1. Spirit Fanfics >
  2. DADDY 2 I Versão Final >
  3. Cap. I 03

História DADDY 2 I Versão Final - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Estou na droga da quarentena💜 kkskssk



Revisado 21.03.2020💜 Boa leitura minhas crianças 💜

Capítulo 4 - Cap. I 03


Fanfic / Fanfiction DADDY 2 I Versão Final - Capítulo 4 - Cap. I 03

Uma enorme raiva havia me consumido ao ver Letícia parada na minha frente, por sorte estava me controlando ao máximo 'vontade de meter a mão na cara dela era o que não faltava'. Não dei bola para a idiota e fui embora ver o meu diretor.

Passei o caminho todo pensando no que iria fazer de agora em diante, viver com a minha mãe está fora de questão! Não quero morar numa casa aonde os desgraçados que tentaram me matar, vive.. Ainda não entendo, porque a minha vida deu uma animada assim tão de repente? 

Entrei no colégio já procurando pelo meu daddy, estava a ponto de entrar na diretoria quando um professor surge atrás de mim.

— Ai não é lugar de aluno entrar! Posso saber o que você quer aí? — disse o tal professor que não ia com a minha cara. 'outro que quero meter a mão'

Eu preciso saber o porquê esse cara não gosta de mim? Que eu me lembre eu não fiz nada pra ele, a não ser brigar na aula dele.

— Ficou mudo? — debochou o tal

— Eu estava procurando pelo diretor — respondo olhando pro chão

— Olha Jeff, você sabe que pode contar comigo né? — disse o tal pondo a mão no meu ombro — O diretor Rodríguez, está fazendo algo obsceno com você? — perguntou o professor me analisando

Achei muito estranho o comportamento dele e acabei me distanciando lentamente.

— Não professor, eu apenas o procuro para saber mais sobre a minha carga horária — respondo tentando disfarçar a minha inquietação

— Hum... — respondeu o tal desconfiado — Qualquer coisa você sabe aonde me encontrar — concluiu o professor me analisando 'ele desconfiou de algo?'

Aonde o Jeff vai te encontrar? — perguntou Rodríguez surgindo atrás do professor

— Lugar nenhum senhor diretor, eu apenas estava conversando algo com ele, enfim, já vou indo tenho muitas coisas pra fazer — disse o tal indo embora.

— O que aquele cara estava falando com você? — perguntou Rodríguez curioso

— Ah, não foi nada... Enfim, mudando de assunto.. A minha mãe, a verdadeira, É muito fofa! Ainda não acredito que ela me procurou por todo esse tempo — 

— E ela não foi a única — sussurrou Rodríguez passando a mão no meu cabelo — Vêm, vamos lá pra minha sala — disse o tal pegando nas minhas mãos.

Pôr medo acabei puxando a minha mão para que ninguém visse, de repente, Rodríguez pega na minha mão outra vez, só que desta vez ele apertou um pouco mais forte para quê eu não conseguisse soltar

— Não precisa ter medo, minha criança! — indagou Rodríguez caminhando ao meu lado

Imediatamente o meu corpo começou a se arrepiar por conta daquelas palavras. 'Todas as vezes que o Rodríguez me trata desta maneira, eu me sinto como uma criança boba.'

.....


Mal entrei na diretoria, quando sinto Rodríguez me puxar e me pressionar contra a parede, fazendo com que eu ficasse totalmente preso.. Estávamos entre beijos e chupadas no pescoço quando alguém bate na porta.. Imediatamente saí de perto do meu daddy, todo sem fôlego Rodríguez abriu a porta.

O que foi? Você não está vendo que estou ocupado? — disse Rodríguez com raiva

— Ou, desculpa senhor diretor.. Mais está acontecendo uma briga na sala de química, e a professora está precisando da sua ajuda. — indagou um aluno eufórico

— Droga! — sussurrou o tal — Já estou indo, Jeff vou ali resolver um negócio e daqui a pouco estou de volta.. Não fuja, porque eu ainda não terminei — disse o tal fechando a porta sem ao menos olhar pra mim

Puta merda, agora eu vou transar no colégio? 

.........

Não demorou muito e logo Rodríguez aparece com duas garotas na diretoria, olhei pra elas e logo virei o olhar pro chão

— Podem se sentar! — ordenou Rodríguez apontando para as cadeiras de frente a mesa dele

— Com prazer gatinho — debochou uma delas

'gatinho?' penso enquanto encarava a tal garota que havia falado aquilo

— Querem me falar porque vocês duas estavam brigando em plena aula? — perguntou Rodríguez todo sério 'esse jeitinho dele me deixa ainda mais apaixonado'

— Porque eu estava querendo pegar no seu .... — antes da tal garota concluir o que ía falar Rodríguez a interrompe 

— Jeff, você poderia me esperar lá fora? — pediu Rodríguez forçando um sorriso

— É Jeffinho, é melhor você esperar lá fora — debochou justamente a tal garota que eu não fui com a cara. 'A outra até que era caladinha, mais essa.. é uma puta'

Puta... — murmuro enquanto saía da diretoria

— Repete se tu tiver coragem? — disse a tal se virando pra mim.


- Contínua -




Notas Finais


Só postei .. Pq não tinha o que fazer ksksksk bjus minhas crianças 😹💜

Revisado.: 21.03.2020💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...