1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) >
  3. 46. This is my future

História Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 46


Escrita por: angelsophih

Notas do Autor


MAIS UMMMMM

Capítulo 46 - 46. This is my future


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 46 - 46. This is my future

Katharinna povs on

As lágrimas corriam por minhas bochechas... Eu tinha caido na armadilha da minha mãe...

Ela correu para minha casa dizendo que precisava de uma ajuda urgente, e quando eu perguntei o que ela queria e porque estava ali, ela cortou minha perna com um faca, me trazendo grande dor, em segundos, me vi dentro de seu carro com ela e outro homem, fomos levado até o aeroporto de Seul e agora estavamos no aviao particular da minha familia

COmo fui tão ingenua ao ponto de acabar com minha vida e de Emma?

O argumento de minh amãe era unico e sem sentido " Ficar com este garoto não vai te trazer segurança, por isso eu vou te levar embora do país e recomeçaremos nossa vida em Nova York"

Mas por que? O comportamente de minha mãe era totalmente diferente, de uma em uma hora ela tomava um medicamento... Aquela não era a mãe que eu tinha antes...

Emma estava sentada no banco encarando a vó sem entender o que acontecia, ela tinha a mesma expressão de Jungkook...

E então pensei nele... Pensei se ele já descobrira minha ausência, hoje era nosso aniversário de casamento...

- Por qu você esta fazendo isso? - digo fitando o chão com os olhos molhados, limpando o sangue de minha bochecha dos socos e tapas que levei, por ser " mal criada" - Por que você não pode me deixar ser feliz com Jungkook...

Mãe: Você não é feliz com  ele Katharinna coloque isso na cabeça

- Não! Você que tem que colocar na cabeça que eu sou muito feliz com Jungkook, e se eu entrei nesse mundo, foi porque eu quis...

Mãe: Você é tão ingenua

- E quando Emma começar a perguntar de seu pai?

Mãe: Direi que morreu

- O quão má você pode ser... Jungkook vai nos encontrar

Mãe : Duvido - ela riu

- Jungkook esta no controle de Seul e outra cidades mãe, você deixou de ser tão influente mãe, e Jungkook esta em seu lugar agora...

Ela se levantou e bateu em meu rosto

Emma: Omma!

- Ta tudo bem pequena...

Mãe: Escuta bem... Nós vamos para Nova York, eu vou casar você com alguém e você vai esquecer o Jungkook...

- Nunca...

Ela me bateu novamente e se sentou de novo... Eu fiquei fitando a janela e chorando silenciosamente, pedindo baixinho

Jungkook por favor... nos encontre

Jungkook povs on

2 horas se passaram, eu tinha quebrado qualquer decoração de vidro que ali tinha, os meninos tentavam discutir onde Katharinna estava, mas nada vinha os a cabeça

- Eu tenho que encontrar ela... Eu tenho...

RM: Nós vamos encontrar ela! Calma

JK: Calma?! MINHA FILHA E MINHA MULHER FORAM SEQUESTRADAS

JIN:  E nós vamos dar um jeito nisso... Sem envolver a policia... Nos vamos conseguir

Jin me abraçou enquanto eu chorava

Eu precisava a encontrar, ou eu poderia morrer, preferia morrer do que não as encontrar, viver sem elas não me fazia sentido nenhum...

Subi ao quarto e tranquei a porta, fui até a cama e vi o pijama de Katharinna, o abraçei e senti seu perfume chorando

- Por que...?

Encarei os quadros com nossas fotos nas paredes, dos nossos jantares, do casamento... Estavam todos ali, todos nossos melhores momentos... E agora, era o nosso pior momento, ela sumiu, eu sabia quem a levou mas não sabia onde ela estava... Ela podia estar em qualquer canto do mundo, estava indo para qualquer momento com minha familia

Katharinna povs on

No outro dia

E ali eu estava, trancada no quarto com Emma da casa nova, um quarto rosa...

Emma se sentou ao meu lado, seus olhos verdes e marrom tinham ficado mais nitidos, seus olhos tinham o formato dos de Jungkook e seus lábios também, não negava ser filha do Jeon...

Emma: Omma.... Quando o Appa vai vir nos ver?

Segurei minhas lágrimas

-Em breve pequena... Mas por enquanto, temos que obedecer a vovó ok?

