História Daddy's lil Doll - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Anjos, Big Bang, Blanc7, Bts, Demonios, Exo, Got7, Jay Park, Personagens Originais, Vampiros
Visualizações 32
Palavras 1.699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"Ayo peoples! Aí vem mais um capítulo de Daddy's lil doll, espero que gostem desse, e como perceberam no título, hoje vai ser a punição de Soju, ou melhor, "o novo nome dela" que Taehyung vai dá-la."

Capítulo 5 - Capítulo 5, a punição.


               [A punição.]

...Alguns dias depois...

Taehyung:– Soju, vem aqui.

Soju:– O que foi Tae-Tae?-diz ela sentando ao lado dele e empinando a bunda.

Taehyung:– Eu e Hoseok decidimos um nome pra você e já contamos aos meninos.

Na hora, no rosto da menina se percebe uma expressão muito feliz, Taehyung sorri com malícia e começa a acariciar a bunda dela.

Soju:– Qual Tae-Tae??? 

Taehyung:– Hum. O que você acha do nome Park Sayoon?

Ela logo abre o sorriso mais uma vez.

Soju:– Eu... Eu amei!!! 

(Mudança de nome: Sekai Soju/ Park Sayoon.)

Ela sorri e começa a encher de beijinhos a bochecha de Taehyung.

Taehyung:– ...

Sayoon:– Tae-Tae, cadê o Hobi?

Taehyung a fuzila com o olhar mas logo responde:

Taehyung:– Estava terminando de dancar e já estava vindo pra cá.

Sayoon:– Entendi.

Taehyung:– Hum.

Após esse tempo todo, Sayoon aprendeu a amar Taehyung de verdade, ela sentia um amor incondicional por ele e estava disposta a obedecer todas as ordens dela para que ele a amasse. Mas ele apenas a quer como uma "bonequinha" para usa-la e descartar, ou pelo menos ele acha.

Hoseok:– Oi Taeh... Oi gostosa! 

Sayoon:– Hooobiiiii!!!

Sayoon ao ver Hoseok chegar, corre para abraça-lo e pede permissão para dar um selinho nele, a mesma coisa ela sentia por Hoseok.

Sayoon:– Hobi-oppa, eu posso t-te dar um selinho?-pergunta ela manhosa. Os dois amavam quando ela ficava manhosa.

Enquanto aquilo acontecia, Taehyung a lançava um olhar com ódio e ciúmes para os dois, ele não tinha afeto algum por ela, apenas gostava de usa-la para fazer favores, mas nUnca haviam tido contato a mais, ela gostava de Hobi em especial por que ele a tratava com mais carinho.

Hoseok:– Mas é claro que pode babe!

Ela fica bem na ponta dos pés se equilibrando bem e encosta os lábios nos dele, dando alguns selinhos mas logo se separam, e se olham com sorrisos estampados na boca.

Sayoon olha para Taehyung e se senta ao lado dele, Hoseok faz o mesmo.

Hoseok havia bebido antes de voltar, se embebedou muito e estava com algumas vontades maiores do que o normal.

Taehyung os olha com uma expressão seria no rosto, com raiva deles por dentro, talvez deja por que ela nunca tenha pedido um beijo para Taehyung?

Hoseok começa a subir a mão pela saia branca de Sayoon e aperta com força sua coxa, a fazendo soltar um breve gemido de dor e surpresa.

Sayoon:– Hmnn... Hobi!

Na hora, Taehyung percebe e com muitos ciúmes, os encara.

Hoseok tenta arrancar a calcinha de Sayoon mas ela o empurra e acaba levando um tapa na cara do mesmo, a lembrando que devia obedece-los.

Ela estava com medo dele, ele havia mudado de expressão do nada? E ela não estava com vontade de fazer aquilo agora e com ele daquele jeito.

Sayoon:– Hmm... Taeee-Tae... Me ajuda!

Taehyung a olha com raiva e empurra Hoseok, o fazendo ir bater nele e começam a brigar, Sayoon arruma a saia e fica com medo de interromper a briga e apanhar de um dos dois mas assim o faz.

