1. Spirit Fanfics >
  2. Daddykink >
  3. Os daddy's me deixam irritado!

História Daddykink - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Os daddy's me deixam irritado!


Baby             ♡                Daddy's



Naquela noite nós entramos no carro após nos despedir e eu fiz questão de me sentar no banco de trás, fechar a porta e encarar Taehyung antes que ele se sentasse ao meu lado. Ele entendeu o recado e se sentou ao lado de Jungkook que logo acelerou.  

Minhas pequenas mãos abriram a porta e a fecharam com uma certa força. Eu encarei Taehyung que assim que mesmo abriu a boca para falar alguma coisa, mas apenas se calou. Eu abri a porta de casa e entrei, mas assim que meus pés pensaram em continuar o caminho, Jungkook me empurrou para a parede e começou a me beijar. Eu relutei um pouco, mas depois de um tempo eu acabei cedendo, sem afastar minhas mãos em seu peito para o separar de mim. 


Ele se distanciou e me encarou preocupado.



— Baby, o que ouve? — Ele apertou minha cintura esperando que eu falasse algo. 

— O problema é que, eu quero bater em vocês — Sussurrei me separando dele — Vocês não tem noção da vontade que estou de tacar aquele vaso em vocês — Falei irritado indo para o meu antigo quarto. 

— Jimin abre a porta — Taehyung tentava abrir a mesma depois de eu tê-la trancado e me jogado na cama. 

— Não estou afim, Kim Taehyung — Comentei pegando meu celular e mandando mensagem para Taemin, me desculpando por eles. 

— Jimin o que você tem? — Jungkook perguntou preocupado. 

— O que eu tenho? — Ri — O problema não é comigo! 

— Já entendi — Taehyung falou — O que nós fizemos? 

— O de sempre! — Gritei irritado, colocando o celular ao meu lado — Vocês me trataram como um bebê, hoje — Falei um pouco baixo — Eu não gostei nem um pouco da forma que falaram comigo. 

— Jimin, você poderia ter falado — Jungkook. 

— Claro que sim — Levantei andando até a porta — Do jeito que vocês estavam me tratando na frente de Taemin, era mais fácil vocês me mandarem ficar quieto — Abri a porta na intenção de falar os palavrões que eu sabia, mas meus lábios foram tomados pelos os de Taehyung que puxou minha cintura com força e me pegou no colo. 

— My mochi — Sussurrou beijando meu pescoço, eles me chamavam dessa forma manhosa quando queriam carinho ou se desculparem — Nos desculpa por sermos muito ciumentos e possessivos com você, mas é que nós te amamos demais e temos medo de te perder. 

— Mochi — Jungkook segurou meu rosto e me beijou — Você sabe que não sabemos quando estamos exagerando. 

— Vocês falaram como se eu fosse trair vocês. 

— Baby, eu sei que você nunca faria isso — Jungkook falou mexendo em meus cabelos — Nós temos medo que te tirem de nós — Olhei para os seus olhos, depois de ter me perdido em seu carinho — Você sabe como ninguém que é tudo em nossas vidas — Eu sorri para si e beijei seus lábios calmamente, separando o beijo depois de muita reluta. 

— Eu amo vocês — Falei olhando para Taehyung que sorriu. 

— Baby, agora que estamos desculpados — Taehyung sussurrou — Porque você me chamou pelo nome, em? — Segurou meu rosto para que eu o encarasse, ouvindo a risada de Jungkook. 

— Daddy, me desculpa — Sussurrei, puxando sua nuca, ficando com os nossos rostos muito próximos — O que o baby merece, daddy?




      Baby             ♡                Daddy's




Regra 7 - Sempre devo chama-los de daddy.




Baby             ♡                Daddy's





— Você merece ser punido — Sussurrou me beijando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...