História Da morte vem o poder. - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki
Tags Naruhina, Naruino, Narukonan, Narusaku, Naruto Uchiha, Poderoso
Visualizações 817
Palavras 1.619
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Há quanto tempo, não? Uns... 50 anos... Pouco tempo :v.
... kkj.. Mallz pela demora galeru ;-;
É que meu pc tá com um problema... E esse problema chama ''the legend of zelda: breath of the wild''... é um problema difícil de resolver e pá e sei que lá... :v

Espero que gostem!

Capítulo 8 - Fantasma do passado


Fanfic / Fanfiction Da morte vem o poder. - Capítulo 8 - Fantasma do passado

Enquanto isso.

O lugar era desconhecido – porém era nítido que aquilo era uma caverna. Dentro dessa caverna, que estava selada com milhares de selos fortíssimos, impedindo a entrada de qualquer um… A caverna por dentro era gigantesca, como também vazia. A não ser por um homem, sentando no que seria um trono de madeira… Vestia todo preto, impossibilitando de ver quem era… Atrás de si, uma enorme estátua de madeira, porém com uma flor rosa enorme no topo – como também um cabo branco, a qual ligava a planta ao homem.

??? - Falta muito pouco, para eu finalmente conseguir me reerguer dessa desgraça de imortalidade… Esse pouco se concretiza em você, Naruto. - sussurrava para si mesmo, sentindo imensas quantidades de chakra passarem pelo cabo preso em sua nuca, coisa que o mantinha vivo.

Voltando ao Naruto.

Sua vergonha alcançava níveis além dos compreensivos. Mas se perguntava: Se sua vergonha com os três ao seu redor já era imensa, imagina à da azulada?! Olhei de canto para Konan, vendo-a fritar em vermelho, tentando responder as perguntas que meu pai fazia.

Havíamos entrado há 10 minutos e as coisas já estavam para perder o controle. Mamãe fazia o jantar, enquanto eu, papai e Konan-chan conversávamos no sofá… Que na real nem parece uma conversa, de tão estranha que é… Ah, e Itachi. Ele até que tá bem de boas, jogando alguma coisa no… ‘’Konohastation 4’’ dele.

Minato – Ok, então me responda: se você estivesse com meu filho em um quarto escuro, frio e vocês dois estivessem pelados… O que vocês fariam? - perguntou ele, fazendo eu quase bater minha mão contra a cara. Acho que a Konan-chan ao meu lado desmaiou, de tão zoado que isso foi… Mas minha atenção é roubada para meu pai, que solta uma pequena risada.

Logo ele saiu da poltrona a qual estava, sentando-se entre eu e a azulada… Ele logo nós trás para mais perto, sussurrando em nossos ouvidos.

‘’Minato – Desculpem por tudo isso e o que provavelmente vai vir por diante… A Kusinha-chan está nós obrigando a fazer isso… E eu não queria contrariá-la, já que o resultado não ia ser nada bom. Mas mesmo assim, não a culpe, Konan-san. Ela sempre foi muito protetora com o Naruto e Itachi… E isso tem motivo. - sussurrou o mesmo, deixando a voz um pouco mais baixa no final, com algum tipo de sentimento… E era um sentimental pesado.’’

Naruto não entendeu de início o por que do tom sentimental que seu pai usou, quase imperceptível… Mas, sua memória começou a ser inundada de várias imagens, mais parecendo flashes… Teve de colocar a mão contra o cabelo, tentando amenizar a dor de alguma forma… Os flashes começaram a se tornar visões na cabeça do loiro, assim como uma voz começou a ecoar na mesma… Uma infantil e estridente, mostrando-se ser de uma criança.

‘’Naruto-nii-san… O Itachi-nii-san não quer me levar na floresta… Você pode me levar, por favor?’’

Junto dessa voz na sua cabeça, a imagem de uma criança apareceu em sua mente. Ela tinha aproximadamente 6 anos, vestindo camisa de manga e shorts pretos, assim como uma sandália preta… o símbolo Uchiha pairava na sua roupa. Cabelos pretos e curtos, assim como feição pidona e olhos brilhando.

Sentiu seus olhos começarem a arder, assim como a lacrimejarem… Essa menina… Ela o chamou de irmão. Mas os flashes não paravam.

‘’Dói!! Para com isso, dói muito!!… Naruto-nii… Me ajuda...’’

Nem percebeu quando o sharingan surgiu em seus olhos, assim como o começar de várias lágrimas a descer pelas bochechas do loiro… Nem percebia o que estava ao seu redor, apenas foi movido inconscientemente para o banheiro. Correu para lá, trancando a porta atrás de si e indo em direção à pia.

Quando se olhou no espelho, só pôde ver seus sharingans vermelhos e as lágrimas ainda descendo por seus olhos, assim como algum tipo de olhera pequena surgindo nos mesmos , mostrando que estavam ficando inchados. Sua visão embaçou, forçando-o a fechar os olhos.

A imagem que viu ao fechar os olhos foi horrível… Vários corpos mortos jogados contra os chão. Corpos adultos, vestindo uniformes de chunnins, assim como bandanas de outras vilas… Sangue impregnava o lugar, assim como um cheiro horrível de podre e queimado. Mas os olhos de Naruto só se focavam em sua frente, onde as mãos do mesmo tentavam estancar um ferimento enorme no abdômen daquela mesma garota… Não sabia o que estava acontecendo, só sabia que aquilo tinha um peso emocional enorme para si.