Ela entra no meio dos dois, os empurrando e caindo de quatro no chão, e Taehyung que estava atras acabou vendo a bunda dela empinada e se excitou.

Hoseok:– Taehyung filho da put...

Sayoon:– JUNG HOSEOK! QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FALAR ASSIM DO MEU KIM TAEHYUNG?! SÓ POR QUE VOCÊ ESTÁ ASSIM NÃO QUER DIZER QUE VAI ME COMER, EU ESTAVA BEM COM VOCÊ ATÉ AGORA MAS VAI TER QUE SE DESCULPAR MUITO POR MACHICAR MEU TAEHYUNG! E AGORA SÓ ELE É MEU DADDY!

Taehyung e Hoseok a olham boquiabertos, pois nunca esperaram tais palavras dela.

Hoseok saiu do local e ela envergonhada olhou para Taehyung que estava com o canto esquerdo da boca sangrando.

Sayoon:– Vem Tae-Tae, deixa eu limpar sua boca.

Ela pega na mão de Taehyung, com suas mãos pequenas e fofas.

Taehyung ainda estava bravo e com muito ciúmes dela, mas ele estava sentindo como se algo quermesse sair rasgando a garganta dele, ele queria dizer algo mais não conseguia, ele queria ter sentimentos por ela talvez ele tivesse mas acreditava que não queria ter.

Ela o leva para a cozinha, pede para que ele sente na cadeira e pega uma pequena maleta com coisas de primeiros socorros, e alguns remédios.

Ela pega um papel macio, põe um rémedio nele e passa sobre o sangue escorrendo e limpa.

Sayoon:– Tae-Tae, eu vou pegar um pouco de água pra você.

Taehyung:– Hum.

Antes de ela ir, ela sussurra no ouvido dele:

Sayoon:– Tae-Tae, me desculpe pelo o que aconteceu na sala, se eu te deixei com ciúmes me desculpa é que ele é meu Daddy também, e ele não briga comigo tanto igual você mas... Mesmo assim, eu sempre vou te amar e você sempre vai ser meu Daddy número um, mesmo brigando comigo e me batendo, confesso que sou um pouco masoquista e sadomasoquista mas voltando, eu te amo. 

Mele fica muito feliz com as palavras dela mas tenta esconder a emoção.

Sayoon:– Tae-Tae... Eu posso te... Beijar?

Ele espera um pouco e responde:

Taehyung:– Hum. Pode.

Ela vai até a boca dele e começa a dar vários selinhos, pois queria deixar um beijo melhor pra "mais tarde".

Ela pega a água para ele e quando iria entrega-lo, derrama tudo na calça de Taehyung, que fica surpreso e logo fecha a cara, ficando muito bravo com ela.

Taehyung:– Será possível isso?! Sempre que você faz as coisas sempre dá errado! Pelo amor de D...

Ela fica nervosa com ele de uma vez por todas e toma uma decisão um pouco errada.

Sayoon:– Tae... Cala a boca e para de reclamar por favor! Agradeço.

Ele se levanta da cadeira e a prensa na parede, a enforcando.

Ela sorri passando a língua entre os lábios com psicopatia.

Sayoon:– H-Heh. Apr... ... Aproveita a situaç-cão e deixa eu "soprar a sua flauta" se é q-que me entende.-diz ela com dificuldade.

Ele suspira e a pega nos braços a levanto para o quarto dele.

Chegando lá, ele a joga na cama, tranca a porta e vem por cima dela, já bravo e querendo descontar os ciúmes que ele estava sentindo, então ele vendo que ele tinha que parar de gostar dela, apenas desligou a luz e foi dormir. Ela, confusa, tirou aquele vestido e ficou apenas com suas roupas íntimas branca e preta.

Ela havia se deitado de conchinha com ele, mesmo ele não deixando.

Alguns minutos depois...

Taehyung pensou muito e decidiu-se que ela estava provocando ele demais para ele deixa-la imune, então ele percebendo que ela ainda estava acordada, se deita por cima dela (ela estava de bruço) e começa a sussurrar sensualmente e pausadamente no ouvido dela a deixando excitada:

Taehyung:– Hum. Say... Eu... Não consigo... Dormir. ... Ah... Tudo por sua causa... Eu quero... Te fuder... Sentir meu pau dentro de voce...Eu não.... Queria fazer isso mas... Você não  colabora... Então... Eu vou ter que te fuder... Sem dó...

