resposta. Pararam na porta do quarto do mais novo. Yoongi se encostou na parede, com a mão sobre o queixo, pensando um pouco no que iria falar. Tossiu forçadamente, concluindo seu pensamento.

— Não. — falou curto, fazendo Taehyung ficar emburrado, esperava uma resposta longa.

— Ah, fala sério Yoongi. — cruzou os braços, bufando.

— Que foi? É a verdade. Se você sente esse tipo de desejo pelo seu melhor amigo, tem algo aí.

Taehyung mordeu o lábio inferior, abaixando seu rabo e olhando para o outro lado. Yoongi colocou suas mão no bolso de sua blusa, tentando entender o motivo daquela pergunta do nada. O garoto estava apaixonado? Mas por quem? Ele não tem só um melhor amigo. Pensou um pouco, e teve uma conclusão óbvia, que não sabia porque não teve antes.

— Taehyung, você realmente tá namorando o Hoseok?! — falou incrédulo, suas teorias eram reais mesmo?

O garoto virou o rosto para ele rapidamente, com os olhos arregalados e o queixo caído, assustado.

— Claro que não! Foi só uma pergunta aleatória, pra saber sua opinião! — mentiu com seu rabo balançando de um lado para o outro, característica de seu nervosismo.

Yoongi franziu a sobrancelha, prensando o maior na parede, o encarando direto no olho. Taehyung tentava desviar o olhar, mas seu hyung apertou suas bochechas com uma só mão para manter contato visual.

— Não minta pra mim, Kim Taehyung. — sussurrou com os rostos próximos, apenas para convencê-lo.

O canino sentia seu coração disparar, não queria contar sobre o selinho que deu em Hoseok, e os sentimentos que tivera naquele momento. Seu rabo não parava quieto, o denunciando ainda mais. Fechou os olhos , respirando fundo. Suas bochechas foram soltas e o mais velho afastou os rostos, cruzando os braços esperando sua resposta.

— Dei um selinho em Hoseok. — falou em um tom inaudível.

— Hã? — Yoongi não ouviu.

— Dei um selinho em Hoseok. — aumentou um pouco seu tom, mas ainda era difícil ouvir.

— Fala com a boca. — resmungou.

— DEI UM SELINHO EM HOSEOK, PORRA! — gritou suando de tanto nervosismo, e logo tampando sua boca.

Yoongi arregalou os olhos, ficando de queixo caído. Tentou falar algo, mas não saía nenhum som de sua boca. Ouviu passos e olharam para o lado, vendo Hoseok chegar com as duas mochilas.

— Sorte que as salas não estavam trancadas, aqui, Yoongi. — o ruivo entregou a mochila toda preta para o menor, que desfez sua expressão surpresa para disfarçar.

Taehyung tentou não olhar para o que acabara de chegar, com certeza começaria a chorar de nervoso. Abriu a porta e correu para dentro.

— O que aconteceu? — Hoseok perguntou confuso, tirando a própria mochila das costas.

— Nada, ele está cansado eu acho. — Yoongi cobriu o amigo, depois conversariam mais sobre isso.

— Oh, entendi. Vai entrar? — entrou no quarto ficando na porta, esperando a entrada ou não do felino.

— Ah, n-

— Ele vai me ajudar com uma lição, entra Yoongi! — Taehyung o cortou de fundo, gritando.

Rapidamente o de cabelos pretos entendeu. O canino não queria ficar sozinho com a raposa, estava muito nervoso. Sorriu de canto entrando, Hoseok fechou a porta sem desconfiar. Os dois ainda com mochila a deixaram em um canto. Yoongi se sentou ao lado de Taehyung, que estava jogado na cama com um travesseiro tampando seu rosto, enquanto o ruivo procurava algo no guarda-roupas. Um silêncio constrangedor se instalou no quarto. O mais velho estava se coçando para simplesmente falar sobre isso com os dois, mas sabia que o loiro ficaria bravo com ele. Pegou seu celular e mandou uma mensagem para Taehyung, o cutucando e apontando para a tela, pedindo indiretamente para o outro responder.

