1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) >
  3. 21. We are love

História Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


VOLTEIIIII

E tenho um recadinho muito importante
Eu vi que algumas pessoas estavam confusas com a situação de Jungkook poder ficar com a Lisa e não com Katharinna, então aqui esta a explicação:

Katharinna é filha de ricos, ou seja tem uma linhagem dentro da classe pela qual as gangues lutam contra, Lisa esta dentro das gangues por isso ninguém fala nada... As regras dizem que eles não podem se envolver com qualquer garota ou garoto que seja de uma classe oposta, o que torna o relacionamento deles proibido.

Bom é isso, qualquer duvida sobre a fic so fazer nos comentários e eu estarei respondendo
Love you guys!

SUGESTÃO DE MÚSICAS:
Qualquer FMV do JUngkook KKKK

Capítulo 22 - 21. We are love


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 22 - 21. We are love

Eu entrei em choque, mas logo me aliviei quando vi quem entrava

JM: Cara eu to falando, um dia eles vão ver vocês dois e eu quero só ver! - ele diz ao ver a cena 

- Aish achei que fossem eles

Tae: Eu só espero que os garotos não vejam isso nunca, ou os dois vão estar mortos

Revirei os olhos, ajudei Katharinna a se sentar na cadeira de rodas e coloquei minha camiseta no ombro

Tae: Tatuagem nova?

Acenti

JM: Ficou incrível!  - ele leu a frase - E eu vou fingir qu eue não sei pra quem é a homenagem

Rimos, levei Katharinna para o quarto e a sentei na cama, em segundos ela pareceu triste

Kat: Jeon... Eu esqueci de te perguntar algo... Meu pai...

- Esta morto, esta em todas as noticias desde ontem...

Ela começou a chorar em silêncio, fiquei apenas observando

- Estamos a salvo agora, eu sei que ele te machucou...

Kat: eu sei que não devia estar chorando por causa dele... Mas por causa dele eu estou nesse mundo

Acenti

Kat: Mas por causa dele me afastei de quem eu amava

Sorri e a abraçei

KAt: então agora é para valer não é?

- Sim, agora é correr ou morrer

Kat: Vou tomar banho....

Ela tenta se levantar e volta a cair na cama

- Eu acho que alguém vai precisar de ajuda - ri - tudo bem, eu ia tomar banho mesmo.

A puxo novamente e ela se segura em meu braço, nos vamos em direção ao banheiro, a sento no vaso e tiro sua roupa, tanto quanto a minha, a levanto e ligo o chuveiro, A coloco no box junto comigo, assim que a água cai em seu corpo ela serra os olhos assim que a água bate no ferimento

- Ta machucando 

Kat: Um pouco...

Peguei a esponja e coloquei o sabão passei por seu corpo delicadamente, enquanto ela me fitava sorrindo

Kat: Ainda me pergunto como um gangster pode ser tão gentil

- Você me fez assim

Selei nossos lábios em um beijo rápido, lavei seu cabelo comprido que foi o maior inferno da vida, por que tem que passar um shampoo roxo para, segundo a Katharinna, o cabelo não amarelar

No final a enrolei em uma toalha e ela se secou com pouco de dificuldade, vestiu sua roupa intima vermelha, que me deixou levemente excitado, ela colocou uma calça moletom preta skinny e um top vermelho de alças finas, coloquei uma calça moletom cinza da puma com um moletom cinza da puma, sentei Kat em um banquinho de frente com o espelho, peguei uma escova e o secador, enquanto eu secava seu cabelo ela quase adormecia, assim que terminei ela me olhou com biquinho me fazendo rir, a sento na cama novamente e ela me encara

- O que você quer? Esta com fome?

Ela negou

- Ok, vou sair com Jimin para comprar comida, se precisar de ajuda Taehyung vai estar ai para te ajudar

Ela acentiu, sai do quarto e chamei Jimin

- Vamos ao mercado

ele acentiu, descemos e pegamos meu carro, ja que o Carro de Jimin estava no concerto depois do acontecido, Entrei no carro e dei partida, fomos ao mercado e estacionamos o carro, Jimin pegou o carrinho enquanto eu jogava mil coisas para dentro

JM: Olha Jungkook, você vai ter que comprar isso um dia!

O olhei e ele segurava um pacote de fraldas

- Daqui a muitos anos, eu espero

JM: Não se você não se proteger

- Aish! Virou minha Omma agora?

JM: Estou brincando Jungkook!

- e então? E Jisoo?

JM: Aigoo Jungkook! Somos apenas amigos

- Mas eu sei que você quer mais !

JM: Ela não me da bola Jeon, só isso.

Revirei os lhos e continuamos nossas compras, fomos ao caixa e pagamos tudo, colocamos nas sacolas e fomos para o carro, do outro lado do estacioamente, havia um homem nos observando de maneira suspeita

- Jimin entra no carro

JM: O que?

- Jimin só entra na porra do carro!

Entrei assim que gritei para ele entrar, dei partida no carro e sai, logo um carro estava atrás de nós

JM: QUe porra ta acontecendo?

