História Da Cor do Pecado - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Huang Zitao "Z.Tao", Kim Jaejoong, Kris Wu, Lee Soo-Hyuk, SHINee
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Hero Jaejoong, Kai, KiBum "Key" Kim, Kris Wu, Lay, Lee Soo-Hyuk, Sehun, Taemin Lee, Tao, Xiumin
Tags 4some, Bottom!jongin, Bottom!kai, Chankai, Chanyeol!militar, Chanyeol!seme, Exo!pais, Jongin!escritor, Jongin!papai, Kaihun, Kaitao, Kaiyeol, Lee Soo-hyuk, Políamor, Romance, Sehun!médico, Sehun!seme, Sekai, Sekaiyeoltao, Taemin, Tao!bibliotecário, Tao!seme, Taokai, Top!chanyeol, Top!sehun, Top!tao, Xiubaek
Visualizações 82
Palavras 1.386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Fluffy, Harem, Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu espero que agora tenha ficado legal, ela deu um trabalhinho para mim.
Boa leitura ^^

Capítulo 17 - Londres


Fanfic / Fanfiction Da Cor do Pecado - Capítulo 17 - Londres

Londres, Inglaterra.

– 07:22 A.M –

No movimento das linhas simples, das cores claras e límpidas do céu, Jongin observava a dança das copas das árvores, olhando da janela do trem, o amanhecer. A viagem foi um pouco longa e em um completo silêncio dentro da sua cabine do vagão.
           — Senhoras e Senhores, chegaremos em cinco minutos, para o desembarque na Paddigton Station.
          O Kim arrumou suas roupas e tirou a mochila da parte do compartimento a cima da cabine. Quando o trem parou na plataforma 7, o moreno desceu e seguiu até o estacionamento, passando por alguns artistas de rua vendo quadros e mais quadros coloridos na calçada.

Ali em frente, viu uma figura com um casaco preto camuflado se aproximando, que logo imaginou ser seu amigo e empresário Byun Baekhyun.

— Hyung! Como vai? – O Kim se aproximou do mais velho lhe abraçando de lado.

— Vou bem... só estou um pouco cansado do trabalho e você? – Retribuiu o abraço do amigo, e foi logo pegando a mochila do moreno e colocando no banco de trás do seu Hyundai Kona preto.

— Eu vou bem e o hyung onde está?

— Ah, ele foi para o ateliê e amanhã será o casamento real, já que ele está correndo contra o tempo para fazer uns ajustes no vestindo da princesa Meghan.

— Ele está fazendo o vestido da futura princesa? A-a mulher do P-príncipe Harry? – O Kim perguntou sorrindo maravilhado.

— Sim, eles mesmos, não é legal?

Assim que Baekhyun fez a curva passando pela Fleet Street, os dois ouviram o celular do Byun, começando a tocar.

— Jongin, você pode atender pra mim.

— Oh, claro hyung. – O Kim tirou o celular do porta luvas e viu que era o marido do seu hyung Minseok. 
            — Quem é? 
            — É o Min Hyung. – O Kim fechou a porta luvas e pôs no viva voz.

— A-alô amor, onde você está agora? O Jongin já chegou? Ele está com você? – O loiro perguntou nervoso do outro lado da linha.

— Oi querido, eu acabei de sair aqui da estação de trem, e estou com ele sim.

— Oi hyung! – O Kim sorriu olhando pela janela as ruas extremamente cheias de bandeiras e as lojas enfeitadas com as fotos do príncipe Harry e da futura princesa Meghan Markle.

— Oi Jongin! ... Olha, me escutem com atenção, eu preciso muito da ajuda de vocês. O tule que eu havia encomendado na Suécia acabou chegando da cor vermelha,e eu pedi champanhe e dourado, mas o casamento é daqui à 24 horas e a rainha vai chegar daqui à pouco com a princesa, mãe, as damas de honra e as madrinhas para verem os vestidos e o véu. 
           — Tá querido e o que você quer que a gente faça? – O Byun já estava tremendo com o que o marido iria pedir.

— Na Oxford Street tem uma loja que vende esses tipos de tecidos. Só que eles são bem baratos.

— Você vai fazer o resto do vestido da princesa com um pano barato, hyung? Eles vão expor o vestido no Museu Real, e você sabe disso. – O moreno arregalou os olhos, olhando para o Byun que ainda dirigia.

— Pessoal, esse é o único jeito e depois eu vou pedir a devolução do outro tecido e fazer uma replica desse.

— Certo, certo e o que a gente vai comprar? Jongin pega um bloquinho aí no porta-luvas.
            O Kim abriu o compartimento e pegou um bloquinho rosa da Hello Kitty e encarou o mais velho enquanto dirigia.

— Ya! O que foi? Eu gosto da Hello Kitty tá, o desenho é bem legal!

