1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) >
  3. 12. Fire is on

História Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 13


Escrita por: angelsophih

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 13 - 12. Fire is on


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 13 - 12. Fire is on

Olhei para ela rindo, eu achava que era brincadeira

- Katharinna, onde você estava?

Kat: TA SURDO?!

A ficha caiu para mim, a envolvi em meus braços, ela deslizava devagar até o chão, ela não chorava apenas estava em choque

- Como isso aconteceu

Kat: Eu não consegui dormir, então decidi que iria visitar ele, quando cheguei lá, ele me xingou e gritou comigo, tinha um vaso de flores do lado dele, ele tentou jogar em mim, eu fiquei com raiva e peguei a faca e... - ela cerrou os olhos com força, a abraçei mais intensamente

- Katharinna...

Kat: Mas não vão descobrir nada... Eu forjei um suicidio...

A olhei espantado

Kat: Depois que eu cortei seu pescoço eu entrei em pânico, sujei um caco de vidro em seu sangue e coloquei em sua mão, gritei por ajuda, mas já era tarde, me mandaram para casa e disseram que tinha sido um suicidio...

- Então você forjou a morte do seu pai?

Ela acentiu e então começou a chorar, a levantei e coloquei ela na cama, liguei para Mark pedindo para que nos encontrasse, depois de um longo tempo de espera ele bateu na porta do quarto, abri e ele correu até Katharinna assim que a viu chorar

 Mark: O que aconteceu?

- Ela matou o pai...

Mark: Mas ele estava em coma

Acenti e ele encarou KAtharinna

Mark: Não chore, você não fez nada de errado...

Kat: Não estou chorando por ter perdido ele, estou chorando pelo que me tornei

- Isso é o que somos

Mark: Nós matamos por diversão e por igualdade, as coisas pioram daqui para frente...

- Vai tomar um banho Katharinna, voltaremos para casa amanhã

Ela acentiu e se levantou, assim que ela fechou a porta, nós dois soltamos um suspiro

Mark: Eu não queria que isso acontecesse com ela

- Mas ta acontecendo... Era isso ou ela morrer junto

Ele acentiu

Mark: Por que vieram para cá?

Suei em frio nesse momento

- Ela estava triste e eu quis trazê-la para a praia, não gosto de ver meus amigos tristes, ela é um membro do BTS agora, eu não poderia deixá-la em casa daquela maneira

Ele acentiu desconfiado, se levantou e me fitou

Mark: Bem, enquanto vocês não estavam, Jay Park fez um comunicado, amanha tem um baile de gala, um leilão de arte para ser mais especifico, é ai que começamos a atacar, ok? Estejam em casa antes das 19:00

Acenti e ele saiu do quarto, tirei minha roupa ficando apenas de cueca, liguei a televisão esperando Katharinna, ela saiu do banheiro usando sua roupa intima branca de renda, ela se olhou no espelho

Kat: Jeon,  é só atração carnal?

Fitei seu corpo 

- Não sei, mas acho que não. Mas de uma coisa eu sei, se é amor, não é um amor racional

Ela riu fraco, me levantei e envolvi meus braços em sua cintura, beijei seu pescoço deixando uma marca leve ali

Kat: Jeon Jungkook!

- Não sei o que a gente sente, tem ou é, mas você é minha

Ela riu e se virou para mim me beijando

Kat: segundo round?

- Sem duvidas

E foi...

 

 

Acordei tarde, em meu telefone marcavam 15:00 horas, eu e Katharinna ficamos até tarde acordados. Me levantei sem acordar Katharinna, tomei um banho e coloquei a roupa que eu usava ontem, voltei ao quarto e Katharinna estava dormindo ainda, me deitei ao seu lado novamente e observei seu rostinho fofo.

- Katharinna acorda, temos que ir

Ela acordou e me olhou emburrada

Kat: Por que é que você é tão bipolar?

- é o meu jeito, agora se veste para irmos

Ela colocou a sua roupa intima e colocou seu top preto e a calça jeans preta de cintura alta, deixamos qualquer coisa que compramos para trás e fizemos o check out, entramos em meu carro e dirigimos até em casa

- Como se sente com o acontecido de ontem?

