1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) >
  3. 15. Not anymore

História Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


AVISO!
Qualquer fato apresentado não passa de mera ficção e não tem nenhum tipo de relação com a realidade


Escutem enquanto leem:
Gangster Rap Mix | Best Gangster Hip Hop Music 2018 #4
[LINK NAS NOTAS FINAIS

Capítulo 16 - 15. Not anymore


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 16 - 15. Not anymore

#sugestão musical nas notas do Autor#

- Que merda você fez garota?

Kat: Me escuta Jeon, por favor

Me levantei e bagunçei meu cabelo frustrado, fui até ela e apertei seu braço e ela apenas me encarou furiosa

- Começa a falar

Eu estava furioso, ela tinha mentido para mim, e eu odiava mentiras.

Kat: Eu fui no hospital naquela noite com a intenção de o matar

-  E PORQUE NÃO O MATOU PORRA?!

Ela se encolheu, a solto.

KAt: Eu cheguei la e ele estava dormindo, eu estava com tanta raiva dele, ele acabou com tudo! Mas na hora de o matar, eu não consegui... ele é meu pai Jeon, eu não posso o matar!

- e a faca ensanguentada?

Ela puxou a camiseta, um corte vinha de suas costas até a lateral de seu corpo, não era tão grande

- VOCÊ TEM NOÇÃO DA MERDA QUE FEZ?! OS GAROTOS ACHAM QUE O SEU PAI FOI MORTO CARALHO! E AGORA?

Ela apenas me observou

Kat: Desculpa Kookie

- Não me chame assim... Nunca mais... - encarei o teto tentando pensar em outra coisa - isso era a vingança pelos meus pais, e você não pode realizar por medo

Kat: Meu pai não teve culpa da morte de seus pais Jeon

- Claro que não teve! - digo sarcástico - seu pai comandou os malditos policiais atrás dos gangsters que não estavam fazendo nada!

Kat: Jeon, nem tudo que aconteceu no mundo é culpa do meu pai

a olhei incrédulo

- Eu achei que você tivesse mudado, que tivesse parado de ser tão inocente - ri debochado - mas não, você continua a mesma patricinha rica filha de papai

Kat: Não fala isso

- Quer saber, você estaria muito melhor se tivesse continuado sua vida normal, você não serv para isso garota - ela cerrou o punho - você tem a vida perfeita, boa nos estudos, tem todas as roupas que quer, compra o que quiser, aposto que ela a capitã das lideres de torcida, a mais famosinha da escola com o melhor amigo perfeito.

Dei as costas para ela

Kat: Vocês tiraram tudo isso de mim, vocês tiraram minha familia de mim

- Não Katharinna, nos apenas terminamos essa farsa que você vive

Kat: Eu te odeio Jeon Jungkook

- Você tem noção do que fez ?! CARALHO KATHARINNA EU ABRI MÃO DA MINHA VIDA NORMAL PARA ESTAR COM VOCÊ, ABRI MÃO DE SER SINCERO COM MEUS AMIGOS, ME ARRISQUEI POR VOCÊ.

A garota me observou debochada

- Ja que acha tão engraçado isso, vamos ver se vai achar engraçado o que vou dizer agora, esta tudo acabado

Sua expressão mudou totalmente

Kat: Não Jeon, por favor não!

- Acabou, não posso mais confiar em você

Kat: E o plano

- Esta acabado, pode voltar para sua vida normal, e eu farei o mesmo

Kat: Você não pode voltar para casa

- Não sou como você que precisa sempre de alguem ou algo para viver.

Kat: Você disse que me amava.

- Essa merda foi toda um lance de bosta, algo passageiro, algo que eu me arrependo

A garota chorava

Kat: Eu me entreguei para você... 

- Foi o maior erro que cometeu, mas ja devia saber, olha quem eu sou

Juntei minhas coisas do quarto

Ka: Você não tem coração

- Se eu tivesse coração, acha mesmo que eu seria assim? - me aproximei dela - me esquece Katharinna, acabou, você ta livre pra viver sua vida, não se preocupe comigo, eu estarei muito bem, lidando com a falta de confiança que você criou em mim.

Kat: Jungkook não...

- O seu carro vai estar la em baixo, não me procure

Desci até o primeiro andar, paguei a meia diária e sai do hotel, agora eu tinha que seguir sozinho

Katharinna povs on

Jungkook me magoou com cada uma de suas palavras, mas não poderia dizer nada, eu o magooei também, coloquei minhas coisas na mochila e limpei minhas lágrimas, sai do hotel entrando no carro, assim que entrei bati com força no volante enquanto gritava, eu havia perdido Jungkook, não tinha para onde ir, na verdade eu so tinha uma opção, e essa era uma opção de merda.

Dirigi até Seul de volta, uma longa viajem novamente, cheguei la de madrugada, dirigi até aquela rua que eu bem conhecia, pensei mil vezes em não ir, mas eu não tinha muita escolha nesse momento, meu pai estaria sempre com minha mãe e eu não poderia ficar lá com ela. Estacionei o carro e passei pelos seguranças em frente ao portão que me olharam espantados, bati na porta fortemente, demorou a alguém atender, estavam dormindo

Jimin abriu a porta e me olhou espantado

JM: Que porra você ta fazendo aqui?

- Só segue o plano, as coisas deram errado

RM: Quem esta ai?

Jimin me deu espaço para passar, todos estavam na sala com cara de sono, mas quando me viram seus olhos se abriram totalmente, Mark correu até mim e me abraçou começando a chorar, o abraço feliz, finalmente um abraço familiar

RM: O que ta acontecendo aqui?

Jay: Prendam essa garota

JB: Deixa ela falar caramba!

