História Daddy - Shawn Mendes - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Cameron Dallas, Chloë Grace Moretz, Dakota Johnson, Desventuras em Série, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Shawn Mendes, Violet Baudelaire
Visualizações 913
Palavras 1.656
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


É com muita dor no coração que escrevo mais esse capítulo especial niver do Mozão neh mores,nosso bolinho forever! Happy birthday Shawn!!! Espero que gostem 👏👏👏🌚🌚⭐⭐✍♥

Capítulo 28 - Feeling all the pain


Fanfic / Fanfiction Daddy - Shawn Mendes - Capítulo 28 - Feeling all the pain


          Algo deve ter dado errado 

no meu cérebro

Tenho suas substâncias químicas

 em minhas veias

Sentindo todos os altos, 

sentindo toda a dor

Deixe ir na roda, é a pista de bala

Agora estou vendo vermelho,

 não pensando direito

Desfocando todas as linhas,

 você me intoxica

Eu nunca serei o mesmo

Camila Cabello - Never Be the Same

Pov Shawn: 

Meu peito se apertou. Um nó se formou em minha garganta, rapidamente fechei os punhos com a raiva e a dor. Ver ela abraçada a ele foi como se uma ferida se tivesse Alberto em meu coração,onde ela revirou e conseguiu fazer com que isso voltasse. A dor voltasse. 

—Katherine? Eu a chamo sem acreditar no que vejo. 

A menina rapidamente se afasta com a expressão assustada. Eu podia ver seu rosto coberto pelas lágrimas,sua roupa molhada,cabelos úmidos. Mas o que me mas me doeu foi ver ele junto a ela. O desgraçado. 

— Shawn! 

— O que está acontecendo aqui? O que esse desgraçado tá fazendo aqui na minha casa?! Gritei apontando pra ele. 

— Shawn,deixa eu explicar... Katherine tenta falar mas foi interrompida por ele. 

— Eu vim cuidar,do que você não cuida Mendes! Foi isso que eu vim fazer,e pode ter certeza de que se não fosse por mim, Katherine não estaria mais aqui. 

Os dois estavam molhados. Na minha cabeça veio um monte de hipóteses loucas,e eu não queria acreditar de jeito nenhum que aconteceu algo entre eles. Katherine com o rosto úmido pelas lágrimas,e ele perto dela. 

— Como você ousa vir na minha casa,chegar perto do que é meu e ainda por cima me insultar seu merdinha?! Em?! Tá querendo repetir a dose Standew? —eu ri cínico ao lembrar da surra que lhe dei— — Pois pode ter certeza de que dessa vez eu não vou pegar leve. 

Comecei a me aproximar dele com um olhar ameaçador. Frente a frente com ele, Katherine entra na frente me olhando atentamente,me impedindo de me aproximar colocando suas mãos em meu peito. 

— Não, Shawn, não,por favor. Alex me salvou,ele me ajudou, não pode machucar ele. Ela disse calmamente com o olhar sobre mim. 

Eu não sei se acreditava nela,ou quebrava a cara dele, até porque eles eles estavam juntos,e se tem uma coisa que eu não sou é corno,e trouxa,mesmo nós não termos nada especificamente,mas ela vai ter que me escolher. E me explicar isso bem direitinho porque ou ela tem ele ou a mim. 

— Eu quero que vá agora para o carro,entendeu? Agora! 

É claro que estava aliviado por ela estar bem,eu jamais iria querer perder Katherine,nunca. Mas como eu podia confiar em suas palavras? Eu poderia estar tomando uma decisão precipitada mas não conseguia olhar para eles e não pensar em traição, não de relacionamento mas sim de confiança. 

— Você não vai levar ela embora! Alex levanta um olhar ameaçador para mim. 

— O que eu faço ou não, não é da sua conta,cala a sua boca. Levantei o dedo apontando na sua cara. 

— Que,que foi Mendes? Tá se sentindo rejeitado por Katherine querer a mim também? Não se sente tão poderoso agora é isso? 

Quando ia avançar pra cima dele, Katherine me impede. 

— Shawn, não! Você não vai machucar ele,e nem você Alex. Ela passou um rápido olhar em mim e depois para ele.

— Alex,por favor...vai embora, é melhor você ir.

Katherine POV:

Meu coração se apertou ao ver Shawn. Eu estava  feliz por ele estar alí,mas ao pensar nisso eu podia ver a decepção em seu olhar o que me deixou mais pra baixo ainda.

— Não! Katherine,eu não vou te deixar aqui com ele! Alex apontou para o Shawn que deu uma risada debochada.

— Você não ouviu? Vai.embora. Ou eu mesmo te coloco pra fora da minha casa. Não vai querer arrumar encrenca de novo comigo.

Vi Shawn fechar a mão em punho, enquanto eles se encaravam enfurecidos,o que me fez tomar o controle das coisas. Eu só não sabia o que fazer,eu nunca quis causar problema pra ninguém,era tudo que eu menos queria. Meu coração já não aguentava tudo aquilo o que fez meu olhos começarem a derramar lágrimas.

— Parem,por favor,pare. — Eu implorei colocando as mãos no peito de Shawn o afastando de Alex.

— Alex, você tem que ir. Agora! Por favor.

— Eu sei o que vocês não tem uma relação de pai e filha Mendes,eu vou provar isso,parece que você não sabe guardar segredos muito bem não é? E pode ter certeza de que quando eu descobrir,eu vou acabar com a sua vida!! Eu vou ter o que eu quero,e não é você que vai me impedir isso.

— Só tenta chegar perto de mim e de Katherine pra ver o que acontece com você traficante de merda!