— Será que vocês podem parar de falar da Hello Kitty, porque eu estou pra ter um treco aqui! Gente a rainha está pra chegar!! Por favor me ajudem!! 
            Realmente Minseok estava quase enlouquecendo.
           — Tá bom, e o que é pra gente levar, Hyung?
          — Vocês precisam ir até a Primark próximo à estação de Tottenham Court Road e logo vocês vão ver a loja da Hamleys e bem ao lado está a Antiquarium PorteBello e é lá que vocês vão encontrar os tules. 
           — Certo, certo e quais são as cores e quantos metros você quer?
           — Bem, as cores são champanhe e dourado, comprem uns seis metros de tule.
           — Mas querido, qual é a cor do champanhe?
          — Aish, só sigam o endereço e lá procurem pelo senhor Xavier, que ele vai ajudar vocês, eu vou desligar agora. Nos vemos mais tarde. – E desligou.

 

[...]  

 

  Assim que o carro estacionou, eles saíram correndo desesperados a procura da loja, naquela avenida cheia de enfeites, coloridos nas cores da bandeira do Reino Unido. Quando à encontraram estavam tão descabelados que o segurança da loja até começou a rir daqueles dois, correndo naquele frio do Outono. Jongin e Baekhyun entraram na loja e seguiram até o balcão, encontrando uma moça que parecia ser bem mais jovem do que eles.

— Olá, em que posso ajudar cavalheiros? – Perguntou a garota de cabelos castanhos e sorriso infantil de cujo nome no crachá se chamava Emma.

— Por favor, nós gostaríamos de falar com o senhor Xavier, ele está? 
           — Bem, o senhor Xavier está um pouco atrasado, o que não é de seu costume. Então se puderem esperar um pouco, ele chegará em breve.


Minutos depois...


          Baekhyun e Jongin já estavam bastante preocupados, enquanto esperavam no grande sofá da loja antiga de arquitetura vitoriana, se levantaram num instante quando ouviram o sininho da porta fazer barulho.

— Senhor Xavier, esses cavalheiros desejam falar com o senhor. – A garota se aproximou pegando a maleta do velhinho.

— Ah, sim... senhores me acompanhem até minha sala.
          O senhor Xavier, era o vendedor de tecidos mais antigo daquela rua que herdou a antiga loja de sua família de geração para geração. Ele era um vovozinho bem excêntrico, que usava um terno quadriculado azul, com uma saia escocesa vermelha e com seus cabelos brancos presos em um rabo de cavalo.

— E então, senhores do precisam? – O vovozinho perguntou sorrindo gentil.

— Bem senhor, o meu marido é o estilista responsável pelo vestido da futura princesa Meghan e ele disse que o senhor poderia nos ajudar.

— Ah! Sim, você é o marido do Minseok! Bem, ele me ligou completamente nervoso e me pediu para ajuda-los. Vamos me sigam.
           Os três homens, começaram a andar pelas araras de tecidos de todas as cores e texturas daquela loja.

— E então, o que vão levar? – O velhinho perguntou animado, já que um dos seus tecidos sairiam de sua loja para vestir a sua futura alteza real.
         — A-aqui! – O Kim deu o bilhete para o velhinho, que seguiu até uma porta antiga com o nome escrito numa plaquinha dourada, a palavra "Noivas."
            — Minseok é um jovem muito talentoso, e você deve estar muito orgulhoso dele, não é? 
            — Sim senhor, ele é meu orgulho.

Eles seguiram até o balcão para efetuarem o pagamento dos tecidos, não enfrentando fila, pois o movimento na loja naquele horário era bem calmo.

— E então, isso é tudo que precisam?

— Sim, muito obrigado por nos ajudar.

— Até mais!

— Até mais, cavalheiros! – O velhinho os acompanhou até a porta, num gesto de gentileza.


[...]

  
        O Byun e o Kim pegaram as sacolas pesadas, e desceram do carro apressados, quase esbarrando nas pessoas, que usavam umas roupas esquisitas por ali, estranhando o fato de terem muitos guardas reais próximos das janelas ali fora.

— Hyung, será que estamos muito atrasados? – O Kim tentou respirar enquanto tentava acompanhar os passos do amigo.

— Não, claro que não, estamos na hora certa. – Disse o Byun confiante.
         Eles já estavam esbaforidos cansados e com fome, quando entram no grande salão da BRIDAL, ateliê e loja de Minseok, assim que viram um grande tumulto de gente na porta do escritório do estilista. Quando Baekhyun teve uma ideia e puxou o braço do Kim, levando-o até um corredor com uma porta secreta, atras de uma estante que dava um acesso direto para a sala do estilista. Os dois, chegaram com muitas sacolas, quase escapando de suas mãos, indo até a sala principal. 
          — Hyung!!! Cadê você?? Nós compramos o que você pediu! Está tudo aqui! 
          — Byun Minseok! Seu grande imprestável, nem pra ajudar a gente a trazer todas essas sacolas do estacionamento pra cá você serve!!! 
            E os dois de repente se calaram, quando viram várias senhoras de rostos conhecidos ali, tomando o tradicional chá das cinco, olhando diretamente em suas direções. 
          — V-vossa majestade!!

 


Notas Finais


Não se esqueçam de deixar um comentário amorzinho e fazer a autora feliz!
Até domingo, bjos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...