Yoongi

Me conta tudo direitinho, agora.

Taehyung

nao tem muito oq falar hyung

ele tava triste por causa de uns rolos com a ex dele

eu fui consolar ele e tals

e do nada eu dei um selinho nele

eu tava meio fora de mim, sei la

ele nao me empurrou ou algo assim, ele correspondeu e até tocou meu cabelo

Yoongi

Ih,caralho.

Tae, tenho uma notícia pra você.

Taehyung

oq é?

Yoongi

Vocês estão apaixonados um no outro.

Taehyung encarou o amigo assustado, e o deu um soquinho no ombro.

Yoongi

Não to zoando, porra. É só olhar o jeito que se tratam. Por exemplo, olha o jeito que você chegou na biblioteca. Já chegou tocando o pescoço dele fazendo massagenzinha. Só vocês que não percebem.

O loiro leu a mensagem e desligou a tela, jogando o celular na cama e afundando o rosto no travesseiro novamente. Yoongi desligou a tela também, guardando seu celular, Taehyung não aceitaria tão fácil que estava apaixonado pelo melhor amigo.

Hoseok, que nem sabia de nada, se virou para os dois, com a boca aberta, se lembrando de algo.

— Oh, Tae! Você vai para a festa da Seulgi?

O garoto murmurou algo baixinho, que ficou abafado por estar com o travesseiro o tampando. Yoongi riu baixinho e "traduziu" o que quis dizer.

— Ele vai.

— Ah, claro que ele não perderia alguma festa. E você, Yoongi?

— Eu nem sei quem é Seulgi, oxe. — falou simples, fazendo cafuné nas orelhinhas do canino ao seu lado.

— Ah, ela é uma morena alfa , amiga do Jin.

Yoongi forçou a memória, e se lembrou da garota.

— Uh, sei quem é, mas não vou. Não fui convidado.

Taehyung levantou a cabeça do travesseiro, com os olhos brilhando.

— Hyung, você precisa ir! Vai ser incrível! Não se preocupe, se eu falar que é meu amigo te deixam entrar sem problemas! — o rabinho do loiro balançava animadamente.

Yoongi fez uma careta, não era muito chegado em festas. Taehyung o olhou com seu famoso olhar de cachorrinho pidão, e não resistiu.

— Argh, certo, certo. Pirralho insistente. Quando vai ser?

— Amanhã de noite!

— Tudo bem. Mas se estiver chato ou você ficar bêbado, caio fora com você junto.— avisou o felino.

Hoseok deu pulinhos animado, a festa seria com certeza a melhor do ano até agora.

— Oh, espera, — Yoongi continuou — falando em pirralhos, vou voltar pro meu quarto. Myung vai ficar preocupada. — se levantou rapidamente, pegando sua mochila.

— Ah, não se preocupe, hyung! Myung está no quarto de Jungkook!

— Uh, o que ela tá fazendo lá? — Hoseok perguntou confuso.

— Pegando os conteúdos que preci....savam. — Taehyung deu uma pausa, ao perceber a expressão furiosa de Yoongi para o amigo.

— Com quem?!

— O-O-o J-Jungkook, m-meu amigo. — gaguejou se afastando, se Yoongi descobrir que sua irmãzinha estava no quarto de um alfa, seria morto agorinha mesmo, junto com o coelho.

— Não me diz que é outro alfa. Se for eu soco sua cara.

O loiro olhou para  Hoseok desesperado, pedindo ajuda indiretamente. Hoseok tossiu forçadamente, se aproximando dos dois.

— Aaaaah, o Jungkookie é um amor, não se preocupe, Yoongi! — riu falsamente, tentando acalmá-lo.

O felino fuzilou os dois pelos olhos, que ficaram com medo do pequeno.

— Me diz o quarto, agora.

Taehyung falou o número do quarto de  Jungkook rapidamente, antes que fosse morto pelo amigo. Prontamente Yoongi saiu correndo atrás de sua irmã.

