1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy Issues >
  3. Fim De Amizade

História Daddy Issues - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Fim De Amizade


Eu e meu novo amigo (novo tipo, 2 meses) combinamos de passar a tarde jogando no PC dele, já que eu não tinha um, então vou pra casa dele assim que almoço, chegando lá, cumprimento a mãe dele e entro no quarto do mesmo

Fábio: nossa, já ia te ligar, demorou ein

Eu: é eu sei, tava ocupado em casa, daí atrasei

Fábio: senta aí

Começamos a jogar jogos em dupla no click jogos, depois de meia hora, a mãe dele bate na porta

Yonara: Fá, vou ter que sair, qualquer coisa liga

Fábio: tá.

Assim que ouço o barulho do portão fechando, ele fecha a aba do click jogos e cria uma nova

Fábio: aí, tá afim de assistir uns filmes comigo?

Eu: tá, quais?

Fábio: já ouviu falar em anime? Tipo isso mas porno

Eu: hentai? Cê assiste isso?

Fábio: é legal hehe, melhor que Naruto

Eu: cê se...

Fábio: o que tem de mais?

Eu: você faz isso pra um desenho mano

Fábio: tá, cê quer que eu faça pra o quê? Pra você?

Eu: até isso seria mais normal

Fábio: cê é?

Eu: não tapado, mas bater pra desenho é doentio

Fábio: tá, fica aí se quiser, se não vai pra sala ou sei lá

Eu não tava afim de ficar sozinho na sala, e eu também tava curioso pra ver o que tinha debaixo das calças dele, talvez eu goste um pouco demais dele... Ele põe num site porno com tanto anúncio que mais parecia um Xxx Shop, e põe um vídeo qualquer, abaixa as calças e fica só de cueca, eu fico só observando, sem reação, enquanto ele tira o pênis duro da mesma, tento focar no Pc, mas eu insistia em olhar pra baixo

Fábio: que foi? Quer tocar?

Ele pega minha mão e põe no pênis dele, fico em choque

Eu: mano, isso tá... sei lá...

Fábio: vem...

Ele me puxa pra cima dele, me sento no colo do mesmo, que começa a me beijar, e descer a mão pelo meu corpo, me arrepio todo enquanto sinto as mãos frias dele me tocarem

Fábio: quer ir pra cama?

Faço que sim com a cabeça, a cama era uma beliche estreita, então eu e ele ficamos bem grudados, ele ficou chupando meu pescoço, e desceu pelo meu tórax com sua língua, lambendo sem dó meu abdômen e abaixando meu short, depois minha cueca, que já estava molhada, Fábio sobe sobre mim e me beija, é quando ouço o barulho do portão

Fábio: caralho, pera...

Ele se levanta com pressa e coloca as roupas, faço o mesmo, me sento no puff ao lado da cadeira de pc dele, onde ele está sentado, ele fecha as abas e abre o click jogos, é quando alguém bate na porta e entra

?: Fábi... Ah..

Olho para a porta, ele tinha cabelos escuros, olhos também escuros e penetrantes, um corpo sarado e escultural

?: Só vim saber se você tá bem

Fábio: tô. Ah, pai, esse é meu amigo, Owen

Ele sorri para mim, se aproximando e apertando minha mão

Adam: meu nome é Adam... -ele me encara por um tempo mas logo disfarça, fico sem jeito- então... Qualquer coisa tô na sala

Ele sorri e sai, Fábio se levanta e tranca a porta

Fábio: olha, aquilo que eu queria fazer não dá mais, mas a gente ainda pode praticar um oral legal

Eu: pera, com seu pai na sala?

Ele se aproxima e me beija, tirando novamente meus shorts e minha cueca, chupando com vontade meu pênis, coloco a cabeça dele contra meu membro com as mãos, em alguns instantes gozo, contenho meus gemidos, ele se levanta e me beija, ainda tinha leite na boca dele, mas isso só me dava mais tesão, Fábio para e abre o zíper, abaixa a calça e cueca e me põe pra chupar o pênis dele, chupo a cabeça primeiro e vou descendo até a base, percorro todo o órgão ereto dele com minha língua, ele geme baixo e sinto o líquido quente na minha boca, subo e o beijo, da mesma forma que ele fez, ainda com leite na boca, depois subimos nossas roupas, ele fecha o zíper dele e voltamos a jogar no click jogos como se nada tivesse acontecido...







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...