Shawn começou a gritar descontrolado,apontando o dedo na direção do Alex,seu peito subia e descia pela respiração acelerada, enquanto eu tentava parar ele,eu só queria que tudo se acalmasse.

— Shawn. Pare,por favor!!

— Uma única ligação minha é você tá ferrado,eu acabo com você Standew,eu coloco você atrás das grades e a única coisa que vai ter pra você é o inferno seu desgraçado,onde vai passar o resto de sua miserável vida! Então não ouse chegar perto de Katherine de novo,eu acabo com você! 

— Vamos ver então. Alex deu sua palavra final então saiu de lá,nos deixando sozinhos.

Eu nunca quis que isso acontecesse,eu sei o quanto eu posso estar errada mas não me engano sobre meus sentimentos sobre Shawn,eu amo ele,Eu nao sei o que seria de mim se não fosse por ele,mas tudo que eu menos queria agora era ver ele daquele jeito,eu só queria saber o que se passa tanto em sua cabeça,e eu queria realmente explicar tudo que aconteceu.

Vi Shawn colocar uma mão na cintura e outra em seu rosto respirando fundo.

Me aproximei devagar dele, então toquei seu braço de leve mas ele se afastou bruscamente de mim me encarando,olhando profundamente em meus olhos molhados pelas lágrimas.

— Shawn...

— Então é isso? — Ele aperta os lábios como se não quisesse acreditar— — Eu te acolho,eu te protejo,eu me abro pra você,coloco minha carreira e a confiança de minha família em risco e é isso que faz comigo?! Traindo minha confiança,se atracando com aquele desgraçado?! Ele grita alterado,me fazendo encolher enquanto abaixo a cabeça.

— Não,eu não quis nada disso Shawn,eu sinto muito,eu não quis te deixar assim mas aconteceu que...

— Aconteceu que o que Katherine? Na primeira oportunidade que eu deixo você sozinha, você me apunhala pelas costas,como se preferisse ele do que a mim? Eu só queria entender como você pode ser tão ingrata a esse ponto.

Eu me sinto humilhada,era isso que sentia nesse momento,pessima,eu nunca ouvi ele falar desse jeito,me deixava frágil,como se eu fosse desmoronar a qualquer momento,como as muralhas de Jericó a qualquer momento. Mas eu não iria interferir, até por que ele estava com a razão,e qualquer atitude que ele queira tomar,eu vou concordar,eu Não vou querer ser mais um peso em sua vida.

— Não Shawn... não. Eu não sou ingrata. Pelo contrário eu sou muito grata por tudo que fez por mim,eu não sei o que seria de mim se não fosse por você,eu não queria que isso tivesse acontecido eu juro,eu sei dos meus sentimentos,eu não sinto nada por Alex,mas me deixe explicar melhor oque...

— Explicar o que Katherine? O que você fez não tem explicação,eu realmente achei que você seria diferente das outras,mas eu vejo que estava enganado esse tempo todo, você é como todas as outras, vocês ferem os sentimentos nos homens sem ao menos se importar com o que eles sentem ou não!!!

— Isso amo é verdade Shawn. Eu nunca faria isso com você...

Era impossível dizer tudo que sentia naquele momento,eu queria me jogar em seus braços e implorar por seu perdão,mas o que eu fiz foi errado eu admito isso,mas eu nunca senti algo tão forte como eu sinto por Shawn.

— Como eu pude ser tão tolo? — Ele ri nervoso e começa a andar de um lado para o outro.

— Como eu pude ser tão tolo de me apaixonar por você?

Foram como tiros em meu peito. Minhas Paredes se desmoronaram,meu mundo desabou,meus olhos se encheram de lágrimas. Ele estava apaixonado por mim? Como? Eu não sou nada,eu não sou ninguém,apenas uma órfã qualquer. Eu queria tanto lhe abraçar agora,me jogar em seus fortes braços me derramar em lágrimas como eu nunca quis isso,eu não sabia se chorava ou se eu sorria. Eu só queria dizer " eu não sei muito bem o que é o amor,mas sim Shawn eu te amo, desesperadamente eu te amo como nunca amei ninguém Antes"

Eu corri. Corri para os seus braços,lhe abraçando. Abraçando ele o mais forte que eu podia fechando meus braços em sua cintura encostando minha cabeça em seu peito.

— Você... está apaixonado por mim?  Eu sussurro com a voz baixa sem acreditar.

Seu silencio me matava,ele não retribuiu o abraço que lhe dei o que me deixou entristecida.

— Do que adianta agora o que sinto? Do que adianta me abrir agora,e dizer tudo que eu sinto,quando apenas sinto agora é tristeza e desapontamento? Não serve de nada minhas palavras agora Katherine. Você me desapontou,e não sei mais o que sentir nesse momento.

— Não Shawn. Por favor não faz isso comigo eu te amo,eu posso não saber muito a respeito do amor,mas eu sei o que sinto por você,por favor me perdoe.

Apertei mais seu corpo junto ao meu não querendo lhe soltar,mas foi assim que ele fez.

Ele pousou suas mãos e meus braços me afastando de si,tirando meus braços de sua cintura e pegou em minhas mãos me olhando sem piedade. Seu olhar estava travado em minhas mãos enquanto os meus em sua face.

— Eu quero que você arrume suas coisas, faça uma mala. E... Me espere no carro, agora mesmo.




Continua...


Notas Finais


Ah meus amores!!! Eu disse que seria com muita dor no coração,espero que tenham gostado e COMENTEM se querem continuação🌚⭐✍♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...