— Espera, Yoongi! — o mais alto se levantou apressado, querendo o impedir, mas Hoseok segurou seu braço.

— Deixa, Tae.

— Mas...Argh, droga Yoongi. — resmungou, se soltando do outro e pulando na cama novamente.

Hoseok fechou a porta, e se lembrou do que estava curioso mais cedo.

— Tae, quando eu cheguei com as mochilas vocês estavam estranhos, o que aconteceu?

Taehyung engoliu seco, por que o ruivo foi querer saber?!

— Nada, Yoongi que é estranho mesmo. Vou jogar fortnite. — arrumou algo pra fazer rapidamente, correndo para seu Notebook, praticamente fugindo do ruivo.

— Huh, tudo bem. Vou tomar um banho. — falou ainda estranhando, mas deixou pra lá. Entrou no banheiro do quarto pra tomar um banho.

 

 

 

Estava tudo pronto, Myung colocou seus conteúdos em dia. Teve sorte que Jungkook não perdia nada e tinha um caderno super organizado. Quando estavam guardando os materiais em seus estojos, ouviram alguém bater agressivamente na porta. Jungkook ia se levantar, mas Irene foi primeiro, irritada por baterem tantas vezes e com força.

— Argh, Seulgi, é você?! — abriu a porta brava, e se deparou com um gatinho preto desconhecido — Oh, oi.

Myung olhou para o irmão na porta com os olhos arregalados, fodeu de vez. Com pressa, guardou o estojo e os cadernos e colocou sua mochila. Yoongi nem cumprimentou a morena na porta, apenas invadiu o quarto e puxou Myung pela mão.

— Você é Jungkook? — apontou para o alfa, que não estava entendendo nada.

— Uh...sim. Você é o ...Yoongi? — lembrou-se das mesmas feições antes contadas pelo amigo Taehyung.

O pequeno não o respondeu, apenas o deu um tapa forte no rosto e saiu com a irmãzinha que ficou resmungando algo. Jungkook ficou paralisado, o que foi isso? Irene então, era a mais confusa ali. Deu de ombros e fechou a porta, o problema não era dela afinal. O moreno resolveu dormir, estava cansado.

 

 

Jin descansava em sua cama, ainda com o gelo em seu nariz. Grande parte da dor já havia passado, mas ainda estava o incomodando. Enquanto isso via as mensagens não lidas em seu celular. Respondeu alguns amigos, e foi ler as mensagens do grupo dele, Wendy,Irene,Seulgi, Joy e Yeri. Wendy contava tudo que havia acontecido para Irene, que estava pasma. Ficaram falando mal um pouco de Namjoon, o que fez Seokjin torcer o nariz e nem querer ler o resto das mensagens. Desligou seu celular, se elas reclamassem de algum vácuo, depois explicaria. Precisava urgente conversar com as garotas, mas pessoalmente. Yeri e Joy não implicavam com Namjoon, pareciam até os anjos do grupinho. Agora o problema mesmo eram as outras três. Suspirou pesadamente, pareciam crianças que precisavam ser educadas. Mas se precisasse pagar de pai para elas, faria. Já bastava toda essa perseguição sem motivos com o lobo.

Falando nele, acabara de entrar no quarto. Jin sorriu se sentando na cama.

— Oi, Namjoon.

Namjoon o cumprimentou balançando a cabeça, e se sentou ao seu lado na cama.

— Ainda dói? — novamente segurou o gelo por ele.

Namjoon depois do acontecimento estava com expressões e tom de voz sereno. Seokjin estava bem orgulhoso de si mesmo, conseguiu "domar" o lobo. Bem, mas isso lhe custou um nariz machucado. Seus lábios carnudos formaram um fofo sorriso, que sem querer fez o acinzentado sorrir.

—  Não, a dor já praticamente passou! — falou pegando o saquinho das mãos grandes do outro e jogando fora —  Obrigado a preocupação.

