História Daddy? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Monsta X, Red Velvet
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Joy, Sehun, Seulgi, Won Ho, Xiumin, Yeri
Visualizações 268
Palavras 596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oin ~♡

Capítulo 1 - Eu vou te punir, agora.


Fanfic / Fanfiction Daddy? - Capítulo 1 - Eu vou te punir, agora.

– Daddy? O que você vai fazer comigo? – a luz da janela do quarto refletia nos olhos da pequena que me encarava com ternura enquanto eu retirava minha camisa e a jogava em cima do banco que havia naquele quarto branco.

– Eu vou te punir, você me desobedeceu. E escuta, se gemer, a punição será ainda maior, entendeu? – disse firme e ela assentiu fazendo uma carinha de cachorrinha abandonada – Como tem que dizer, hm?

– Eu entendi, Wonho...

– Como é?

– A-Ah.. Desculpe... E-Eu entendi, daddy...

– Assim que eu gosto, boa garota. Agora, deita na cama. 

Eu a encarei enquanto se deitava na cama, ela vestia uma camisola bem transparente, e não usava nada por baixo, seu cabelo estava bagunçado formado apenas por um coque mal feito, suas expressões faciais se misturavam entre sexy e fofa, sua voz manhosa me chamando me deixava louco.

– Daddy... Vem...

Caminho devagar até a cama ficando entre as pernas da garota, retirei vagarosamente sua fina camisola e a joguei no chão, logo passei minhas mãos por seus seios apertando-os apenas para provocá-la, eu sabia que ela adorava isso, dava para ver. 

– H-Hm... – soltou uma risadinha e segurou meus braços arranhando-os – D-Daddy... V-Você está me d-deixando... A-Ah... – colocou rapidamente suas mãos em sua boca para tentar não gemer, eu havia descido minha destra por seu corpo até a mesma parar em sua intimidade, comecei a massagear a mesma vagarosamente percebendo sua pele branca se arrepiar, sorri ladino acelerando os movimentos.

– Lembre-se.. Você não pode gemer.

– T-Tudo bem, daddy... 

Suas pernas se contorciam e seus lábios já estavam vermelhos por mordê-los. As pequenas mãos da garota tampavam sua boca na tentativa de não soltar nenhum gemido, mas isso foi em vão. Sorri ladino parando com os movimentos, levei minha mão à sua nuca, aproximando meu rosto de seu pescoço deixando um chupão no local.

– Você pediu... – sussurro em seu ouvido, percebendo que a menor estava engolindo em seco – Fica de quatro pra mim, hm? – sorrio ao ver a mesma me obedecer. 

Me despi e logo segurei sua nuca, penetrando meu membro em sua entrada ouvindo o longo gemido que ela havia deixado escapar. Comecei a dar estocadas fortes e rápidas, soltando alguns gemidos baixos. Quando já estava próximo de meu ápice, me separei da garota a deitando naquela cama, me aproximei de sua intimidade levando meus lábios até a mesma, chupando-a de forma necessitada. Os gemidos da pequena iam ficando cada vez mais altos, e isso me deixava muito excitado. Não demorou muito para que eu sentisse seu líquido em minha boca, sorri de lado aproximando meus lábios de seu ouvido.

– Você é tão... Gostosa..

Percebi as bochechas dela ficarem meio rosadas, a puxei para meu colo deixando vários beijos por seu pescoço e clavícula.

– Agora.. Rebola pro daddy, hm?

A mesma assentiu e eu coloquei vagarosamente meu membro em sua entrada, soltando gemidos baixos por ela já estar rebolando em cima de mim de forma rápida. Inclinei minha cabeça para trás soltando gemidos altos mordendo meu lábio inferior, me sentindo cada vez mais excitado. 

– Ahn.. I-Isso.. Isso baby... Ahh.....

Senti seus lábios quentes em meu pescoço, beijando e mordendo o mesmo. Segurei sua cintura aumentando a intensidade dos seus movimentos, meus gemidos eram muito altos, nossos corpos já estavam ficando suados, eu sentia cada vez mais meu ápice próximo.

– Ah baby.. Você me deixa louco...

Gozei dentro da garota, soltando um último gemido acariciando os cabelos dela. Logo ela saiu de cima de mim se deitando ao meu lado, me virei para ela e lhe dei um selinho.

– E-Eu te amo, daddy... – dei um sorrisinho e fechei meus olhos.


Notas Finais


Inhai, eu espero que vocês tenham gostado ~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...