História Daddy pevert-xiumin e suga-(incesto) - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, 4Minute, Bangtan Boys (BTS), EXO, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Baekhyun, Cl, Jisung, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lay, Lu Han, Lucas, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Suho, Taeyong, Ten, Xiumin, Yuta
Tags Bts, Exo, Suga, Xiumin
Visualizações 407
Palavras 1.964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi bebês...

Capítulo 14 - Nova rotina


Fanfic / Fanfiction Daddy pevert-xiumin e suga-(incesto) - Capítulo 14 - Nova rotina

  Capítulo atual



Sn: ( Abri meus olhos de vagar sentindo eles inchados e doloridos, porquê eu passei a noite toda chorando. Mas ao Contrário do sofá aonde eu tinha acabado por dormi, eu estava em uma cama confortável, o Yoongi deve ter me trazido para cá depois que eu dormi. Olhei de um lado para o outro e eu estava sozinha, então levantei da cama e abri uma porta, que eu suponho ser o banheiro, e como eu havia previsto era o mesmo. Adentrei o local e me olhei no espelho que alí havia, e a imagem que eu tive foi de uma sn acabada, rosto inchado, maquiagem de ontem toda borrada e o cabelo só Jesus na causa, sem falar do bafo por ter dormido sem escovar os dentes. O Minseok realmente não tinha me destruído só por dentro, olha o meu estado por conta daquele idiota).



Sn: (Olhei em um recipiente  onde havia escovas de dente, e o Yoongi tinha colocado uma escova e uma pasta de dentes, fechados para mim. Abri a pasta e a escova e escovei meus dentes, lavei meu rosto tirando qualquer resquício de maquiagem e logo em seguida fiz um coque de qualquer jeito no cabelo e saí do banheiro. Sai do quarto e fui pra sala e lá não tinha ninguém, então segui para a cozinha e lá tinha uma mesa pronta pro café da manhã e também tinha um bilhete em cima dela, peguei o mesmo e vi que era do suga, nele estava escrito que ele tinha saído pra ir trabalhar e que só chegava a noite, tambem estava escrito que ele tinha passado pra me matricular em uma escola e que entregariam meu uniforme hoje). Então quer dizer que eu vou começar a estudar? 



Sn: ( Já estava na hora né, já estou aqui na Coréia a uma semana e até agora não tinha começado a estudar. E pensar que eu passei por tudo que passei em apenas uma semana de Coréia, espero que agora minha vida seja um pouco normal. Deixei o bilhete aonde estava e me sentei na mesa para tomar café da manhã. Eu tenho que ir a casa do Minseok para pegar minhas roupas, já que não tinha nenhuma roupa minha aqui. Depois que acabei de comer, voltei para o quarto e abri o guarda roupas do suga e peguei uma calça moleton dele e uma blusa de manga. Tomei um banho e vesti as roupas que eu tinha pegado emprestado. Calcei meus sapatos e saí do apartamento para ir pegar as minhas coisas na casa do Minseok, eu fui andando mesmo já que o suga tinha me dito que a casa do xiumin ficava perto da onde ele morava, ele realmente não estava mentindo, uns quatro quarteirões depois da minha caminhada, eu pude ver a casa do Minseok. Cheguei até o portão, mas fiquei um pouco receosa de tocar o interfone, mas logo fui surpreendida pela Lay atrás de mim).



Lay: Sn o que você está fazendo aqui do lado de fora? Seu pai sabe que você dormiu fora de casa?



Sn: Sim Lay, o Minseok sabe que eu não dormi na casa dele, até porque a culpa é dele. Eu só vim pegar as minhas coisas aqui. 



Lay: como assim pegar as suas coisas, você não vai mais morar aqui? 



Sn: é difícil explicar Lay....



Lay: tem alguma coisa haver com o garoto e a mulher que vieram pra casa com seu pai ontem?


Sn: (então quer dizer que ele já trouxe a tal famíliazinha dele pra cá? E pensar que ontem de manhã ele estava prometendo ficar comigo, eu sou realmente idiota). Não Lay, a minha saída daqui não tem nada haver com essas pessoas. (Não queria mentir pra ele, mas eu não poderia contar a verdade).