Kat: Bem na verdade, sinto como se tivesse acabado com uma dor que me rondava a anos

Sorri vitorioso, ela era oficialmente uma gangster

- Hoje tudo começa

Ela sorriu mordendo o lábio inferior

Kat: Nos vamos sair ilesos dessa

- Como sempre saimos

Aumentei a velocidade a fazendo rir, a brisa gelada acertava nossos rostos, depois de certo tempo chegamos em casa, Jisoo estava sentada no sofá, essa eu tinha certaza que me odiava

Jisoo: Onde estavam?

- Fomos dar uma volta

Jisoo: Onde foram?!

- Jisoo, te falar um negocio bem rapidinho, o que eu faço ou não, é apenas da minha conta, então aquieta ai a bunda no sofá que eu não te devo nada

Fomos para a cozinha, peguei a garrafa de tekila e virei ela em minha boca

Kat: a essas horas bebendo?

- Será que eu vou ter que dar a mesma resposta que eu dei para a Jisoo

Ela levantou as mãos em rendimento me fazendo rir

JM: TA NEVANDO!

- GAROTO NÃO GRITA

Ele me olhou sério mas logo me ignorou correndo até a janela

Kat; que fofo! - disse se referindo ao Jimin, a olhei com os olhos cerrados

Kat; Que foi? Não se preocupa, eu prefiro os bad boys mais velhos

Revirei os olhos enquanto ela se juntou a Jimin na  janela

RM: Jungkook, quero falar com você

Fui até RM que estava parado no corredor da sala

RM: Onde esteve?

- Sai com Katharinna, ela matou o pai

RM: Mark disse que ele ja estava morto, so quero saber se rolou algo entre vocês

- Não, somos apenas colegas de gangue

RM: Assim espero, você sabe as consequeências

Acenti e ele bateu em meu ombro

 

Passamos a tarde toda em casa, Taehyung e Jimin foram brincar na neve, encontrei algumas vezes Katharinna nos corredores da casa mas apenas isso, ela saiu com as meninas para o bar de Jay Park.

 estava chegando a hora do leilão, subi ao meu quarto e me despi, coloquei uma camisa social branca e uma calça preta, coloquei um suspensório preto, a camisa para dentro, coloco um colete preto e uma gravata preta

(IMAGINEM O JUNGKOOK NUM ESTILO BURGUESINHO SEXY DOS MAIS PERFEITO)

Penteei meu cabelo e passei um pouco de gel, coloco minha arma por baixo do colete e coloco um sobretudo preto por cima, desci as escadasl, Jackson estava sentado no sofa mexendo no celular

- onde esta Katharinna, ainda não voltou?

Jackson: não, ela continua lá

Sai de casa com o carro e fui ao bar, ao entrar Lisa estava dançando em uma das barras em cima de uma mesa, a olhei e ela sorriu

- Onde ela esta?

Ela apontou sem deixar de dançar, procurei com meus olhos por onde ela apontou, encontrei Katharinna em uma das barras dançando sorridente, ela gostava daquilo, ela usava um vestido extremamente curto. Encarei furioso até ela descer da mesa, ela desceu sorrindo e mandando beijos voadores, a puxei pelo braço com força a assustando

- Engraçado, uma noite esta chorando por matar seu pai e no outro esta ai dançando para todos esses caras

Kat: Jeon me solta! - a soltei - estou apenas me divertindo enquanto trabalho

- Quer trabalhar? Venha conosco nas missões

Kat: Mas as garotas trabalham aqui, não tem problema!

- O problema é que você é minha

Ela riu debochado

- E eu não quero outros te olhando

Ela se aproximou de mim

Kat: Eu sei o quanto gosta de olhar para Lisa dançando também.

- Eu e a Lisa somos um passado distante de apenas uma noite

Kat: Não parece

- Não vou discutir por causa disso, vamos logo ou você vai se atrasar

A puxei para fora do bar e a coloquei no carro sem ligar para o quão brava ela estivesse, quando chegamos ela subiu direto para seu quarto para se vestir

Katharinna Povs on

Me despi e coloquei um vestido de alças finas preto, com um decote cavado e saia longa solta, uma fenda subia até o alto de minha coxa, tinha um estilo grego, coloquei um salto prata brilhante, prendi meu cabelo em um coque não muito alto com alguns fios soltos, passei  um batom vermelho matte, fiz um delineador gatinho e coloquei cílios postiços

Desci as escadas e os garotos ja estavam la em baixo, quase todos de preto, alguns de um marrom ou branco. Jennie, Rosé e Jisoo usavam vestidos até os joelhos de cores, vermelho, branco e azul escuro, respectivamente

JM:Esta linda

Sorri para ele, Jungkook nos olhou furioso

JK: Vamos logo, temos que pegar Lisa no bar, ela esta quase pronta.

