1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) >
  3. 47. I am getting you back

História Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 48


Escrita por: angelsophih

Notas do Autor


MAIS UMMMMMMM

O ESPECIAL DE 300 FAVS!

MUITO OBRIGADO POR TODO O AMOR QUE VOCÊS TEM DADO A FANFIC... VOCÊS NÃO TEM NOÇÃO DO QUÃO FELIZ VOCÊS ME FAZEM!!!!

AMO VOCÊS

Capítulo 48 - 47. I am getting you back


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 48 - 47. I am getting you back

O CAPITULO PDE SER CONSIDERADO FORTE E UM GATILHO PARA MUITAS PESSOAS, SE NÃO TIVER UMA MENTE ESTAVEL, ENTÃO POR FAVOR NÃO LEIA.

O CAPITULO INCLUI INCENAÇÃO DE ABUSO SEXUAL, VIOLÊNCIA E MORTE... VOCÊ FOI AVISADO.

SUGA POVS ON

3 DIAS DEPOIS

- Vai com calma cara... Vai dar tudo certo - digo abrsaçando Jungkook

JK: Vai dar certo... Porque eu estarei com elas de novo

Ele, Jimin e Rm se preparavam para sair em direção a Nova York, eles estavam indo encontrar Katharinna.

Os abraçei

Maryah: Traz minha irmã de volta... Por favor

JK: Eu vou... - ele sorriu e abraçou a menor

Os vimos saindo, acenando, Jungkook continuava preocupado mas menos agora que sabia onde ela estava.

Peguei na mão de Maryah, estavamos apenas nós dois hoje, entramos no carro

- Bem vamos voltar para casa

Maryah estava triste

- Ou vamos pegar um sorvete?

Ela sorriu

- Ok vamos pegar um sorvete

Dirigi até a sorveteria de Seul, estacionei o carro e descemos do carro, e assim que saimos uns adolescentes que estavam do lado de fora cresceram o olhar para Maryah, revirei o olhar e fitei Maryah, ela usava uma calça jeans apertada de cintura alta com uma uma camiseta meio curta branca da vans

Maryah: Suga para

- O que?

Maryah: De olhar pra esses meninos como se fosse os matar

- MAs eu nem fiz nada!

ela revirou os olhos e entramos na sorveteria, tomamos um sorvete rápido e voltamos para casa

JH: e ai?

- Entregues, devem estar no avião agora

Eles acentiram

Katharinna povs on

Eu estava sentada no sofá de casa meio atordoada, minha mãe tinha voltado a me drogar... E eu continuava não vendo Emma, meu rosto estava machucado dos socos e tapas... Eu odiava minha mãe...

Eu não sabia o que tinha acontecido depois da ligação para o Yoongi... Ele deve ter falkado com os meninos, mas eu nunca saberei o que realmente aconteceu...

Eu chorava silenciosamente, minha mãe saiu de casa para trabalhar e me deixou sozinha com o Jack...

O maior monstro do mundo

Ele era o noivo que minha mãe tinha me arranjado, ele veio perto de mim

Jack: Por que esta chorando Gatinha

- Não me chame assim

Jack: Ah qual foi, eu sei que você gostou da nossa noite

Eu estremecia apenas de escutar ele dizer aquilo, um estupro... Uma relação não consensual acabou comigo...

Ele beijou meu pescoço, tentei o afastar mas tomei um tapa em meu rosto, que me fez engolir o choro, e quando eu menos esperei, ele forçou as minhas pernas a se abrirem e puxou minha roupa intima para o lado

- para por favor - digo chorando

Jack: Como você pode ser tão gostosa em?

- P-PARA POR FAVOR - tentei o empurrar, mas sem sucesso

E então contra minha vontade, fui penetrada, sentido muita dor, emocional e física... Eu não tinha controle da minha vida mais, eu perdi o controle de tudo

De tudo...

Jungkook povs on

Estavamos no avião

Eu estava menos preoucupado mas ainda estava mal, eu não tinha sido o mesmo desde que Katharinna sumiu, eu estava triste...

 

Foram 14:30 e meia de voo... Saimos do avião e fomos diretamente embora já que não tinhamos malas, nossas armas estavam dentro de uma mochila, e agora você se pergunta como passamos com armas de fogo? Simplesmente porque passamos direto ao avião...