Ela paralisa na hora mas a vontade dela era muita então ela apenas deu um leve gemido surpresa e sussurrou de volta, como ele, o excitando também:

Sayoon:– ... ... Ahhh... Da-ddy...  Não machuque sua Baby girl.

Ele umidesce os lábios e começa a beija-la e ela fica por cima dele.

Logo, surpreendentemente ela algema as mãos dele em uma rapidez que só e ele fica bravo.

Taehyung:– Me solta!

Sayoon:– Não!

Taehyung:– Me solta logo!

Sayoon:– U-um!

Taehyung:– Quando eu sair daqui, eu vou te punir tanto que você não vai sentir as pernas!

Sayoon:– Pode punir Daddy!

Ela começa a rebolar no colo dele, o fazendo se excitar e logo desabotoa a calça dele, o fazendo suspirar querendo que ela abocanhe logo seu membro.

Ela tira a box dele, fazendo seu membro saltar, bem rígido e começa a masturba-lo com vontade, fazendo Taehyung gemer de tanto tesão e prazer.

Logo, começa a lamber seu membro e então, chupá-lo e como era grande, o que não cabia na boca ela masturbava.

Taehyung:– ...HMMMM...-ele se segurava para não gemer alto demais.

Taehyung:– Hmmm... Ahhh Ahhh.. ... ... AHHHHH.... Mmmmmm...

Sayoon:– *chupando* *para um pouco e diz algo*–Hmm... Pode gemer alto Daddy, eles não vão acordar!

Taehyung se alivia após ouvir isso e começa a gemer nem tão alto, mas médio, e tendo espasmos.

Logo, ele avisa que iria gozar e logo se desmancha em minha boca, ela como boa menina, engole tudo e o olha com um sorriso sexy e fofo no rosto.

Taehyung:– Hmmmm.-ele respira aliviado.–Gostosaaa...

Ela, com medo, resolve solta-lo da algema e ele a empurra na cama e a obriga a ficar de quatro, e assim ela faz.

Taehyung:– Agora como prometido, o Daddy vai te punir!

Sayoon:– Vem Daddy! M-me fode!

Ele sorri só ouvir isso, e nem espera, já coloca o seu membro na entrada de Sayoon e começa a enfiar fundo, com movimentos rápidos e ao ouvi-la gemer alto, manhosa e com desejo, assim como ele, ele aumenta os movimentos, já não se controlando mais e deixando a menina gritar de prazer e dor, ele então posiciona a boca perto do ouvido dela e sussurra:

Taehyung:– Quer mais rápido amor? ... MMMmM....

Sayoon:– AHHhHhhh!!!! TAaaaaaae!!! Ahahhhhh... S-sim... Ahhhh... Ohhhwnnn...

Taehyung:– Hmmmmm... Mmmm.... Mmmm... MMMmmmmmMm...

Logo, ele perde seu controle de vez, fodendo ela tão forte que a mesma não parava de gemer gritando e choramingando, toda manhosa, e ele amando a situação apenas gemia muito.

Sayoon:– HMMmmmmnnN... TaeTaaaeee.... AHhhh...

Após algum tempo, os dois chegam ao seu ápice, e respiram fundo fortemente aliviados.

Sayoon:— Ahhh...

Taehyung:– Ahh... Mmm... Vamos tomar banho?

Sayoon:– U-Hum.

Ele a pega no colo e os dois vão para o banheiro, chegando lá, eles entram na banheira, ligam o chuveiro e sentem a água morna escorrer sobre seus corpos cansados.

Sayoon:– Tae-Tae...

Taehyung:– Hm?

Sayoon:– Eu te amo.-diz ela se aproximando dele na banheiro e o beijando.

Taehyung não sabia o que responder, ele não sabia se gostava dela ou se apenas a queria para fazer certos serviços ou se a amava realmente, ele não queria acreditar que gostava sela mas ele no fundo não poderia negar.

...continua...

 


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado! Kissu!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...