 Jay: Bem, ja sabem, as mortes devem ser feitas despercebidas, estamos em um local público e apolicia poderia nos ver, as garotas tem o papel de seduzir e nós fazemos o resto

Saimos da casa, eu fui no carro de Jungkook, J hope e Suga

Jungkook dirirgiu até o bar, Lisa saiu de lá com os cabelos lisos e soltos com um pequeno rabo de cavalo apenas na parte de cima de seu cabelo dando volume, lentes azuis destacavam seus olhos, ela usava um vestido mais solto dando um ar sensual a ela, comprido de brilos de cor bordô, tinha um leve decote

Ela entrou no carro e Jungkook sorriu a ela 

Lisa: Vamos ao trabalho.

todos do carro deram um grito, demoramos certo tempo para chegar no leilão, quando descemos, Lisa engatou seu braço no de Jungkook, ele deixou seu sobretudo dentro do carro, engatei meu braço no de J Hope

Quando entramos todos nos olhavam, alguns dos meninos ja estavam ali

JH: Todos estão te olhando, sgnifica que esta linda

- Obrigada Hoseok, mas estão me olhando por causa do meu pai

JH: Isso vai nos ajudar, as pessoas estarão a sua volta e tudo vai mudar.

Sorri para ele, Jungkook nos encarava de lado

Jungkook povs on

Katharinna estava brincando comigo e eu não estava gostando

Lisa: Qual o plano?

- Matar todos

Ela sorriu

Lisa: Deviamos começar por o mais tontinho, ela passou o olho pelo local e então parou o olhar em um garoto bonito de olhos azuis

- Kim Geun, boa escolha

Ela saiu de perto de mim, pegou um copo de champagne e foi falar com ele, com o tempo as pessoas próximas dele se afastaram e ficaram apenas os dois, então ela sussurrou em seu ouvido e eles subiram as escadas até uma porta, e antes de entrar ela me olhou e piscou, sbui atrás dela, Katharinna me encarava sem entender o que acontecia, entrei no quarto e Lisa estava beijando o garoto, ali começaria o teatro

- Amor! Como pode me trair?

Kim: Espera ai?! Você namora o Jeon Jungkook?! Do BTS

Ela riu

e então o garoto se deu de conta

Kim: Você é a Lisa.... POR FAVOR NÃO ME MACHUQEM

- Você nem irá sentir nada

Lisa tapou sua boca e eu tirei a faca da bolsa dela, esfaquiei ele diversas vezes até que ele ficasse sem conciência, parei ofegante e Lisa me segurou nos ombros

Lisa: Conseguimos um

- Ainda faltam muitos

descemos as escadas e trancamos a porta do quarto, descemos rindo, jay Park estava no final da escada

Jay: Quantos?

Lisa: um até agora

Jay No total ja temos 4 então. o mais importante da noite é o Senhor Bong

Acentimos, peguei meu telefone e uma mensagem da Katharinna pedia para eu ir lá fora, sai no jardim que estava vazio, vi apenas a garota de vestido preto parada no meio da neve, sorri e fui até ela

- diga minha princesa

Kat: Eu sei que fiz merda ao ir ao bar... desculp

- Não precisa se desculpar... E pode ter certeza que entre eu e a Lisa não existe nada, somos apenas velhos amigos

A puxei pela cintura e ela jogou meus braços por meus ombros

Kat: Jeon...

- Hm?

Kat: eu te amo...

Sorri e a beijei apaixonadamente, estava pronto para responder mas fui interrompido

Jackson: Que merda é essa?!

Olhei para de onde vinha a voz, todos estavam ali

- Por favor me escutem...

Sr Bong: Olha, nos encontramos meus garotos

todos os nossos problemas estavam reunidos no jardim

Apenas tive o tempo de puxar Katharinna pelo braço e olhar no fundo de seus olhos

- Katharinna, corre.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...