Meu coração acelerou quando eu pisei em Nova York, eu estava a pouco tempo de ver minhas garotas de novo, fomos para um hotel e pegamos um quarto para nós, e quando chegamos lá, nos sentamos na cama

- Ok, como vai ser agora?

RM: Sem plano, vamos a tirar de lá o mais rápido possivel... O nosso voo sai amanha pela manhã, só temos - ele fitou o relógio... Era 00:00 - temos 9 horas...

- Então vamos agora

JM: Você esta pronto para isso?

Acenti

( estejam a vontade para escutar Believer Imagine Dragons)

Abrimos as mochilas e nos trocamos, coloquei uma camiseta colada preta e uma calça preta, coloquei um casaco com capuz preto, coloquei minha pistola em minha cintura e amarrei os cuturnos...

Demorou em média uma hora para ficarmos prontos, e a cada segundo meu coração apertava mais, um nó minha garganta queria explodir

Saimos do hotel e andamos até a rua da da Katharinna, e quanto mais nos aproximavamos mais eu sentia vontade de chorar. Eu sentia que abriria a porta e ela não estaria ali...

Mas então eu escutei um grito vindo de uma ds ultimas casas da rua, eu conhecia aquele grito

Katharinna

Tirei a arma da cintura e corri, o meu sangue fervia, corri té chegar na porta de onde os gritos vinham. Chutei a porta com força e lá estava

Minha sogra segurando Katharinna

Kat: Jungkook! - ela sorriu

Apontei a arma para Mary

- Solta ela calmamente... - ela me olhou impressionada - Achou mesmo que não a encontraria

Mary: Você é uma má influência para minha filha e minha neta, você transformou minha filha em um monstro

- E esse monstro que ela se tranformou fez com que ela ficasse viva até hoje

Mary: Você é um assassino

- E tenho muito orgulho do que eu faço

Mary: Eu te proíbo de ver minha filha e neta seu serial Killer

- Eu quero te lembrar fofa... Que eu tenho a arma... O que me faz a pessoa que decide as coisas aqui

ME aproximei dela

- Não tente qualquer movimento muito brusco sua vadia, eu tenho dois caras ali fora, que não vão hesitar em atirar - ela começou a chorar - quer pedir desculpas? Você tentou tirar de mim meu maior tesouro... E agora eu vou tirar o seu... Sua vida!

Mary: Você não ousaria!

- Você não me conhece... Eu atirei friamente em tantas pessoas em minha vida, você seria mais uma idiota ingenua que achou que poderia vencer o rei, mas deixa eu te falar algo - me aproximei de seu rosto - eu sou intocável... - ela fechou os olhos - E você tentou tirar a rainha do trono e agora o rei não esta muito feliz com a sua atitude... Eu tranquilamente poderia colocar uma bala em sua testa e te ver morrer rapidamente, mas isso nã teria graça pra mim... Eu gosto quando meus maiores amigos morrem dolorosamente, é tão melhor de assistir - sorri pretencioso

Mary: Deus nunca te perdoará

- E que não perdoe, eu não me import

Mary: Você vai queimar no inferno Jungkook

- Então vamos nos ver lá

E então apertei o gatilho,  4 tiros em seu abdomen, eu realmente já não me importava com nada

Guardei a arma rapidamente e corri até Katharinna que correu para meu abraço, chorando

Kat: Kookie...

- Eu estou aqui agora, e eu não vou deixar você ir

Eu soluçava de tanto chorar com a garota, eu a apertava contra o meu corpo

- Vamos voltar para casa, hm? - digo tirando o cabelo de seu rosto e ela acentiu

E sem perder meu tempo a beijei, um beijo necessitado, logo no fim a abraçando

- Não achei que te veria mais

Kat: Nunca abandonaria meu rei... -ela sorriu

Jimin a ajudou a sair da casa, subi as escadas e corri até o quarto de onde o choro vinha, chutei a porta diversas vezes, vendo ela se quebrar, corri para dentro e Emma estava sentada na cama

E tudo se tornou lento, corri até ela e a peguei no colo chorando mais que eu já estava

- O Appa esta aqui, não precisa chorar mais...

Emma: appa...

Corri para fora da casa, Katharinna agarrou Emma nos braços

Emma: Omma!

Ka: Eu estou aqui...

NOs abraçamos os três

RM: FInalmente...

E então a sirene da policia se ecoou

- Você consegue correr?

