1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) >
  3. 17. Is this real?

História Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem...

SUGESTÕES MUSICAIS:
Rude Boy - Rihanna
Tungevaag & Raaban – Bad Boy
My oh my - Camila Cabello
Celoso - Lele Pons

Capítulo 18 - 17. Is this real?


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 18 - 17. Is this real?

Apenas ri de sua frase e subi para meu quarto a empurrando, Lisa estava lá dentro, e tenho que confessar, se eu não conhecesse a peste, teria caido muito bem nas suas palavras, ela não tinha o corpo avantajado de KAtharinna, mas ainda era sensual e bonita

Lis: que bom que chegou! - ela jogou seu braço em volta de meu pescoço

- Para que estavam me esperando?

Lisa: Vamos sair para comemorar sua volta!

- Lisa, eu não quero sair hoje...

- Ah qual é! Onde foi parar o Jeon que ia todos os dias me ver no bar para depois encher a cara comigo?

Ri e peguei em sua cintura acentindo, ela me abraçou

Lisa: Se preparem, a noite sera uma aventura - ela piscou para mim e saiu, fiquei meio atordoado

Tae: ah não Jeon! Sua fase Lisa ja passou!

JM: Você agora esta na fase Katharinna

- Nunca estive na fase Katharinna

Eles me olharam com cara de tacho me fazendo rir

- Eu so quero esquecer qualquer coisa que possa ter acontecido entre nós, eu não confio nessa garota.

Fui tomar um banho longo,  depois me joguei de toalha na minha cama

Tae: Hoje vamos arranjar garotas paraa nós

ri de sua fala

JM: Ta rindo do que garoto?

- Da confiança de vocês

Tae: Ta duvidando de nós?

- Claro que não, jamais faria isso.... Apenas acho que deviam investir em pessoas conhecidas

JM: Jeon, nos te amamos muito, mas não desse jeito

rolei os olhos 

- Não to falando de mim desgraça, to falando das garotas, aproveitem a noite e tentem algo

Os dois concordaram se olhando

- Eu sei, sempre tive as melhores ideias - Jimin abre a boca mas o interrompo - e se você for usar esse momento para falar da Katharinna, pode tirando o cavalinho da chuva

Ele fechou a boca fazendo com que Taehyung caisse para trás de tanto rir, ficaqmos conversando até decidirmos que havia chegado a hora de nos arrumarmos, coloquei uma calça jeans preta skinny, uma camiseta brnca simples com uma camisa de magas compridas branca, um tênis da puma branco, dei uma leve bagunçada no cabelo e estava pronto, Taehyung colocou uma calça jeans demim rasgada, uma camiseeta branca para dentro da calça com um cinto da gucci e um casaco fino rosado, Jimin c=vestiu uma camisa xadrez amarela e preta, uma calça jeans preta rasgada e uma timberland preta, ele bagunçou o cabelo que agora estava loiro, descemos os três ao mesmo tempo

Jennie: Os princesos chegaram

Jack: Aleluia

TAe: Calma ai poxa

Saimos de casa

Mark: Beleza, eu, KAtharinna, Jungkook e Lisa vamos em um carro

- hm, acho que nao, se for preciso vou andando

Lisa: aish Jungkook oppa! Vamos logo

Katharinna nos olhou torto por conta das palavras de Lisa

Talvez eu tenha encontrado a maneira de a incomodar

Entramos no carro e Mark ligou o rádio, estava tocando algumas musicas da Selena Gomez, Katharinna estava cantando baixinho

- Bela voz

Kat: Obrigada... - disse seca

- Eu vi o seu pai, 3 meses atrás

Seu corpo se tencionou

Kat: Meu pai esta doentio atrás de mim...

- Ele me perguntou onde você estava, mas eu não disse, claro, jamais trairia sua confiança

A observei pelo espelho, ela apena mexeu o nariz, como sempre fez quando ficava incomodada com algo.

sorri vitorioso

Chegamos no bar, esperamos os outros e entramos, aquele lugar estava cheio, algumas pessoas dançavam outras paenas conversavam socialmente nas mesas dos cantos, fomos todos para uma mesa, na qual fizemos com varias outras, não era pouca gente, os unicos que não vieram foram Jay Park, JB, Yugyeom eYoungjae

JR: vamos fazer um brinde! - ele chega com uma bandeja de cervejas

RM: Ao Jungkook! Por ter voltado por nós

LEvantamos as garrafas e gritamosm, aproveitei o momento para observar Katharinna, ela usava uma saia preta colada, um top de renda que mostrava um pouco da tatuagem que tinha na lateral de suas costelas, eu ainda conseguia ver a tatuagem da gangue.

Puxei as mangas para cima, todos me olhavam

- Que foi gente?

SG: Mais tatuagens?

Jackson: Você por acaso ainda tem espaço para mais uma?

- Claro que tenho, apenas terminei de cobrir as mãos até o cotovelo

Lisa: EU gostei

Katharinna revirou os olhos

Jennie: eu também gostei

Rosé> Ficaram sexys

MArk: Bem... vamos dançar?