…! Logo, uma fenda cortou seu sharingan, mostrando que Kusanagi estava falando com si… Só percebera isso agora: quando Kusanagi se comunica com sigo, uma fenda aparece em um de seus olhos.

‘’Kusanagi – Mikoto… Filha de Minato Uchiha com Kushina Uchiha, fazendo referência à avó de Minato… Ela era sua irmã mais nova. Ela morreu… Foi quando você tinha 10 anos… - começou a falar na cabeça do loiro, fazendo uma longa memória aparecer em sua cabeça.’’

-3 anos atrás-

Um dia calmo para o loiro, o qual apenas fazia um aquecimento no jardim, apenas alongando os músculos e treinando um pouco do taijutsu… Porém seu treino é interrompido, ao ter sua visão contra uma das janelas de sua casa, especificamente do quarto de sua irmã.

(O flashback vai ter vários furos, pois não vou contar a história completa já de cara)

Sentado ao lado da irmã, acariciando sua cabeça, o mesmo ouve o pedido da pequena, que estava triste pois achava que Itachi não gostava dela, já que sempre que pedia para sair, ele negava.

Naruto – O Itachi-nii é assim mesmo: muito ocupado. Não o culpe… - falou o mesmo, logo mirando o olhar contra os olhos tristes de sua irmã… Não aguentava ver aqueles olhos pretos tão fofos chorarem. -… Eu e o Sasuke vamos ir pescar e treinar na margem do lago fora de Konoha… Você quer ir com a gente?

Perguntou a pequena, que quando ouviu o convite, sorriu em felicidade. Acenou rapidamente um sim, falando algo divertido com o irmão, ó agradecendo.

Naruto – Não, Mikoto-chan… Quando o peixe fisgar, você tem que puxar no mesmo ritmo dele, se puxar com tanta força, a linha vai se rasgar. - falava com a irmã, que estava com cara de triste e com a linha de sua vara de pesca cortada. Sasuke ao lado ria da situação… Mas o mesmo logo foi surpreendido, ao sentir a linha de sua vara sendo puxada.

Sasuke – Naruto, vai atrás dela… Eu cuido desses merdas! - falou o ex-Uchiha, suando e com um corte em sua camisa cinza. Os dois pulavam de árvore em árvore, segurando suas kunais… Naruto banhado em uma camada de chakra vermelho, destruindo os galhos os quais pisava, e Sasuke com um manto vermelho e um enorme pergaminho em suas costas, utilizando do modo sennin dos sapos.

Sasuke logo para em um dos galhos, ao receber o assentimento positivo de Naruto. Com dois sapos em seus ombros, o mesmo coloca a mão contra o chão, gritando algo…!! Uma densa fumaça se levantou.

Ninja – É um demônio… Esse garoto… É o demô--… - Não pôde terminar de falar, pois seu pescoço se dividiu em três partes de carne, logo fazendo o sangue espirrar e se espalhar por aí. Naruto havia o rasgado com suas enormes garras... Naquela cúpula de pedra enorme, o túmulo de dezenas de ninjas eram cavados… Assim como o de uma pequena Uchiha, a qual gemia e chorava de dor, já que uma imensa espada atravessava seu corpo.

Um alto grito logo foi feito pelo Naruto, agora consumido por uma camada viscosa de ódio avermelhado e preto, assim como quatro caudas atrás de si… O mesmo segurava o corpo morto de sua irmãzinha, gritando para os céus, fazendo aquela cúpula começar a desabar sobre o si.

Sasuke – Naruto… - comentou o ex-Uchica, vendo de longe aquela raposa vermelha começando a se formar… Sentia com seu modo sennin o puro ódio em carne e osso, o qual formava a imensa raposa… Lembrou-se do que o pai de Naruto havia dito… Mas ele não estava aqui agora, e tinha de ser rápido… Ou seu amigo estaria morto.

… Sobre a chuva que caía em sua cabeça, Sasuke ofegava… A chuva estava começando a ficar forte, assim como sentia várias presenças se aproximando. Fukasaku e Shima logo desapareceram de seus ombros, fazendo o mesmo perder toda a restante de sua força nos braços, caindo ao lado do corpo do loiro… A boca de Naruto estava ensanguentada, assim como sua roupa toda fragmentada…!! Mas o selo que estava em sua barriga, o qual guardava Kyuubi, agora estava dividido na metade… A qual aparecia na barriga de Sasuke, pela camisa destroçada.

Fim do flashback

Naruto suava frio. Seus olhos marejados e inchados, assim como linhas de resíduos que marcavam sua face, demonstrando o caminho o qual as lágrimas pegaram. Sua cabeça latejava com o tanto de informações que haviam entrado ao mesmo tempo em si… Seus sharingans logo desapareceram, juntamente da comunicação com Kusanagi.

O peso da culpa logo foi aparecendo contra seus ombros… Sua irmã havia morrido por sua causa, assim como o sacrifício de Sasuke, o qual teve de por sua vida em jogo para salvá-lo… Duas vezes consecutivas. O silêncio predominava, apenas colocando em pauta suas lágrimas.

…!! Mas o silêncio foi embora, ao barulho da porta se abrindo ser feito… Naruto se assustou com a porta abrindo, já que havia a fechado… Quando ela abriu toda, sua visão caiu sobre a de cabelos azuis, a qual desfazia um tipo de clipe de papel.

Konan -… Eu queria conversar um pouco com você. - falou a mesma, fechando a porta atrás de si.

Continua.


 


Notas Finais


Até algum outro dia... Ou até amanhã, quando eu postar outra fic


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...