- Tem alguém nos seguindo

Ele olhou para trás

JM: PORRA!

- Você trouxe sua arma?

JM: Estou sempre com ela. 

- Então se prepara.

Ele retirou a arma da cintura e engatilhou a arma, não poderiamos ir para casa ou ele saberia onde estavamos então começamos a dar voltas pela cidade, em uma rua mais afastada o carro de trás bateu na nossa traseira

- MEU CARRO NÃO FILHO DA PUTA!

Acelerei, e Jimin se esticou para fora do carro, atirando no carro, logo tiros vieram em nossa direção

JM: Caralho!

- JIMIN ENTRA NO CARRO

Ele entrou e eu acelerei o carro, conseguimos despistar o carro e corremos para dentro do apartamento, Taehyung nos encarou assustado

Tae: O que aconteceu?

Largamos as compras na bancada da cozinha e voltamos para a sala

- Fomos seguidos

JM: Tinha um cara no estacionamento, ele veio atrás de nós e atirou em nós

Tae: Mas vocês estão bem ?

- Estamos

Tae: Isso é so o começo, todos estão bravos com a morte do Meyers, perdi a conta de quantas vezes escutei discursos de ódio na TV

JM: As coisas só vão piorar!

- Mas pelo menos vamos ganhar...- respirei fundo - Katharinna esta bem?

Tae: Deve estar, ela não chamou nem nada

- Que grande babá que você é em

Rimos e fui ao quarto, entrei e Katharinna dormia apenas de roupa intima encolhida, sorri e fechei a porta, me deitei ao seu lado e ela acordou sorrindo

Kat: Como foi?

- Quase fomos mortos mas tudo bem

Kat: Como assim? 

- Nos perseguiram mas estamos bem

Kat: Eu quero que se cuide Jeon

acenti

Kat: Kook eu queria te pedir algo

Acenti

Kat: Eu queria poder completar pelo menos meu ultimo ano... Na escola... - ela parecia nervosa - eu posso recuperar os meses que faltei, foram apenas 4, mas eu só queria me formar, por Mark...

- Se prometer se cuidar, você pode sim... Mas eu te busco e te levo

Ela acentiu sorridente

Kat: As aulas começam daqui a 2 dias...

- Então vamos ter que exercitar suas pernas para poder andar bem

kAt: Acho que podemos fazer isso brincando - ela diz sacana

- Pequena você ainda não esta recuperada, vai machucar você

kat: Mas Daddy, eu não aguento mais esperar... Quero te sentir dentro de mim

- Ai que você não vai andar mesmo

Ela se aproximou de mim e sussurrou em meu ouvido

Kat:Eu quero você...

Me levantei e tranquei a porta, fiquei por cima dela e a beijei de maneira selvagem

Kat: Esse é o Jeon que eu conheço

- Mas minha Babygir, você não vai pder gritar meu nome hoje

Kat: Por que Daddy?

- Isso é um segredo, se alguém escutar o Daddy não vai poder mais te satisfazer

Ela centiu sacana, a beijei e desci até seus seios, os deixando marcados, retiro seu sutiã com delicadeza, abocanho um de seus seios enquanto brinco com o outro, ela gemia baixo segurando ao máximo qualquer gemido alto, enquanto isso, coloquei meus dedos em sua intimidade ainda por cima do fino pano da calcinha

- ALguém esta molhadinha...

Massageio sua intimidade ainda por cima da calcinha

- O Daddy pode parar se você quiser...

Ela negou, acelero os movimentos a vendo delirar, ah como eu amava isso

- O que você quer...

Kat: Eu quero... Eu quero mais...

- Como quiser, retiro sua calcinha e a penetro com meus dedos, ela abafa o gemido com sua mão, começo com um e então coloco 2 de uma vez, fazendo movimentos de vai e vem, assim que ela goza em meus dedos, os chupo e volto até seus lábios a beijando.

- Docinha...

Kat: Jeon Por favor...

sorrio ao ve-la implorar, retiro minhas calças junto com as boxers, coloco minhas mãos acima de sua cabeça, e a penetro vagarosamente a escutando arfar

- Pronta?

Ela acente, entrelaço nossas mãos e a então aumento a velocidade das estocadas intensificando, ela mordia seu lábio inferior, a beijo e ela solta leves gemidos entre o beijo

Kat: Mais rápido Kook...

- Eu não quero te machucar

Kat: Ta tudo bem...

Saio de dentro dela e ela fica de quatro em minha frente, empinando sua bunda para mim, aperto sua nádega e a penetro devagar, ela solta um gemido mais alto mas não tanto, aquela posição podia a machucar

A penetrei e aumentei a velocidade, nossos corpos se chocavam forte, me desfiz dentro dela ainda, caimos lado a lado suados e ofegantes.

ela deitou em meu peito sorrindo

Kat: Machucou um pouco só, mas valeu o prazer..

Ri

- Você é só minha Katharinna...

Kat: Só sua Jeon Jungkook...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...