Kat: Sim

Peguei Emma no colo a segurando fortemente enquanto segurava a mão de Katharinna, corremos para fora da rua o mais rápido que podiamos, como nos velhos tempos...

Corremos até o hotel, entramos lá correndo e fomos ao quarto ofegantes, e assim que fechamos a porta Eu agarrei Katharinna a trazendo para perto do meu corpo, ela estava chorando...

- Ta tudo bem, eu estou aqui agora...

Kat: Eu achei que ia morrer

Fitei seu rosto todo machucado

- O que foi que ela fez com você meu amor... - acariciei sua bochecha

JM: Saimos amanha de manha

Ela acentiu

- Eu trouxe uma muda de roupa para você...

Ela acentiu, ela estava magra e fraca, provavelmente sua mãe a drogou

- Ok vamos tomar um banho...

Eu ainda estava acelarado demais

( escutem Home - Gabrielle Aplin)

Entrei com Katharinna no banheiro, tirei minha roupa e então a despi, meus olhos se encheram de lágrimas quando vi seu corpo todo marcado, levei minha mão a boca assim que vi as marcas de mãos em suas coxas

- O que fizeram com você?

Liguei o chuveiro e ela não me respondeu

- Quem te machucou Kat...

E então ela começou a chorar, a coloquei de baixo do chuveiro

Kat: Eu não queria... EU não queria que ele fizesse isso comigo Jungkook, eu juro! - ela me olhou assustada - eu pedi pra ele parar nas duas noites... Mas ele não me escutou, ele apenas foi...

MEu corpo esfriou e meu sangue ferveu, tinham abusado da minha garota

Algum idiota encostou em minha garota e eu odiava isso, tinham machucado ela

- Qual o nome dele KAtharinna?

Kat: Jack... Austen

Acenti, eu não podia olhar para seu corpo, eram hematomas para todos os lados, e as marcas de mãos em suas coxas e braços...

Kat: Eu nã queria Jungkook

- EU sei que não meu amor, a culpa não foi sua... Nunca foi

A Abraçei e ele chorou em meu ombro, a ajudei a tomar um banho, a sequei e sai do banheiro, indo pegar sua roupa, a vesti e a sentei na cama

- Por que você nõ da um banho em Emma?  - sorri triste e chamei Jimin

JM: Preciso que cuide dela

Ele acentiu puxei RM para fora

- Preciso que encontre na internet um tal de Jack Austen - digo engatilhando a arma

RM puxou o telefone do bolso e procurou o nome daquele desgraçado

RM: é CEO de uma das empresas da Hyudai

Ri pretencioso

- Esse filho da puta machucou minha Kat, e agora ele vai pagar

Saimos do hotel e eu fui até a unica empresa Hyundai que ficava no centro da cidade, entrei lá

Recepcionista: Senhor você não pode...

Atirei no recepcionista e todos que ali estavam se abaixaram

- EU QUERO SABER ONDE EU ENCONTRO O JACK!

???: Que barulhera é essa toda?!

Olhei para o louro e bonito que vinha em minha direção

- Quem é você

Jack: Jack Austen

Sorri e soquei seu rosto

- Você brincou com a garota errada...

Uma garota chamava a policia, RM atirou na garota, tinham pelo menos 7 pessoas nesse primeiro andar, que agora estavam todas no chão mortas

Jack: Do que você esta falando?

- Conhece Katharinnaq Meyers?

Jack: Claro, vamos nos casar

Ri debochado

- Você não terá esse prazer, estara morto antes mesmo disso acontecer

RM: Você abusou da garota errada, mexeu com a rainha da maior gangue da Coréia do Sul

Jack: E quem é você - apontou para mim

- Prazer, o seu ticket para o inferno

Atirei no garoto com gosto, vendo ele sofrer com a bala penetrada em seu abdomen

- Ah, não tem tanta graça te ver sofrer

E então mirei mais uma arma na sua testa, o barulho do tiro ecoou o comodo e minha raiva também

RM: MAis alguém para hoje?

- Acabamos por aqui

Voltei ao hotel ainda com raiva, entrei no quarto e Katharinna estava fitando a janela enquanto Jimin brincava com Emma, soltei a arma em cima da mesinha e abraçei Katharinna que voltou a chorar...

- Vamos para casa?

Ela sorriu acentindo

Continua...

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...