Kat: eu vou com você -os dois se levantaram e foram para a pista, meu sangue fervia, eu poderia explodir a quallquer momento

Lisa: Ela te esperou no primeiro mês, mas depois Mark convenceu de que não voltaria, que estava morto

- Agora ela vai ser assim comigo

Lisa: Você a magoou Jeon

- Ela menti pra mim Lisa! - a olhei pela primeira vez na conversa

Lisa: Eu sei JEon, e também sei o quanto suas palavras pdem magoar!

- eu não quero pensar nisso agora, MArk ja esta me dando nos nervos

Lisa: Então daremos em seus nervos também

A olhei confuso, ela me puxou para fora da mesa indo para a pista.

Ela dançou em minha frente, não direi que não gostei, eu amava quando Lisa fazia isso. Ela se aproximou de mim e segurei sua cinturia dançado junto a ela, olhei discretamente para Katharinna que nos encarava. Lisa se aproximou mais, nossos rostos estavam quase colados, mas então Mark se aproximou de Lisa

MArk: Me condece uma dança?

Ela riu e foi para mais longe junto ao Mark enquanto conversavam sorridentes, coloquei minhas mãos no bolso e demorei ao olhar para Katharinna, quando nossos olhares se encontraram, KAtharinna ia em direção a mesa, mas segurei seu braço

Kat: Jungkook, esta machucando

- Essa dor não se compara a dor que senti por você

KAt: Vai querer dar uma de poeta ?

- Não... so quero dançar Katharinna

Ela franziu o cenho, foi para a pista e eu fui junto a ela, nossos corpos estavam afastados, mas com o tempo da dança, estavam quase colados, colei sua cintura contra a minha com as minhas mãos, ela me olhou nos olhos e lançou um olhar sacana, el aqueria brincar, mas não queria falar, me aproximei de seu ouvido

- Quando é que vai parar de brincar de casinha Kat?

KAt: Eu não estou fazendo nada... Apenas estou vivendo Kookie

A maneira que ela me chamou fez com que meu corpo se arrepiasse.

Kat: eu acho engraçado, Jeon... A maneira como você se torna zeloso, quando me vê perto do Mark

- Não sei do que esta falando Katharinna

Kat: Eu só te direi uma unica vez, eu não sou sua e você não me afeta Jeon Jungkook

- é o que veremos pirralha

Dou um beijo no canto de sua boca saio da pista, Lisa vem até mim e sussurra em meu ouvido

Nós conseguimos

Fomos embora tarde, Lisa segurava minha mão na saída, conversavamos antes de entrar no carro

Jennie: Lisa! corre aqui, olha o que o Suga encontrou na internet!

Ela correu até eles

Kat: Não tente me fazer ciúmes Jeon.

- Não estou Meyers. Eu e Lisa apenas estamos vivendo um momento, como você e mArk também estão

Ela revirou os olhos

Kat: Quando você vai parar com isso Jeon?

- Quando eu quiser, ou seja, nunca.

Mark ligou o carro e todos entramos, quando chegamos em casa, tomei um banho e coloquei meu pijama e voltei para a sala para olhar televisão, Katharinna estava lá.

Eu queria parar com isso, mas não podia, sentia um amor gigante por ela, mas jamais faria algo.

Me sentei no sofá contrário ao dela e assistimos tv em silêncio

Mark chegou na sala

- Bem vou siando, para dar privacidade a vocês

Mark: Na verdade eu vim falar com você, amanha trabalharemos juntos em um furto;

Acenti e me retirei ao meu quarto

Katharinna povs on

Assim que Jungkook saiu, meus olhos se encheram de lágrimas

Mark: Aish Katharinna! De novo não...

- Eu o magoei e agora jamais terei ele de volta

Mark: Katharinna ele te machucou também com aquelas palavras... Quer saber? Vocês devem conversar logo! Você paga de durona mas chora escondido, você mudou totalmente depois que ele saiu.

- Eu sei...

Mark: Você sabe que eu so quero o seu bem, não quero te ver chorar.... - o abraçei - vamos fazer assim, amanhã depois da missão com Jungkook, sairemos para jantar, eu e você, como temos feito nos ultimos dias, mas iremos em um lugar incrivel

Sorri para ele e beijei sua bochecha

- Você é o melhor amigo do mundo....

MArk: Te amo minha gatinha

Eu devia ter aproveitado mais aquele abraço...

 

 

Acordei no sofá, Mark ja não estava ali, apenas um pequeno bilhete

Me espere em casa, eu te amo perfeita

Sorri com o bilhete, fui ao quarto e tomei um banho, coloquei um short de cintura alta e uma camiseta branca que era de Jungkook, fiz um coque meio solto e fui para a cozinha cozinhar como eu estava fazendo a algum tempo, Lisa veio para a cozinha para me ajudar como de costume, mas hoje eu não estava afim

Lisa: Bom dia Kat

- Bom dia Lisa - digo seca

Ela me fitou

Lisa: Desculpa, não pensei que ficaria magoada

- Magoada com o que?