Lay: Tudo bem então.... mas você vai ficar com quem? (Ele perguntou enquanto abria o portão para entarmos).



Sn: Com o Yoongi. (Eu respondi enquanto atrevessava o portão). Bom... então Lay eu tenho que ir lá, qualquer dia desses a gente se fala. (Eu falei enquanto caminhava rumo a porta da casa e recebi um aceno do Lay enquanto me destanciava. Chegando a porta da casa eu toquei a campainha e depois de uns minutos alguém abriu a porta, e esse alguém era um menino loirinho e nem auto nem baixo, ele aparentava ter a minha idade, então esse deve ser o filho do Minseok). Não deixei ele falar nada e entrei na casa.


???: ei garota você não pode entrar na casa dos outros sem permissão...


He: Filho quem era que esta.... (ela não completou a frase pois me viu na sala). Oi querida seu pai já foi trabalhar, você desapareceu ontem, então não deu tempo de te apresentar ao seu irmão.


Sn: (apesar de eu sentir um pouco de raiva dela por ter sido uns dos motivos da separação dos meus pais, eu não ia a tratar mal por isso). Oi Helena, eu só vim aqui pegar algumas coisas minhas, eu vou morar com o meu tio Yoongi. (Ao falar aquilo eu juro que vi um pequeno sorriso no rosto dela, mas talvez tenha sido fruto da minha imaginação).



He: ata... então eu acho que fiz bem em colocar as suas coisas em uma mala, sabe eu e o Jisung (nt: é o jisung do nct dream) vamos ficar aqui já que eu e seu pai nos acertamos, depois de tanto tempo separados por causa da sua mãe. (Eu pude perceber um pouco de deboche na sua fala). Já que você vai embora o Jisung vai ficar com o seu quarto, não tem problema né?



Sn: Que bom que depois de ser a amante o meu pai resolveu te assumir, né? Fico feliz por você. A claro que eu não vejo problema, se você quiser pode guardar o quarto, vai que o Minseok arranja outra amante e tem um filho com ela também, né? Aí vocês já terão um lugar para colocar o bebê. (Eu falei debochada, vendo ela ficar sem graça). Bom já que você já guardou as minhas coisas por mim e me poupou do cansaço, é só eu pegar a mala e ir embora. (Falei já subindo as escadas e entrando no meu antigo quarto, vendo três malas grandes que suponho ser as minhas coisas. Desci com duas malas e logo em seguida desci com a última.  Lay apareceu na sala e falou que me levaria em casa, já que não dava para eu ir carregando essas malas sozinha. Eu já estava saindo mas fui enterrompida pela voz chata da Helana).


He: há querida, eu já ia me esquecendo... o Minseok, o jisung e eu vamos sair hoje em um jantar de família, se você quiser ir... mas se não quiser eu vou entender, já que não temos certeza se você é realmente filha do Minseok, você tem um tom de pele um pouco escurinha né... (ela falou, esbanjando veneno. E pensar que ontem eu falei que ela parecia ser uma mulher doce e gentil).


Sn: muito obrigada ahjumma (a chamei de ahjumma com a intenção de falar que ela era velha) por seu gentil convite, mas eu não vou, porque corro o risco de morrer envenenada por você. E eu vou fingir que não escutei esse seu comentário racista, pessoas igual a você eu faço igual a chamada a cobrar, só ignoro. (Falei e saí andando deixando ela com cara de tacho).


Sn: (Cheguei do lado de fora e Lay já havia colocado as minhas coisas dentro do porta malas do carro e ele também já me esperava sentado no banco de motorista, então eu só entrei no carro e coloquei o cinto, logo em seguida vendo ele dar partida. Chegamos ao prédio onde ficava o apartamento do Yoongi e saímos do carro, eu não precisei me identificar na portaria, já que o Yoongi já havia deixado liberada a minha entrada e saída do prédio. então eu subi com uma mala e Lay me ajudou a subir com as outras duas. Já na porta do apartamento eu digitei a senha a abrindo e entrando com a mala e Lay entrou com as outras duas em seguida.) Obrigada por sua ajuda ovelhinha. 