Lisa: Mas... a TV disse que você morreu junto com Jungkook no incêndio

Respirei fundo

- Não era eu, era outra garota, foi apenas uma coincidência a pulseira ser a mesma...

JB: é bom saber que você esta bem

Tae: Então Jungkook esta morto?

Acenti indiferente.

RM: é mas ainda temos algo por resolver...

- é claro que temos

Eu e RM estavamos frente a frente, ele estava com as mãos nos bolsos e eu com os braços cruzados.

RM> O que tem a dizer sobre o acontecido? Vocês dois sabiaom muito bem das regras.

- Foi um beijo sínico apenas... Tinham pessoas por perto que podiam ter escutado a conversa sobre o plano, apenas nos beijamos para um disfarce, os seguranças nos encaravam desconfiados, apenas precisavamos os deixar meio desconfortáveis

Jay: Eu não acredito nela

Mark: Eu acredito, é uma resposta válida

Lisa: Eu acredito também - ela piscou para mim

Jennie: Eu tambem, todos nós sabemos que Jungkook não é capaz de amar alguém, depois de Kim Sue as coisas mudaram

Todos acentiram

RM: Esta de volta... Mas ja sabe, mais uma e não terá explicações

acenti

Jay: Ownt, a familia esta de volta, qual o seu problema Namjoon?!

Todos se espantaram por Jay Park usar o nome verdadeiro de RM

RM: A gangue a minha, eu decido quem entra ou não, não pedi su opinião

Sorri com a resposta

ROsé: Vamos dormir logo...

Tae: Bem agora tem um lugar vago em nosso quarto para você

Acenti, fui até o carro e peguei minhas coisas e fui junto a eles no quarto.

JM: E Jungkook?

- Jimin, ele esta morto - digo o olhando séria

Tae: corta essa, eu sei a verdade

Ele sorriu

Engoli em seco

- Ele ficou lá, tivemos uma briga meio fora do controle.

JM: Por causa do seu pai, aposto

Acenti

Tae: Você sabe que ele vai morrer não é, seu pai...

- Eu realmente não ligo para mais nada... Eu fui usada como uma boneca, cansei de ser brinqueopara os outros

JM: Você não foi brinquedo dele, ele gostava de você, e muito.

- Bem, não fui o que eu escutei vindo da boca dele, so vamos dormir, amanha temos que fingir que estamos tristes

Taehyung riu

JM: EU ainda tenho que ir para lá

- Acho que não, acho que ele vai se virar.

Nos deitamos, a cama de Jungkook ainda tinha o seu cheiro, uma lágrima caiu do meus olhos assim que me deitei, aquilo doia, e eu sei que ia doer muito ainda

 

 

Acordei cedo, os menino sja se movimentavam dentro do quarto, colocando suas vestimentas escuras, me levantei e fui ao banheiro com a roupa que usaria, uma calça jeans preta de cintura alta, um cuturno de ouro preto de salto alto grosso, um top preto de seda e uma jaqueta preta de couro, sai do banheiro e baguncei meu cabelo um pouco

Desci as escadas, na casa naquele momento apenas estava eu Taehyung e Jimin, jimin usava uma regata preta comprida, uma calça jeans preta e uma jaqueta de couro preta, Taehyung usava uma calç de couro preta e uma camisa de mangas curtas preta meio aberta

Tae: Hoje vai ser um dia estranho

- é so fingir que não sabemos de nada, apenas finjam que ele esta morto de verdade e pronto... Se alguem descobrir as coisas vão ficar feias.

 

Jeon Jungkook povs on

Eu via toda aquela gente entrando para meu enterro, amigos de escola, minha familia e os meninos, escutei Jin falar com algumas pessoas, dizendo que eram amigos de infância e que vieram assim que souberam, eles continuaam se arriscando por mim, Jimin e Tae não estavam, achei estranho eles não estarem por ali, meu caixão era o unico, o de "Katharinna" não estava ali.

Me escondi e apenas observei, a cerimônia estava para começar quando Jimin, Taehyung e Katharinna chegaram

Eu consegui a reconhecer por de baixo dos óculos escuros

Que merda ela tava fazendo ali?

RM a acolheu em um abraço, o que me deixou perplexo

Ela tinha voltado para eles

A cerimônia começou, alguns fizeram discursos e outros apenas choravam, flores foram jogadas no caixão e então foi levado por debaixo da terra, com cada um dos meninos da gangue com uma pá jogando tudo para dentro, inclusive aquela desgraçada. Eu não podia mais ver aquilo, fui até a minha moto que comprei com o dinheiro que sobrara de Busan, eu tinha que decidir o que iria acontecer agora, na verdade eu sabia o que iria fazer, ia encher a cara

Fui até o bar mais próximo me sentei no banquinho

- Uma garrafa de tekila por favor

Barman: Claro, so um minuto

Não demorou para a garrafa ser colocada em minha frente junto com um copinho, empurrei o copinho ao chão e virei a garrafa em minha boca, o liquido desceu por minha garganta queimando, do mesmo jeito que engolir as mentirar de Katharinna.

???: Beber assim vai te matar

Olhei para quem estava ali, e aquilo so podia ser uma grande palhaçada

Senhor Meyers

Ele se senta no banco ao meu lado

Sr Meyers: Achei que estivesse morto

- E você ja devia ter morrido, mas cá estamos.

Ele riu

- Olha, se veio para me matar, sinto muito, mas ja estou morto por dentro

Sr Meyers: Na verdade... não me importo com você

- O que o senhor quer aqui então?

Sr Meyers: Quero saber onde esta o que é meu... Minha filha... Eu sei que aquele corpo que eu enterrei não é ela.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...