Lisa: Com Jeon

Algo me parecia tão errado, Lisa me deu um beijo no topo da cabeça me fazendo sorrir

- Eu realmente não consigo ficar brava com você

Rimos

Mas algo continuava errado

Lisa: Bem, o que faremos para comer hoje?

- EU pensei em um ensopado, é o preferido do Mark e eu poderei guardar para quando ele voltar

Ela acentiu sorrindo

Lisa: Por que você não conversa com Jeon?

- Não temos o que conversar

Lisa: Claro que tem

- Não temos Lisa, estamos bem do jeito que estamos, pronto.

 

Jeon Jungkook pvs on

Estavamos na frente da casa, apenas nós dois, nos encaramos e então andamos devagar até a porta, MArk chutou a porta com força, dois idosos estavamna sala, e em questão de segundos, tinham sangue em suas roupas.Mark estaa subindo as escadas

- MArk não! Não vai sozinho garoto! Me espera

Entrei na cozinha primeiro a procura de alguém, mas não havia, subi junto ao garoto para o segundo e ultimo andar, Mark entrou no quarto da criança e sem êxito atirou, entrei no escritório e atirei na mulher que ali estava, foi ai que logo percebi, que nós matavamos as pessoas, sem saber o nome delas o u quem eram, apenas pelo dinheiro.

Mark estava na comodo comigo e então correu para fora 

- MARK ESPERA!

Eu terminava de encher a mochila com o dinheiro, quando eu escutei um tiro, eu não ligaria normalmente, mas algo arrepiou meu corpo, larguei a mochila e então corri para fora, uma senhora segurava uma arma e Mark estava ofegante no chão, tentei correr em sua direção mas ela atirou em minha perna, eu gritei de dor mas tive o tempo suficiente de puxar uma arma e atirar na senhora, a fazendo cair, segurei minha perna com força, para estancar o sangue.

- MARK! - gritei em desespero

A camisa dele se enchia de sangue

Me abaixei no chão e segurei sua cabeça, ele me observava

MArk: Desculpa Jeon por tudo...

- Não fala Mark.... Por favor... Nos vamos sair dessa juntos, você vai ficar bem

Mark: Eu adorei ser seu amigo Jeon... Enquanto durou

- Mark....

Ele negou

Mark: EU vou morrer Jeon

Observei a área onde havi sido o disparo

Ele foi atingido no peito

Uma lágrima desceu por minha bochecha

MArk: Cuida da Katharinna para mim, por favor, ela é tudo que me sobrara...

Acenti

Mark: Jeon... Eu prometo... - ele gemeu de dor - E-Eu prometo q-que direi para Kim Sue q-que você a ama

- Por favor faça isso... - ele estava indo aos poucos - Mark aperta minha mão... Não vai Mark...

Ele apertou... Sua força estava se indo

Mark: Sabe - ele sorriu - eu entrei na gangue porque queria uma nova vida

- e você teve uma nova vida - sorri triste

Mark: Mas eu sabia que isso magoaria Katharinna, por isso eu nunca falei nada, mas ela ficou mais triste ao saber a verdade...

- eu sei Mark...

Mark: Então por favor... não esconda nada dela, nem seus sentimentos... Ame ela por mim, e a lembre que ela é o suficiente para esse mundo...

o Abraçei enquanto choravamos

- Vai em paz irmão

Ele sorriu

MArk: Me desculpe Jeon?

- Claro que sim...

Ele sorriu novamente.

Seu corpo pesou em minhas mãos, seus olhos se fecharam, e em questão de segundos seu corpo estav branco, seus lábios ficavam roxos, gritei e chorei

Sei que nos ultimos tempos, não fomos grandiosos amigos, mas eu gostava dele, e agora...

Mark estava morto

 

Peguei meu telefone, me joguei contra a parede, liguei para RM

RM: Alô? Jungkook?

- A-Ajuda.... Eu preciso de ajuda.

Desliguei o telfone e fitei o corpo de Mark que não se mexia

- Mark... acorda... ACORDA MARK!

Escondi meu rosto entre minhas mãos gritando, não demorou aos meninso chegarem, Lisa correu até mim e me abraçou

- é culpa minha...

Lisa: Não é culpa sua Jeon

Tudo se tornou lento e os soms das vozes abafados, Lisa me ajudou a levantar,  fui andando com certa dificuldade até o primeiro andar, onde Katharinna estava tremendo, com os olhos cheios de lágrimas , ela esperava que MArk descesse as escadas, a fitei, ela me olhou esperançosa

Neguei com a cabeça

Ela cerrou os olhos fortemente segurando os gritos, desci mais rápido

Kat: Jungkook!

Seus braços se envolveram em minha volta

Katharinna precisava de mim

 

 

continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...