1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) >
  3. 56. Let me show you

História Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 57


Escrita por: angelsophih

Notas do Autor


Espero que gostem...

Capítulo 57 - 56. Let me show you


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 57 - 56. Let me show you

 

- Como eu vou contar isso para ele? é impossivel!

RM e Suga se levantaram arrancando o papel da minha mão

SG: Wow...

RM: Ele vai ficar feliz! 

- Não acho que vá

RM: Bem, tome seu tempo para o contar... Afinal, o bebê é de vocês

E logo meu telefone começou a tocar

- Alô?

???: Olá aqui é da clínica! Desculp0e encomodar é que foi feito um erro! - Franzi o cenho - os exames foram trocados! Pedimos desculpas! Pode vir opegar os resultados

Suspirei e desliguei

Tae: O que foi?

- OS exames foram trocados

Os garotos suspiraram e eu ri

- Como é que umas coisas dessas acontecem?!

Tae: Gente sério quase morri do coração

Me sentei por longos segundos tentando entender e então começei a rir

-Bem, alguem vai receber uma noticia que esta gravida

Rimos, EU e Taehyung saimos de casa e fomos até a clínica, entreguei os papeis e me deram os certos

Secretária: Eu sinto muito pelo erro essas coisas não costumam acontecer

- Tudo bem! - ri

Eu e Taehyung abrimos o envelope

- Ok, eu não tenho nada... Nem estou grávida

Ele levantou a mão e eu bati nela rindo

Aish! Que grande susto que tomei! Como é que isso ia acontecer?!

Tae: Ok Jungkook não pode saber disso

- É coisa demais pra raciocinar

Acenti rindo enquanto entravamos no carro, logo recebo uma ligação, era Jungkook, atendi

- Oi amor, aconteceu alguma coisa?

JK: Onde esta?

- Dei uma saidinha, mas já estou chegando em casa, precisa de algo?

JK: Preciso de ajuda...

- Ok estou chegando

Desliguei o telefone e dei partida no carro

Fiquei nervosa e dirigi rapidamente para casa

Tae: O que aconteceu?

- Jungkook precisa de ajuda

Não demoramos a chegar, corri para dentro de casa e entrei no quarto de Jungkook

- O que aconteceu? Esta com dor? Fome? Se machucou?!

Ele me olhou e riu me deixando confusa

JK: Preciso do meu livro

O fitei concara de tacho

- Ta brincando comigo? Jungkook eu fiquei preocupada

JK: Você desligou a ligação antes de eu falar! - Ele riu

- Você não ri a uma semana e quando ri é da cara da sua esposa?! - dei um leve riso

JK: Você é engraçada! Acho que escolhi a mulher certa

- Ta com febre Jungkook? 

JK: Aish Me escute! - ele se virou com a cadeira se aproximando - EU acho que passei tempo demais me lamentando e cheguei a essa conclusão de tanto que eu fico preso nesse quarto... Eu quero voltar a andar, mas como você diz, Eu não consigo fazer isso se continuar me lamentando apenas... Então eu estou pronto para voltar a andar com a sua ajuda... Porque eu quero voltar a ser o seu Jungkook...

Limpei a lágrima que caia no canto de meu olho e o abraçei

- ENtão vamos começar isso agora!

JK: Agora?

Acenti, abri a porta do quarto e ele se dirigiu para fora

- Alguém decidiu melhorar o humor! - Eles riram - e decidiu que quer andar

Tae: Bora lá então!

Taehyung foi até ele e o pos de pé segurando seu corpo

- Taehyung cuidado!

Corri ao seu quarto pegando os equipamentos que forçavam as pernas de Jungkook a ficarem eretas, Taehyung o segurou enquanto eu colocava os ferros em suas pernas, que faziam com que o joelho de Jungkook não se movesse, fazendo que ele tivesse equilibrio

- Pronto?

Jungkook acentiu Taehyung foi o largando aos poucos, apenas queriamos que ele ficasse em pé, mas ele se desiquilibrava e o seguravamos, ficamos assim por 2 longas horas, ao ponto que todos da casa estavam tentando ajudar. Até que conseguimos...

2 horas cansativas, até que Taehyung soltou Jungkook e ele se manteve em pé concentrado

- Jungkook você conseguiu!

JK: Eu consegui!

Não era um passo... uma corrida, mas era um equilibrio, depois de um mês, por mais que não fosse sozinho... Já era um grande passo para nós, Jungkook sorria como uma criançinha

- Você conseguiu ficar em pé!

Ele riu

- Meu deus eu estou muito orgulhosa!

SG:  Vamos tirar uma foto!

Nos aproximamos de Jungkook e tiramos uma foto, Taehyung voltou a segurar Jungkook enquanto eu tirava o equipamento de suas pernas,e o sentando de volta na cadeira de rodas

- Viu como você consegue?

Ele abriu um sorriso fofo...