A pequena acentiu, me deitei para trás e Emma se deitou ao meu lado, ela brincou com meu cabelo castanho, enquanto eu chorava em silêncio.

essa seria minha vida agora? Viver uma mentira, deixando para trás aquele que eu amava... Eu odiava essa ideia, eu queria matar minha mãe, mas mesmo assim não conseguia fazer isso...

A porta se abriu e ela trouxe uma bandeija de comida sorrindo, como se tudo que estivesse acontecendo fosse normal

Mãe: Sua comida preferida!

- Por que esta fazendo isso?

Mãe: eu perdi 3 filhos... Quatro na verdade, porque sei que Maryah me odeia... E não posso perder outra

- Mas você não ia me perder mãe... é perigoso meu trabalho? é claro que é, mas eu estava protegida com Jungkook

Mãe: Ele colocava em risco minha filha!

- NÃO ELE NÃO COLOCAVA!

Mãe: Eu não queria fazer isso, mas você esta muito exaltada!

E então ela tirou uma seringa de trás dela, e finca em minha pele, meu corpo relutante logo se tornou cansado.... E eu desmaiei na cama

Suga povs on

Bati na porta e esperei a porta ser aberta, a loura abriu, seus olhos estavam meio vermelhos... Maryah já não era mais uma garotinha, ela era crescida jjá, e vê-la chorar me machucava demais...

Suspirei e abri meus braços, a garota correu e me abraçou, entrei em seu quarto com dificuldade e fechei a porta, sentei em sua cama e ela deitou em meu colo, eu mexia em seu cabelo

Marah: ela vai voltar não é Principe?

- Claro que vai princesa...

Maryah: Voce pode ficar comigo hoje?

Acenti, deitei em sua cama e ela deitou em meu peito, beijei o topo de sua cabeça e acariciei sseu cabelo...

Eu odiava ver os garotos desse jeito, mas ver Maryah assim cortava meu coração, ela ainda era nova, mas para falar a verdade, me dava muita dor de cabeça, ela era uma garota bonita e com a sua idade começara a criar corpo e todos os meninos estavam sempre atrás dela, e ela gostava de um garoto da escoa e eu odiava aquele pirralho, ele tinha 16 anos e parecia um diabo.

Katharinna dava risada quando me via irritado com isso, um dia desde que ela desaparecera e eu já morria de saudades da menina.

Jungkook povs on

Eu não tinha comido, estava trancado no quarto tentando pensar onde ela estava, eu não tinha dormido, os meninos batiam na porta mas eu paenas gritava para irem embora.

Uma batida se fez presente apos 2 horas

- EU JÁ FALEI QUE NÃO QUERO!

Lisa: Jungkook.. Abra a porta

Demorei a decidir abrir a porta, e quando abri, cai nos braços de Lisa, e nos dirigimos ao quarto.

Eu deitei na cama em posição fetal e Lis alisava minhas costas

Lisa; Nos vamos a encontrar Jungkook

- E se não? E se eu tiver perdido elas para sempre?

Lisa: Não Kookie... Isso não aconteceu e nem vai acontecer eu prometo...

Começei a chorar mais Eu queria minha garota aqui... EU queria que fosse tudo mentira, e que Emma corresse pela porta com sua mãe atrás dela rindo... Mas não

 

1 semana depois

Katharinna povs on

Eu tinha me perdido comigo mesma... Minha mãe arranjou um emprego e ficava o dia todo fora de casa, me deixando trancada no quarto... Mas eu não estava bem, minha mãe tinha me drogado constantemente, eu perdia o controle... Eu me perdi de mim, muitas coisas pararam de coindidir para mim, era como se eu estivesse chapada a todo momento. Emma tentava me tirar da cama me puxando e gritando " Omma acorda", mas meu corpo não tinha forças para nada, eu suava a todo momento e estava pálida...

Jungkook passava por minha mente a todo momento, nosso casamento passava como um filme em minha mente... 

Talvez eu tivesse perdido ele e os outros, e agora essa fosse minha vida... Mas eu tinha que ter certeza que não tinha chances de sair daqui. Me levantei e fui até a porta, e para minha sorte, ela tinha deixado a porta destrancada, sai devagar me apiando nos móveis para não cair. Eu estava na sala

Mark povs on

Estava na casa de Katharinna, sentado no sofá atordoado pelo repentino desaparecimento... Jungkook não saia do quarto enquanto os meninos tentavam descobrir onde elas estavam...

Estava pensando na vida quando meu telefone tocou

- Alô?

Kat: M-Mark... Sou eu...

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...