(Eu o chamava assim por ele ter me falado que o signo chinês dele era ovelha)



Lay: Por nada projetinho de gente. (Dei um beijo na bochecha dele, me despedindo do mesmo, e o levei ate a porta o vendo ir até o elevador e ir embora.) 



          Quebra de tempo



Sn: já eram 18:30, quando ouço o interfone tocar, atendo e era da portaria falando que tinha chegado uma entrega pra mim, então eu libero a entrada. uns minutos depois ouço a campainha tocando então atendo recebendo a entrega que era um pacote, assino alguns papéis e o entregador vai embora me deixando uma nota fiscal de entrega. Fecho a porta e vou rumo ao sofá e coloca o pacote encima do mesmo. Me sento e abro a caixa vendo que continha um bilhete, leio o mesmo vendo que era uma carta de boas vindas da escola. Pego o uniforme e o olho cada peça, até que ele era bonito {nt:foto de capa} o coloco dentro da caixa novamente e levo para o quarto vago da casa, levei minhas malas pra lá também, o quarto era bonito, tio suga tinha me dito que depois nós poderíamos o decorar do meu jeito,mas eu gostei dele nesse tom de preto e cinza. Arrumei minhas roupas dentro do  guarda roupa e olhei as horas vendo que já eram 19:50. Voltei pra sala vendo que o Yoongi havia chegado e estava sentado no sofá). Oi tio Yoongi, faz muito tempo que você chegou?



Sg: Oi pequena, não faz muito tempo, cheguei quase agora. (Ele falou olhando pra mim) minhas roupas ficarão bonitas em você.



Sn: desculpa ter pegado sem sua permissão, é porque eu não tinha nenhuma roupa minha aqui, mas já fui a casa do Minseok e peguei as minhas coisas.



Sg: sem problemas pequena, você pode usar minhas roupas quando quiser. (Falou ele sorrindo meigo para mim, e eu retribui o sorriso). Eu vou pedir uma pizza pra gente, porque se eu for cozinhar vai demorar muito, e você tem que acordar cedo amanhã por que suas aulas começam amanhã.



Sn: (eu concordei e ele pediu a pizza, que não demorou muito pra chegar, depois de comer fui pro meu quarto e escovei os meus dentes e tomei um banho e vesti meu pijama antes de deitar e dormi.




          Quebra de tempo 


Sn: Acordei de manhã com o despertador tocando, me lavei e fui para o banheiro fazer minhas higienes, depois de fazer tudo que tinha de fazer, saí do banheiro e fui vestir meu uniforme, penteei e sequei meus cabelos os deixando soltos, fiz uma maquiagem simples e peguei a mochila com os matérias escolares que suga tinha trazido pra mim ontem e saí do quarto, indo para a cozinha, encontrando tio suga sentado na mesa com o café da manhã.



Sg: Bom dia minha princesinha,  eu estava te esperando para tomarmos café e eu te levar para a escola.


Sn: Bom dia tio suga (falei me aproximando e beijando a sua buchecha. Me sento na mesa e tomamos café juntos. Depois de tomarmos café, nós descemos para o estacionamento do prédio e entramos no seu carro, ele me leva até o portão da escola e eu me despeço dele com um beijo na bochecha e saio do carro. Assim que ponho o pé no portão da escola todo mundo olha pra mim, alguns comentando sobre eu ser a novata da escola e outras falando que eu era estrangeira. Continuo andando até ser parada por alguém segurando meu ombro).



Ji: noona!



Sn: (olho pra trás  e vejo que quem me parou era o jisung. Era só o que me faltava, estudar na mesma escola do filho da cobra).



 Continua...





Notas Finais


Oi amores! Foi isso, me desculpem pelos erros ortográficos, não deu tempo de corrigir ainda.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...