Jungkook povs on

1 semana depois

EU estava mais animado, a fisioterapia funcionava cada vez mais, eu cmeçei a sentir algumas pontadas em minhas pernas que doiam demais, mas Jonghyun disse que era normal que significava que eu estava melhorando... O que me deixou bem feliz...

Eu saia com os meninos nas tardes enquanto eles empurravam minha cadeira fingindo que era fórmula 1 quase me fazendo cair, e é claro que Katharinna não ia junto, pois se não os meninos jamais fariam isso! Eu e ela estavamos recuperando nosso casamento aos poucos...

Eu chegava da fisiotepia e os meninos tentavam me fazer ficar em pé, eu conseguia por 2 segundos mas logo caia, mas mesmo assim os meninos comemoravam como grandes idiotas me fazendo rir

Euestava conversando com Taehyung quando Katharinna chegou em casa, ela largou a arma na entrada e jogou o saco de dinheiro em Taehyung

Kat: Mais uma missão completa

- Você não devia ir, pode se machucar

- Vai ficar tudo bem meu Kookie... - ela bagunçou meu cabelo e subiu provavelmente para trocar de roupa e tomar um banho, Taehyung subiu e guardou o saco de dinheiro voltando a descer e se sentando ao meu lado. Katharinna voltou usando um vestido bonito e uma sapatilha

- Onde vai tão bonita?

Kat: Te levar para sair

A olhei confuso, ela empurrou minha cadeira para fora de casa

- Onde vamos? - pergunto enquanto ela me empurra minha cadeira na calçada

- é surpresa!

suspirei a fazendo rir, não demoramos a chegar em uma sorveteria vazia, ela empurrou a porta e me levou para dentro, tirou uma cadeira do lugar e pos minha cadeira de rodas e foi até o balcão, não demorou a voltar com dois potes

Kat: Seus preferidos - ela colocou o sorvete na minha frente, realmente eram meus preferidos

- Por que estamos aqui?

Kat: Faz tempo que não saimos, então pensei em tomarmos um sorvete...

Sorri, peguei a colherzinha e tomei o sorvete rindo das piadinhas de Katharinna, eu era muito sortudo por tê-la, ela podia ter desistido e ter ido embora no primeiro dia, mas quis ficar comigo... E é por isso que eu amo, mas tenho medo de que ela um dia se canse de mim... Afinal ainda falta muito para eu voltar a andar... Eu queria poder acordar amanha e já andar, poder a levar para passear!

Terminamos o sorvete

Kat: Deixa eu tre ajudar

- Não eu consigo - tentei sair mas eu não conseguia...

Eu começei a me frustrar com a cadeira e começei a chorar 

- Aigoo! - digo choroso mas não demora a Kat puxar a cadeira de rodas e me fitar limpando minhas lágrimas

Kat: Ta tudo bem meu amor...

- Eu não preciso de auda

Kat: Não é errado precisar de ajuda meu grandão...

- Eu só queria poder andar!

Kat: Eu sei meu amor... Mas temos que ter paciência! Eu digo que até o ano novo você estará andando

E ela estava certa...

2 meses depois

Katharinna povs on

Tinha sido um dia cansativo... Passei o dia todo na empresa de meu pai tentando resolver os problemas, e perdi de montar as decorações para o natal como prometi aos meninos, afinal, faltavam dois dias! O Natal era de certo minha data comemorativa preferida! Era incrivel passá-lo com os meninos, era como se esquecessemos quem somos e o que fazemos e agimos normalmente por uma noite inteira!

Jungkook tinha evoluído muito! Ele conseguia mexer uma das pernas já, e quando eu o vi fazer aquilo pela primeira vez, perdi meu chão! Meu menino estava voltando aos poucos!

Vesti o blazer por cima do vestido branco colado no corpo, peguei minha bolsa e desliguei as luzes da minha sala, peguei os papéis e fui até minha secretária

- Se puder, antes de sair, você deixar isso com o Senhor Jung, agradeço

Ela acentiu

- Tenha uma boa noite e boas festas!

Secretária: Para você também e sua familia!

Sorri e sai da empresa, entrei em meu carro e dirigi até em casa, ficando pelo menos 30 minutos presa no trânsito, estacionei o carro e o tranquei, entrei em casa

Tae: Como foi o dia?

- Cansativo demais!

JK: Bem, então devia ver uma coisa, mas primeiro feche os olhos

Sorri e fechei os olhos nervosa, Taehyung ordenou que eu parasse e assim fiz

- O que esta acontecendo?

JK: Pode abrir os olhos

Abri sorrindo, mas logo as lágrimas correram por meu rosto

Jungkook dava passos desajeitados até mim

- Kook...

JK: Não me desconcentre... - ele disse rindo, e então parou em minha frente, e sorriu - Oi, eu já disse que eu te amo hoje?

EU não podia acreditar em meus olhos, foram longos meses esperando esse incrivel momento... E agora ele estava acontecendo

Jungkook estava andando...

 

 

Continua...


Notas Finais


CAPITULO BASEADO EM FATOS REAIS!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...