—  Tá brincando? Eu quase quebrei seu nariz, o mínimo que eu deveria fazer é me preocupar.

Jin se ajoelhou na cama, e pulou no outro, o dando um abraço. Namjoon se surpreendeu, franzindo a sobrancelha.

—  O que ta fazendo? Não vai achando que agora eu te amo.

O mais velho riu baixinho, acabou não propositalmente sentindo o cheiro do alfa, um cheiro delicioso. O soltou. Analisou bem o rosto do maior, e uau, realmente um lobo muito lindo. Balançou a cabeça confuso por onde seus pensamentos estavam indo. Namjoon se levantou e foi para sua própria cama.

O castanho aproveitou o tempo livre e pegou seus cadernos, checando suas lições passadas. Ah, precisava terminar a atividade de inglês urgentemente. Mesmo que no outro dia não teria aula, já estava confuso com as lições faz alguns dias. Não estava entendendo muito bem o conteúdo, mas não custava tentar fazer sozinho outra vez.

Enquanto isso Namjoon fazia algo no celular, observando o outro pelo canto de olho.

Depois de várias tentativas, Seokjin desistiu enterrando o rosto no caderno, suspirando cansado. "Não é possível que eu seja burro assim" pensou preocupado, se não entendesse rapidamente isso, teria problemas. Choramingou para si mesmo, pensando em qual amigo pediria ajuda. Talvez Wendy, ela tira notas ótimas em inglês. Quando estava pronto pra pegar o celular, Namjoon apareceu ao seu lado, olhando seu caderno.

—  Não consegue fazer? —  perguntou analisando bem sobre o que era o conteúdo. Ah, Seokjin estava com sorte.

—  Não, sou burro. Você entende essas coisas?

Jin pensou um pouco, e lembrou-se de ter visto o nome do Namjoon em um mural de melhores notas do mês, seu nome estava em primeiro na matéria de inglês. Até se aliviou, estava salvo.

—  Uh, sim. Quer ajuda?

O canino balançou a cabeça freneticamente em um "sim". O lobo se sentou ao lado do mais velho, pronto pra ajudá-lo.

Seokjin conseguiu fazer a atividade rapidamente, era tudo tão simples! E ficou impressionado, Namjoon é fluente. Não, não ficou impressionado porque achava que ele era burro ou algo assim. Na verdade, se impressionou por achar incrível quem fala inglês bem.

O maior era ótimo em explicar, falava tudo com calma, e tinha paciência para os erros bobos de Jin. Isso sim era um lado diferente do acinzentado. Aproveitou que estavam ali mesmo, e pediu ajuda para toda a matéria de inglês.

—  Tem certeza? Vai demorar. —   perguntou Namjoon levantando uma sobrancelha, não queria que ficasse muito cansativo ajudar o mais velho.

—  Ah, não se preocupe. Pode demorar quantas horas precisar, você é melhor que meu professor, sério. —  falou feliz com os resultados, entendeu sua atividade já terminada.

—  Tudo bem, vou te ajudar um pouco hoje, e continuamos amanhã.

Jin gostou da ideia, até porque teria um tempo a mais para ficar com o "amigo".

—  Certo!

Viraram a noite estudando , demorou mais que o esperado já que o mais velho , sinceramente, era péssimo na matéria. Mas houve progresso, já entendia algumas coisas que não faziam sentidos para o acastanhado! Namjoon daria um bom professor.

Após se cansar, Seokjin dormiu com a cabeça no colo do outro. O maior riu baixinho, o ser em seu colo é lindo até dormindo. Colocou os materiais de estudo em cima de uma escrivaninha do canino e o arrumou cuidadosamente na cama. O admirou por alguns segundos, e foi dormir antes que sua mente pensasse algo estranho.

 


Notas Finais


entao, acho q vcs ja devem ter percebido que a frequencia de caps diminuiu um pouco comparado com os primeiros. motivo? to tentando trazer caps maiores e com mais qualidade pra vcs, entao espero q entendam se eu demorar mais doq o normal pra postar! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...