1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy Bang Chan - OneShot >
  3. Capítulo Único

História Daddy Bang Chan - OneShot - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii,
Minha primeira história aqui no Spirit, espero que vocês gostem...
Agora vamo pro Capítulo~~

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Daddy Bang Chan - OneShot - Capítulo 1 - Capítulo Único

Ele tinha acabado de chegar de sua turnê de 2 meses, você já estava com saudade do seu daddy e para provocá-lo mandou fotos dos seus novos brinquedinhos, o que não demorou muito para fazê-lo te responder.

Msg On.                                                               Bc(Bang Chan): Oh Babygirl você não deveria ter feito isso.                                                                                      Vc: E o que vai fazer quanto a isso?                                Bc: Acho bom estar preparada para não andar amanhã.                                                                              Msg Off.

Alguns momentos depois a Campainha do seu pequeno apartamento toca e você corre atender a porta. Chan adentra seu apartamento violentamente fechando rapidamente a porta atrás de si. Bc- Você foi muito malvada com o seu daddy, fez ele sentir muita dor...- Ele disse esfregando a sua ereção contra a sua cintura.- Você sabe exatamente o que meninas más como você merece, hum?- Ele te pergunta mordendo seu pescoço e deixando leves e breves selares após cada mordida. Vc- Não sei o que meninas más como eu merecem daddy, o que eu mereço?- Você perguntou com a maior cara de inocente que conseguiu fazer naquele momento. Bc- Hoje sem preliminares Baby.- Ele diz isso e logo tomado seus lábios em um beijo violento e foguento, como sempre era nesses momentos, as mãos dele percorriam seu corpo inteiro, te fazendo arquear as costas em busca de mais contato, ele te levanta fazendo com que suas pernas se entrelassasem a cintura do mais alto, com isso suas intimidades se chocaram, fazendo ambos soltarem gemidos sófregos, ( A: Não sei se assim que se escreve, mas relevem) tateando o caminho até seu quarto entre beijos e gemidos, ele logo chega no quarto e te deita na cama, indo tirar as roupas, que não seriam necessárias no momento, você se senta na cama indo ajudar o mais velho. Bc- Não, não. Hoje você não vai me tocar Baby.- 

Ele sori malicioso pegando as algemas que estavam ao lado da cama, você as tinha deixado lá, fora da cama Chan poderia ser bem gentil mas entre quatro paredes ele amava te dominar era um dos fetiches do seu querido daddy, não que você não gostasse, você amava ser dominada por ele, não demorou para que ele te prendesse, rapidamente ele tirou sua langerie já que era a única peça de roupa que você usavausava para receber ele. Bc- Fica de quatro!- Você rapidamente o obedeceu apesar da dificuldade devido a estar presa.

Já naquela posição Chan enfiou um dedo em sua íntima o que a fez delirar, você ouviu um riso anasalado do maior que rapidamente retirou seu dedo daquele lugar fazendo você gemer manhosa pedindo por mais. Bc- Mesmo sem preliminares você já está molhada assim Baby? Tão doce- Falado isso Chan passou lentamente a ponta do seu membro na sua entrada para entãosem nem avisar colocar o mais rápido e forte possível, respondendo a sua provocação mais cedo ele faz questão de ir bem devagar, fazendo você implorar por ele, não demora até ele achar aquele seu pontinho. Bc- Essa é a sua punição por ter sido uma Bad Baby.- Ele diz ainda acertando o seu pontinho variando fortes estocadas lentas e rápidas, ele te fazia ver estrelas, você sente suas pernas tremerem e, ele vendo isso te permite finalmente gozar dando fortes estocadas contra seu pontinho.

Bc- Agora é minha vez baby- Ele vai até o closet e volta com um vibrador em mãos, que, sem demora, é inserido em você. Você levanta fazendo menção em ir tocá-ló, e ele apenas nega sorrindo sacana, como você adorava aquele sorriso molha calcinha, e logo você sente o vibrador ser ligado fazendo você voltar a deitar na cama, gemendo como uma cadela no cio, ele se senta ao seu lado e começa a se tocar te observando e gemendo seu nome logo ele se disfaz e faz um sinal para que você chupe toda a porra dele.

Ele desliga o vibrador e te puxa para um abraço deitando e não demorando a pegar no sono

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Bom foi isso, espero que vocês tenham gostado e desculpem qualquer erro de ortografia...
Não, eu não posso devolver a inocência de vocês e nem pagar a terapia.
Kkskskksks
Bjs até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...